História Crazy In Love Second Season - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amber Heard, Barbara Palvin, Justin Bieber
Personagens Personagens Originais
Tags Atlanta, Barbara Palvin, Criminal, Járbara, Justin Bieber, Romance
Visualizações 253
Palavras 3.428
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Demorei , mas aqui temos 3 mil palavras!!!! Já vou avisando que no próximo capitulo Katherine vai descobrir quem era a pessoa que Miguel estava se referindo para Justin ou como podemos falar, o traidor da turmar!

Espero muito que gostem no capitulo, então força nas pálpebras e boa leitura!

LINK DA MUSICA NAS NOTAS FINAIS!

Capítulo 21 - Mr and Mrs Bieber


Fanfic / Fanfiction Crazy In Love Second Season - Capítulo 21 - Mr and Mrs Bieber

P.O.V Katherine

Duas semanas depois...

   Jantar de casamento.

 

Aqui estávamos todos nós em Verona, Itália. Por culpa de Lauren tivemos que trazer minha mãe juntos, mas logo isto irá acabar, não pudemos comemorar o aniversário de Madison por conta da correria, mas Bieber prometeu para ela que no ano seguinte iria fazer uma festa de princesa. A família de Justin, amigos de infância dele, os pais de Hailey, Chaz, Chris e Caitlin, Ryan e Dulce estavam aqui e também estavam traficantes. Faltavam algumas horas para o casamento e meu coração doía a cada palpitada dava, assim que saiamos daqui voaremos para Florença, era apenas 12 minutos de voo daqui até lá, o que era vantajoso. Está noite mesmo voaríamos para Florença, por causa que os meninos planejaram uma despedida de solteiro para Bieber. Madison e Lauren estavam sendo paparicadas por toda a família de Justin, eu me mantinha ao lado de Bieber cumprimentando todos os convidados, olho para o lado e vejo Hailey sentada em uma mesa bebendo doses de tequila.

 

— Bieber. – Um senhor engravatado aparece ao nosso lado.

— Montez. – Diz Bieber trocando aperto de mão.

— Futura senhora Bieber. – Ele pega em minha mão e deposita um beijo na mesma. – A senhora é tão bela.

— Muito obrigado senhor Montez. – Agradeço puxando minha mão. – E muito obrigada pela presença.

— Está minha esposa. – Uma mulher morena e três vezes mais nova que ele para ao seu lado. – Querida este são Bieber e sua futura esposa Katherine. – Explica ele.

— Prazer em conhecer vocês. – Ela aperta a mão de cada um de nós dois.

— Prazer é todo nosso. – Respondo. – Se divirtam. – Digo e eles se afastam. – Ela tem idade para ser filha dele. – Murmuro.

— Esse é o poder do dinheiro. – Responde ele.

— Espero que você não coloque outra mulher dentro da sua casa para viver junto com nossas filhas. – Digo. – Eu mato ela e você! – Ameaço.

— Eu pretendo ficar apenas com você. – Ele me puxa para um beijo.

— O fogo para a lua de mel já está se alastrando antes do tempo. – Separamos o beijo e olhamos para Hailey que tinha um copo de bebida em sua mão.

— Já está bêbada? – Questiona Bieber. – Você tem filhos para cuidar.

— Você deveria ter falado isto para a sua mulher. – Suspiro profundamente. – Pequeno Bieber, você não sabe como as mentiras e os mistérios rodeiam sua vida. – Olho para Hailey mortalmente.

— Acho que é melhor você ir ficar com os seus gêmeos. – Me afasto de Justin, a seguro pelo braço a puxando pelo braço até um canto. – Que porra você está fazendo?

— Descobrindo os podres. – Responde ela. – E eu estou preste a descobrir mais um. – Ela olha em direção a Sophia que conversava com a mãe de Hailey e bebe um gole de sua bebida.

— O que ela fez agora? – Questiono.

