História Crazy In Love Second Season - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jasmine Villegas, Justin Bieber
Personagens Jeremy Bieber, Justin Bieber, Pattie Mallette
Tags Bern Villegas, Chaz Somers, Christian Beadles, Jasmine Villegas, Jream Andrew, Justin Bieber, Justin Villegas, Ryan Butler
Visualizações 135
Palavras 2.301
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oe oe oe, sorry pela demora ;c boa leitura proceis

Capítulo 10 - That Message...


Fanfic / Fanfiction Crazy In Love Second Season - Capítulo 10 - That Message...

No mesmo dia, mais tarde... Segunda-feira, 04 de Junho de 2012.

POV Justin

Acordei com meu celular tocando, peguei-o e já pensei em recusar a chamada, mas era uma mensagem, do Jream. “Sai dessa cama e corre pro escritório, temos um assunto urgente” ok, fiquei preocupado. Levantei-me, coloquei uma camisa e fui até o escritório, estavam todos lá, fui me direcionando á minha cadeira e me sentei.

Justin: O que vocês têm de importante pra me falar? – perguntei olhando pra todos, principalmente pro Jream.

Christian: Alguém ligou agora á pouco, um cara, dizendo que estava voltando e que viria atrás de você. – ele disse sério e eu fiquei pensando quem seria.

Justin: Quincy. – disse já transbordando ódio daquele cara.

Jream: O ex-namorado da Jasmine? – perguntou assustado.

Chaz: O ex-namorado da Jasmine sou eu! – ele disse e eu o encarei, como sempre, Ryan ficou confortando-o pela besteira que tinha falado.

Justin: Ele mesmo! Não se lembra da última festa que eu dei aqui em casa? Ele chegou aqui querendo falar com a Jasmine, como eu o expulsei daqui e ainda levou uns socos de mim, ele disse que voltaria. – disse olhando pro nada.

Chaz: Que dia? Eu não me lembro disso não. – disse confuso.

Ryan: Claro que não lembra, estava todo animado conversando com a Mary! Lembraria como? – disse como se fosse óbvio, e era mesmo.

Justin: É, tá bom! É o ex-namorado da Jasmine. Quando ele ligou? Quem foi que atendeu?

Christian: Ele ligou bem cedo e claro, Scarlet quem atendeu.

Justin: Puta que pariu, ela não morreu não? – eu estava meio preocupado e querendo levar tudo aquilo na brincadeira, mas sei lá – Olha, eu não quero ninguém aqui dentro comentando sobre isso, não quero que a Jasmine saiba de nada, eu vou cuidar desse cara sozinho.

Jream: Justin, você não pode fazer isso! Não sozinho. Lembra que sempre estaremos juntos? Nós estamos nessa com você. Eu conheço esse cara melhor que você, sei do que ele é capaz.

Justin: Jream, você conhece todo mundo, não é de se esperar que você conheça o ex da Jasmine. – disse revirando os olhos.

Jream: Eu nunca gostei dele, então eu quero te ajudar nessa.

Ryan: Todos vamos ajudar!

Justin: Ok cambada, mas como eu disse, a Jasmine não pode ficar sabendo de nada, estamos entendidos? – perguntei e todos assentiram.

Christian: Justin, eu acho que você vai ter que falar com a Scarlet primeiro, porque eu não duvido nada que ela já tenha comentado isso com a Pattie.

Chaz: Eu falei com ela, pedi pra ela não comentar com ninguém, mas acho bom você reforçar melhor Justin, já que você é o queridinho dela.

Justin: Obrigado Chaz! Mas eu vou lá falar com ela antes que a Jasmine acorde. – disse me levantando e sai do escritório, antes entrei em meu quarto pra ter a certeza de que Jasmine estava mesmo dormindo, e estava. Fechei a porta e fui em direção á cozinha, Scarlet estava lá, cozinhando. – Bom dia Scarlet! – me aproximei e dei um beijo em sua bochecha, acho que ela tinha levado o susto de sempre, porque me encarou.

Scarlet: Você quis dizer boa tarde, né Senhor Bieber?

