História Crazy love - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtanboys, Bts, Jikook, Namjin, Romance, Vhope, Yaoi
Exibições 16
Palavras 942
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Fluffy, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii vou postar pq gostei do resultado da história ksksk

Capítulo 2 - Novo paciente


Fanfic / Fanfiction Crazy love - Capítulo 2 - Novo paciente

P.o.v jungkook 

Sem dúvidas que eu tô morrendo de tédio aqui mais ainda tenho que esperar mais pra fazer a fuga preciso de informações pra realizar a missão que nos deram bem vejam o lado bom hoje eu iria ganhar um novo brinquedinho não sei quem é mais espero que dessa vez seja bonito hehe , depois de um tempo esperando o meu novo projeto de babá espera  dessa vez era um homem ? hum até que tava gostando ele era bem bonito e tinha umas coxas fico o encarando ainda com os fones no ouvido .

- senhor jeon eu trouxe seus remédios * o mesmo da um sorriso então retribuo o ato com uma sorriso só que psicopata claro oque fez ele dar um paço pra trás * 

- não tô doente pra precisar de remédio * fala voltando a olhar pro nada * 

-senhor jeon não quero le obrigar a nada mais sabe se vc não tomar aqui as normas ....são rígidas e vc vai ser torturado ou vão fazer a força de novo * fala fazendo uma cara de espanto e tristeza * 

- pare de fingir que se enportar pra oque acontece comigo como se realmente me achase gente sei que vcs só vem nois fomos bichos mais é oque somos psicopatas e assassinos então some e me deixa em paz * falo já irritado odeio mentiras e ainda mais que sintam pena de mim *

- senhor jeon eu não tô mentindo vcs podem ter feito coisas oriveis mais tratar alguém assim só causa mais raiva e problems necessidade de matar etc ...além do mais todos erramos * ele olha em meus olhos e eu o observo tb só que sem espreção nenhuma *

- a lá vem um mentiroso com o papinho do " nois somos todos humanos e errar faz parte etc e blá bla blá *falo parando de o encarar e revirando os olhos * 

- ok senhor jeon não vou te obrigar a nada mais por favor tome ou esconda isso pq não quero ver oque pode acontecer a vc odeio isso mais não posso mudar os métodos desse lugar * o menino deixa a bandeja emcima da mesa e sai cabisbaixo * 

" Como posso saber se não é algo pra me fazer dormir ,morrer, veneno talvez ? a que se dane " * penso alto e tomo os remédios logo me sinto com sono então resolvo dormir no chão mesmo 


P.o.v jimin 

Acordo normal como sempre me arrumo e vou ao meu trabalho no caminho encontro jin e começamos a conversar falei sobre oque eu avia falado com jeon e ele disse que isso avia sido grosso demais ,ele que nem viu o resto dos pacientes então bem ao chegar lá passo na sela de jeon pra ver se ele estava bem então me deparei com ele dormindo super fofo parecia um anjo só que na verdade é o demônio ksks 

- oque faz aqui ? * Ele acorda ao ver que eu o olhava e né encara sério com cara de sono tão fofo * quer uma foto por acaso ? 

- a não desculpa só vim ver como vc tava * falo dando um sorriso o mesmo revira os olhos * 

Olho pra bandeija de remédios que estava vazia com um pouco da água da garrafinha tomada ele avia mesmo me escutado aquilo quase me fez pular de alegria estava conseguindo contato com o meu pequeno diabinho dou um sorriso bobo de arelha a orelha 

- não pense que eu tomei por que vc me pediu ok * fala indo se sentar na cama que ele estava no chão *

- aish não falei nada baka ...pq dormes no chão ? * Faço biquinho o mesmo me encarra *

- pq eu quero e não é da sua conta 

- uiii bravo se continuar a dormir ali e assim vai ficar com corcunda e parecendo um velho com dor nas costas e rabugento mais rabugento já é só falta mesmo a corcunda * falo o repreendendo * 


Ele se levanta da cama e vem em minha direção eu podia tocar o alarme mais não fiz pq sou burro e estava com medo , vou andando pra trás conforme ele vem até bater na parede , então ele me prensa contra a parede segurando meus pulsos contra ela , aproxima bem seu rosto do meu que dava pra sentir e ouvir sua respiração calma ao contrário da minha que tava acelerada por ele estar tão perto pq eu tava sentindo isso ? eu tô assim pq ele tá perto ? Eu não sei mais de nada , ele fica olhando em meus olhos por um bom tempo então me solta 

- oque foi ? Eu não vou te machucar será que é só isso que vcs pensam que pessoas assim como eu fazem ? Nós tb já tivemos sentimentos sabe * ele fala me encarando sério mais de longe bem longe *

- não é isso que eu pensei * falo corado ele percebe mais se finge de desentendido * 

- então pq vc tá assim ? * Fala ainda com seus olhos parados nos meus sem nem piscar *

- vc tava m-muito perto * eu gaguejei ? Pq eu gaguejei ? ele apenas sorri sinico * 

- oque foi se apaixonou por acaso ?*coro violentamente quando ele fala isso então pego a bandeja dos remédios e saio dali o mais rápido posivel * 


Saio de lá e me escoro na parede meu coração batia forte eu estava vermelho ....eu estava me apaixonando por aquele psicopata gostosão ? Não pode ser isso é impossível .



Notas Finais


Continua ? :3 espero que estejam gostando da história é obrigada por ler até o próximo bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...