História Crazy Love - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 3
Palavras 1.039
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Dia: 1


Fanfic / Fanfiction Crazy Love - Capítulo 1 - Dia: 1

Sexta-feira, 24 de março de 2017

Já era comum a rotina de Tyler para as sextas-feiras desde de do meio de Fevereiro. Acordar, ficar no chuveiro por 30 minutos pensando em todas as coisas ruins da sua vida, ir para escola, assistir todas as suas aulas, como as aulas de sexta acabavam cedo ele esperava até dar o seu horário para ir ao psicólogo para não pagar mais uma passagem de ônibus, menos hoje.


Hoje o psicólogo de Tyler, o Doutor Carlos pediu que ele fosse mais cedo por que ele precisava fazer um teste que demoraria mais tempo do que a consulta normal, como Tyler não tinha nada para fazer ele simplesmente foi, pois deveria ser importante esse teste.


Ao chegar lá Tyler bateu na porta e demorou para ser atendido mas conseguir ouvir o Doutor conversando com alguém, quando Tyler estava indo se sentar para esperar a sua vez a porta se abre e o Doutor olha para ele com bastante felicidade.

- Tyler! Olá, como vai?

- Tudo bem e o senhor?

- Estou ótimo - O Doutor estava com uma cara de que ia tinha um plano em mente - 

Eu posso ter feito uma coisa que pode acabar com minha profissão mas é por uma boa causa que vai ajudar você e mais uma pessoa.


Tyler não entendendo a rápida frase do Doutor disse.


- Ei Doutor calma ai, me explique um pouco melhor isso

- Tudo bem - disse Doutor tomando um pouco de folego - tem uma garota ai dentro, ela se chama Carolina, ela tem a mesma idade que você, talvez alguns meses mais nova mas nada que atrapalhe não é?

- E o que o senhor quer que eu faça? - disse Tyler entendo um pouco o que o Doutor queria dizer

- Essa é a parte que eu posso perder meu emprego... - Carlos fez uma pausa - ela tem problemas com garotos e bem você sempre diz que queria achar uma garota legal. Se você mostrar para ela que existe meninos como você... Eu posso resolver o problema de duas pessoas.

- Então quer dizer que o senhor chamou um cara que nunca conquistou uma garota para conquistar uma garota que tem problema com garotos? - Tyler fez uma pausa como se fosse negar a proposta - Interessante...


O Doutor parecendo farto do mesmo argumento de Tyler só disse.


- Então vamos ver o que acontece e boa sorte.


Ao entrar na sala Tyler vê uma garota branca, de cabelos pretos longos e olhos verdes, ele pensa que é verde, por que ela colocou um óculos escuro bem na hora que eles entraram, mesmo com os óculos escuros ela era uma menina bem bonita. Tyler realmente não sabia como um cara como ele iria conseguir algo com essa garota.


Mas antes de Tyler pudesse fazer algo, o Doutor disse.


- Tyler essa é a Carolina, Carolina essa é o Tyler...


O silêncio reinou dentro da sala mas a voz do Doutor um pouco pensativo de se a ideia é boa.


- Beeeeeeem... agora que vocês se conhecem eu vou ali comprar um pão de queijo do outro lado da rua para dar tempo de vocês se conhecerem melhor.

O silencio que se fez na sala durava bastante tempo e nem sequer um som que parecia o Doutor voltando para sala, até que um pingo de coragem fez ele respirar forte e soltar algumas palavras.

- Acho que a gente deveria falar alguma coisa, afinal acho que o Doutor quer que a gente se socialize...

E com um corte rápido ela respondeu.

- O que você quer que eu faça?

- O que? - Disse Tyler confuso -  Eu não quero que você faça, a gente pode ficar conversando até o Doutor voltar ou se achar aqui um lugar estranho a gente pode ir no cinema ou algum parque, sabe, algo menos esquisito que um consultório de um psicólogo.


Ela virou o rosto para ele mas Tyler não sabia o que ela estava sentindo por causa dos óculos escuros e depois de um pequeno passar de tempo Carolina disse.


- Sério!?!E depois você vai me levar pra sua casa!?! Escondido dos seus pais!?!

- Como assim? Não - disse Tyler pensando agora os problemas que o Doutor disse que Carolina tem - Acho que minha mãe não gostaria de me ver com uma garota em casa sem ela saber. A gente vai se divertir como amigos.

A garota abriu a boca um pouco perplexa, como se nunca tivesse escutado aqui antes.

- Amigos?

- Claro, afinal eu mal te conheço, a gente vai se diverte e se conhece um pouco - No final de sua frase Tyler abre um sorriso tentando parecer amigável.

A garota devia o rosto do rosto de Tyler olha para o chão.

- Shopping Dom Pedro, amanhã, duas da tarde, em frente a sorveteria Sabor da Itália, não se atrase!

- Espera, Dom Pedro, duas da tarde, Sabor da Itália - Disse Tyler tentando anotar tudo - Eu não vou me esquecer.


A garota se levantou e saiu em um passo rápido em direção a porta de saída e Tyler só pode dizer.


-Até amanhã, Carolina.


Depois de sair a garota voltou e disse .


- Me chame de Carly, por favor.

Tyler estava pensando um pouco no que acabou de acontecer e de que ele tinha "um encontro" com uma garota bem bonita. Alguns segundos depois entrou o Doutor Carlos correndo pela porta.


- OQUE VOCÊ FEZ!?!

- A a a a gente vavai sair amanhã - falou Tyler gaguejando pelo susto que o grito do Doutor deu a ele.

- Meu Deus - disse o Doutor aliviado - Pensei que eu ia perder mais um cliente.


Depois de pensar um pouco no que aconteceu o Doutor Carlos abriu um sorriso de orelha a orelha e começou a fazer uma tímida dança, estranhando aquela cena Tyler disse dando uma risada também tímida. 


- O que é isso Doutor?

- Eu estou feliz pelo o que aconteceu, aquela garota não sai para algum lugar além da escola e de eventos que a mãe dela obriga ela a ir faz um ano e meio.

- Uau - disse Tyler pensando no que aconteceu para ela não fazer isso a bastante tempo - Você sabe o porquê?

O doutor deu uma breve risada.

- Saber eu sei, mas te contar é outra coisa e afinal agora você tem uma consulta, então vamos começar.








 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...