— Eu não sei, mas eu vou descobrir isto agora! – Responde ela caminhando em direção a mesa, reviro os olhos e caminho até Justin.

— O que houve? – Pergunta Bieber.

— Nada demais. – Balbucio.

— Senhores convidados se acomodem em seus lugares pois o jantar em comemoração ao noivado de senhorita Campbell e senhor Bieber será servido. – Anuncia um dos garçons, Bieber e eu sentamos na mesa junto aos seus pais, nossas filhas, seus irmãos.

— O que houve Jaxon? – Pergunto ao vê-lo cabisbaixo.

— Não tem nenhum menino aqui! – Protesta ele.

— Mas você pode conversar com as meninas. – Digo o confortando.

— Elas só falam sobre o novo cantor favorito ou sobre os meninos que elas gostam. – Conta ele, Bieber instantaneamente olha para as duas.

— Quem são os garotos? – Pergunta Justin a ele, os garçons servem os pratos em nossa mesa. – Madison estava em seu carrinho ao meu lado.

— Justin isto é coisa da idade. – Tento acalmá-lo. – Você quer que elas sejam o que? Freiras?

— Até que não seria uma má ideia. – Arqueio a sobrancelha ao ouvi-lo dizer aquilo.

— Você ouviu o que disse? – Ele me encara com as sobrancelhas arqueadas.

— Que não seria má ideia se elas virarem freiras. – Repete ele. – Eu sei como são os homens, eles são horríveis, eles só querem transar e depois vão embora. Eu vou deixar minha irmã e minhas filhas conhecerem este tipo de homem.

— Elas já conhecem, você é era este tipo de homem. – Falo ríspida. – Pense em quantas meninas você fez isto.

— Meu passado não vem ao caso. – Ele responde indiferente.

— E se o Jaxon fizesse isto com alguma menina, como você reagiria?

— Ele é homem! – Protesta Bieber.

— Você é tão machista. – Reviro os olhos. – Minhas filhas não pisam os pés delas em um convento!

 

[...]

12 Horas depois...

 

— Acorde noiva do ano. – A voz de Hailey me desperta.

— Mais cinco Minutos. – Peço cobrindo meu rosto com o coberto.

— Nem mais nenhum minuto! – Ela puxa o coberto. – Suas filhas e o chato do Bieber já estão se arrumando.

— Ele que se exploda! – Me sento na cama.

— Não diga isto, primeiro case com ele para pegar o dinheiro dele caso ele explodir. – Diz ela se sentando na cama. – Vejo que vocês discutiram feio ontem à noite, mas ele te ama e muito.

— Eu não pude aceitar as atrocidades que ele disse. – Me defendo.

— Ele pediu para lhe entregar isto. – Ela retira uma carta de seu robe. – Leia com atenção. – Avisa ela ao me ver abrir a carta.

 

12 de novembro de 2015

Justin D. Bieber

Florença, Itália.

Minha querida Katherine.

      Sei que cometi um erro na noite passada e lhe chateei com minhas palavras um tanto que machistas, mas você me conhece e sabe que eu sou muito protetor quando o assunto são as meninas. Eu quero protegê-las de homens iguais a mim, eu não quero que elas sofram o que você quando nós nos conhecemos, eu quero que elas tenham alguém que faça bem para elas. Me desculpe por não voltar para o quarto ontem à noite e antes que você pense, eu não te trai! Katherine é o dia do nosso casamento e eu nunca tive tanta certeza que é com você que eu quero passar o resto da minha vida, eu quero você Katherine. Eu entendo e respeito seus momentos de raiva, nós somos noivos Katherine, mas isso não significa que temos que concordar com tudo que o outro diz. Até o altar meu amor.

 

— Vejo que Bieber aprendeu a ser romântico. – Ela se levanta da cama. – Agora tome um maravilhoso banho e vá se arruma para o seu casamento. – Ela se vira e sai do quarto.

 

P.O.V Hailey.

