História Crazy In love - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jasmine Villegas, Justin Bieber
Personagens Chaz Somers, Jasmine Villegas, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Justin Bieber, Pattie Mallette, Ryan Butler
Tags Bern Villegas, Chaz Somers, Christian Beadles, Jasmine Villegas, Jream Andrew, Justin Bieber, Justin Villegas, Pattie Mallette, Ryan Butler
Visualizações 536
Palavras 3.065
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Jealous of me?


Fanfic / Fanfiction Crazy In love - Capítulo 9 - Jealous of me?

Jream: Jasmine, onde você estava? – ele perguntou preocupado ou pelo menos parecia.

Jasmine: Que tal um “que bom rever você”?

Jream: Responde-me Jasmine.

Jasmine: - me sentei com tudo no sofá – Bom... Eu estava no Terminator Salvation com um amigo e é isso – disse e bufei.

Jream: Quem é esse seu amigo? Você não tem amigos! – protestou ele, agora sim ele pareceu bravo e eu queria saber o por que.

Jasmine: Okay, ficante e amigo. Justin o conhece! Não é Justin? – olhei-o.

Justin: Aham conheço! Ele parece ser legal e não tem cara de ser um idiota. – ele disse sorrindo e revirou os olhos.

Jream: Que bom porque se você um dia for namorar com ele, eu quero conhece-lo. – ele disse e cruzou os braços.

Jasmine: Quem você pensa que é? Meu pai? – disse o encarando.

Jream: Não, mas ele me mandou vir pra cá para vigiar você e cuidar do Justin, coisa que você não deve estar fazendo. – ele me encarou também.

Jasmine: Vai ficar apontando os meus erros só por que você é o mais velho? – cruzei os braços também, não estava gostando daquilo.

Jream: Claro que não Jasmine! Você sabe que eu te amo e quero lhe ver bem. – ele disse e abriu os braços, me levantei e o abracei.

Jasmine: Eu também te amo, Jream. – disse e nos afastamos – Por que não avisou que viria? – perguntei curiosa.

Jream: Queria fazer surpresa! Mas não deu muito certo. – ele disse e riu fraco.

Justin: Estou de fora disso tudo, né?

Jasmine: Awn Justin vem aqui! – disse abraçando ele, Jream nos abraçou e foi um abraço triplo, fofo demais. – Eu amo vocês!

Justin: Nós também amamos você, Jas...

Jream: É, te amamos demais. – ele disse nos afastamos e sentamos no sofá com tudo.

Jasmine: O que vocês estavam jogando? – perguntei olhando pra tevê.

Justin: Boliche, mas o Jream ganhou. – ele disse com uma cara triste.

Jream: Sou ótimo no boliche! – ele disse todo se achando.

Jasmine: Então tá, eu vou pro meu quarto tomar um banho porque amanhã tenho aula. – disse me levantando e subi pro meu quarto, entrei e tranquei a porta, tomei meu banho e quando terminei recebi uma mensagem do Justin perguntando se eu estava bem. Ele está sendo muito clichê, vou tirar uma com a cara dele, só pra contrariar. Mandei:

“Justin, para de ser trouxa! Você ta parecendo gay desse jeito. Eu sei me cuidar, okay moleque? E meu irmão não é nenhum maníaco pra você ficar ai todo preocupado. Claro, estou bem! J” ele demorou um pouco, mas respondeu...

“Que esculacho :c mereci. Nossa, você tem razão! Estou exagerando demais, desculpe-me.”

“Eu estava brincando! Mas é a verdade :P Não precisa se desculpar, Okay?”

“Okay Senhorita Jasmine! Você é quem manda, Haha”

“Haha, idiota! Vou dormir, até amanhã... boa noite, beijos”

“Boa noite, gatinha! Beijos”

 

Joguei meu celular em qualquer lugar, me deitei e nem vi quando apaguei.

 

No dia seguinte... 9 de Março de 2012. Sexta-feira, ás 6:30 A.M.

 

POV Justin

Pattie: Justin, você saiu com quem ontem? – perguntou ela curiosa e me entregou uma pera.

Justin: Com a Jasmine... – disse desanimado, não gosto de interrogatório em plena seis da manhã.

Pattie: Mas ela não é sua colega de classe? Aquela que vocês estão fazendo o trabalho juntos? Falando em trabalho, vocês já terminaram? – enquanto ela falava eu fechei os olhos pra cochilar um pouco, mas logo os abri.

