História Crazy In Love - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Resident Evil
Personagens Albert Wesker, Barry Burton, Chris Redfield, Jill Valentine, Rebecca Chambers
Tags Chris Redfield, Jill Valentine, Stars, Valenfield
Exibições 23
Palavras 2.568
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ecchi, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Canibalismo, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


HELLOOOOO!!TUDO BEM?!?!
Aehhhh!!!!!Saiuuuuu ~.~ Mais cedo do que o esperado,né?Eu não demorei tanto porque eu prometi que tentaria postar o mais rápido que pudesse e bem...Também estou de #Férias ,o que torna as coisas 1000 vezes mais fácil!!
AH!Esse cap.!O que será que aconteceu naquela noite de sexta-feira?E aviso para meus amados leitores:
P.S¹:Fic com novo shipp á caminho!!Acho que vão gostar,é um shipp novo que envolve alguém do quarteto(Jill,Chris,Claire e Leon) e um dos novos personagens(A partir de RE5:Sheva,Helena,Piers,Jake...)
P.S²:Vacations Of Stars está chegando ao fim,o que significa "NOVA LONG-FIC A CAMINHO!!"
Então,é isso....Aproveitem o capítulo!!Desculpem a demora e algum erro de caligrafia!!
Muitos beijooooooosssss e abraçoooosss para os leitores que eu tanto amo!! ❤️❤️
~Anne

Capítulo 4 - Desejo


Fanfic / Fanfiction Crazy In Love - Capítulo 4 - Desejo

Jill estava sentada no seu sofá bebendo uma xícara de café enquanto analisava aqueles papéis.Entediante,mas não em sua mente.Sua cabeça martelava a ideia de ter dormido com o seu melhor amigo e ainda por cima,ele não lembrar de nada. 

"Extrema covardia de minha parte." 

Também se o lembrasse,como seria a amizade deles dois daquele momento em diante?Não se tratava apenas dela e nem dele,nem do que sentiram no momento que dormiram juntos,mas sim da amizade de ambos. 

-Esse cara quer acabar com a minha vida,só pode. 

Não conseguia pensar em outra coisa,a não ser na amizade deles. 

No corpo dele,nos beijos e carícias. 

Balançou a cabeça e tentou-se se concentrar,pelo menos,nos pingos de chuva que caiam no lado de fora. 

Fez algumas anotações nos papéis e foi até a cozinha colocar mais um pouco de café na xícara.Ao regressar a sala de estar,ligou o rádio e sentou-se no sofá,apreciando a música enquanto dava um gole no café morno. 

Além de Chris,era aquela investigação que a preocupava. 

Seu pai a preocupava.Como estaria agora?Estaria se alimentando bem?E a sua saúde?Estaria vivo ou morto? 

Vivo ou Morto. 

Dick estaria envolvido nesse caso?Estaria atuando por trás dos crimes de Kurt Parker e Kevin Levine?E atualmente?Estaria envolvido nesses crimes?Tantas perguntas e poucas respostas. 

E por pura sorte,tinha "transado" com Chris.Ou não. 

Não recordava o que acontecera naquela noite,não por completo.Mas,de qualquer maneira,não culparia seu parceiro.Ele era homem,teria que entendê-lo.O seduziu e sabia que,no final das contas,ele iria ceder.E por mais que ambos tentassem se controlar o desejo que sentiam ,não iria durar muito tempo.Eles queriam aquilo,bêbados ou não,esperavam serem saciados com a sede que sentiam um do outro e foram saciados,porém,não o suficiente.Ela queria mais,desejava mais,só que seria errado.Chris era seu melhor amigo e seu parceiro de trabalho,de onde tirara essa ideia de tê-lo?Talvez Kim estivesse certa.Eles eram amantes,pelo menos,na cabeça de Jill.Valentine sempre teve desejo pelo parceiro desde do dia que o conheceu.Encantou-se por ele desde então. 

De qualquer maneira,aqueles pensamentos  do que acontecera não tinha mais volta,não mais. 

Foi despertada dos seus pensamentos com a chuva ficando mais forte e os pingos da mesma batendo em sua janela.Levantou-se e desligou o rádio,caminhou até a cozinha e pegou mais um pouco de café e voltou para a sala.Sentou-se no sofá novamente e tentou esquecer o assunto,voltando a se concentrar na investigação. 

 

 

Chris estava deitado em sua cama olhando para o teto.O barulho da chuva acompanhava o disco que tocava. 

