História "Crazy Love" - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Melanie Martinez
Exibições 31
Palavras 2.530
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Orange, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - "Dollhouse" (Casa de Bonecas)


Fanfic / Fanfiction "Crazy Love" - Capítulo 14 - "Dollhouse" (Casa de Bonecas)

-ALGUNS DIAS DEPOIS-

*Quarta-Feira*

-15:30-

>(SEU NOME) ON<

           Depois de passar alguns dias viajando e visitando algumas cidades finalmente estávamos chegando à São Francisco.

Louis: _Já sabemos aonde vamos ficar?

Harry: _Então, eu estava pesquisando algumas casas á venda nessa cidade e encontrei algumas opções.

Melanie: _Deixa eu ver? -- (Mel perguntou e Harry a entregou o celular. Ela foi passando por algumas opções até que para em uma e parece ficar vidrada na imagem).

(Seu Nome): _Achou amor? -- (Perguntei olhando-a).

Melanie: _Sim. -- (Ela disse ainda vidrada na imagem).

(Seu Nome): _Deixa eu ver. -- (Disse pegando o celular e olhando a casa) -- Mas Mel... Ér, essa casa parece uma casa de bonecas.

Harry: _Deixa eu ver. -- (Harry disse pegando o celular e olhando em seu visor) -- Nossa, parece mesmo.

Melanie: _Eu sei, não é linda? -- (Ela perguntou sorrindo).

(Seu Nome): _Ér... É diferente né?!

Louis: _Exótico.

Melanie: _Vamos ficar com ela pessoal? Por favor?

(Seu Nome): _Ér...

Harry: _Ai não Melanie, as pessoas vão achar que saímos de um conto de fadas se morarmos nessa casa.

Louis: _Realmente é um pouco estranho.

Harry: _Estranho é pouco né. No mínimo bizarro.

Melanie: _Ai por favor pessoal, tô pedindo. Se comprarmos essa casa eu prometo nunca mais pedir nada.

Harry: _Promessa mentirosa ein mona.

Melanie: _Ai amor me ajuda vai. -- (Ela pediu me olhando).

(Seu Nome): _Ai gente o que é que custa vai? A casa até que é uma gracinha.

Harry: _Custa a nossa dignidade né fofa. Morar numa casa de bonecas? Tem alguma coisa mais estranha?

(Seu Nome): _Nós somos estranhos Harry, o que vai mudar se morarmos em um local que retrate um pouco disso? Vai ser diferente, só isso.

Melanie: _É pessoal, por favorzinho. -- (Mel disse implorando e fazendo um bico muito fofo).

Louis: _Ai tá bom vai, a gente fica com a casa.

Melanie: _EBA. -- (Mel gritou comemorando).

Harry: _Quero nem ver a vergonha que a gente vai passar. -- (Harry disse levando sua mão à cabeça, apenas ri do seu exagero).

           Enquanto ainda estávamos na estrada Harry ligou para o contato da casa e disse que estávamos interessados no imóvel, a corretora disse que nos encontraria lá para resolvermos tudo. Assim que entramos na cidade fiquei maravilhada. Era tudo tão fantástico, o lugar tinha um ar puro diferente das outras cidades, e o estilo vintage do lugar só fez com que eu me encatasse mais, fora o clima agradável da cidade.

Melanie: _Estamos chegando? -- (Melanie perguntou ansiosa. A minha pequena queria ver sua casa de bonecas logo).

Louis: _Estamos, só mais alguns quarteirões e chegamos ao endereço fornecido. -- (Andamos por mais alguns minutos até chegarmos ao nosso destino) -- Chegamos. -- (Louis disse estacionando o carro e Melanie estava tão animada que não conseguia se controlar. Assim que o carro parou ela foi a primeira a descer, ri da sua empolgação e saí do veículo logo em seguida).

Corretora: _Boa tarde. -- (A mulher disse dando um sorriso simpático).

Todos: _Boa tarde. -- (Respondemos juntos).

Corretora: _Bom, creio que queiram analisar a casa, então venham comigo. -- (A seguimos para dentro da casa e assim que entramos todos nós ficamos de boca aberta. Se por fora ela parecia ser uma casa de bonecas por dentro era uma réplica perfeita).

Harry: _Uau isso é tão igual à uma casa de bonecas.

Louis: _É tão igual que chega à dar um pouco de medo.

(Seu Nome): _A casa já vem com essa mobília? -- (Perguntei para a mulher).

Corretora: _Sim. E como podem ver está tudo em ÓTIMO estado.

(Seu Nome): _Realmente. -- (Disse analisando as coisas).