Justin: Ah sim! Vamos entregar ele Segunda-feira. – disse sorrindo e dei uma mordida na pera – Era só isso, mãe? Eu preciso ir.

Pattie: Vocês estão ficando ou sei lá como vocês jovens de hoje dizem...?

Justin: É mãe, estamos! – disse andando e peguei a chave do meu carro – Tchau mãe! Até mais tarde. – disse acenando e sai de casa, peguei meu carro e fui pra escola, chegando lá estacionei e quando sai, dei de cara com os manos – Eaí dude! – disse fazendo toque de mão com Chaz.

Chaz: Eaí cara!

Justin: Fala ae parça. – disse fazendo um toque meio idiota com o Ryan. Meio?

Ryan: Haha gostei! – ele disse rindo atoa.

Chaz: Cadê a Jasmine? – ele disse olhando pros lados.

Justin: Deve estar por ai... Mas eaí Ryan, já ficou com a Kethlen?

Ryan: Se eu já fiquei? Sim e nós estamos ficando agora! – ele disse todo animado.

Chaz: Não se anima muito, fica parecendo um gayzinho. – ele riu debochado e eu ri junto.

Ryan: Qual é, agora vocês estão contra mim ou o quê? – ele disse nos encarando.

Chaz: Pera... Olha aquilo ali... Duas gostosas chegando! Quer dizer, uma.

Ryan: Estão vindo pra cá! – Oh claro.

Justin: Vindo? De quem vocês estão falando? – disse sem entender absolutamente nada.

Chaz: Da Jasmine, a mais gostosa que tem ali. – ele disse e eu o fuzilei.

Justin: Eu pensei que você tinha raiva dela por ter te usado pra sair comigo! – falei bravo.

Chaz: Isso é passado... Ela é gostosa, vamos aceitar os fatos.

Jasmine: Sim, Chaz! Porém, estou com o Justin. – ela se aproximou olhando pra ele e depois olhou pra mim – Oi! – ela disse e me deu um selinho.

Justin: Oi. Como sabia que estávamos falando de você? – perguntei impressionado.

Jasmine: Percebi Chaz olhando pra mim com um olhar maldoso. – ela disse olhando pra ele que sorriu sem graça.

Ryan: Esse ai não perde uma. – ele disse abraçando Kethlen de lado.

Chaz: Nossa, desculpa se eu não quero ficar sozinho no mundo. – ele disse ironicamente.

Kethlen: Você já está sozinho. – ela disse e riu.

Chaz: Jasmine, por que você escolheu o babaca do Justin? Eu poderia muito bem te fazer feliz. – ele disse com cara de pidão, Jasmine riu.

Justin: Sai daqui! Vai arrumar uma namorada pra você e para de paquerar a dos outros. – disse rindo.

Chaz: Estou indo... – ele disse e saiu andando.

Jasmine: O Chaz é um idiota, Meu Deus! – ela disse rindo alto.

Ryan: Você não viu nada... Se ele arranjar mesmo uma namorada, vai ficar pior ainda.

Kethlen: Vish nem quero ver! – ela disse fazendo careta e nós rimos, o sinal bateu, entramos na escola.

Justin: Você está muito linda! – sussurrei no ouvido da Jasmine com uma voz sexy, ela se arrepiou e olhou pra mim sorrindo maliciosamente.

Jasmine: E mais o quê? – ela pediu pra que eu continuasse sussurrando em meu ouvido.

Justin: Linda, gostosa e selvagem. – disse com a mesma voz sexy, ela sorriu.

Jasmine: Você também. – ela disse mexendo apenas os lábios, eu ri.

Justin: Sem brincadeira, vamos pra sala. – peguei na mão dela e fomos direto pra sala, chegamos e a Kethlen já estava lá, nos sentamos, Jasmine sentava na frente e eu atrás, primeira e segunda mesa perto da porta. A professora começou á fazer a chamada.

Jasmine: Psiu! – ela chamou minha atenção olhando pra trás.

Justin: O que foi?- perguntei confuso.

Jasmine: E a capa do nosso trabalho?

Justin: Ainda tenho que fazer. Hum... Acho que vou imprimir fotos de um site da playboy e colar bem na capa do nosso trabalho, o que acha? – disse com cara de safado e ela me encarou.