Como aquilo foi acontecer?E se fosse algo de sua mente?Não,não era. 

Ele e Jill?De jeito nenhum.Aquilo era coisa da imaginação dele,de novo.Quantas vezes já desejou ter Jill em sua cama e desfrutar de seus beijos,das suas carícias,do seu corpo...Quanta imaginação!Ela era sua parceira,sua amiga!Como poderia pensar que poderia fazê-la sua amante?  

"Tire isso da sua mente,Redfield." 

Impossível!Nem a investigação lhe importava mais,só ela. 

Apenas ela. 

Teriam dormido juntos?Aqueles chupões...Ele que fizera?E aquelas marcas em suas costas?Por isso que ela ficara daquele jeito no dia anterior?Provavelmente,teria reagido daquela maneira por conta que deve ter lembrado após ver os arranhões nas costas do parceiro. 

Chris percebe que o desejo estava subindo-lhe a cabeça novamente.Despertou-lhe a vontade de ir até o apartamento de sua parceira e beijá-la,deixá-la louca e esperá-la ceder aos seus encantos até acabarem na cama. 

"Pelo amor,Redfield!Como pode pensar assim dela?" 

Um pouco atordoado com esses pensamentos,levantou-se e foi até a cozinha.Estava apenas de bermuda e como as janelas estavam abertas,um pouco de vento entrou,o deixando arrepiado.Se aproximou da geladeira e pegou as garrafas de cerveja no congelador,abriu uma delas e deu um gole. 

-É,parceira,vamos ter que resolver isso.-O rapaz deu mais um gole na cerveja gelada e se aproximou da janela e encarou a rua,observando a chuva cair sobre a mesma. 

  

 

 

Já passava das seis da noite quando Jill resolveu encerrar suas análises.Mesmo de ter ficado horas investigando,lendo documentos,não achou nada novo,o que a deixava abalada. 

Chris e aquela investigação...Nada mais a deixava em paz.Nem seus pensamentos. 

Caminhou até o banheiro e se despiu,entrando debaixo da água quente.Depois do banho,escovou os dentes e vestiu uma roupa aconchegante e quentinha,foi para seu quarto e se deitou. 

"Será que o Chris se lembrou?Ou pior,amanhã será que ele vai querer falar comigo a respeito disso?"Valentine,extremamente cansada,acabou dormindo um tempo depois,ainda receosa com o que veria acontecer. 

 

 

 

No dia seguinte,a chuva ainda caia pela cidade de Raccoon City.A manhã estava fria e os cidadãos estavam com casacos,cafés em mãos,tudo que permitia eles se esquentarem.Na RPD,os policiais cumpriam seu horário normalmente assim como na Oficina dos STARS. Os rapazes conversavam normalmente,menos Chris.Estava com o pensamento longe,naquela noite novamente que ainda não saíra da sua cabeça.Ele passou a mão pelos cabelos e ligou o computador,tentando,pelo menos,se concentrar no seu trabalho. 

-Bom dia,rapazes.-Disse Jill enquanto entrava na sala com alguns documentos. 

-Bom dia.-Eles a cumprimentaram.Os olhares entre os parceiros se cruzaram por um momento,fazendo-a se estremecer. Valentine se sentou em sua mesa e colocou as pastas ali em cima da mesma,ligou o computador e começou a folear aqueles documentos. 

-Jill?-Ela se arrepiou.-Precisamos conversar.-A morena assentiu. 

"Droga!Ele se lembrou!E agora?" 

-Eu sei.-Ela sussurrou,voltando a se concentrar nos documentos a sua frente. 

Naquele dia,Wesker não deu nenhuma reunião e nem apareceu por lá.Irons comunicou os STARS que seu capitão precisou resolver "assuntos mais importantes",o que rendeu algumas piadinhas por parte dos rapazes. 

-Cara,será que é mulher?-Joseph cutucou Chris que balançou a cabeça negativamente. 

-Acho que não,Wesker nunca falta,deve ser coisa séria.-Os outros riram,menos o rapaz e Jill. 

-Ui,está defendendo o capitão por quê?Ele te prometeu aumento ou alguma coisa parecida? 

-Não,cara.-Redfield passou a mão pelo rosto,irritado. 

-Não,sabe o que é isso?Está defendendo o futuro cunhado.Lembra da outra vez que a Claire veio para Raccoon?Wesker ficou cheio de gracinha pra cima dela. 

