História Crazy life with BTS - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~seokjxn

Postado
Categorias AOA, Bangtan Boys (BTS), CL (Chaelin Lee), EXO, Got7, Monsta X
Personagens D.O, Hyejeong, Jackson, J-hope, Jimin, Jimin, Jin, Jungkook, Lee Chaelin "CL", Mark, Min Hyuk, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Seolhyun, Suga, V, Won Ho
Exibições 5
Palavras 2.374
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Fluffy, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oi, espero que gostem disso... eu realmente estou com vergonha. - Alex
Oiess, espero que vocês gostem. Alex está com vergonha por isso falou pouco nessa nota inicial. huihguf. - Gaby

Capítulo 4 - Trabalhando para os GOT7


Fanfic / Fanfiction Crazy life with BTS - Capítulo 4 - Trabalhando para os GOT7

Eu posso parecer fria, mas eu sou uma garota adorável – Good Luck, AOA.

 

P.O.V Alex          

- Eu não to acreditando - falo em voz alta, enquanto Gaby tocava a campainha - Eu vou conhecer Mark Tuan, tipo... Mark Tuan.

 - Ai Alex - Gaby começa a rir da minha cara... típico! - Tu sabe que tem que ficar calma perto dele, não sabe?

- Eu sei, mas é que eu to pensando em fa... - sou interrompida por um Jackson sorridente na porta.

 - Hey garotas! Entrem - ele fala, cumprimentando nós duas e abrindo mais a porta, revelando uma casa extremamente grande.

   Havia um sofá na sala principal e uma TV logo ao lado, acima disso tudo tinha uma escada preta e cinza, e do lado dessa escada tinha uma porta que dava para a cozinha. Eu não sei o que eles fizeram para morar ali, mas eu com certeza queria também. Por favor, alguém pede pra uma empresa tipo a JYP me debutar? Grata.

 - Então Jackson, a gente vai ver o show agora? - Gaby fala sorridente e eu fico quieta, porque sou tímida e cara, olha a minha situação! Blusão cinza. Touca. Manta. Calça jeans. Eu podia ter usado outra coisa, certo?

- Sim, claro... só vou chamar os outros membros - Jackson sorri, simpático, e vira para subir as escadas, mas... –

 Até o Mark? - Falo nervosa, cobrindo minha boca logo em seguida - Porra! Os dois se olham e dão risada.

 - Sim dongsaeng, até o Mark hyung! - Ele fala no mesmo tom de nervosismo que eu, obviamente brincando.

- Ela tem uma quedinha pelo Mark... Ai! - Gaby fala quando dou um tapa nela. Francamente, eu nem gosto tanto dele!

- Ok meninas, vou chamar eles e já volto - ele pisca para mim e dá risada, talvez pensando que eu sou uma anta ou algo assim.

 - Aí Alex - bato na minha própria testa e olho para Gaby - E agora?

 - Bom Alex... - ela se joga no sofá - Agora é só sentar e esperar.

 Ah, ela esqueceu da parte de "não gritar e sair correndo pela casa quando Mark Tuan me der oi".

P.O.V GABY

  Alex senta ao meu lado. Como era de manhã cedo e Jackson disse que o staff que vai trazer os modelos vem perto do meio dia, resolvemos por mensagem olhar o show que eu não fui. Alex olhou umas 500 vezes.

- Cara eu to nervosa. – Ela coça o cabelo.

- Eu sei disso desde que eu te avisei...AI. – Ele me bate de novo. – Para de me bater desgraça.

- Desgraça é tu, merda. – Ela ri.

  Ouvi o som de passos na escada. Eles estão vindos. Olho para Alex, aquela risada que ela deu desapareceu e foi substituída por um rosto preocupado. Levanto para cumprimentá-los.

  - Olá garotos, é um prazer conhecer todos. – Falo e me curvo (OBS: eu só conhecia Jackson e Mark) em respeito. – Podem me chamar de Gaby, essa é Alex. – Alex se curva. Ela ainda está tensa. – Eu sou a estilista.

- Me chame de JB. – Ele diz sorrindo fofo. Assinto com a cabeça sorrindo. – Esses são Youngjae, Jinyoung, BamBam e Yugyeom. Jackson e Mark vocês já conhecem, não é?

- Sim claro. – Falo.

