História Crazy In love - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jasmine Villegas, Justin Bieber
Personagens Chaz Somers, Jasmine Villegas, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Justin Bieber, Pattie Mallette, Ryan Butler
Tags Bern Villegas, Chaz Somers, Christian Beadles, Jasmine Villegas, Jream Andrew, Justin Bieber, Justin Villegas, Pattie Mallette, Ryan Butler
Visualizações 452
Palavras 2.795
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Memory


Fanfic / Fanfiction Crazy In love - Capítulo 11 - Memory

Jasmine: oooi! – disse sem ânimo.

Justin: O que deu em você? Por que saiu correndo daquele jeito? O que foi que eu fiz? – ele parecia completamente decepcionado.

Jasmine: Nada! Desculpe-me, eu não sei o que deu em mim. – disse confusa.

Justin: Foi alguma coisa que eu disse? – perguntou preocupado.

Jasmine: Não sei, pode ter sido. Sinceramente, eu não sei!

Justin: Sério que você não sabe? Será que é por que eu estava falando da minha ex-namorada? – perguntou como se fosse óbvio.

Jasmine: Tá, foi. Não sei por que pedi pra você começar com essa história, eu sou uma burra mesmo. Você ainda gosta dela.

Justin: Não Jasmine! Eu não gosto dela, eu gosto de você. Dá pra entender ou está difícil?

Jasmine: Eu já falei pra você. Não iluda a Jasmine agora, você não sabe realmente o que sente. E com certeza, não sente o mesmo que eu, por favor, não diga coisas que eu sei que não é verdade. – disse no fundo me sentindo um pouco decepcionada.

Justin: Mas eu gosto de você. – insistiu.

Jasmine: Eu sei disso, só que... – não consegui dizer.

Justin: Só que, o quê?

Jasmine: Nada Justin! Deixa-me, estou confusa.

Justin: Como assim “deixa-me”? Você está querendo terminar comigo já de cara? – perguntou indignado.

Jasmine: Não, não entenda desse modo. Só fiquei meio confusa e quero colocar as coisas em ordem. – disse calmamente.

Justin: O que foi que eu disse? – insistiu mais uma vez.

Jasmine: Amanhã nós conversamos! Ai você aproveita e conhece o Jream, está ok? – pedi.

Justin: Ok! – ele disse sem ter muita escolha.

Jasmine: Vou desligar... Boa noite, beijos!

Justin: Boa noite, beijos! – ele disse e ambos desligaram.

 

 Eu com ciúmes e ele faz questão de jogar isso na minha cara dizendo o quanto a ex-namorada dele era importante. Ele não disse realmente, mas foi o que eu entendi... Vontade de jogar essa porcaria de celular longe.

 

Justin: Jasmine? – ele apareceu me dando um susto.

Jasmine: Eu mesma, o que foi? – perguntei sem ânimo.

Justin: Estava conversando com quem?

Jasmine: Com o seu xará. – disse revirando os olhos.

Justin: Brigaram de novo? –ele arqueou uma sobrancelha, como assim de novo?

Jasmine: Quando foi que a gente brigou que eu não lembro? – perguntei o encarando.

Justin: Há um mês atrás quando o Justin me deu dinheiro e você devolveu pra ele porque vocês tinham brigado ou sei lá o quê. – ele revirou os olhos.

Jasmine: Ah tá e não, não estávamos brigando, ele só ligou perguntando se dá pra ele vir aqui amanhã. – menti.

Justin: Legal. – ele disse animado e saiu andando.

Jasmine: Não deveria ter mentido. – disse comigo mesma. Levantei-me e fui pro meu quarto, tomei um banho e fiquei lá trancada pensando.

 

No dia seguinte... 10 de Março de 2012. Sábado, ás 9:47 A.M.

