História Crazy Love - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 2
Palavras 1.655
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Dia:2 - Cinema


Fanfic / Fanfiction Crazy Love - Capítulo 2 - Dia:2 - Cinema

Sábado, 25 de março de 2017

Já era duas e meia da tarde e ela não tinha aparecido, Tyler estava ficando preocupado pelo fato de ela estar atrasada trinta minutos, mesmo mandando Tyler não se atrasar. Quando Daniel ficava vigiando o celular para qualquer mensagem do Doutor Carlos que lhe dê algum pequeno pingo de esperança, um garoto chegou do lado dele lambendo o sorvete em cima de uma casquinha, quando ele parecendo um pouco entediado com a espera diz.


- Elas vão demorar muito? Assim as sessões de mais cedo vão acabar e nós vamos acabar tendo que esperar as que começam mais tarde

- Calma Gabriel, elas já estão chegando - disse Tyler em tom de raiva mas no mesmo momento pensou como seu amigo estava lá ajudando ele - Mas Gabriel, obrigado de novo por vir, isso é bem importante para mim


Gabriel é um menino alto, com cabelos castanhos que estão formando um topete, pele branca e olhos castanhos um pouco cansados.


- Tudo bem cara, só preciso estar em casa umas oito da noite, porque tenho uma festa para ir.


Tyler e Gabriel eram muito amigos, mesmo assim, eram bem diferentes. Enquanto Tyler tinha uma vida sem muitas festas e idas a balada, Gabriel sai praticamente de sexta a domingo, com algumas quintas ocupadas também.


- Por que elas estão demorando? Será que ela desistiu da ideia?

- Você mesmo disse que ela era um pouco cismada com essas - Disse Gabriel terminando o seu sorvete.

- Sim, um pouco, mas ela mesmo que marcou esse horário e esse local.


Quando os garotos já estavam perdendo as esperanças aparecem duas garotas andando para a sorveteria, Tyler viu que a garota que estava de óculos escuro quase se escondendo atrás da outra garota era Carly. A menina ao lado dela chegou com uma cara um pouco zangada.


- Me desculpe o atraso - disse a garota - Tivemos um problema com uma certa pessoa que não queria se arrumar para vir

- Cala a boca Cecília! - disse Carly pelo canto da boca mas tentando mostrar sua raiva


Cecília é uma menina negra, com o cabelo um pouco curto loiro (bem puxado para o branco), olhos castanhos com um óculos na frente. Tyler querendo parecer amigável cumprimentou as duas e apresentou Gabriel que tenta mostrar seu estilo garanhão.


- Nossa Tyler você podia ter pelo menos falado que seriam as garotas mais bonitas que existem nessa cidade.

- Hahaha nós agradecemos - Disse Cecília que mesmo com seu tom de pele ficou com as bochechas vermelhas - Você é bem gentil


Carly vira os olhos com uma se negasse a fala de Cecília.


- Podemos ir? Não quero perder a sessão, já que chegamos atrasado

- Claro, vai ser melhor mesmo - Disse Tyler querendo abafar a situação


Ao caminho do cinema o grupo se dividiu em dois casais e enquanto Carly não fala uma palavra com Tyler, o garoto escuta a conversa de seu amigo com Cecília.


- Você e Carly são muito amigas?

- Oque? Ah sim, eu acho - Disse a garota tentando pensar em momentos que faziam elas serem muito amigas - Nós começamos a conversar mais quando a Carly, assim, teve uns pequenos problemas, e as outras amigas delas meio que não ajudaram ela. Pelo contrário, só fizeram ela ficar mais triste.

- Nossa, que garotas babacas - Disse Gabriel em um tom de voz um pouco mais alto chamando a atenção do casal da frente


Carly olhou para trás suspeitando do que os dois estavam falando, fazendo os dois suarem frio.


Chegando ao cinema Tyler não ficou muito animado com as opções mas Carly procurava um bom filme.


- Vamos ver esse! - Disse Carly

- Alien: Sexta-feira 13? - Falou Tyler já imaginando como esse filme deve ser bem zuado

- Exato, é um filme em que um Alien vem para a Terra e tenta matar os jovens que estão acampando no lago Crystal mas isso é trabalho do Jason e fica uma briga entre o Alien e o Jason, com a galera tentando fugir dos dois.


Gabriel já percebendo a animação de Tyler com esse filme já diz alguma antes que seu amigo fale alguma coisa


- Esse filme deve ser muito irado, to com a Carly nessa. E você Cecília?

- Por mim tudo bem - disse

Cecília indiferente com a escolha - acho que é um filme de Terror B, deve ser pelo menos engraçado


Tyler simplesmente estava sozinho nessa então simplesmente aceitou a escolha dos amigos e foi para fila comprar seus ingressos. Eles compram pipoca, refrigerante e doces e se encaminham para sala. Tyler não tinha entendido o porquê Gabriel tinha pedido para ele só comprar dois ingressos, Gabriel tinha comprado dois ingressos para ele e Cecília um pouco distante dele e de Carly.


A sessão não estava muito cheia, como era um filme de terror havia muitos casais.