-Cala a boca,Frost.-Chris deu um tapa na cabeça do amigo.-Mesmo ele sendo capitão,ele não é nem louco de dar em cima da minha irmã.-Jill sorriu.Chris sempre fora protetor e ciumento,ela sempre achara aquilo fofo,mas,ás vezes,ele passava dos limites.Lembrou-se da irmã mais nova do rapaz quando visitara a cidade.Chris ficava irritado toda vez que algum homem olhava para a irmã,incluindo seu capitão. 

-Ui,tá nervosinho.Ah!Já sei!Está irritado porque não fui dormir na sua casa ontem,né amor?-Joseph brincou arrancando risada de todos que estavam presentes. 

-Também.-O castanho aproveitou o momento e também brincou.-Mas...É uma coisa muito pessoal.-O coração de Valentine acelerou. 

-Isso aí deve ser mulher,não duvido nada.-Disse Brad entrando no assunto. 

-E desde quando você entende de mulher,Vickers? 

-Rapazes,deixem o Chris.Não estão vendo que ele não está bem hoje?-Barry chamou a atenção dos rapazes. 

-Obrigado Barry.-Sussurrou Redfield voltando ao seu trabalho. 

Algumas horas depois,o Alpha Team foi almoçar.Todos juntos como sempre,saíram da Oficina e caminharam até o final do corredor e desceram as escadas.Jill iria seguir seu caminho,senão fosse interrompida com puxão no braço.Chris a puxou e ambos ficaram perto um do outro. 

-Preciso falar com você... 

-Eu sei.Eu também preciso falar com você,mas não agora.-Ela se preparou para sair dali e Chris a colocou contra a parede. 

-Jilly,esses pensamentos estão acabando comigo.Eu preciso falar com você,agora!-Eles ficaram olhando nos olhos um do outro e ambos se arrepiaram.-Vamos comer alguma coisa enquanto conversamos.-Redfield começou a caminhar e a morena o acompanhou. 

Os parceiros chegaram no Restaurante e almoçaram,resolveram que iriam conversar sobre aquele assunto depois de comerem.Eles pagaram a conta e voltaram para a delegacia.Eles foram para o telhado e resolveram conversar lá,já que tinham uma hora de almoço e aquele espaço era o mais calmo que eles pudessem conversar.  

-Eu sei que está chateado comigo.-O rapaz  encarou. 

-Por que estaria?-Perguntou ele enquanto observavam o parque da cidade,onde dava para ver perfeitamente daquele lugar da Delegacia. 

-Você sabe que lembrei o que aconteceu entre nós e não falei pra você. 

-É,você tem razão.-Ele a encarou.-Estava com medo do que eu podia falar pra você?-Ambos se encararam. 

-O que você acha?-Ela se irritou.-Você acha que eu poderia falar com você sobre isso normalmente?Christopher,por favor! 

-Jill,eu sei,mas...-Chris fez uma pausa e esfregou as mãos por conta do frio.-Você se lembra?De tudo?De todos os detalhes?-Ela balançou a cabeça negativamente. 

-Você lembra? 

-Eu queria,mas...Não.-Jill abraçou-se mais por conta do ar frio.-Podemos tentar lembrar-nos. 

-É uma boa ideia.Não podemos ficar com nenhuma dúvida,não mais. 

-Certo...Onde paramos?-Eles se encararam. 

-Hum,é...Eu arranhei suas costas,-Respondeu ela começando a corar.-você começou a deixar essas lembrancinhas em mim,-Ela apontou para a marca roxa em se pescoço.-e então... 

-Começamos a nos beijar com mais intensidade.-Redfield completou. 

-É,então... 

 

-Sexta-Feira/00:46-Balada-Club de Raccoon City. 

O beijo de ambos continuou até Chris tentar tirar a saia da parceira,então ela segurou a mão do parceiro. 

-Não Chris...-Ela sussurrou enquanto ele beijava seu pescoço.Ele a encarou e franziu o cenho. 

-Por quê?-Ela acariciou os cabelos dele. 

-Eu,nós...Não aqui.-Eles se olharam nos olhos um do outro.-Alguém pode querer ir ao banheiro e também...Garanto que não trouxe preservativo.-Redfield sorriu de lado. 

-É,eu não trouxe.-Ele vestiu a camisa e Jill desceu do gabinete e vestiu sua roupa.-Vamos para o meu apartamento,garanto que vai ser mais confortável.-Chris deu um sorriso malicioso. 