P.O.V Justin

Acordei completamente sonolento, olhei a hora e eram mais de nove horas, me levantei, entrei ao banheiro e fiz minha higiene, depois desci. Fui até a cozinha e a dona Pattie estava fazendo o café, ela percebeu minha presença logo depois que me sentei.

 

Pattie: Bom dia Justin. – ela disse e sorriu, eu estava quase fechando os olhos de tanto sono.

Justin: Bom dia mãe! – disse e dei um meio sorriso.

Pattie: O que foi? Que carinha é essa? – ela arqueou uma sobrancelha.

Justin: Nada! Só estou com sono.

Pattie: Eu sei que esse não é o único motivo pra você estar assim, eu te conheço muito bem.

Justin: Como sempre, eu nunca conseguindo esconder nada da senhora, qual é virou cigana? – disse e nós rimos.

Pattie: Pode começar a contar Justin. – perguntou curiosa.

Justin: Hum... eufaleisobreminhaexnamoradaprajasmine. – disse completamente rápido.

Pattie: Você sabe que eu não gosto quando você faz isso! – ela disse e me encarou.

Justin: Desculpa. É que eu falei sobre minha ex-namorada pra Jasmine. – disse com a cabeça baixa.

Pattie: Você o quê? Justin ficou maluco? – ela continuou me encarando.

Justin: Eu não tive outra escolha, ela perguntou e eu respondi. – disse agora olhando pra ela.

Pattie: O que aconteceu depois?

Justin: Não sei, acho que ela ficou com ciúmes e saiu correndo de lá de onde estávamos. Ai depois quando fui perguntar pra ela o que aconteceu, ela disse que estava mesmo com ciúmes porque percebeu que eu ainda gosto da minha ex. – disse e bufei.

Pattie: Você ainda gosta dela? – ela arqueou uma sobrancelha.

Justin: Mãe, a senhora não está me ajudando desse jeito! – disse a encarando.

Pattie: Eu só fiz uma pergunta, faça questão de responder. – ela parecia brava e continuava a me encarar.

Justin: Como eu posso gostar de uma pessoa que eu nem sei o nome? – dei de ombros.

Pattie: Você esqueceu o nome da pessoa que tanto amava? – ela perguntou impressionada.

Justin: Sofro de perca de memória de um mês. – disse e ela riu.

Pattie: Chloe! Esse era o nome dela. – ela disse como se fosse óbvio.

Justin: Sério? Que nome mais feio. – disse e fiz careta.

Pattie: É mentira, você não esqueceu o nome dela, está blefando. – ela disse desconfiada.

Justin: Mãe, isso é infantilidade! Acha que eu vou mentir que esqueci o nome dela pra quê? – disse e cruzei os braços.

Pattie: Não sei, mas não acredito o “sofro de perca de memória de um mês”, tenho certeza que inventou isso.

Justin: Pense o que quiser. – disse e tomei um pouco de café, comemos em silêncio, quando terminei me levantei e sai andando.

Pattie: Justin vai colocar uma camisa! Você sabe que eu não gosto que ande sem camisa pela casa. Foi assim que a Chloe se apaixonou por você. – ela disse meio alto e eu fiquei com raiva.

Justin: Mãe, por favor, não diga mais esse nome! Acha que eu vou me lembrar dela e continuar gostando dela? Eu estou com a Jasmine! E essa garota ai nunca gostou de mim. – disse alto e depois subi pro meu quarto, eu não gostei do jeito que ela falou dessa garota. Joguei-me na cama e fiquei pensando no que a Jasmine tinha me dito, por que eu ainda gostaria da Chloe? Ela terminou comigo, eu corri atrás sim, mas não adiantou porra nenhuma, acho que ela achou foi bom eu ter traído ela, não sei por que, mas eu sinto que já fui chifrado por essa garota. Sim, eu gostava mesmo dela, eu a amava! Por que eu estou lembrando isso logo agora? Pensei que tinha esquecido essa filha da puta. Não sei se isso tudo passou, não estamos mais juntos e eu gosto da Jasmine. Ela realmente precisa entender isso. Sai de meus pensamentos quando ouvi meu celular tocando, olhei no visor e era a Jasmine, logo atendi – Oi Jasmine!