Tyler focou um casal que estava na frente dele, um garoto negro com chapéu casual azul e uma garota branca de cabelos longos castanhos, ela dava balas de gelatina na boca dele e Tyler começou a pensar como seria fazer isso com a Carly.


Ele nem prestou atenção no filme direito, ele ficou pensando o que aconteceu com essa garota tão perfeita para ela ter problemas ou algo do tipo, ela não parece ter nada de errado além de usar óculos escuros sempre. Na hora que Tyler pensou nos óculos ele notou que a garota tinha tirado eles e deixado a mostra os seus lindos olhos verdes que brilhavam bastante por estar olhando para a tela da sala de cinema.

Quando as luzes se acenderam Tyler se desvencilhou e percebeu que o filme já tinha acabado, parecia que tinha se passado apenas alguns minutos.


-Tyler, temos que ir - disse Carly - Gabriel e Cecília já saíram

- Ah, Perdão, eu me perdi por um momento agora


Ao saírem o grupo decide voltar a sorveteria Sabor da Itália só que dessa vez se dividem entre garotos e garotas.


- E ai cara? Como foi com a Carly? - disse Gabriel

- Estávamos no cinema o que vc espera? - disse Tyler ironicamente - assistimos o filme e pronto

- Tem razão, foi a mesma coisa com a Cecília

- O que você esperava? Que ela se jogasse nos seus braços no meio do filme hahaha

- Hey, não seria uma ideia ruim ha ha - disse Gabriel imaginando a situação


Ao chegarem na sorveteria, eles sentam em uma das mesas e olham o cardápio, papo vai, papo vem, Tyler não consegue ficar sem saber o que aconteceu com Carly então ele singelamente pergunta


- Carly, desculpa me intrometer mas eu poderia saber o por que de você ir ao Doutor Carlos?

- Bem, Eu não quero entrar muito em detalhes, mas eu tenho problema com garotos e bebidas... - Disse ela um pouco tímida terminando seu banana split - Não quero falar muito sobre isso

- Ahhh sim, tudo bem - falou Tyler - podemos falar de outra coisa se você quiser


A garota percebeu que poderia ser o melhor momento para inverter os papéis


- Me diga você, senhor curioso, por que você vai ao Doutor Carlos?

- Eu comecei a ir para descobrir minha vocação, o que eu poderia ser quando crescer - continuou Tyler - Mas eu tive alguns outros problemas no meio do caminho e acabou virando consultas para conversar sobre os meus problemas

- Que tipo de problemas? - refutou a garota

- Ahhhhhh, tudo bem, eu tive problema com alguns amigos, não foram problemas, mas a gente se afastou um pouco e eu senti um pouco a falta deles e isso me deixou meio bad

- Me desculpe - disse Carly tendo uma ideia para virar a situação - esqueça eles, agora você está aqui com a gente se divertindo

-Sim, sim, você uma pessoa muito legal Carly

- Você também Tyler - disse a garota sorrindo


Depois de acabarem a suas sobremesas, o grupo saiu pelo shopping conversando e falando sobre a vida, Tyler nunca tinha visto nos seus quase dois dias de convivência Carly sorrir daquela maneira, ela parecia muito feliz. Ela até escorou no corpo de Tyler que fez o menino ficar um pouco assustado e envergonhado. Os dois se deram muito bem hoje, além de Cecília e Gabriel também estarem bem confortáveis um com o outro


- Caramba, já são 20:30 já estou atrasado para minha festa - disse Gabriel 

- E nós temos que ir embora Carly, sua mãe - Completou Cecília - sua mãe deve estar um pouco preocupada com a gente

- Então garotas - voltou a falar Gabriel - eu vou indo acho que o Tyler vai cuidar de vocês muito bem, falou


Com Gabriel indo embora e Cecília pedindo um taxi, Tyler e Carly ficaram sozinhos por um pequeno momento de tempo.


- Carly foi muito legal sair hoje com você e com a Cecília, falo isso por mim e pelo Gabriel

- Haha, você já disse isso mas tudo bem - Disse Carly brincando com a situação - E eu acho que a Cecília gostou muito do seu amigo Gabriel

- Você acha? Eu não percebi isso

- Haha, acho que é porque você estava focado demais em mim - disse Carly fazendo um charme


Tyler ficou um com as bochechas coradas


- Hehe talvez mas é...

- Carly o táxi está chegando - gritou Cecília

- Desculpe, eu tenho que ir - Carly pegou o celular do bolso de Tyler e anotou o seu número - Agora você não precisa falar para o Doutor Carlos para saber sobre mim

- Obrigado - disse Tyler feliz - Então acho que você deveria ir

- Sim, Cecília não goste que eu demore muito, mas eu tenho que fazer uma coisa primeiro

- Oque? - Tyler estava confuso


A garota pegou na mão dele e o beijou, foi algo bem rápido, mas para Tyler aquele momento durou uma eternidade, ele estava um pouco assustado e também tinha certeza que a garota também ficou, pelo fato dela não saber a sua reação e de talvez não fazer aquilo a muito tempo.


- Tchau Tyler, quando chegar em casa me envie uma mensagem

- É... Tudo bem, Tchau Carly

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...