-Eu vou beber mais um pouco e nós vamos. 

-Eu te acompanho.-Eles caminharam até a porta e a destrancaram,se ajeitaram e quando Valentine foi abrir a porta,seu parceiro a puxou para um beijo.Um beijo carinhoso e calmo,onde ambos saborearam a boca um do outro.Eles se distanciaram em selinhos.-Vamos... 

Eles saíram do banheiro e foram para o bar novamente.Beberam alguns copos de Whisky até ficarem completamente bêbados e começarem as cantadas baratas e os toques corporais novamente.Sussurros no ouvido um do outro,carinhos e beijos discretos no pescoço e nos lábios. 

-Chris,Jill...-Era Dylan,que se aproximou deles com um copo de bebida nas mãos.-Atrapalhei alguma coisa? 

-Não Dylan...-Disse Chris sarcasticamente.-Mas,o que você quer? 

-Os rapazes vão dar uma carona,vocês querem?-O casal se encarou. 

-O que você acha?-Perguntou o rapaz. 

-Podemos pegar carona e paramos no meu apartamento e você 'dorme' lá,hum?-Jill agarrou a gola da camisa dele e o aproximou. 

-Com certeza.-O castanho sussurrou.-Nós já vamos,Dylan,obrigado.-O rapaz se retirou dali e ambos voltaram a sua atenção um para o outro.-Onde paramos? 

-Aqui.-Eles colaram seus lábios.Chris colocou a mão na coxa da parceira e a acariciou.-É melhor irmos logo,antes que eles desconfiem de algo.-Eles deram um último gole na tequila e se levantaram.Saíram da festa e encontraram os amigos do lado de fora.Ali estavam Barry e os rapazes. 

-Barry,o que você está fazendo aqui?-Perguntou Chris. 

-Bem,eu vim ajudar o Joseph.Ele vai levar o Dylan para casa e eu levo vocês.-Eles assentiram.Joseph morava ali perto e Dylan morava no mesmo prédio que ele,ambos se despediram e foram embora. 

-Vamos pessoal?-Perguntou Barry e todos assentiram.Na frente,Barry no volante-era o único que estava sóbrio-,Brad ao seu lado.Chris atrás e no meio e Jill ao lado dele.A dupla na frente conversava e o casal estava calado.Redfield provocava a parceira,acariciando sua perna e sussurrando coisas em seu ouvido com a voz rouca e sensual. 

-Mal espero para desfrutar dessa noite com você naquela cama...-A morena se arrepiou e o encarou. 

-Eu também estou ansiosa,Redfield.-Ela o provocou,mordendo o lábio inferior. 

-Chegamos,Jill.-Disse Barry olhando para trás e encarando os parceiros. 

-Obrigada pela carona,Barry.-Ela saiu do carro acompanhada do moreno. 

-Onde você vai,Chris?-O mais velho torceu o nariz. 

-Vou levar a Jill até lá em cima,mesmo que estejamos em frente o prédio dela,é perigoso ela andar sozinha a essa hora.-Ele fechou a porta e encarou os amigos pela janela,no lado em que Brad estava sentado.-Podem ir indo,eu vou depois.Está tarde demais para vocês me esperarem aqui. 

-Nós esperamos,não tem problema.-Burton o encarou desconfiado. 

-Tudo bem.-Chris se afastou do carro e caminhou até o prédio da parceira,junto a ela.-Jill,eu vou ter que ir embora.-Disse ele subindo as escadas ao lado dela. 

-Por quê?-Ela o encarou. 

-Barry está desconfiado.Eu falei que ia embora depois e ele disse que vai me esperar lá embaixo.-Jill bufou e cruzou os braços. 

-Que droga,Chris!E agora?-Redfield sorriu maliciosamente enquanto esperava a parceira abrir a porta do apartamento dela.Ele a abraçou pela cintura e começou a beijar seu pescoço. 

-Podemos ficar no sofá da sala e dá uma desculpa pro Barry,hum?Modo rápido,que tal?-A morena riu. 

-Ou...-A mulher se virou para encará-lo e o segurou pela nuca.-Podemos dar alguns amassos aqui no corredor.-Ambos sorriram.Eles começaram a se beijar loucamente.Chris a colocou contra a parede e a beijava ferozmente.Jill acariciava-o por debaixo da camisa e ele colocou seu quadril contra o dela.-Chris...-Gemeu ela,ofegante quando ele mordiscou sua orelha e segurou em sua bunda a apertando.Eles se separam ofegantes,quando ouviram a buzina. 