Justin: Eu acordei agora, então é bom dia! – sorri abobalhado e me sentei em uma cadeira em frente ao balcão.

Scarlet: Quer alguma coisa? – perguntou parando o que estava fazendo.

Justin: Café, por favor. – pedi e ela me serviu o café – Você atendeu ao telefone hoje? – perguntei arqueando uma sobrancelha.

Scarlet: Sim, era um cara dizendo que estava voltando e que viria atrás de você. Eu não entendi nada, sinceramente! – falou me olhando séria.

Justin: Scarlet, pelo amor de Deus, não comenta sobre isso com a minha mãe? Não comenta com ninguém que colocar os pés dentro dessa casa, nem se te perguntarem, ok? Esse tal cara é ex-namorado da Jasmine, eu não quero que ela saiba de nada disso, apenas. Depois eu mesmo que vou dizer pra ela, tudo bem? – pedi e ela assentiu, parecendo com medo – Obrigado. – disse e terminei de tomar meu café, ela continuou a fazer o que estava fazendo, sem dizer nada.

POV Jasmine

Acordei e senti o outro lado da cama vazio. Então ele acordou antes e fez questão de não me acordar? Okay. Me levantei, fui em direção ao banheiro, lavei meu rosto e prendi meu cabelo em um coque, sai do quarto e a casa parecia estar silenciosa, pelo menos no andar de cima. Eu sabia onde era o quarto da Pattie, então fui até lá, bati na porta e ouvi um “entra”, entrei e fechei a mesma.

Jasmine: Oi Pattie! – disse logo após ter a visto sentada na cama lendo um livro.

Pattie: Oi Jasmine! Sente-se. – pedi e eu me sentei em um lado da cama – Aconteceu alguma coisa? – perguntou preocupada.

Jasmine: Não! Quer dizer... Sim. – disse meio confusa, não sabia como começar.

Pattie: O que aconteceu?

Jasmine: É que ultimamente eu ando tendo alguns enjoos e desejos, não sei realmente o que é.

Pattie: Tem certeza? Porque pelo o que você está me dizendo, está grávida. – arqueou uma sobrancelha.

Jasmine: Sim, mas e se não for isso?

Pattie: Não dá pra ser outra coisa! Desejos só querem dizer uma coisa, que você tem uma criança ai dentro da sua barriga.

Jasmine: Eu quero ter certeza disso tudo, tenho que fazer algum teste.

Pattie: Teste de farmácia? Justin não vai deixar você sair daqui. – ela disse e eu arregalei os olhos.

Jasmine: Não vai, por quê? – perguntei assustada, como assim?

Pattie: Fala com ele que ele te explica. Se preferir, liga pra Kethlen e fala pra ela comprar pra você, depois se você ainda tiver dúvidas, pede a ajuda do Justin, pra ele te levar no hospital, não sei.

Jasmine: Ok, eu vou falar com ele! Obrigada Pattie. – disse me levantando.

Pattie: De nada Jasmine. – disse e sorriu, sai de seu quarto.

Jasmine: Onde será que o Bieber está? – perguntei pra mim mesma, mas logo lembrei que tinha uma cozinha na casa, óbvio. Desci e fui em direção á cozinha, lá estava ele, tomando café. – Hey Bieber! Lindo você acordar e sair de fininho, né? – disse sentando em uma cadeira do seu lado.

Bieber: Eu não sai de fininho, é que os meninos queriam falar comigo e eu não queria te acordar, só isso.

Jasmine: Falar com você? – perguntei curiosa, ele me encarou.

Bieber: Jasmine, não me olha com essa cara, por favor. – falou revirando os olhos.

Jasmine: Qual o problema? Não quer mais me contar nada? Okay, mas eu preciso falar com você. – disse séria.

Bieber: Fala, ué. – disse desinteressado.

Jasmine: Bieber, é sério... Eu preciso falar com você! – disse o encarando que logo se levantou e saímos da cozinha indo em direção á sala – Eu falei com a sua mãe.

Bieber: E o que ela disse? – perguntou curioso dessa vez e se sentou no sofá.

Jasmine: O que você esperava! Mas eu quero comprovar, pra saber se é isso mesmo o que estamos pensando.

