História Creep - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Kookmin, Namjin, Suga&yuna, Vhope
Exibições 77
Palavras 1.419
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Chegay meu povo
Hoje é mais jikook s2( adoro)
Como faz pra tirar lie da cabeça ?
Vou arrancar ela
Midira kkkkkk BOA LEITURA TUTS 😍

Capítulo 5 - Start a big mistake


Fanfic / Fanfiction Creep - Capítulo 5 - Start a big mistake

Pov Jimin
  Hoje briguei com o idiota do Jaebum só por que ele quis bancar o "valentão" na frente dos amigos dele e acabou apanhando, oque me deixou puto foi que ele veio pra cima e eu fui o único que levei suspensão nessa merda, mas fodasse ja passou.

  Cheguei em casa e fui direto pro meu quarto tomar um banho e relaxar um pouco, até que o cabrito do Hoseok começa a gritar, eu já estava puto e eu não queria brigar com ele mas foi preciso por que essa bicha louca não fica quieta


-PORQUE VOCÊ TA GRITANDO SUA PUTA-disse pra ele vermelho de raiva

-SE EU SOU PUTA TU É PROSTITUTA- ele disse

Chama a Ludmila que é hoje que eu mato Jung Hoseok

-Hoseok você sabe que não estou de bom humor hoje, então por favor não faça coisas que me deixe irritado, não quero descontar em você- sorri sem mostrar os dentes e sai

Cheguei no meu quarto e fui deitar, minha cabeça estava explodindo de tanta coisa que passava pela minha cabeça e acabei adormecendo

*3 horas depois*

Acordo com o barulho da porta do meu quarto sendo aberta mas não quis olhar pra vê quem era então fiquei na mesma posição deitado. Até que sinto alguém sentar na cama e me cutucar, virei e vi que era Jungkook, sorri bobo e levantei e o abracei

-Oi kookie, como sabe aonde eu moro?- perguntei a ele com um olhar confuso

-Oi Minie, o Hoseok me disse pra vir aqui ficar com você, ele disse que você não estava muito bem e que era pra mim vir fazer companhia- ele disse e sorriu sem mostrar os dentes

-Vamos assistir um filme?- perguntei a ele e ele assentiu- Deita aqui comigo- bati na cama pra ele deitar do meu lado e foi oque ele fez. Liguei a TV e coloquei um filme de terror e ele pareceu ficar com medo, abracei ele e ele retribuiu e riu envergonhado com o ato

-Kookie- o chamei

-Hum?- ele falou ainda olhando para o filme

-Eu gosto de você- eu disse e ele corou -É sério Kookie- sentei e peguei na mão dele- É sério, eu sinto que você é feito pra mim e que vou ser feliz com você, quero ter uma família com você, casar com você e eu te amo kookie, me desculpa.

Pov Jungkook
Quando ele terminou de falar aquilo, ele abaixou a cabeça e parecia ter ficado triste, eu o abracei por que eu estava feliz, feliz por ser correspondido por ele. Foi como um amor à primeira vista, ele é perfeito por fora e por dentro

-Jimin olha pra mim- levantei a cabeça dele- Eu sinto o mesmo, eu quero ter uma linda família com você, Minie- ele sorriu e saiu da cama se ajoelhou e pegou uma caixinha e eu fiquei com os olhos arregalados, não é todo dia que você vê Park Jimin ajoelhado com uma caixinha na mão pra você

  -Jeon Jungkook, você aceita namorar comigo?- ele perguntou e eu como já estava quase chorando, desabei

  -Claro que sim Jimin- abracei ele e ficamos nos abraçando por um tempo

  Ele olhou nos meus olhos e sorriu e foi se aproximando, parecia que estava tudo em câmera lenta, estava tudo perfeito. Ele me beijou suavemente e segurou na minha cintura e me puxou pra mais perto, eu segurei no cabelo dele e sorri entre o beijo, ele pediu passagem e eu cedi. O beijo era um beijo apaixonado e calmo, oque dizer da boca e do beijo de Park Jimin? Ah meu deus, era tão doce e macia que me levava a loucura

Paramos de nos beijar e olhamos um para o outro sorrimos e nos abraçando.