Corretora: _Fora o maravilhoso jardim que temos e a vizinhança que é calma e tranquila.

Louis: _Um lugar calmo é tudo o que procuramos agora.

Corretora: _Então estão na casa certa.

Melanie: _Nós vamos ficar com a casa não vamos? -- (Mel perguntou com seus olhinhos brilhantes).

(Seu Nome): _Eu gostei do imóvel.

Louis: _Apesar de ser um pouco estranho parece ser bem confortável.

Harry: _Não é tão ruim como eu imaginei.

Corretora: _Então vão ficar com a casa?

(Seu Nome): _Sim. -- (Disse e Mel comemorou).

Corretora: _Querem ver o segundo andar?

(Seu Nome): _Não precisa, nós vamos ficar com a casa. Louis dê o cheque para ela.

Louis: _Ok. -- (Louis disse fazendo o que eu pedi).

Corretora: _Só vou precisar que assinem alguns papéis ok?

Louis: _Eu cuido disso. Venha, vamos ver isso na cozinha.

Corretora: _Ok. -- (Ela disse. Harry, Louis e a mulher saíram dali me deixando sozinha com Mel).

(Seu Nome): _Gostou da sua nova casa amor? -- (Perguntei abraçando-a por trás).

Melanie: _Muito. -- (Ela disse se virando para mim com os olhinhos brilhando. Sorriu e depositou um beijo em meus lábios) -- Obrigada. -- (Apenas sorri e a beijei novamente).

>(SEU NOME) OFF<

...

-20:30-

>MELANIE ON <

           Estava caminhando pela cidade para conhecê-la um pouco melhor, afinal pelo jeito vou ficar aqui por um bom tempo. A cidade aparenta ser bem tranquila e calma. Talvez (Seu Nome) tenha razão. Talvez esse seja o lugar certo para nós. Paro de andar assim que vejo algumas luzes há alguns quarteirões dali. Aquelas luzes me chamaram a atenção, então simplesmente fui caminhando até elas. Assim que cheguei perto percebi que se tratava de um parque de diversões. Involuntariamente entrei no mesmo, que pelo fato de ter acabado de abrir ainda estava vazio. Fui caminhando pelo parque analisando o local, e por fim descidi ir em uma barraquinha de tiro ao alvo. Peguei a arminha e comecei a disparar contra os alvos, mas infelizmente não consegui acertar nenhum.

Garoto: _Não é assim que se faz. -- (Um garoto alto, de cabelos castanhos, olhos azuis e pele clara disse. Não disse nada, apenas o olhava) -- Veja. -- (Ele disse apontando a arma e acertando o alvo. Logo depois se voltou para mim e eu fiquei o encarando calada) -- Viu? -- (Apenas assenti) -- Então tente novamente. -- (Ele disse me entregando a arma. Segurei a mesma e apontei para a mira) -- Não. Está errado. Deixa eu tr ajudar. -- (Ele disse me ajudando a ficar na posição certa) -- Agora atira. -- (Ele disse perto do meu ouvido e senti meu corpo se arrepiar. Mas o que está acontecendo comigo? Olhei para o alvo e dísparei acertando o mesmo) -- Viu? Conseguiu. Agora deixa eu ganhar o prêmio pra você. -- (Ele disse pegando a arma e atirando em outro alvo o acertando) -- Eu vou querer aquele ursinho ali. -- (Ele disse apontando para um ursinho, o homem da barraquinha o entregou logo em seguida) -- Toma. -- (Ele disse me dando).

Melanie: _Não precisa.

Garoto: _Faço questão.

Melanie: _Não posso aceitar. -- (Disse sem graça).

Garoto: _Pode sim, tome. E não faça essa desfeita. -- (Ele disse me entregando o ursinho. Sorri envergonhada e disse).

Melanie: _Obrigada.

Garoto: _Por nada. -- (Olhei em meu relógio e percebi que já estava tarde).

Melanie: _Preciso ir andando.

Garoto: _Eu te levo até sua casa.

Melanie: _Não precisa.

Garoto: _Está tarde, você não pode andar sozinha por aí.

Melanie: _Tudo bem, irei aceitar sua companhia.

Garoto: _Ótimo, então vamos. 

Melanie: _Vamos. -- (Disse e logo em seguida fomos caminhando em direção a minha casa).

>MELANIE OFF<

>(SEU NOME) ON<

           Já estava tarde e Melanie ainda não havia voltado da rua. Estou começando a ficar preocupada. 

Harry: _Para de andar pra lá e pra cá menina, daqui a pouco você vai fazer um buraco no chão.

