História Creepypasta - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Tags Creepypasta
Exibições 25
Palavras 1.459
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Mistério, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Oi, am, bem, hehe, espero que estejam gostando da fanfic, e-eu só queria avisar que quando puser -*nome de alguém*-... quer dizer que alguém começa a falar por exemplo
-Jack- gosto de rins

Capítulo 4 - Amigos?


Depois daquela noite eu tentei socializar o menos possível,(e olha que já era antissocial, introvertida, a única pessoa que eu realmente gostava era o Issac, e nem a ele podia contar), escondendo de todos o que senti e o que vi, não que fizesse problema, afinal já havia me acostumado em esconder coisas há um bom tempo.


Na noite marcada:
O céu estava vermelho repleto de nuvens carregadas, apenas os relâmpados eram liberados fazendo flashes na escuridão.


Eu não sabia quando iriam voltar, ou se iriam voltar, mas não ia correr o risco de não estar preparada se chegassem, na madrugada, eu penso detalhadamente em cada coisa que cada creepy mais gosta, desde os wafles (Para o Toby), uma imagem no meu pc do jogo Zelda (preciso falar? Preciso, Ben), alguns rins (E.Jack) que roubei do laboratório do meu pai (que trabalha como cirurgião), alguns bonecos de pelúcia e sapatilhas (Sally), só não sabia o que deixar para Jeff e para Jane, então apenas ponho meus fones deixando a música Tag you are it, da Melanie Martinez, tocar no volume máximo fazendo meu coração bater ao mesmo tempo da melodia da música, sento-me no chão no meio do meu quarto, enquanto abraço fortemente uma caixa multicolorida  toca música, e aguardo minha morte já esperada por todos especialmente por mim mesma.


Na esquina da casa de Rain:
-Sally-A gente só não ia vir aqui daqui umas duas horas?
-Toby-para de fazer perguntas!Olha, você gosta de ballet, certo?
-Sally-Sim... por que?
-Toby-voce gostaria de aprender?
-Sally-onde você quer chegar?
-Toby-a nossa vítima hoje a noite poderia te ensinar alguns passos, eu vi várias coisas de ballet no armário...
-Sally-serio?
-Toby-Uhum, e você poderia dançar lindamente...
-Sally-mas que lega...
-Toby-... mas enfim, não sei pq estou te falando isso, afinal nos vamos matá-la...
-Sally-oh, é verdade né...
-Toby-Sim, é uma pena saber que você nunca vai aprender a dançar...
-Sally-m-mas eu quero muito aprender!
-Toby-ah, mas nós vamos ter que matá-la e ninguém teria a coragem de te ensinar... 
-Sally-ah...
-Toby-Opa! E se ela vivesse!
-Sally-Sim!
-Toby-mas teríamos vencer os outros... a não ser...
-Sally-ah não ser?
-Toby-que fassemos uma rebelião ora! E eu acho que sei como virar a opinião do Jeff... Mas é impossível sozinho...
-Sally-Não! Não! Eu te ajudo!
-Toby-eu não sei, seria arriscado demais você ir pedir para o Jeff, eu NUNCA, NUNQUINHA, EM TODA A MINHA VIDA deixaria alguém fazer um mal se quer a vc...
-Sally-ah vamos! Eu não tenho medo!
-Toby-eu NUNCA deixaria alguém tocar em um fio de cabelo seu... ah já que insiste! O plano é o seguinte...

Um tempo depois
-Sally-Jeeef...
-Jeff-o que você quer?
-Sally-nada não, só não sabia que o Masky era seu Mestre...
-Jeff-HAHAHAHA, de onde tirou essa merda?
-Sally-ah, você está obedecendo ele ao matar aquela garota...
-Jeff-Ele não me deu ordens! É só que se não iria contar ao Slender e isso não caria bem, sabe? Eu não estou com sono...
-Sally-ah... então está com medo do Slenderman e então obedeceu à chantagem do Masky?
-Jeff-O que? Nada a ver... se bem que visto desse ponto... Aquela putinha de Máscara realmente acha que pode me chantagear?!?!?
-Sally- acho que ele quer mandar em voc...
-Jeff-ah não! Ele vai levar uma na cara! Eu não vou matar a garota só para esfregar na cara dele.
-Sally-mas e o Slendy?
-Jeff-ah pau no cu dele! Que se foda! Acha que eu tenho medo?!?!? Quero dizer, seria melhor deixar o fato da garota viva às escuras porque Am... 
-Sally-porque você é um cagao que quer se fazer de corajoso?
-Jeff-O que?!?!? Não mesmo, é só que é complicado demais para sua idade.


Exatamente 3:59
Jane Ben e E.Jack estavam na frente da casa de Rain esperando por Toby, Jeff e Sally.
-por que estão demorando tanto?
Jane pergunta.

