História Crazy in love - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Escolar, Traição
Visualizações 30
Palavras 1.724
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá lindos, como estão? O prometido está entregue com um dia de antecedência e eu tive uma ideia é fiquei com vontade de faze-lá, ela vai estar nas notas finais e vamos logo pra esse Cap lindo...que deu um trabalho da porra pra escrever

Capítulo 9 - Eu te amo, Luísa!


Fanfic / Fanfiction Crazy in love - Capítulo 9 - Eu te amo, Luísa!

O almoço seguiu "normalmente", o clima não estava lá dos melhores. Após a refeição Raphael foi para o seu quarto ler alguns gibis quando seu celular tocou.

~ligação on~

Luka: Oi Rapha.

Raphael: Oi! Fazendo o que?

Luka: Moscando e você?

Raphael: Igual.... Ei Luka, quer sair hoje?

Luka: ..... Quero! Pra onde?

Raphael: Quer ir tomar um sorvete?

Luka: To dentro!

Raphael: As duas?

Luka: Sim! Vou desligar, te amo!

Raphael: Eu.... Eu também.

~Ligação off~

Aquilo que sua mãe havia dito não saia de sua cabeça, mas não era tão ruim quanto a dúvida de perguntar ou não. Viu seu despertador dar uma hora e foi tomar um banho.

A mãe dos dois lavava a louça na compania de Luísa.

Luísa: Mãe, você não quer ajuda?

Mãe: Não querida, descansa aí.

Luísa: Tem certeza?

Mãe: Tenho Sim!

Luísa: ..... Você não quer mesmo que eu te ajude?

Mãe: Luísa, se você colocar um dedo nessa louça eu quebro ela na sua cabeça.

Luísa: Tá bom! Tá bom! Não ta tá mais aqui quem se ofereceu!

O telefone em cima da geladeira ( referência ao daqui de casa) tocou com o nome Vitória no visor.

~Ligação on~

Mãe: Oi vi! Tudo bem?

Vi: Oi querida! Tudo sim. Tem alguma coisa pra fazer de tarde?

Mãe: Não, por que?

Vi: Então vem aqui em casa tomar um café. Eu fiz um bolo e to chamando as meninas.

Mãe: Ah, eu vou sim. Que horas que vai ser?

Vi: Começa às as duas! Vou servir tudo as três!

Mãe: Ta bom! Tchau!

Vi: Tchau!

~Ligação off~

Luísa: Vai sair?

Mãe: Vou sair sim.

Logo faltavam 10 minutos para as duas, Raphael já tinha saído e sua mãe terminando de se arrumar.

Luísa: Vou aproveitar a paz pra dormir.

Mãe: É você acha que vai ficar sozinha? O Raphael saiu e eu vou sair, imagina se acontece uma desgraça.

Luísa: Mãe!!

Mãe:*pegando umas chaves* Você tá Boa assim, vem comigo.

Luísa: Mãe, vai ser uma festa de tias... sem ofensa. E la na casa da Vitória não tem nem Wi-Fi.

Mãe: Então eu já sei onde você vai ficar.

As duas entram no carro que vai pra casa de Luka. 

Luísa: Por que aqui?

Mãe: Se o seu irmão saiu ele foi ver o Luka, então deve estar aí. Agora, com licença que eu estou atrasada.

Luísa ficou olhando o carro sumir e então se dirigiu para a porta da frente.

Fábio que estava na parte dos fundos da casa começou a ouvir batida.

Fabio: Já vou!!

O rapaz largou suas coisas e se dirigiu até a porta reclamando que nada se pode fazer sem ser atrapalhado.

Fabio: O que... Luísa?

Luísa: Oi.

Fabio: O que está fazendo aqui?

Luísa: Desculpa vir sem avisar. É que a minha mãe ia sair e como o Raphael veio ver o Luka, você sabe, não queria me deixar sozinha.

Fabio: Bem... Sem problemas. Mas o encontro deles é numa sorveteria.

Luísa: Estamos sozinhos?

Fabio virou o rosto na tentativa de disfarçar as bochechas rosadas.

Fabio: É! Pelo jeito Sim!

Luísa: Você está fazendo alguma coisa? Não quero atrapalhar.