Jasmine: Oi! O que está fazendo?

Justin: Que eu saiba nada. – disse e ri.

Jasmine: Vem pra cá, eu chamei os meninos e a Kethlen pra conhecerem o meu irmão! Só falta você.

Justin: Ok, mas é agora mesmo?

Jasmine: Se você quiser vir de madrugada, eu vou estar praticamente sozinha em casa. – ela disse em um tom malicioso.

Justin: Eu vou à sua casa agora e vou de madrugada também, pode ser? – disse no mesmo tom.

Jasmine: Você está falando sério? – ela perguntou impressionada.

Justin: Claro que não! – disse rindo.

Jasmine: Af seu bobão. Mas então... Vai vir ou não?

Justin: Sim, eu vou. Chego ai em alguns minutos! – disse animado.

Jasmine: Okay, não demora porque eu preciso falar com você antes. – ela disse com uma voz mais suave.

Justin: Tudo bem, até. Beijos!

Jasmine: Até, beijos! – ela disse e ambos desligaram, joguei o celular na cama e alguém bateu na porta.

Justin: Quem é? – disse alto e ouvi a voz da minha dizendo “sou eu” – Entra. – gritei e ela disse “você trancou”. Ah é, tinha me esquecido. Levantei da cama e destranquei a porta, ela logo entrou.

Pattie: O que aconteceu com você? – ela perguntou preocupada.

Justin: Não aconteceu nada comigo, mãe. – estranhei.

Pattie: Como não? Eu vi você com raiva quando eu falei da... – antes de ela dizer eu a encarei e ela parou – da sua ex-namorada.

Justin: Eu não gostei do jeito que a senhora falou! Só isso. – disse sem olhar pra ela.

Pattie: Mas por quê? Não foi ela quem terminou o namoro? Você não foi o culpado por isso ter acontecido? Ou aconteceu alguma coisa que ela fez e você não quis me contar? – ela disse me encarando, todas essas perguntas ficaram martelando em minha cabeça por segundos.

Justin: Eu não sei mãe... Mas se tivesse acontecido, a senhora acha que ela ia me contar? Eu sinto que ela já me traiu, sim. – disse com raiva só de pensar.

Pattie: Como assim? – ela perguntou confusa.

Justin: Quando eu fiquei com a outra garota na frente dela, ela não fez nada! Ela não brigou comigo, ela não chorou, ela só disse que o nosso namoro tinha acabado e com um sorriso no rosto, me lembro perfeitamente.  Tenho certeza que ela já tinha me traído antes, queria uma desculpa pra terminar o namoro e teve. – disse completamente nervoso.

Pattie: Justin se acalma. Isso pode ter mesmo acontecido e também pode ser só ilusão da sua cabeça. – ela tentou me acalmar, mas não deu nada certo.

Justin: Ok, isso não importa mais! Esta garota já saiu da minha vida e eu não quero que volte, nunca mais. Estou com a Jasmine agora... – disse e entrei no banheiro.

Pattie: Você vai sair? – perguntou curiosa.

Justin: Sim! Vou à casa da Jasmine conhecer o irmão dela que chegou da Califórnia. – disse simples.

Pattie: Ah tá, entendi. – ela disse e eu escutei a porta sendo fechada.

Justin: Jasmine, Jasmine. – disse bagunçando meus cabelos, o fato de ela ter agido daquele jeito me deixou completamente confuso. Eu não sei o que ela vai falar pra mim, mas com certeza não é “meu irmão quer te conhecer” até porque ela já tinha me dito isso. Tomei meu banho, troquei de roupa e fui pra casa da Jasmine. 