Eyeless Jack On
Que estranho, ainda não chegaram,  até entendo aquelas merdinhas do Jeff e do Toby ainda não terem chegado mas a Sally? Ela sempre foi pontual e se tratando do Slenderman... é bem estranho que ainda não tenha chegado...
Eyeless Jack Off

Ben On
Pego meu celular e mando uma mensagem a Toby "aonde você tá?", infelizmente a Sally ainda não tem celular, e o Jeff quebrou o dele na semana passada... 
Vejo que Toby visualizou a mensagem, "estou na frente da porta do quarto da garota, junto com o Jeff e a Sally" ele responde, "estamos indo" eu termino, e digo a E.Jack e para Jane:
-eles já tão lá dentro.
-E não nos avisaram?!?!? Ficamos esperando aqui que nem três idiotas!-Jane fala sem tirar os olhos da casa, tira sua faca, e entrega um bisturi a E.Jack.-Façam silencio ok?
Nós dois concordamos fazendo um sinal de sim (��)
Ben Off

Agora que os seis estavam na frente da porta de Rain Jeff fala:
-ok, agora mandando a real, não posso deixar que vocês matem a garota.
-eu também 
Fala Sally, e Toby concorda com a cabeça, ficou meio confuso o que ele quis dizer por causa dos tiques.
-O que? Por que?
Jane pergunta, e Jeff fala:
-se nos matarmos a garota vai ser como o Masky tivesse mandado e chantageado eu... A gente.
-A garota me é familiar demais, pelo menos antes de matá-la quero saber quem ela é.
Diz Toby, e Sally também completa:
-quero aprende ballet.
Jane, E.Jack e Ben poem a mão na testa *#facepalm*.

Rain On
Eu podia ouvir chiados da porta do meu quarto, não que isso me deixara muito esperançosa, afinal, minha cabeça às vezes me fazia ouvir coisas, até que a porta é violentamente aberta, são eles, realmente são eles!
Mas espera wtf?!?!? 
Eles estavam discutindo, o Jeff com Jane *continuo shippando p/ crl*, o Ben com a Sally, e o E.Jack com o Toby, estava confusa mas pauso a música, me levanto ainda segurando a caixa de música e digo meio nervosa:
-Am, o-oi?
Eles não me ouvem, eu repito, eles continuam sem notar minha presença, agora já grito:
-HEY!
Eles olham para mim parando tudo que estavam fazendo, acho que não foi uma boa ideia, bateu um puta medo, mas eles notam cada coisa o Ben nota seu jogo, a Sally nota às sapatilhas e os brinquedos, Toby os wafles *huahuahua*, e o 
E. Jack nota os rins, eles me encaram e me perguntam meio indignados e decepcionados:
-sério? Fangirl?
Eu fico vermelha de raiva e de vergonha, falo com uma voz fina o que? não!" (quando fico nervosa minha voz fica meio zoada), ficamos nos encarando por algum tempo, até que Sally pergunta com olhos brilhantes:
-você é realmente uma bailarina?
-Am, mais ou menos, acho que poderia melhorar...
-você pode me ensinar?
Ela estava tão fofa, eu me abaixei para ficar do tamanho dela e digo:
-Am, claro!
Ela me abraça, *vomitando arco-íris de tanta fofura e medo e ansiedade que ela me esfaqueie*, quando noto, Toby já está comendo Wafles e Jack os rins, Ben estava meio ":/" com o jogo, então pergunto tentando puxar um assunto:
-então... me ajuda a baixar o jogo?
-...beleza; qual?
-...o seu.
-você nunca jogou Zelda? Tá falando sério?
-Uhum...
-... Não permitirei que tal pecado seja ocorrido.
Sorrio, els corre e se senta na cadeira em questão de segundos baixa o jogo e já se preparando para jogar, eu o sigo para ver, *me segura, se não eu grito*, Toby e Sally se aproximam para ver ele jogando e um tempo depois E.Jack também se aproxima, Jeff e Jane também chegam perto para ver o jogo, *aaaaaaaa, isso é tão amazingggggggggggg*.
Logo todos já estavam entretidos com o jogo, Toby falava "pula, pula, anda, espadada, anda, anda, anda...PULA!", "cala a boca Toby!" Falam todos os creepys sem tirar os olhos da tela, eles continuam jogando, nesse meio tempo, Sally puxa meu vestido/ blusa, olho para ela, ela me leva até minhas sapatilhas de ballet, incluindo coisas para cabelo, nós nos sentamos, ponho uma sapatilha de meia ponta nos pés dela, uma escova, lacinho, grampos, e começo a fazer um pentiado/coc o mais bonitinho que comsigo, depois de um tempo, Ben acaba seu próprio jogo, todos comemoram, quando nós demos conta já era seis da manhã, e meus pais já iam vir me "acordar" para ir para a escola, dou uma das minhas sapatilhas de meia ponta para Sally e todos saem pela janela, e por último o Toby me da um pedaço de papel e pergunta:
-amanhã podemos voltar?
Não aguento e sorrio de orelha a orelha, suspiro tentando me fazer de seria e faço que sim com a cabeça; eles vão embora.
Eu deito na minha cama e me verifico que não tem ninguém para me ouvir, enterro a cabeça no travesseiro e grito de felicidade "AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!"


Notas Finais


Pfv comentem o que estão achando da fanfic e deem opniões sobre como ela poderia continuar ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...