Fabio: Eu só estou tirando as madeiras podres lá dos fundos.

Luísa: Eu posso te ajudar?

Fabio: Não precisa. Eu dou conta.

Luísa: ah deixa por favor.  Eu não quero ficar à toa.

Fabio: Ok. Ok. Vamos logo que com o calor que está é capaz de chover mais tarde.

Luísa: Isso!

Fabio guiou Luísa até os fundos.

Luísa: Você já arrancou um "pouquinho" hein?

Fabio: É a 1° reforma desse lado da casa.

Luísa: E você faz um ótimo trabalho. Com quem aprendeu?

Fabio: Com o avô do Luka.

Luísa: O Luka tem um avô?

Fabio: Tinha.... Ele teve um infarto a algum tempo.

Luísa: Ah,  Eu sinto muito.

Fabio: Sem problemas. Ele também me arrumou um emprego de guarda noturno num shopping daqui. Foi meu 1° emprego e eu estou lá até hoje.

Luísa: Ele parece ter sido bem legal.

Fabio: Ele era Sim! Agora vamos parar com histórias e vamos trabalhar.

Luísa: Sim senhor 

Os dois começaram a arrancar mais algumas, mas logo começaram a colocar novas. Já dava para perceber que estava ficando escuro e sentir um leve vento frio.

Fabio: Eu detesto chuva!

Luísa: Só pela cor das nuvens que estão vindo, não vai ser fraca.

Luísa e Fabio continuaram pregando mais algumas, agora já era possível ouvir os trovões e se assustar com o clarão repentino dos raios. Além de algumas horas começarem a cair.

Fabio: Me ajuda a por a lona.

Fábio pegou uma escada e subiu pegando a lona preta que a garota entregava. Após fazer isso Fabio estava prestes a descer quando se assustou com o barulho alto do trovão fazendo -o perder o equilíbrio e cair no chão.

Luísa: Fabio!!

Fabio: Ahhh... meu coxi foi pro saco.

Luísa: Vem, eu te levo pra dentro e arrumo aqui.

Fabio: Certo! Certo!

O rapaz agora, deitado no sofá via a chuva engrossando e a garota não dava um sinal de vida.

Fabio: Luísa?

Luísa: Voltei!

Fabio:  Você está encharcada.

Luísa: É que eu estava guardando as coisas!

Fabio: Mas você está encharcada!

Luísa: Só o cabelo e a blusa, tem uma que pode me emprestar?

Fabio: Você pode emprestar uma do Luka, o quarto dele é o último do corredor.

Luísa: Tá!

Luísa vai até o quarto do cunhado e começa a ver as opções no armário.

Luísa: Ele só tem de anime?... woontt ( vamos fingir que a gente fala isso quando vê algo fofo) eu conheço essa. Ele tem uma da Chi. Hum... é bom pegar uma fronha Também.

Com a troca de roupa feita, Lu volta para a sala.

Fabio: Ficou bem em você. E..... bem larga Também! Qual é a da fronha?

Luísa: Minha mãe usa sempre que tem dor nas costas.

Fabio: Uma fronha?

Luísa: Você vai ver. Onde fica o seu arroz?

Fabio:Num pote no armário em cima do fogão.

Luísa: Espera um pouco agora.

Fábio estava curioso, ouviu a garota mexer na lata de arroz e em seguida no microondas e logo voltou para a sala.

Luísa: É só por isso mas costas. 

Fabio: Quantas canecas de arroz você usou?

Luísa: O suficiente,  com licença!

Erguendo um pouco a blusa de fabio e colocou a fronha morna ali.

Fabio: É bom.

Luísa: Da pra usar esse arroz mais de uma vez.

A garota se senta no chão para ficar com o rosto no mesmo nível que o do rapaz.

Fabio: Ehhh...

Luísa: Sim?

Fabio: Hã.... se quiser pode colocar alguma coisa pra assistir.

Luísa: Tudo bem. Posso ver a lista de gravações?

Fabio: Pode! Mas só vai ter coisas do Luka. Não sei se você vai....

Luísa: Ele gravou o lar das crianças peculiares? Eu estou morrendo de vontade de assistir esse filme.