Bieber: Comprovar, como?

Jasmine: Ir ao médico, né! – disse como se fosse óbvio, ele me olhou impaciente.

Bieber: Tudo bem, se quiser vamos agora mesmo. – disse se levantando.

Jasmine: Está falando sério? – perguntei impressionada.

Bieber: Óbvio, quanto mais cedo acabarmos com isso, mais tempo temos pra foder! – disse em meu ouvido, olhei-o incrédula.

Jasmine: Idiota você, não? – dei um tapa em seu braço.

Bieber: Vai me dizer que não quer? – sussurrou em meu ouvido e ficou beijando meu pescoço.

Jasmine: Depois Bieber, pensa nisso só depois, ok? – pedi e ele assentiu meio chateado, ri de sua reação.

Bieber: E você ri, né? – me encarou.

Jasmine: Quem manda ser ninfomaníaco? – continuei rindo.

Bieber: Sabe... – ele me agarrou por trás e sussurrou em meu ouvido – se você estiver grávida vai ser melhor! Nove meses fazendo sexo sem parar. – ele disse em um tom malicioso me fazendo rir.

Jasmine: Nove não, oito. – disse ainda rindo.

Bieber: Tanto faz! Mas pelo menos não vou ser obrigado á ficar uma semana sem sexo. – ele disse como se aquilo fosse a coisa mais decepcionante do mundo, ri mais ainda – Para de rir que eu estou falando sério. – pediu.

Jasmine: Hey, eu não tenho roupa alguma aqui, tenho? – perguntei e ele balançou a cabeça negativamente – Ok, eu não vou sair de casa desse jeito. – disse olhando pra minha roupa, estava com um short hiper curto e uma regata mini.

Bieber: Liga pra sua mãe e pede pra ela trazer alguma roupa pra você, sei lá. – ele disse e a porta da frente foi aberta, Bern entrou junto com Mary.

Bern: Acho que não vai precisar! – ela disse vindo em minha direção, estava com uma sacola na mão, eu já sabia o que era.

Jasmine: Mãe, como sabia que eu precisaria? – fui a sua direção e a abracei pegando a sacola de sua mão.

Bern: Pattie me ligou pedindo pra que trouxesse algumas roupas pra você e aqui estou. – disse e sorriu.

Jasmine: Obrigada. – disse e olhei pra Mary – Eai prima? – disse e dei um beijo em sua bochecha.

Mary: Oi Jasmine! – falou sorrindo toda tímida, como sempre.

Bieber: Chaz está no quarto dele, ou na sala de jogos com os meninos, ou no escritório com os mesmos, você sabe onde é, né cunhadinha? – ele disse e Mary o encarou, estranhei aquilo.

Jasmine: Cunhadinha? – perguntei impressionada.

Bieber: Chaz é meu brother, Jasmine! – ele disse sorrindo.

Mary: Eu vou lá. – ela disse, sorriu e saiu andando lá pra cima.

Bern: O que foi isso? – perguntou curiosa.

Jasmine: Bieber e suas idiotices! – disse revirando os olhos – Eu vou tomar um banho, Bern. Pattie está no quarto dela. – sorri e sai andando

Bern: Okay, já subo lá. – falou se sentando no sofá.

Bieber: Ah eu vou também... – disse e me seguiu.

Jasmine: Você poderia ser mais discreto, né Bieber? – disse o encarando.

Bieber: Jasmine, eu estava brincando! – ele disse rindo.

Jasmine: Sei. – disse revirando os olhos. Entramos no quarto, coloquei a sacola em cima da cama e entrei no banheiro, Bieber me seguiu como eu imaginei. – Bieber, se não sair desse banheiro agora, vai ficar o resto do dia sem sexo! – disse o encarando.

Bieber: Você não faria isso comigo. – ele disse sério e cruzou os braços.

