História Crazy In love - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jasmine Villegas, Justin Bieber
Personagens Chaz Somers, Jasmine Villegas, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Justin Bieber, Pattie Mallette, Ryan Butler
Tags Bern Villegas, Chaz Somers, Christian Beadles, Jasmine Villegas, Jream Andrew, Justin Bieber, Justin Villegas, Pattie Mallette, Ryan Butler
Visualizações 340
Palavras 2.032
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


boa leitura babes

Capítulo 18 - Pool Party. (Parte 1)


Fanfic / Fanfiction Crazy In love - Capítulo 18 - Pool Party. (Parte 1)

  Ficamos assim até eu sentir um pouco de frio, pedi para ele me levar pra casa, entramos no carro e voltamos. Conversamos o caminho todo, ele me contava algumas coisas que ele foi louco de fazer quando eu estava na Califórnia e eu disse á ele como foi lá, eu só não deixei me emocionar muito quando disse mais uma vez que minha tia tinha morrido porque disso ele não se lembrava, ele não se lembrava de quando eu cheguei da Califórnia e eu fui a sua casa saber se ele tinha mesmo se esquecido de mim, mas isso não importa. O importante mesmo é que agora ele voltou á se lembrar de mim e eu estou mais do que feliz com isso. Quando chegamos a minha casa, ele estacionou o carro e eu tirei o cinto.

Bieber: Então tchau? – ele disse depois de ter tirado o cinto também.

Jasmine: Tchau Bieber. – coloquei uma mão no rosto dele e o beijei, eu pensei que seria rápido, mas ele colocou uma mão em minha nuca e aprofundou o beijo, eu percebia o sorriso dele entre o beijo, parei um tempo depois. – Bobo! – disse rindo e dei um tapa no braço dele.

Bieber: Eu também te amo Jas. – ele disse e riu fraco.

Jasmine: Te amo. – disse e dei um selinho rápido nele – Agora tchau. – disse abrindo a porta do carro e acenando, ele acenou de volta e eu fechei a mesma indo em direção á minha linda e amada casa. Adentrei e quando cheguei à sala, a casa parecia estar vazia, não dei muita importância e subi correndo para o meu quarto, me joguei na cama e liguei para Kethlen.

Kethlen: Fala vadia. – ela disse parecendo brava.

Jasmine: Grossa, o que deu em você? Estou atrapalhando alguma coisa? – disse e ri.

Kethlen: Ryan está aqui comigo, ele não gosta que eu te atenda quando estamos juntos. – ela disse e riu fraco, ouvi Ryan resmungar.

Jasmine: Eu imagino o porquê.

Kethlen: Mas então, me conta as novidades amiga! – ela disse animada.

Jasmine: Ah, é que o Bieber me levou pra ver o Pôr-do-sol hoje... Foi tão romântico. – eu disse lembrando daquilo tudo.

Kethlen: Ele deve ter ficado romântico depois daquela sagrada noite de sexo que vocês tiveram. – ela disse ironicamente.

Jasmine: Claro que não Kethlen! Bieber não é assim. – disse como se fosse óbvio.

Kethlen: Amiga, isso se chama bipolaridade. Paga pra ver que daqui á pouco o Bieber vai estar todo safado para o seu lado querendo transar de novo com você, eu não duvido muito. É bem o tipo dele!

Jasmine: Sério mesmo? – perguntei querendo que aquilo não fosse verdade.

Kethlen: Mas é claro Jasmine! Homens são assim mesmo, um dia eles estão românticos, no outro eles querem sexo. Nós só temos que aceitar a realidade.

Jasmine: Eu com certeza vou confirmar isso hoje mesmo. – disse com medo dessa hipótese.

Kethlen: Pelo jeito você ama ver o Pôr-do-sol, né? Está com tanto medo que o Bieber mude de uma hora para a outra. – ela disse parecendo espantada.

Jasmine: Kethlen é do meu namorado que estamos falando! Nós transamos apenas uma vez e não foi lá essas coisas, claro que foi a melhor noite da minha vida porque foi com ele, mas mesmo assim, eu não acho motivos pra ele ficar assim do nada.

Kethlen: Tudo bem vai lá e liga pra ele, comprova que o Bieber agora deve estar louco pra transar com você. – ela disse e riu.

Jasmine: Okay, eu vou. – disse e desliguei. Eu não sabia se ligava mesmo pra ele, resolvi deixar esse pensamento de lado por enquanto.