 

[...]

 

— Aonde está Katherine? – Pergunta Sophia assim que adentro ao quarto.

— Eu mandei ela tomar um banho relaxante. – Respondo, olho para o carrinho dos gêmeos e vejo que os dois dormiam profundamente.

— Ela não pode demorar, ela é a noiva, a atração principal deste casamento. – Protesta ela.

— Sophia, eu quero conversar com você. – A chamo para fora do quarto.

— O que aconteceu? – Pergunta assim que fecho a porta.

— Eu sei o que você fez. – Digo cruzando meus braços.

— O que eu fiz? – Pergunta ela confusa.

— Não venha fazer o papel de vítima comigo não. – Digo a ela. – Você bêbada é um livro aberto.

— O que eu lhe disse? – Indignou ela.

— Você separou Katherine e Justin. – A vejo ficar espantada. – Você mandou uma mensagem para Ashley que além de você e o verme do seu marido, é a única interessada na separação deles. Falou que não haveria ninguém na casa e a mandou para lá para usar as bruxarias dela contra o coração do Bieber que estava se recuperando da perda dela e falou para ela agarrar ele. Depois pediu para Mikelson comprar a passagem e emprestar a chaves do apartamento em Chicago para Katherine, então você me emprestou o seu carro para levar Katherine até o aeroporto sem que a equipe de Bieber desconfiasse. Você não me engana com este teatro de separação. – Conto a ela. – Eu estou realmente impressionada com você Sophia, mas o que mais podemos esperar de uma pessoa que forjou a própria morte para larga a filha e o próprio marido, e ainda colocou a filha no carro já sabendo das intenções. – Ela passa suas mãos em seus cabelos os bagunçando. – Assuma se erro, Sophia!

— Eu fiz tudo isto mesmo, mas era para o bem da minha filha! – Defende ela. – Você teve uma menina agora Hailey, quando ela crescer e querer ficar com um traficante que você sabe que é o demônio em pessoa provavelmente você faria tudo isto que eu fiz. Eu fiz pelo bem da minha neta, pelo bem da minha filha, pela vida delas. Eu quis proteger minha filha do monstro que o Bieber é, e você sabe muito bem disto.

— Ela nunca precisou da sua proteção, tudo que ela sabe hoje ela aprendeu sozinha, ela nunca teve ninguém e o Bieber foi a porra de uma luz no fim do túnel para ela. Não posso dizer que ele a salvou porque ele fez ela conhecer o inferno primeiro antes de conhecer o céu, ela conhece o lado mais obscuro do Bieber e ela escolheu ficar. Ela tem direito de escolha assim como você teve quando quase matou ela para fugir com o Mikelson, mas sabe qual é a diferença entre vocês duas? Ela pode ter todos os erros, mas nunca largou Madison e nem mesmo a Lauren que não é responsabilidade dela, e o Bieber com todos os erros não larga as filhas deles por nada, ele mataria Katherine ou até mesmo a própria mãe dele para não perder as filhas. Ela é uma mãe maravilhosa, ela faz de tudo por aquelas meninas, ela ama aquelas meninas! Ela sim é mãe, ela sim é merecedora desse status. Mas você não é uma mãe de verdade, você não é nada dela ou de Madison. – Discordo dela. – Então pare de comparar sua história com o Mikelson, com a história de Justin e Katherine porque as coisas são bem diferentes, eles são mais adultos que você!

— Um dia você vai entender o desespero de uma mãe, você ainda é novata no assunto. – Ela se vira para entrar, mas eu a puxo pelo braço.

— Escute-me bem pois eu não irei repetir, assim que a cerimonia terminar você irá sumir do mapa para sempre, não mantenha contato com nenhum de nós, com o Bieber e muito menos com a Katherine. Ela não vai se importar com a sua falta de presença, ela nunca precisou disso para viver! Então suma do mapa e se eu souber de algum rastro seu em Atlanta eu vou pessoalmente te caçar e fazer o pior com você. – A ameaço. – Eu sou a única vadia louca que vai atormentar a vida do Bieber!