  Fomos conversar um pouco sobre coisas aleatórias e fomos comer

-Jungkook que palha assada é essa? Roubou o último pão de queijo

  -Querido eu posso, não sou uma baleia- disse e ele me deu língua e eu ri alto

   -Vai a merda Pinóquio- me deu língua de novo e eu o puxei para um beijo

  -Huum gostinho de pão de queijo-ri alto e ele fez o mesmo

  - Pinóquio como foi fazer participação com o Shrek?- dei dedo pra ele e ele me olhou com cara feia pra mim

- Você está sendo mal com o Daddy Kookie, não pode dar dedo pro daddy hum?- Ele disse beijando meu pescoço

Ai meu deus eu sou virgem, eu e a Yuna nunca passamos do beijo pois ela não queria. E agora oque eu faço? Eu confio no Jimin mas estou nervoso

  -J-jimin eu sou v-virgem- disse gemendo

  -Não tem problema kookie, confia em mim eu vou devagar

Depois que ele disse isso, eu fiquei mais.. calmo? Acho que sim mas eu ja estava sentindo a ereção do Jimin e eu estava ficando excitado. Jimin me puxou pro quarto e trancou a porta, ele foi me beijando e tirou minha blusa e eu ajudei a tirar a dele. Ele foi dando vários chupões no meu pescoço que provavelmente vai ficar com marca e beijou minha barriga até chegar minha calça, ele a tirou devagar e eu ja estava ficando irritado com essa demora toda

-D-dady- o chamei não conseguindo falar direito

-Oque foi, baby?- ele disse com uma voz rouca que me fez arrepiar

-V-ai l-logo- mandei ele o olhando, eu estou totalmente perdido

- Oque você quer baby?- ele perguntou

-Tira logo essa calça e me c-chupa- gaguejei na última parte e ele me obedeceu arrancando minha calça e minha box junta

Ele pegou no meu membro e começou a masturba-lo devagar, então ele lambeu a glande olhando pra mim e eu fechei os olhos com força. Ele ficou lambendo até que enfiou tudo na boca e ficou masturbando a parte que não dava na boca dele. Quando eu estava chegando no meu ápice, ele tirou da boca e olhei com um olhar de reprovação

-Calma baby, agora é sua vez- ele disse com a voz rouca e com um olhar malicioso.

Eu o obedeci e fui até ele e tirei sua calça e sua box junta, e abocanhei seu membro e quase me engasguei mas voltei ao normal. Jimim gemia meu nome várias e várias vezes e quando estava chegando seu ápice, eu o tirei da boca e fui até o ouvido dele

-Eu quero que você goze dentro de mim, daddy-disse e senti ele se arrepiar e mordi o lóbulo da orelha dele

Ele me deitou na cama e pediu pra mim chupar três dedos dele e chupei olhando pra ele enquanto ele mordia dos labios. Já estava lubrificado e ele colocou um dedo na minha entrada e eu fechei os olhos com força e ele mexeu um pouco até eu me acostumar, ate que não dói tanto só arde um pouco. Ele colocou o segundo, retiro oque eu disse, dói sim mas eu estava muito excitado então não estava doendo tanto, então ele coloca os três dedos e eu deixo algumas lágrimas descerem e fechei os olhos com força

-Já vai passar- Jimin fala e limpa minhas lágrimas.

Eu ja estava acostumado então o Jimin tirou os dedos e colocou lubrificante na minha entrada e no membro dele.

  -Fica de quatro- mandou e eu obedeci e fiquei com um pouco de vergonha mas ja passou

Ele olhou pra mim pedindo permissão pra colocar e eu assenti. Ele enfiou devagar e eu já estava chorando de novo e segurei o lençol com força e ele foi entrando ate colocar tudo. Ele ficou parado por um tempo pra mim me acostumar ate que eu já estava rebolando pedindo por mais. E ele foi indo devagar e eu estava querendo mais contato e o Jimin não estava ajudando

-D-dady mais r-rapido-disse totalmente entregue a ele

Ele foi mais rápido e mais fundo e acertou na próstata e eu gritei de prazer e então ele foi acertando naquele lugar e ele deu atenção ao meu membro necessitado e o masturbou, aquilo estava fazendo eu ir no seu e voltar e revirar os olhos de tanto prazer

Passou um tempo e chegamos ao ápice juntos e caímos exaustos na cama

-Pra quem fez a primeira vez, você foi ótimo- ele riu e me beijou

-Foi ótimo jimin- o beijei- agora vamos tomar banho baixinho- disse puxando ele ele ficou rindo alto e me abraçou e fomos tomar banho

Obrigado Park Jimin por estar me fazendo o homem mais feliz do mundo

Eu te amo Park Jimin

 


 


Notas Finais


Gente meu primeiro lemon meu deus eu sei q ta ruim mas demorei um século pra escrever kkskkxkckd
Beijus


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...