 Levantei-me da cama jogando meu celular ali mesmo, entrei no banheiro e tomei um banho quente, terminei, coloquei um pijama e fui me deitar. Em seguida recebi uma mensagem do Bieber perguntando se eu já estava dormindo, então eu respondi que não e assim ficamos a noite toda trocando mensagens, teve até um momento que me deu fome e eu desci pra cozinha com o celular na mão e comi um pacote de bolacha, eu achei meio absurdo, mas ele não parava de dizer coisas safadas. Kethlen estava mesmo certa! Bipolaridade de homens é assim, primeiro eles ficam românticos e depois eles ficam safados, no caso do Bieber eu não sei ao certo se ele está louco por sexo como Kethlen havia me dito, mas está parecendo. Eu não falei nada porque ia ficar um pouco constrangida com assunto, deixei completamente de lado isso. Quando paramos de conversar já eram 3:35 A.M, despedi-me dele e fui dormir.

No dia seguinte... Domingo.

Acordei e vi que eram quase duas horas da tarde, me levantei e fui tomar um banho demorado. Terminei e troquei de roupa,  quando ia sair do quarto recebi uma mensagem coletiva do Bieber dizendo.

 “Festa na piscina aqui em casa, estão todos convidados! Quero vocês aqui, agora. x Justin”

  E eu nem precisei responder por que ele logo me ligou.

Jasmine: Eai festeiro! – disse rindo.

Bieber: Eai, você vai vir né?

Jasmine: Claro meu bem! Eu perder festa na piscina? Nem fodendo. – disse como se fosse óbvio.

Bieber: A gente pode foder um pouquinho e depois curtir a festa, que tal? – ele disse em tom malicioso, ri daquilo.

Jasmine: Por que raios você está me perguntando isso?

Bieber: Ah Jas, eu pensei que antes da festa a gente podia foder um pouquinho pra juntar animação. – ele disse com uma voz de inocente, revirei os olhos.

Jasmine: Tudo bem, mas eu vou pensar no seu caso. – disse com uma voz sexy querendo entrar naquele clima que ele tanto queria.

Bieber: Pensa sim e pensa com muito carinho, Okay? Hoje o dia vai ser ótimo. – ele disse bem animado, estranhei.

Jasmine: Nem transamos e já está animado? Você não presta Justin Drew Bieber. – disse fingindo estar impressionada.

Bieber: Claro que eu presto, presto pra foder gostoso, não acha? – ele disse se achando, ri.

Jasmine: Não sei Bieber, mostre-me o seu poder de foder gostoso da próxima vez.

Bieber: Mas é claro, com o maior prazer! Mas então, venha logo antes que eu me desanime com presenças desagradáveis. – ele disse e eu estranhei.

Jasmine: Okay bae! Chego ai em alguns minutos, beijos.

Bieber: Beijos! – ele disse e ambos desligaram. Sai do quarto e desci, quando cheguei até a sala, vi Justin e ele estava vendo tevê, logo quando me viu, veio a pergunta.

Justin: Vai sair Jas?

Jasmine: Sim, vai ter festa na piscina na casa do Bieber e estou indo pra lá. Tchau! – disse acenando e andando.

Justin: Ah tá, tchau. – ele disse antes de eu sair de casa.

Andei rápido até a casa do Bieber, cheguei, apertei a campainha e ele mesmo que atendeu, a casa estava cheia.

Jasmine: Eai meu amor! – disse e ele me deu um selinho demorado.

Justin: Eaí Jas! – ele disse, eu entrei e ele fechou a porta – Vamos para o meu quarto? – ele disse com um sorriso malicioso e agarrou minha cintura com vontade.

Jasmine: Mal cheguei e você já quer dar um perdido em mim? Deixa-me falar com o pessoal primeiro bae! – disse e pisquei, ele assentiu se afastando e eu fui falar com a Kethlen, ela estava com Ryan, Chaz e Emily. – Eai casais! – quase berrei.

Emily: Eaí Jas!

Chaz: Fala ae Jasmine.

Ryan&Kethlen: Oie!

Kethlen: Você está animada demais, o que aconteceu? – ela perguntou curiosa e com um sorriso malicioso.

Jasmine: Eu e o Justin, nós voltamos. – sorri olhando para os meninos que eram os únicos que não sabiam daquilo tudo.

Chaz: É o quê? – ele perguntou impressionado – Quando isso aconteceu? – agora parecia curioso.

Jasmine: Na sexta quando eu e as meninas fomos á boate. – disse e pisquei para elas.

Emily: Nossa, foi até fácil demais. – ela disse parecendo feliz.

Jasmine: Ele se lembrou de mim. – disse sorrindo.

Ryan: Lembrou-se de você como? – ele perguntou impressionado.