— Não me faça ameaças! – Ela puxa seu braço.

— Recado dado, eu espero que você tenha entendido e suma no final da cerimônia. – Digo, vejo Katherine aparecer no corredor. – Bieber não sabe a noiva maravilhosa que está ganhando, ele não merece você. – Brinco. – Vamos, eu preciso casar você logo. – Seguro em sua mão e a puxo para dentro do quarto.

 

P.O.V Justin.

 

— Minha cabeça está explodindo. – Reclama Christian.

— Quando saímos do jantar você já estava bêbado. – Digo.

— Cara eu peguei uma loira linda no jantar, espero que não seja nenhuma prima sua Bieber. – O olho atrás do espelho.

— Ou pode ter sido a Hailey. – Comento.

— Christian! – Excutamos o tom de reprovação de Chaz.

— Cara a Hailey dá para reconhecer. – Ele se defende. – E ela tinha olhos azuis.

— Deve ter sido aquela amiga da Katherine, a tal Chloe. – Respondo a ele.

— Porra ela é linda! – Comenta Christian. – Eu preciso de remédios.

— Vai entrar com a noiva desse jeito, Christian? – Brinca Ryan, arqueia minha sobrancelha e olho para Chris confuso.

— Você vai acompanhar Katherine até o altar? – Questiono a Christian.

— Sim, ela me pediu e eu não pude negar. – Responde ele. – Se você tiver pensando que há algo a mais, ela se tornou como uma irmã para mim.

—Sem problema cara. – Aperto sua mão. – Agora vamos nos arrumar para este casamento.

— Emma me contou que está uma pressão no quarto ao lado. – Conta Ryan.

— Eu me casaria com Katherine com as piores roupas do mundo se quisesse. – Respondo.

— Você está escutando isso Jeremy? – Questiona Ryan. – Quem diria que esse menino aqui iria se casar.

— Katherine mudou ele. – Conta meu pai. – Isto é algo bom.

— Ela é uma gata. – Comenta Jaxon. – Fala para ela que quando ela se cansar de você, eu estou solteiro.

— Ela vai rir de você quando eu disser isto. – Digo. – Vamos logo, porque antes de me casar eu tenho algo a fazer. Um presente especial para Katherine.

 

P.O.V Katherine.

 

Duas horas depois...

 

Todos já estavam lá em baixo a minha espera, e aqui estava eu pronta para casar com a pessoa que me faz mais feliz neste mundo. Madison se mantinha no quarto comigo já que ela não quis descer com Chloe.

 

— Madison, não mexa nisto! – Brigo com ela, a mesma vem até mim cabisbaixa. – Você vai se sujar meu amor. – Dedilho meu dedo em sua Buchecha.

— Brincar mamãe. – Pede ela.

— Depois eu juro que eu vou brincar com você. – Digo depositando um beijo em sua bochecha, termino de vestir meu vestido e Pattie o zíper em minhas costas.

— Você está linda. – Ela desliza sua mão em minhas costas. – Você é a mulher que eu pedi para o meu filho.

— Pattie...

— Você vai fazê-lo muito feliz, você é a vida dele Katherine, você é o verdadeiro amor dele! Eu nunca vi ele amar tanto alguém como ama você. – Ela fecha os olhos respirando fundo. – Obrigada, você o trouxe de você, Deus sabe das noites em que eu rezava para um milagre acontecer na vida dele e ele melhorar depois que Ashley deixou ele. E Deus me escutou, eu vi meu filho se perde em um enorme abismo que parecia sem saída, mas quando você chegou ele mudou para melhor Katherine, ele cresceu, ele amadureceu, ele voltou a ser feliz.

— Pattie, seu filho é o amor da minha vida. – Tento me controlar para não chorar. – Eu prometo que até a última batida do meu coração eu irei fazê-lo feliz.