POV Jasmine

 Depois que eu liguei para o Justin, desci pra sala e os meninos continuaram á conversar, mas só Jream, Ryan e Chaz. Acho que Justin estava com a Kethlen, fui até a cozinha e lá estavam eles.

Jasmine: Eaí? Começaram á namorar e não me contaram? – fingi estar impressionada.

Justin: Para de besteira, Jasmine. – me encarou.

Kethlen: Eu só estava dando umas dicas pro Justin de como conquistar uma garota. – ela disse e sorriu.

Jasmine: Justin... Você está apaixonado? – perguntei e dessa vez eu estava mesmo impressionada – Quem é a sortuda?

Justin: Desde quando você precisa saber da minha vida? Vai cuidar da sua que, aliás, está vindo pra cá. – ele disse e saiu andando.

Jasmine: O que foi que eu fiz? E do que ele estava falando? – perguntei brava.

Kethlen: Acho que ciúmes e... Justin. – ela disse impressionada também.

Jasmine: Vou falar a verdade, esse garoto está parecendo meu namorado com tanto ciúmes. – disse e ela riu, ri junto.

Kethlen: Você precisa conversar com ele, mas antes do Justin chegar, claro. – disse como se fosse óbvio.

Jasmine: Pois é, eu vou atrás dele. – disse e sai andando atrás dele, cheguei á sala e nada – Jream, o Justin passou por aqui? – perguntei preocupada.

Jream: Sim, ele foi ao jardim! Mas o que aconteceu? – agora ele quem estava preocupado.

Jasmine: Ele continua com ciúmes, vou falar com ele sobre isso.

Jream: Ciúmes? Como assim? De você? Com quem? Não me diga que com o Justin? – ele perguntou impressionado.

Jasmine: Sim, sim e sim! Estou indo lá. – disse acenando e sai andando em direção ao jardim, cheguei e ele estava sentado na grama olhando pro nada – Ei! Justin, o que aconteceu? – disse e me sentei ao lado dele que se afastou um pouco.

Justin: Não aconteceu nada, me deixa. – ele disse emburrado.

Jasmine: Para com isso Justin! Eu sou sua irmã, te amo e quero que me diga o que aconteceu, por favor? – disse e ele olhou pra mim.

Justin: Não gosto de você com o Justin. – ele disse sério.

Jasmine: Ciúmes? – perguntei, mas parecia meio óbvio.

Justin: Não sei! Estou acostumado em te ver com um cara diferente todos os dias e também depois do que o Quincy fez com você, fico com medo de que aconteça novamente e eu não quero te ver sofrer. – ele disse e abaixou a cabeça.

Jasmine: Não se preocupa! Eu conheço o Justin bem e tenho certeza que ele nunca faria isso, se um de nós sofrer algum dia, pode ter certeza que esse alguém não vai ser eu. – disse e pisquei.

Justin: Gostei disso. – ele disse sorrindo.

Jasmine: Chega de ciúmes, tá? O Justin é legal, você vai gostar dele. – disse e sorri – Agora vem aqui me dar um abraço! – disse abrindo os braços e ele me abraçou.

Kethlen: Awn que fofos! – ela apareceu do nada e nos afastamos.

Jasmine: O Bieber já chegou? – perguntei curiosa.

Kethlen: Sim! E... Justin, ela chamou ele assim porque vocês são xarás e não ia pegar muito bem dois Justin’s no mesmo lugar. – ela disse e ele riu.

Justin: Ok entendi tudo. – ele disse se levantando.

Jasmine: Então vamos pra sala! – me levantei também e saímos andando, quando chegamos Bieber estava conversando com os meninos e logo que me viu, veio falar comigo – Oi! – disse sorrindo.

Bieber: Oi anjo. – ele disse com a cara mais fofa do mundo e eu deixei escapar um “awn”.