- Olá. – Diz Yugyeom tímido.

- Oi, é um prazer conhece-lo. – Sorrio radiante, o que o fez ficar vermelhinho. Cutuco Alex com o cotovelo.

- Ah, oi. – Ela sorri timidamente.

-Oi, o prazer é nosso. – Jinyoung sorri fofo.

- Capaz. – Falo em português, e eles me olham confusos. – Opa, desculpa. – Rio.

- Oi. – Alex sorri.

- Oi, vocês são mais bonitas pessoalmente. E pelo jeito não são daqui.- Youngjae fala sorridente.

- Obrigada, é não somos. Viemos do Brasil. – Sorrio.

- Eh, obrigada. – Alex acena com a cabeça.

- Olha a nossa falta de respeito com elas, sentem-se por favor. – BamBam diz gentil.

- Que isso. Estávamos sentadas antes. – Falo me sentando.

- Hã... onde é o banheiro. – Alex diz supertímida.

- É a segunda porta subindo a escada. – Mark fala.

- Ah, obrigada. – Ela diz tímida.

   Mark observou Alex subir as escadas.

- Ela não é de falar? – Pergunta o mesmo. Ele se senta ao meu lado e do outro Youngjae.

- Geralmente ela não cala a boca. Ou quando ela conhece gente nova. Deve estar com dor de cabeça. – Minto. – Se vocês não se importarem, vou ver como ela está.

- Claro que não, vai lá. – Diz Jackson arrumando o vídeo.

  Subo as escadas sorridente, pois o Mark se interessou pela Alex. Chegando próximo ao banheiro escuto ela dizendo: “Se acalma, vai ficar tudo bem. ” Me encosto na porta e bato, mesmo ela estando aberta.

- Ah, Gaby. – Ela sorri e suspira.

- Sabe, você perde as melhores fofocas quando sai. – Sorrio.

- O que? – Ela me olha confusa.

- Mark se interessou em ti. – Falo e ela me olha com a cara de: “Carregando”

- Calma, o que? – Ela arregala os olhos.

- AHA. Assumiu, sabia, tem crush no Mark. – Falo rindo.

- Eu? O que? – Ela passa as mãos no cabelo. – Mas, é verdade o que tu falou?

- Claro, por que eu mentiria? – Falo.

- Ah, sei lá. – Ela ri.

- Vem vamos descer, quero ver o show. – Falo a puxando pela manga do moletom.

  Descemos as escadas, os garotos estavam estados e conversando.

- Deu. – Falo me sentando no lugar de antes, Alex se senta em meus pés.

    Olhamos o show. E na minha opinião foi um dos melhores. Perto do almoço o Staff deles chega com todos os desenhos e tecidos que o estilista tinha escolhido. O pobre homem estava com as mãos cheias e quase caiu quando chegou. Almoçamos e eu comecei o meu trabalho.

- Bom, pelo que eu vejo aqui... ele não colocou a medida de vocês... – Falo olhando as roupas. Eles tinham explicado que a parte de calças e sapatos eles tinham, só faltava camisetas e casacos em geral.

- Bom, é que ele tem todas guardadas na mente. – JB fala.

- Então tirem as camisas que vou pegar as medidas de vocês. – Falo pegando a trena.

- Tirar... a ... blusa? – Yugyeom diz ficando vermelho.

- Claro. A não ser que vocês saibam as suas medidas. – Falo levantando a sobrancelha.

- Não. – O mesmo responde.

- Então...- Não termino de falar e Jackson tira a blusa, deixando o abdômen definido à mostra. – Você é o primeiro. Alex eu vou gritando as medidas e o tamanhos das blusas e você anota ok?

- Ok. – Fala ela tímida.

  Vou tirando as medidas e Jackson e gritando para a mesma.

- Deu. – Falo, alcanço a blusa para ele. – Agora se veste. JB sua vez.- Ele me olha surpreso.

- Ok. – Ele tira a blusa.

- Não liga muito, mas minha mão está gelada. – Eu rio.

- Está com frio? – Ele pergunta enquanto eu o meço.

-38 de cintura. Sim, vocês têm que aprender que eu sinto muito frio, mas no verão eu sinto muito calor. – Rio, ajeito meus óculos (sim, óculos).

  Termino de medi-lo.