(Seu Nome): _Estou preocupada com a Melanie, ela está demorando. -- (Disse aflita).

Harry: _Relaxa, daqui a pouco ela aparece.

Louis: _Verdade. Relaxa. -- (Louis disse aparecendo na sala com alguns sacos).

Harry: _Onde você vai?

Louis: _Levar o lixo pra fora.

(Seu Nome): _Deixa que eu faço isso. Aproveito e vejo se Melanie está vindo.

Louis: _Ok. Toma. -- (Ele disse me entregando os sacos).

(Seu Nome): _Já volto. -- (Disse indo em direção à saída. Caminhei até a rua e coloquei o lixo onde deveria, olhei para os lados e ao longe pude ver duas pessoas se aproximando, forcei um pouco mais as vistas e percebi que era Melanie acompanhada de um rapaz. Que merda é essa? Fiquei os olhando até os mesmo chegarem perto de mim).

Melanie: _Oi (Seu Apelido). -- (Mel disse sorrindo).

(Seu Nome): _Oi Melanie. Onde você estava até essa hora? Fiquei preocupada.

Melanie: _Eu...

Garoto: _Ela estava no parque de diversões. Na verdade NÓS estávamos lá.

(Seu Nome): _Como é que é? Você saiu com esse cara?

Garoto: _Relaxa a gente se conheceu lá no parque mesmo. Ensinei ela á brincar de tiro ao alvo.

(Seu Nome): _Ah, e esse ursinho? Foi você que deu também?

Garoto: _Sim. Foi um presente. Eu gostei da sua amiga. -- (Dei um sorriso cínico, peguei o ursinho das mãos de Melanie e o empurrei contra o peito do tal garoto).

(Seu Nome): _Toma esse ursinho e fica com ele ok? Não quero você dando nada para ela. E não chega mais perto babaca. Ela já tem namorada. Ou melhor, esposa.

Melanie: _(Seu Nome) para. 

(Seu Nome): _Vamos Melanie. -- (Disse a pegando pela mão e arrastando a mesma para dentro de casa).

Melanie: _Ei espera. Mas eu nem ao menos me despedi.

(Seu Nome): _E nem vai. -- (Disse entrando em casa e batendo a porta com força fazendo a atenção dos garotos que estavam na sala se voltarem para a gente).

Melanie: _O que deu em você ein (Seu Nome)?

(Seu Nome): _O que deu em mim Melanie? O que deu em VOCÊ né? O que você tem na cabeça pra sair com um cara?

Melanie: _Eu não saí com ele (Seu Nome). Ele mesmo disse que a gente se conheceu lá no parque.

(Seu Nome): _E por que ele te trouxe até em casa? Posso saber?

Melanie: _Porque ele quis ser gentil (Seu Nome) só isso. -- (Ri irônica e disse).

(Seu Nome): _De boas intenções o inferno tá cheio Melanie.

Melanie: _PARA DE SER PARANÓICA. -- (Ela gritou nervosa).

(Seu Nome): _EU PARO ASSIM QUE VOCÊ COMEÇAR A SE LEMBRAR QUE É CASADA.

Melanie: _EXATAMENTE, VOCÊ É MINHA ESPOSA, NÃO MINHA DONA. 

(Seu Nome): _ENTÃO PASSA A RESPEITAR NOSSA RELAÇÃO MELANIE. QUER FAZER AMIGOS? FAÇA. MAS NÃO COM PESSOAS QUE QUEREM TE COMER.

Melanie: _CANSEI DE BRIGAR, VOU SUBIR.

(Seu Nome): _ÓTIMO. -- (Gritei).

Melanie: _ÓTIMO. -- (Ela gritou já no meio da escada. Quando ela subiu suspirei e me joguei no sofá bufando).

Harry: _Gente, o que aconteceu?

(Seu Nome): _Um idiota veio trazer a Melanie em casa.

Louis: _Você conhece?

(Seu Nome): _Não. Mas se continuar perturbando vou ter que fazer do meu jeito.

Harry: _Calma (Seu Nome) talvez não seja nada demais, você sabe que a Melanie não faria nada pra te magoar.

(Seu Nome): _Eu confio nela, não confio é nele. Ele deu um ursinho de pelúcia pra ela. UM URSINHO. -- (Disse nervosa).

Louis: _Ok. Olha, calma, fica aqui na sala até você esfriar a cabeça, aí depois você sobe e vocês duas conversam direito ok?

(Seu Nome): _Tudo bem.