Jasmine: Sem safadezas! Eu sei que você não é assim. – ela disse e fez bico.

Justin: Verdade, não teria coragem de fazer uma coisa dessas pensando que eu tenho você, que é bem melhor. Bom... Pelo menos de aparência.- disse sincero.

Jasmine: Você quer me levar em um Motel? É isso? – ela perguntou sussurrando e com os olhos arregalados.

Justin: Olha a mente poluída da garota... Pensa que é assim? Eu não levo qualquer uma pra cama, claro que eu não estou te desvalorizando, você não é qualquer uma! – tentei explicar.

Jasmine: Bom saber! Mas você está dizendo que quando me conhecer melhor pode acontecer algo entre a gente? Tipo o que eu queria no nosso primeiro encontro? – ela disse e piscou.

Justin: É isso ai. – sorri e ela se virou pra frente.

 

[...]

POV Jasmine

Intervalo! Justin, Kethlen e eu saímos da sala, fomos os primeiros. Kethlen foi procurar Ryan., Justin e eu fomos comer, eu estava morrendo de fome. Comemos e depois fomos pro pátio, de repente o Chaz aparece com Ryan e Kethlen todo animado.

Ryan: O que aconteceu? Por que está tão animado?

Justin: Fiquei curioso agora.

Jasmine&Kethlen: Eu também! – dissemos juntas.

Chaz: Achei uma menina que gosta de mim, a gente ficou conversando tanto tempo, ela me disse o que sentia e tal. Mas ela vai mudar de cidade na segunda-feira... E olha que a mina é uma puta de uma gostosa! – agora ele parecia meio desanimado.

Ryan: Nossa Chaz, você não se dá bem nem quando está quase perto. – ele disse rindo.

Justin: Por que você não vai com ela?

Kethlen: Legal! Chaz viajando com uma desconhecida.

Jasmine: Vai que a menina abusa do Chazito, não vai sobrar nada pra contar história.

Chaz: Não tenham dó de mim, eu vou achar alguém que combine comigo. – ele disse e saiu andando mais desanimado ainda.

Ryan: Será que isso vai mesmo acontecer? – ele disse e arqueou uma sobrancelha.

Kethlen: Coitado do Chaz, Ryan... Ele é seu amigo! Não fala assim dele. Você quer que ele fique sozinho? – ela o encarou.

Ryan: Claro que não! – protestou.

Jasmine: É Ryan, para com isso. Tenha pensamentos positivos. – disse encarando ele que sorriu.

Ryan: Okay meninas! Pensamento positivo. – ele levantou a mão como se tivesse se rendendo. E Justin continuava em transe.

Kethlen: O que houve com ele, Jas? – ela perguntou fazendo careta.

Jasmine: Sei lá! JUSTIN. – disse alto e nada – JUSTIN! – gritei e ele continuou paralisado – JUSTIN... – estalei os dedos na frente do rosto dele e ele sacudiu a cabeça meio assustado.

Justin: O que foi? Aconteceu alguma coisa? – perguntou assustado.

Ryan: Aconteceu com você.

Kethlen: Você ai todo calado e paralisado... Pensando em alguém? – ela disse e franziu a testa.

Jasmine: É o que eu quero saber! – disse encarando ele.

Justin: Não é nada demais.

Jasmine: Então conta se não é nada demais.

Justin: Meus irmãos.

Ryan: Jazmyn e Jaxon? – ele perguntou animado.

Justin: E tem outros? – ele disse e sorriu.

Kethlen&Jasmine: Você tem irmãos? – perguntamos impressionadas.

Justin: Sim, eu tenho! Mas eles moram no Canadá, com o meu pai. Eles são apenas filhos do meu pai.

Jasmine: Ah tá, mas por que nunca me disse isso?

Justin: Não achei que fosse necessário. – ele deu de ombros.

Ryan: Okay pessoal! Tchau, até mais. – ele disse andando e os dois saíram dali.

Jasmine: Você não estava pensando nos seus irmãos, estava? – perguntei desconfiada.

Justin: Não! Estava pensando naquilo que tu me disse na sala. – ele disse e sorriu maliciosamente – Ou fui eu que disse, não lembro.