-Preciso ir.-Valentine assentiu e eles se afastaram.Ela abriu a porta e entrou em seu apartamento.Antes de fechar a porta,ela se despediu do parceiro com um selinho.-Nos vemos amanhã... 

-Até amanhã.-Disse Chris dando um sorriso de lado e saindo dali. 

-Segunda-Feira/12:47-Delegacia de Raccoon City 

-Nisso,o Barry ficou fazendo um interrogatório comigo,o porque de eu ter demorado,o que eu fiz na festa e porque minha boca estava marcada.-Chris sorriu de lado,envergonhado. 

-Enfim...Não fomos pra cama. 

-Por pouco.-Ambos abaixaram a cabeça e depois se encararam. 

-E agora,Chris?-Ela deitou a cabeça no ombro dele.-O que vai ser da nossa amizade?De nós? 

-Eu não sei.Esquecer seria a melhor opção,mas...Sem condições.Nós vamos pensar em alguma "solução",eu prometo!-Eles ficaram ali mais alguns minutos,até o relógio de Chris apitar e anunciar a nova hora. 

-Agora temos que ir,já acabou nossa hora de almoço.-Disse Jill se levantando e o parceiro fez o mesmo. 

Eles voltaram para a Oficina em tempos separados para ninguém desconfiar.Valentine voltou com um copinho de café e se concentrava no trabalho,Chris tentava se distrair conversando com os amigos.Logo anoiteceu,aquele dia passou muito rápido,trazendo alívio para cada um dos STARS.A única mulher entre eles estava tão concentrada que nem percebeu que a hora de ir pra casa havia chegado. 

-Jill,vamos embora.-Anunciou Brad saindo da Oficina acompanhado dos amigos.-Até amanhã.-A morena arrumou suas coisas e foi até o vestiário.Guardou os papéis na mochila,se trocou e saiu.Quando saiu da delegacia,procurou a chave da moto em um dos compartimentos e foi ligá-la. 

-Jill?-Ela se virou e encarou o rapaz que se aproximou dela.-Eu preciso me desculpar. 

-Por quê?-Valentine se encostou na moto. 

-Eu não devia ter me aproveitado de você daquela maneira.Você estava sem condições e...-Jill colocou o polegar sobre os lábios do rapaz impedindo-o de falar. 

-Nós dois estávamos sem condições,Chris.Eu te provoquei e você se rendeu e assim,vice-versa.-Ambos encararam os lábios um do outro e por impulso,seus lábios se tocaram.O beijo foi calmo e apaixonante e com o tempo,ele se tornou feroz.Redfield colocou a parceira em cima da moto e a acariciava.Seu rosto,seu braço-ambos com o polegar-e a sua perna.Quando ficaram sem ar,se separaram e se encararam. 

-Chris...-Ela desceu da moto e o empurrou.-Você está louco?!Estamos em frente a delegacia e se alguém nos visse?O que íamos dizer? 

-Jill,desculpa...-Ele coçou a nuca.-Eu não devia... 

-Eu acho melhor eu ir.-Jill o interrompeu e subiu na moto e ligou a mesma.-Amanhã conversamos,até mais.-Ela arrancou com a moto e foi embora. 

-Até...-O castanho deu um sorriso de lado. 

 

 

Jill entrou em seu apartamento,jogou a mochila em seu sofá e foi para seu quarto.Ela tinha beijado Chris!E ambos estavam sóbrios.Céus,aquilo era loucura!Naquele beijo,ela sentiu seu corpo,seus lábios,tudo implorava por mais. 

Ela implorava por mais. 

Queria entregar-se para ele,mas seria errado,tão errado. 

O que faria?Aquela conversa não levara a nada,só piorava.Pelo menos,eles não tinham se envolvido tão profundamente como pensava,mas de qualquer maneira,aqueles beijos,amassos,tudo...Estava acabando com ela.O que fazer?Chris parecia que também a desejava e então? 

Ela se entregaria a ele como sempre desejou ou ficaria se torturando?Tomaria sua decisão e comunicaria a Chris na manhã seguinte...A resposta que poderia alterar tudo,principalmente a amizade deles.


Notas Finais


Até Mais,Meus Amores!!❤️❤️
Bom Final de Semana!!😍😍
~Anne


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...