Fabio: Pode colocar! Vai ser bom pra passar o tempo.

A garota entretida com o filme nem percebeu que Fabio já sentava no sofá, o susto foi realmente maior.

Fabio: Comer olhos? Que horror! 

Luísa: É mald.... por que está sentado se era pra ficar deitado?

Fabio: Se faz questão! *se esbalda no sofá*

Luísa: Ah! Para com Isso! Deixa eu sentar aí!

Fabio: Ta bom! Tá bom!

Luísa: To gostando mais do filme do que do livro.

Fabio: Já eu gosto mais dos livros do que dos filmes.

Luísa: Já viu adaptações pra falar Isso?

Fabio: Harry Potter, Percy  Jackson e bússola de ouro.

Luísa: É talvez livros sejam melhores.

Fabio: .....

Luísa: O que foi?

Fabio: Só queria saber por que sua mãe te trouxe pra ca. Por que ela não te levou na casa do Matheus?

Luísa: Ela não gosta muito dele.... E depois a gente brigou...

Fabio: Ah, desculpa... Eu não queria..

Luísa: Sem problemas!.... as coisas entre a gente desandaram.

Fabio:*Se faz de desentendido* Como assim?

Luísa: Ele Está escolhendo outra pessoa. O  contrário do que eu queria! Alguém que me escolhesse apesar de tudo.

Fabio: Eu sempre escolheria você!

Luísa: Huh?! 

Fabio começou a suar frio, como é que se deixa escapar algo assim Fabio?

Luísa: Fabio? Você....

Sem dizer uma palavra e vermelho como pimenta o rapaz vira o rosto para o lado.

Fabio:.... é.....

Foi a vez de Luísa ficar vermelha.

Fabio: Mas você é linda, aposto que tem outros garotos da sua a escola que você pode namorar. Não precisa de alguém de fora.

Luísa:.....

Fabio se vira para a garota que se encontrava sem reação.

Fabio: Desculpe! Você já esta com tanta coisa na cabeça e eu estou aqui piorando tudo.

Luísa: Não é nada ! É que o Matheus nunca falou nada assim pra mim.

Fabio colocou a mão sobre o rosto de Luísa e se aproxima.

Fabio: Eu diria isso pra você todo dia.

Luísa colocou sua mão sobre a de fabio e Também se aproximou. Havia apenas uma pequena distância entre os dois que foi quebrada com o beijo dos dois. 

Assim que separaram seus lábios o celular de Luísa tocou, era uma mensagem de Raphael reclamando que Luka conseguia fazer ele esquecer de tudo o que queria dizer é que estava em dúvida  se era bom ou ruim estarem presos na sorveteria.

Fabio: Alguma coisa ruim?

Luísa: Não, pelo contrário.

Luísa encosta a cabeça no ombro de fabio para assistirem outro  filme.

Mais tarde a chuva passou e não demorou para buzinas serem ouvidas do lado de fora.

Luísa: Parece que  minha carona chegou.

Fabio: que pena queria que você ficasse mais um pouco.

Luísa deu  um sorriso tímido e um selinho em Fabio e foi até o carro.

Mãe: Posso saber que blusa é essa?

Luísa: Eu estava ajudando o Fabio com umas tábuas e a gente tomou chuva. Ele me emprestou uma blusa do Luka.

Mãe: Certo! Vamos pra casa que você é o seu irmão tem aula amanhã... UÉ seu irmão não Vem? 

Luísa: Ele é o Luka estão numa sorveteria.

Mãe: Vou deixar você em casa 1° que está mais perto e vou buscar ele.

Luísa: Ok!

A segunda feira logo chegou, Luísa e Raphael conversavam quando Luka se aproximou com uma sacola e entregou pra Luísa.

Luísa: O que é Isso?

Luka: São as roupas que você deixou em casa. Fabio pediu pra te entregar.

Luísa não sabia onde enfiar a cara.

Raphael: Luísa......?

 


Notas Finais


Estou pensando em fazer um especial no décimo Cap. Pensei em fazer um especial de perguntas pra mim é para os personagens se quiserem (se alguém já teve essa ideia o crédito vai pra ela). Bem é isso. Bjs. ❤💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...