Jasmine: - o abracei de frente e sussurrei em seu ouvido – Você quer me levar pro Motel ou o quê? – disse com uma voz sexy, olhei pra ele e pisquei.

Justin: Eu não sei. Se um dia acontecer, aconteceu. – deu de ombros.

Jasmine: Entendi gato! Mas e sua mãe?

Justin: O que tem ela? – ele arregalou os olhos.

Jasmine: Já contou pra ela? – arqueei uma sobrancelha.

Justin: Não! Ela sacou de cara quando eu disse que tinha saído com você, aí eu afirmei.

Jasmine: Melhor assim.- disse com um olhar malicioso.

Justin: Por quê? – ele perguntou confuso.

Jasmine: Se eu der um perdido em você, ela vai saber quem é a culpada. – disse e pisquei.

Justin: Você é louca ou o quê? – ele disse rindo.

Jasmine: Louca e pervertida. – sussurrei com uma voz sexy no ouvido dele que logo se arrepiou.

Justin: Jasmine, você chegou rápido demais! – ele disse com um sorriso safado.

Jasmine: Por que, meu amor? Não está gostando? – disse fazendo bico.

Justin: Claro que eu estou gostando! Era isso o que eu queria. – ele disse, colocou a mão em meu rosto e me beijou bruscamente. Então o sinal tocou, mas ele não parou de me beijar, só parou quando acabou nosso fôlego. – Vamos pra sala! – me deu um selinho e entrelaçou seus dedos nos meus, fomos andando pra sala, chegamos e não tinha ninguém na sala, muito menos o professor. Justin sentou em sua cadeira e eu sentei em seu colo – Ficou maluca? – ele arregalou os olhos.

Jasmine: Eu sei que você não se excita fácil. – disse com uma voz sexy e o beijei rápido.

Justin: Como você pode saber de uma coisa dessas? – ele me encarou.

Jasmine: Eu não sei, mas é a verdade, né? – pisquei.

Justin: Não! Eu só me excito quando uma gostosa senta no meu colo. – ele sussurrou no meu ouvido.

Jasmine: Quantas gostosas já sentaram no seu colo? – arqueei uma sobrancelha.

Justin: Você foi a primeira e eu estou sim. – ele disse e me beijou bruscamente, ainda não tinha ninguém na sala e quando um menino entrou, ele nos viu e disse.

Peter: Tem um Motel aqui perto, por que não vão pra lá? – ele disse com um tom de malícia.

Jasmine: E por que você não cuida da sua vida? – perguntei o encarando.

Peter: Nossa, que estressadinha. – ele disse sentando em seu lugar.

Justin: Mandou bem. – ele disse, piscou e me deu um selinho demorado – Agora sai do meu colo porque a professora deve estar chegando!

Jasmine: Mas é aula de inglês, é professor. – disse saindo do colo dele e sentando em meu lugar.

Justin: Um ‘’a’’ não faz diferença em nada!

Jasmine: Desculpa aê, então. – disse e me virei pra frente fazendo bico.

Justin: Jas, - ele virou meu rosto me fazendo olhá-lo – ficou chateada? Sério que está chateada? – ele disse com uma vozinha que me fez rir.

Jasmine: Não, seu bobo. – sorri. O professor chegou.

Justin: Só porque eu queria um beijinho! – ele disse fazendo bico.

Jasmine: Depois, Okay? – disse com um olhar sedutor e ele assentiu.

 O professor fez a chamada e depois começou a aula, tive que prestar atenção. O Justin sempre sussurrava coisas safadas no meu ouvido, eu ficava arrepiada, mas tentei não perder a concentração e deu certo. As três aulas se passaram, Justin e eu só nos comunicávamos por sussurros, então o sinal tocou e saímos da sala, Kethlen saiu logo atrás.

Kethlen: Vocês estão se dando bem até demais. – ela disse com um tom malicioso.

Jasmine: O quê? – arregalei os olhos.

Kethlen: Vocês ficaram três aulas no mesmo clima, não creio que vocês começaram a ficar ontem e já estão assim. – ela parecia impressionada.

Justin: Kethlen, você conhece a Jasmine melhor do que eu, então eu não posso falar nada. – ele deu de ombros.

Jasmine: É inveja! Ela sabe que eu sou assim e está ai reclamando. – disse encarando ela.

Kethlen: Nossa, tá bom desculpa! Mas eaí... O que vão fazer hoje?