— Eu me sinto muito feliz ao saber que vocês escolheram um padre para o casamento por minha causa, eu só tenho a agradecer. – Agradece ela.

— Posso entrar? – Chris aparece na porta com sua mão cobrindo os olhos.

— Não há ninguém pelado. – Respondo e o mesmo descobre seus olhos.

— Eu estarei esperando você lá em baixo. – Ela segura na mão de Madison. – Venha com a vovó. – As duas saem do quarto deixando eu e Chris a sós.

— Não vai falar nada? – Pergunto a ele.

— Você está linda. – Diz ele enquanto me olhava. – Caralho você está muito linda.

— Não é para tanto Chris. – Sinto minhas bochechas coroarem.

— Eu me sinto tão honrado em ser a pessoa que vai lhe levar ao altar. – Conto a ele.

— Não havia outra pessoa melhor para fazer está função. – Caminho até ele tocando em sua Buchecha.

— Eu irei fazer está função com muito amor e carinho. – Diz ele. – Bieber está quase tendo um ataque cardíaco. – Conta ele me fazendo rir. – Ele ama você.

— E eu amo ele. – Respondo com um sorriso no rosto. – Imagine se as coisas fossem diferentes, e se fosse o nosso casamento.

— Não daria certo, o amor de vocês é surpreendente! – Sinto a mão de Chris tocar meu rosto. – Vamos logo antes que você perca o noivo no dia do casamento. – Ele me entrega meu buquê.

 

P.O.V Autora.

 

Todos estavam apenas esperando o sinal verde de Katherine para entrarem, o coração de Katherine batia descontroladamente.

— Eu estou pronta. – Disse ela a todos.

 

Uma marcha calma começou a tocar e os padrinhos começaram a entrar, menos Christian que irá entregar Katherine para Justin no altar. Hailey entra junto com Chaz, Emma entra junto com Ryan, Caitlin entra junto com um dos amigos de Bieber e Chloe entra sozinha já que Chris estava com Katherine.

 

Jazzy foi na frente jogando pétalas de rosas pelo chão, assim que ela termina Jaxon e Lauren entram logo depois acompanhados um do outro de mãos dadas, Madison estava no colo de Pattie na última fileira já que ela levaria as alianças. Katherine respira fundo e diz que já está pronta para entrar.

 

— Antes de você entrar eu quero lhe dizer, qualquer coisa que o Bieber fizer com você me procure! Eu sempre vou te proteger Katherine. – Ele deposita um beijo na testa de Katherine e a marcha nupcial começa a ser tocada.

Você acha que conhece o meu coração

E provavelmente conhece

Por isso estou sempre com você

 

Assim que Justin vê Katherine ele abre um sorriso largo nos lábios, ali estava o amor da vida se casando com ele. O vestido branco, apertado e desenhado perfeitamente para o corpo de Katherine a deixava com a aparência de uma verdadeira princesa, mas ela não era mais sua princesa e sim sua rainha.

Posso passar horas com você

Num quarto vazio

Sem me entediar

Sem ter nada para fazer

 

Os convidados estavam em pé admirando o amor dos dois, um amor que infringiu barreiras e deixou as diferenças de lado e o amor a frente.

Você me completa

Você me faz ser quem eu sou

Me faz sorrir

Quando eu caio e não consigo me levantar

 

Christian entrega Katherine a Justin e eles trocam um breve abraço, logo ele se coloca ao lado de Ryan. Entrego meu buquê pra Hailey e seguro nas mãos de Justin

 

Sem você aqui eu fico entediada

Algo dentro de você está esbravejando

E me tornando eu mesma, me tornando engraçada

 

— Estamos todos reunidos aqui perante a presença de Deus para consagrar a união de Justin Drew Bieber e Katherine Sophia Campbell, que vieste aqui para celebrar o vosso matrimónio. É de vossa livre espontânea vontade e de todo coração que pretendeis fazê-lo?