>(SEU NOME) OFF<

>MELANIE ON<

           Depois da discussão com (Seu Nome) subi para o meu quarto nervosa, bati a porta do mesmo e me joguei na cama. Affs, por quê ela é tão ciumenta? Não tem nada demais acontecendo. Fiquei um tempo deitada na cama olhando para o teto e pensando, mas para não ficar com mais raiva ainda me levantei e fui tomar um banho para esfriar um pouco a cabeça.

>MELANIE OFF<

>(SEU NOME) ON<

            Fiquei um tempo na sala assistindo alguma coisa aleatória com os meninos até me acalmar um pouco. Acho melhor conversar com a Melanie.

(Seu Nome): _Meninos eu vou subir para conversar com a Melanie ok? Bom filme para vocês dois.

Louis & Harry: _Boa sorte. -- (Disseram juntos).

(Seu Nome): _Obrigada. -- (Disse sorrindo e subindo a escada logo em seguida. Bati na porta do nosso quarto, mas ninguém respondeu. Abri a mesma e entrei ouvindo o barulho do chuveiro logo em seguida. Enquanto ela estava no banho eu descidi arrumar a cama e assim que terminei ouvi o barulho do chuveiro desligando. Ela havia terminado o banho. Olhei em direção a porta do banheiro e a vi saindo apenas de toalha e nossa, não vou mentir, aquilo me causou alguns pensamentos bem inapropriados).

Melanie: _O que faz aqui? -- (Ela perguntou me olhando).

(Seu Nome): _Quero conversar direito com você. -- (Ela me olhou por um momento e disse).

Melanie: _Ok. Primeiro vou colocar uma roupa e depois conversamos ok?

(Seu Nome): _Tudo bem, eu espero. -- (Ela entrou dentro do closet demorando alguns minutos e logo em seguida ela saiu já com sua roupa).

Melanie: _ Pode falar. -- (Ela disse seca).

(Seu Nome): _Senta aqui. -- (Disse passando a mão no lugar vago ao meu lado. Ela prendeu seu cabelo em um coque e se sentou ao meu lado).

Melanie: _O que foi?

(Seu Nome): _Mel. -- (Disse pegando em suas mãos, mas ela recuou. Suspirei e disse) -- Me perdoe por ter gritado com você, eu errei. Entendo que você queira ter seus amigos, e eu respeito muito isso. Não quero te prender em nenhum sentido meu amor, mas mesmo eu tendo em mente que você não é propriedade minha e que eu não tenho o direito de mandar em você eu ainda assim sinto ciúmes. Não é algo que eu consiga controlar.

Melanie: _Eu não tenho nada com aquele garoto. Nem ao menos sei o nome dele.

(Seu Nome): _Eu sei que você não quer nada com ele, mas não acho o mesmo dele.

Melanie: _Como assim?

(Seu Nome): _Eu sinto que ele te deseja Melanie, e não é como apenas uma simples amiga. Ele te quer mais do que isso. E sinceramente não confio nesse cara.

Melanie: _Não precisa se preocupar, pode confiar em mim.

(Seu Nome): _Eu confio em você Mel. Não confio é nas outras pessoas. -- (Ela colocou a mão em meu rosto acariciando mesmo e disse).

Melanie: _Se confia em mim o resto não importa. -- (Sorri e logo em seguida ela uniu nossos lábios em um beijo maravilhoso. Quando nos separamos a olhei sorrindo).

(Seu Nome): _Eu te amo tanto sabia? -- (Disse acariciando seu rosto).

Melanie: _Também te amo. -- (Ela disse sorrindo).

(Seu Nome): _O que acha de assistirmos alguma coisa?

Melanie: _Por mim tudo bem.

(Seu Nome): _Ótimo, então liga a TV que eu vou desligar a luz.

Melanie: _Ok.

          Me levantei e desliguei a luz enquanto Mel se ajeitava na cama e ligava a TV, me deitei ao seu lado e logo em seguida ela se deitou sobre meu peito. Sorri e a abracei. O filme foi passando e assim que terminou olhei para Melanie e a mesma tinha seus olhinhos fechados e sua respiração suave. Sorri, desliguei a TV, depositei um beijo em sua testa e sussurrei.

(Seu Nome): _Boa noite. Te amo. -- (A abracei mais forte e depois de alguns minutos pensando sobre aquele maldito garoto acabei pegando no sono).

 

Continua...


Notas Finais


Me perdoem a demora meninas, final de ano, últimas provas e trabalhos na escola, tudo está me apertando, mas agora que as férias estão chegando vai ser mais fácil postar ok? Prometo que vou passar a postar com mais frequência. Espero que tenham gostado. Obrigada por lerem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...