Justin: Eu tenho que fazer a capa do trabalho. – ele disse revirando os olhos.

Jasmine: Eu não vou fazer nada! Ao menos que o Jream me leve em algum lugar. – revirei os olhos também.

Kethlen: O Jream está em Los Angeles? – ela perguntou impressionada.

Justin: Caralho, só eu que não sabia desse Jream? – ele disse indignado.

Jasmine: Não posso fazer nada, baby! – disse e pisquei, Ryan e Chaz se aproximaram.

Kethlen: Eaí Chaz conheceu quantas garotas? – ela disse de deboche.

Chaz: Ta de zoas com a minha cara? – ele disse encarando ela.

Ryan: Calma ai né Chaz.

Justin: Eu vou embora porque estou cansado! Tchau pessoal. – ele disse me puxando pela cintura.

Jasmine: Tchau gente. – disse e ouvi-os dizerem um “tchau” em coral – O que foi Justin? – perguntei preocupada.

Justin: Nada, eu só quero sair dessa escola logo. – ele disse e saímos correndo, sorte que não tinha ninguém pra esbarrar. Saímos da escola e paramos em frente à Lamborghini dele. – Você vai comigo né? – ele disse abrindo uma porta do carro.

Jasmine: Por que eu deveria? Eu não confio em você! Você pode me levar pra qualquer lugar e me estuprar, eu não vou não. – disse e ele riu, ri junto.

Justin: Para de brincadeira? Entra logo. – ele ordenou sério.

Jasmine: Sim capitão! – bati continência e ele riu, entrei no carro e ele entrou também – Quer conhecer meu irmão? – perguntei colocando o cinto.

Justin: Não, é melhor outro dia. – ele disse balançando a cabeça negativamente.

Jasmine: Eu já falei pra você que ele esta aqui pra me vigiar? Á comando do meu pai, como se eu fosse uma delinquente. – disse revirando os olhos.

Justin: Não! Mas vigiar de quê ou de quem? – ele disse ligando o carro e acelerou.

Jasmine: Saber com quem eu estou andando, com quem estou namorando e essas coisas! – disse e bufei.

Justin: aaaah ele não quer me conhecer não, né? – ele arregalou os olhos, ri.

Jasmine: Quer sim! Mas ele disse “se você um dia for namorar com ele, eu quero conhece-lo”, eu acho que ele quer te conhecer pra saber se você é mesmo uma boa pessoa. – dei de ombros.

Justin: Ele tem quantos anos?

Jasmine: Vinte anos.

Justin: Ah legal, vou me dar bem com ele, ou não. – ele disse e eu ri.

Jasmine: Vai sim! Mas eu acho que o Justin já está com ciúmes de mim com você.

Justin: Você acha? – ele arqueou uma sobrancelha.

Jasmine: Quer dizer, eu tenho certeza, porque quando ele ficou fazendo um interrogatório sobre mim ele estava se preocupando demais e disse que não quer que me aconteça a mesma coisa quando eu estava com o Quincy.

Justin: Irmãos são assim mesmo! Ainda mais os mais novos, são pior que os mais velhos.

Jasmine: Eu acho que é porque eu não dou muito carinho pra ele, ai quando ele vê que eu saio demais com uma pessoa só, ele fica com ciúmes. E olha, desde quando começamos o trabalho que ele está com ciúmes porque a gente sempre ia pra casa um do outro. – disse olhando pra ele.

Justin: É, a culpa não é minha. – ele disse com cara de inocente e eu ri.

Jasmine: Bobo! Eu não coloquei a culpa em você. – disse rindo.

Justin: Okay. – ele disse e parou o carro – Chegamos!

Jasmine: Não quer entrar mesmo? – arqueei uma sobrancelha.

Justin: Não Jasmine! Eu tenho coisas pra fazer, a gente se vê depois, ou mais tarde. – ele disse meio confuso e sorriu.

Jasmine: Você quer sair comigo de novo?

Justin: Claro! Eu quero sair todos os dias com você, pra te conhecer mais ainda. – ele disse com um olhar malicioso.

Jasmine: Hum safadinho! – ri e ele me beijou bruscamente, parou um tempo depois – Até mais tarde então.

Justin: Até. – ele disse e eu sai do carro, entrei em casa acenando pra ele. Dei de cara com o Justin me encarando.

 

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...