- O próximo pode ser você. – Falo apontando para Jinyoung.

- Não, por favor, isso é vergonhoso. – Ele diz supertímido. Toco no seu ombro.

- Vamos, eu só estou fazendo meu trabalho, além do mais, é para o trabalho. Você não gosta do trabalho? – Pergunto.

- É... – Ele parecia pensar. – Ok, só... vira pra lá enquanto eu tiro.

- Ok. – Me viro de contas para ele. Espero alguns segundos.

- Pode virar. – Tento não olhar para ele, ele é muito tímido, se eu olhar ele desiste.

  Meço ele em silêncio, até o mesmo quebrar.

- A sua mão está realmente gelada.- Ele diz baixo.

- Desculpa. – Falo.

- Não sua culpa estar com as mãos geladas. – Fala o mesmo.

- Desculpa de qualquer maneira. – Falo sorrindo.

Termino e alcanço a sua blusa.

- Aqui. – Olho para os que não foram e escolho um aleatoriamente. – Mark vem. – Tenho uma puta ideia na hora. – Aliás, eu vou ao banheiro, Alex o meça enquanto eu não volto.

- Eu? Mas... – Ela tenta argumentar.

- Sem mas, tu já viu eu medindo meio mundo, vai saber o que fazer. – Pisco para a mesma.

  Vou até o banheiro, já que realmente estou necessitada. Lavo minhas mãos e as seco. A água está gelada, estão eu volto para a sala esfregando e soprando ar quente nelas (tipo, fecha a mão em concha e sopra dentro, fica mais quente). Chego na sala, vejo Alex num tom de vermelho tomate na sala medindo Mark.

- Voltei, terminou Alex? – Pergunto.

- Sim... – Ela fala baixo.

- Ok, obrigada por anotar para ela Jackson. – Falo. – Agora eu termino.

- De nada, e disponha baixinha. – Ele ri.

- Venha Youngjae. – Eu falo e ele vem tímido.

  Ele tira a camiseta e eu tiro suas medidas, sem falar nada, outro tímido.

- Deu, pode se vestir. – Ele se veste rapidamente e sorri para mim.

- Yugyeom sua vez.- Falo.

  Ele tirou a blusa tímido, e não parou de rir.

- Tem cócegas? – Pergunto.

- Não...é que rir alivia a tensão e a timidez. – Ela fala em pausas.

- Ok. Vai se vestir. – Rio com ele. – Vem BamBam.

  Ele tira a blusa, estava muito desconfortável, e quem não estaria? Uma desconhecida pede para ti tirar a blusa no meio da sua sala e fica passando a mão e a fita métrica pelo seu corpo. Acho que até eu ficaria assim.

- Deu, pode se vestir. – Falo. – Agora, eu vou fazer alguns casacos, poque não tem no comércio, e o resto eu vou ver nas lojas daqui e nas de outras cidades aqui perto. Enquanto isso, façam o que quiser, já que a casa é de vocês.

   Depois de um bom tempo de costura e procura na internet, eu já estava com os olhos cansados, pelo menos eu já tinha 45% do trabalho feito. Eu estava terminando o colete xadrez do Mark, quando Jinyoung vem trazendo duas xícaras.

-Você precisa descansar. Está trabalhando horas. – Ele sorri e me entrega um, café preto.

- Como você sabe que eu gosto de café? – Rio.

-Não sei, só adivinhei. – Ele sorri.

- Onde está Alex? – Pergunto.

- Vem eu te mostro. – Ele me leva até o sofá.

   Alex está sentada escorada com as costas no sofá e com a cabeça no ombro de Mark, ele está com o ombro envolta do pescoço dela e a cabeça encostada na dela. Recebo uma mensagem:

[Gatinho] Gatinha, já estou aqui na frente.

[Eu] Ok, me espera. J

- Eu tenho que ir, foi um prazer. – Coloco a jaqueta. – Vou deixar ela aí, qualquer coisa é só ligar. – Beijo sua bochecha. – Até amanhã.

  Pego meu telefone e vou em direção à porta. Abro e fecho ela bem devagar para não acorda-los. Desço as escadas em e encontro D.O escorado na moto.

- Oi gatinho. – O abraço e deposito um beijo na sua bochecha.

- Oi gatinha, como foi o trabalho? – Ele me alcança o capacete.