Jasmine: Ah Ryan, nós só nos beijamos e depois parecia que o Bieber era outra pessoa, foi como se todo o tempo que ele tinha se esquecido de mim, não existisse.

Chaz: Foi tipo um sonho? – ele perguntou e eu assenti.

Jasmine: Depois vocês não precisam saber de mais nada. – disse e pisquei pra Kethlen, só ela sabia o que tinha acontecido naquela noite. Senti uma respiração em meu pescoço e logo mãos agarraram minha cintura. – Falando nele. – disse e ri dando um selinho no Bieber.

Bieber: Estavam falando de mim? – ele perguntou curioso como sempre.

Emily: Mais ou menos, Bieber. – ela disse revirando os olhos.

Bieber: Tudo bem! Mas Jasmine, vem comigo. – ele disse em meu ouvido e me puxando.

Jasmine: Tchau pessoal! – disse acenando e fui com ele – O que foi? – me fiz de desentendida.

Bieber: Vamos para o quarto meu amor. – ele disse com uma voz sexy e paramos quando chegamos ao corredor.

Jasmine: E a sua mãe? – perguntei tentando parecer preocupada.

Bieber: Foi para a casa do namorado dela e disse que talvez volte só amanhã e foi por isso mesmo que eu resolvi fazer essa festa. – ele disse animado.

Jasmine: Olha Bieber, se ela chegar e essa casa estiver uma bagunça, você está fodidamente ferrado. – disse rindo.

Bieber: E pra que é que existem empregadas? – ele disse me agarrando e sorriu maliciosamente.

Jasmine: Nossa! Mas que fogo hein Bieber. – ri.

Bieber: Eu quero foder, entendeu? – ele sussurrou em meu ouvido me fazendo arrepiar.

Jasmine: Entendi. – me afastei dele e entrei em seu quarto, ele entrou em seguida e trancou a porta – Tem que ser rápido bae! – sorri maliciosamente e ele me agarrou jogando-me na cama, no começo eu fiquei sem reação, mas antes de tudo ele tirou sua blusa e me beijou, coloquei uma de minhas mãos em sua nuca acariciando seu cabelo.

 Ele acariciava todo o meu corpo, então resolveu tirar minha blusa e meu short, logo ele também já estava só de cueca e me beijou novamente, então foi abaixando os beijos para o meu pescoço, eu estava ficando toda arrepiada. Quando ele chegou com os beijos em meus seios, ele tirou meu sutiã e eu o ajudei. Ele começou a chupar e sugar um deles, como ele estava em cima de mim e eu estava sentindo seu membro roçando em minha intimidade, aquilo em deixou com tesão e eu estava começando a ficar molhada e toda suada. Justin chupava meus seios e eu gemia baixo, então ele parou, olhou pra mim com um sorriso malicioso e tirou minha calcinha, em seguida ele começou a chupar meu clitóris, gemi baixo. Ele abriu mais minhas pernas e ficou lambendo toda a parte da minha intimidade, eu estava me contorcendo toda de prazer.

 Quando eu disse que ia gozar ele parou, então ele pegou um preservativo e colocou, logo o senti dentro de mim, gemi baixo e ele sorriu. Seus olhos mostravam puro desejo, então ele começou a pedir que eu gemesse o nome dele, eu gemia bastante e cada vez mais o Bieber ia aumentando a velocidade das entocadas, eu já estava ficando cada vez mais suada. Aquilo demorou muito, parecia que ele não ia parar nem se eu pedisse, mas até que eu estava gostando. Só que então ele parou.

Bieber: Está bom? – ele disse com um sorriso malicioso e eu assenti – Então quero ver se você é tão foda como eu. – ele disse todo convencido.

Jasmine: Okay, só porque você se acha demais. – disse me levantando, ele se sentou na cama e eu peguei em seu membro, ele deu um gemido baixo – Posso te dar a mesma coisa que você me deu bae. – sussurrei e o coloquei em minha boca, fiquei chupando e fazendo movimentos de vai e vem, sempre que eu colocava a língua, Bieber gemia um pouco mais. Demorei um tempo pra parar, olhei pra ele que sorria feito bobo e o beijei – Agora vamos descer? – perguntei depois que parei o beijo.

Bieber: Vamos! – ele sorriu e se levantou, colocamos nossas roupas e descemos.

Jasmine: Ficamos quanto tempo lá dentro? – sussurrei no ouvido dele e ele se arrepiou.

Bieber: Acho que mais de uma hora. – ele disse olhando no celular.

Jasmine: Tomara que não tenham sentido nossa falta. – disse revirando os olhos.

Bieber: Claro que não meu amor. – ele disse e me deu um selinho.

Continua...


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...