 

Você é linda

Nós somos lindas juntos

Mesmo quando o clima está ruim

 

— Sim. – Responderam ao mesmo tempo, eles se olhavam um para o outro com um sorriso no rosto.

— Vós que seguis o caminho do matrimónio, estas decididos a amar-vos e a respeita-vos, ao longo de toda a vida?

— Sim. – Katherine sorri ao ouvir Justin falar aquilo.

— Tragam as alianças. – Pede ele.

 

A gente consegue encontrar um arco-íris no céu

Você diz "não chore, tudo vai ficar bem"

 

Madison aparece no campo de visão dos pais trazendo consigo as alianças, eu não conseguia mais segurar minhas lagrimas.

 

Se alguma vez brigarmos ou entrarmos em guerra

Isto seria ruim porque você conhece todos os meus segredos

E eu todos os seus

 

Bieber e Katherine se abaixaram e pegaram as alianças da pequena almofada que estava na mão de Madison, Lauren pega Madison pela mão e a coloca sentada no colo de Jeremy.

 

Juntos, as horas viram segundos

Juntos, o peso do mundo parece pena

Porque estamos carregando juntos

 

— Repita comigo senhor Bieber. – Pede.

 

Você me completa

Você me faz ser quem eu sou

Me faz sorrir

Quando eu caio e preciso me levantar

 

— Eu Justin Drew Bieber, lhe recebo como minha esposa Katherine Sophia Campbell, eu prometo se fiel a ti, a lhe amar e respeitar, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, no sexo e nas nossas brigas. Até que a morte nos separe. – Justin coloca a aliança no dedo de Katherine. – Até que morramos de tanto foder. – O Padre olha para Justin repreensivo.

 

Sem você aqui eu fico entediada

Algo dentro de você está esbravejando

E me tornando eu mesma, me tornando engraçada

 

— Senhorita Katherine repita comigo. – Pede ele

 

Você é linda

Nós somos lindas juntas

Mesmo quando o clima está ruim

 

 

— Eu Katherine Sophia Campbell, recebo como meu esposo Justin Drew Bieber, eu prometo ser fiel a ti, a lhe amar e respeitar, na saúde e na doença, lhe ajudarei a acabar com todos os seus inimigos. Até que a morte nos separe. – Katherine coloca a aliança em seu dedo.

 

Você e eu juntos

Nós esqueceremos o que dissemos

Nós viveremos em nosso próprio mundo dos sonhos

Você e eu para sempre

Nós esqueceremos o que dissemos

Nós enfrentaremos o mundo todo

 

— Pelo poder em mim investido, eu os declaro marido em mulher. – Diz o padre. – Pode Beijar a noiva. – Avisa ele.

 

Sem você aqui eu fico entediada

Algo dentro de você está esbravejando

E me tornando eu mesma, me tornando engraçada

Você é linda

Nós somos lindas juntas

Mesmo quando o clima está ruim

E isso é lindo

 

Justin puxa Katherine para um beijo caloroso e todos os convidados se levantam e aplaudem o ato, Justin separa o beijo e sussurra no ouvido de agora sua esposa.

 

— Eu disse que era incapaz de deixá-la partir. – Ele ergue agora sua esposa em seus braços. – Eu cumpro com minhas promessas.

 

 

Continua....


Notas Finais


Música: https://www.youtube.com/watch?v=C_lAgvch2PE

Se Hailey não é a rainha eu não sei quem é, a menina é da afronta mesmo (Gostamos assim)
Casaram!! Agora que comecem o final das tretas e as vinganças ( e a vingança do Bieber contra Mikelson que eu só irei revelar no próximo capitulo) para fecharmos logo a segunda temporada!

Espero muito que tenham gostado do capitulo, não se esqueçam de comentar, favoritar e divulgar a fic <3 Um beijo no core e até logo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...