- Foi extremamente cansativo, mas foi muito bom para Alex. – Coloco o capacete rindo. – Cadê a Jimin e a nossa Sehuna?

- Sehun foi buscar Jimin na casa dela. – Ele parte em direção da praça.

  Já falei que amo andar de moto? Não? Então: Eu amo andar de moto. Sei lá, é uma sensação boa, como se fosse liberdade, o vento batendo no meu cabelo, é um vento frio, mas gostoso. Chegamos lá e encontramos Jimin mexendo no telefone e Sehun olhando para o nada.

- Oi gente. – Falo.

- Gaby, oi. – Ela me abraça, e eu tenho algo a declarar: EU SOU DO MESMO TAMANHO DELA, EU PRECISAVA CRESCER MAIS UM POUCO QUANDO ERA CRIANÇA. L

- Oi nos... Sehun. – Falo.

- Oi. – Ele fala.

  Depois dos cumprimentos fomos comer e nos divertir. Sehun e D.O ficaram fazendo piadas. Eu e Jimin fofocando. É foi uma noite divertida. Desde que começamos com o projeto BS&T não sai de casa. Eu tinha reuniões, desenhos, aprovações, ajudar. É bom sair da rotina.

- Gatinha vamos pra casa? – Ele pergunta. – Parece cansada.

- Sim, estou morrendo. – Falo sorrindo.

- Vamos então. – D.O sorri. – Leve a Jimin para casa Sehun.

- Ok, vamos. – Ele sorri.

- Ok. – Ela me abraça. – Até outro dia. Podemos marcar de sair eu, você, Hyejeong e Seolhyun.

-Claro, agora eu to livre qualquer dia, menos amanhã. – Rio.

  Depois disso D.O me leva pra casa.

- Obrigada por essa noite D.O, foi muito bom distrair a mente. – Falo sorrindo.

- Tudo pela gatinha. – Ele sorri. – Sabe, eu vou ter turnê de shows pela Coréia, eu te mando fotos e vídeos, ligo também todos os dias. Até semana que vem gatinha. – Ele beija minha testa.

- Eu vou sentir saudades, se cuida gatinho. E é bom mesmo me mandar essas fotos e me ligar. – Falo, beijo sua bochecha e entro no prédio.

  Subo no elevador e desembarco no nosso andar. Abro a porta, vejo Tae jogando. Estranho ele sempre joga no quarto dele. Chego por trás e tapo seus olhos.

- Adivinha quem é? – Falo.

- Só pode ser a gatinha. – Fala Tae com um tom que eu nunca tinha ouvido.

- Tae? Está com ciúmes? – Pergunto escorando as costas no sofá e virando a cabeça em sua direção.

- N-não, só não entendo o porquê dele te chamar assim. – Ele fala coçando a cabeça.

- Eu comecei a chama-lo de gatinho, então ele começou a me chamar de gatinha. Coisa se amigo estendeu? E não fica assim, você sabe que é meu melhor amigo supremo. – Falo o abraçando. Ele me puxa e acabo caindo sentada na sua perna. – Tae, por que está jogando na sala?

- Estava te esperando. – Ele esconde a cara no meu ombro.

- Que fofo. – Bagunço seu cabelo. – Vamos dormir, estou com sono.

  Quando estávamos quase nos separando no corredor (Meu quanto é no corredor do lado esquerdo e o dele é o último do corredor direito) ele fala.

- Sabe, você devia usar mais seus óculos. – Ele sorri. – Fica mais bonita com eles.

- Obrigada Tae. – Sorrio e abano entrando no quarto.

  Tomo banho e deito na cama. Nem vi quando peguei no sono. Nem lembro ao menos o que pensei antes de dormir.

  


Notas Finais


Caralho Mark Tuan, espero que vcs tenham gostado... eu realmente estou com vergonha, te amo/odeio Gaby, muito. - Alex
Não sei se me sinto lisonjeada ou o que. fviufh. Então gostaram? Aí estão alguns links:
Gaby: http://www.polyvore.com/cgi/set?.locale=pt-br&id=211955556
Alex: http://www.polyvore.com/cgi/set?.locale=pt-br&id=211956167
Jimin: http://www.polyvore.com/sem_t%C3%ADtulo_328/set?id=212130935
Beijos da autora-chan :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...