Jasmine: Gente, eu preciso falar com ele! Fiquem á vontade. – disse e todos assentiram, peguei na mão de Justin guiando-o até meu quarto, quando chegamos, entramos e eu tranquei a porta – Então... Primeiro eu queria pedir desculpas pelo que fiz! Sei que agi errado, fui uma idiota.

Justin: Não precisa ficar assim, eu te entendo. Mesmo ficando um pouco confuso com tudo isso. – ele disse e sorriu.

Jasmine: Obrigada. – disse e o abracei – Tem certeza que não sabe o nome dela? – arqueei uma sobrancelha.

Justin: Jasmine, eu não quero falar sobre isso agora. Ontem eu refleti e descobri que ela não era quem eu pensava que era. – ele disse e abaixou a cabeça.

Jasmine: Como assim? – perguntei preocupada.

Justin: Jas, que tal esquecer essa história? – ele disse acariciando o meu rosto.

Jasmine: Ok, como quiser. – disse e sorri – Vamos descer? – disse e ele assentiu. Quando chegamos á sala, todos olharam pra nós.

Jream: Aí, vocês chegaram! Conta ai Jas, como foi ficar com o Chaz. – ele disse todo animado.

Jasmine: Jream, o Justin está aqui esqueceu? – disse o encarando.

Justin: Se quiserem, eu saio. – ele disse andando.

Jasmine: Não! – disse alto.

Bieber: Pera ai Jasmine, você ficou com o Chaz? – ele perguntou impressionado, como se não soubesse.

Ryan: Qual foi Justin? A Jasmine fez isso pra pegar o telefone dele, ligar pra você e vocês saírem. – disse como se fosse óbvio.

Chaz: Acho que a memória dele está ficando fraca. – ele riu.

Jasmine: Ei, não se lembra de nada disso? – perguntei preocupada, ele parecia mesmo não saber.

Bieber: Não! Quando foi que isso aconteceu? – perguntou curioso.

Jream: Acho que semana passada. – ele disse rindo.

Chaz: Foi há um mês Justin! – ele disse revirando os olhos.

Bieber: Está ai um problema... Quando se passa um mês, eu não me lembro de nada do que aconteceu. – ele disse parecendo irritado com aquilo.

Justin: Hã? Essa eu não entendi. – ele disse confuso.

Ryan: Você está falando sério? – ele perguntou preocupado, eu estava começando á surtar.

Jasmine: Justin? – perguntei sem entender toda aquela história.

Bieber: É sério! Por isso que eu te disse que não lembrava o nome da minha ex-namorada. – ele disse olhando pra mim.

Chaz: Sua mãe sabe disso?

Jream: O papo está ficando sério. – ele disse e se sentou no sofá.

Bieber: Eu já disse isso pra ela, mas ela sempre pensa que é mentira, ainda mais quando disse que tinha esquecido o nome de... Vocês sabem quem. – ele revirou os olhos.

Ryan: Você esqueceu o nome da garota que tanto amava? É eu acho que isso é sério mesmo. – ele disse preocupado.

Jasmine: Jus... – me aproximei mais ficando de frente pra ele – quer dizer que você não se lembra de quando nos conhecemos? – perguntei curiosa, estava começando á chorar.

Bieber: Sinto muito, mas não lembro. – ele disse e abaixou a cabeça.

Jream: Você precisa ir a algum médico, Bieber.

Kethlen: - ela apareceu do nada – Gente, eu perdi alguma coisa? Que carinhas tristes são essas?

Jasmine: Você não vai se esquecer de mim, não é? – disse esperançosa.

Bieber: Eu não posso confirmar nada, porque não sou eu que comando as coisas. – ele disse e eu o abracei fortemente. Os meninos disseram á Kethlen o que aconteceu.

Kethlen: Descobriram isso agora?

Ryan: Nós, sim. Mas o próprio Justin já sabia...

Bieber: Pois é, só que chega de tristeza! Eu vim aqui pra conhecer você, Jream. – ele disse e os dois deram um aperto de mão.

[...]


Continua...


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...