Jasmine: Ah não? Então paga pra ver! – cruzei os braços o encarando, ele ficou mais alguns segundos me olhando e depois saiu do banheiro bufando, ri daquilo. Ele não pode comigo, não mesmo. Me despi e tomei um banho rápido, quando terminei me enrolei em um roupão e sai do banheiro, Bieber estava deitado na cama mexendo no celular, mas parecia que estava jogando um jogo de carro, porque ele ficava mexendo o celular pra lá e pra cá. Peguei a sacola e escolhi uma roupa, quando ia tirar o roupão, ouvi Bieber me chamar.

Bieber: Jasmine! – disse e eu o olhei – Tem um closet nesse quarto, por que tem que trocar de roupa na minha frente? – perguntou incrédulo, ri.

Jasmine: Porque é mais excitante! – disse com um olhar sexy e tirei meu roupão deixando-o cair no chão, ele me olhou ainda mais incrédulo, mas seu olhar dizia que em tempo recorde ele faria o que desejava.

Bieber: Jas... mine. – ele não olhava pra mim e sim pro meu corpo, com um desejo grande. Foi se aproximando e quando chegou bem perto de mim, peguei o roupão que estava no chão e coloquei novamente.

Jasmine: Desculpa Bieber! – sorri cínica.

Bieber: Você só queria me deixar de pau duro, né? – perguntou me encarando.

Jasmine: Consegui? – arqueei uma sobrancelha olhando pro lugar onde ele apertava, é eu tinha conseguido. Ri daquilo, peguei minha roupa e entrei no closet. Eu não sabia e nem queria saber como o Bieber tinha ficado depois daquilo, mas logo resolvemos o problema dele, se é que isso é um problema. Troquei de roupa e prendi meu cabelo em um rabo de cavalo, quando sai do closet o Bieber não estava mais lá, só que ouvi o barulho do chuveiro no banheiro, com certeza é ele. Me sentei na cama e resolvi mexer no celular dele, fiquei tanto tempo sem o meu que bate uma saudade quando vejo um. Peguei o celular e fiquei fuçando tudo, quando entrei nas mensagens vi que a última que ele tinha recebido era do Jream, ah ele é meu irmão, não tem um porque de eu não ver a mensagem. Entrei e vi “Sai dessa cama e corre pro escritório, temos um assunto urgente”, que assunto urgente? Ah mas agora ele vai ter que me falar! Um ou o outro. Coloquei o celular onde estava e fui atrás do Jream, desci e ele estava na sala de jogos, sozinho jogando um tal de pin ball, me aproximei. – Jream, eu preciso falar com você!

Jream: Fala depois, eu estou ocupado com o meu jogo. – ele disse sem olhar pra mim.

Jasmine: Quem liga pra essa droga de jogo? – falei brava – Eu preciso te perguntar uma coisa, Jream. É sério. – disse e esperei alguns segundos, então ele olhou pra mim.

Jream: O que você quer? – perguntou desinteressado, odeio isso.

Jasmine: Que assunto urgente você tinha pra falar com o Bieber? – perguntei completamente curiosa.

Jream: Assunto? Mas que assunto, Jasmine? Está ficando louca? – disse me encarando.

Jasmine: Não Jream, eu não estou ficando louca! Você mandou uma mensagem pro Bieber que eu vi, eu vi no celular dele. – disse brava e coloquei a mão na cintura.

Jream: Ah então andou bisbilhotando o celular dele? – arqueou uma sobrancelha.

Jasmine: Não muda de assunto! Me diz logo que assunto urgente era esse. – encarei-o.

Jream: Os meus assuntos urgentes são bobagens, eu só queria tirar ele da cama pra falar sobre o Brad, eu e os meninos. O Brad não é importante pra você, é?

Jasmine: Não, é claro que não! Mas por que isso é tão urgente? – perguntei mais curiosa.

 

Continua...

 


Notas Finais


é isso gentem, mil desculpas pela demora, é que eu fiquei completamente louca depois que perdi uma boa parte da fanfic do meu celular, formatei ele e pá... muita coisa ali foi-se embora, então acho que esses dias sem postar foi uma ''mini-depressão" porque eu não sabia o que fazer, fiquei louca, sério! mas ta ai o capítulo, espero que tenham gostado e prometo que o próximo posto semana que vem ou no fim de semana mesmo, dependendo né <3 é isso, bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...