História Creppys mansion (mansão dos creppys) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias 11eyes
Exibições 5
Palavras 541
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi pessoas lindas amantes de creppys essa é minha primeira fic espero que gostem dela.


o ep ficou pequeno mais vale a pena ler

Capítulo 1 - A grande chegada


Fanfic / Fanfiction Creppys mansion (mansão dos creppys) - Capítulo 1 - A grande chegada

Oque eu estava fazendo é oque me perguntava a todo tempo ,a tristeza e o odio me corroiam, um sentimento que nunca havera sentido apesar de tudo eu estava contente mais sem rumo oque eu iria fazer ?

Andava lentamente por uma floresta perdida sem rumo quando um barulho de estatica quebrou o silencio do local entre as arvores vinha um homem alto  caminhando lentamente ,ele vestia um terno preto e uma gravata vermelha eu podia notar em seus sapatos pequenas gotas de sangue comforme ele se aproximava de mim eu me sentia estremejar com medo e ao mesmo tempo comfusa ,o homem alto e esguio se abaixou diante de mim mais mesmo agachado daria 3 de mim .

ele falou em um tom sereno e calmo : oque esta fazendo aqui garotinha?

eu resmunguei dizendo ´não sou uma garotinha

ele riu sua vimente e se levantou ergueu sua mão e disse venha comigo eu não ousei descordar a final ele era bem maior que eu e não parecia ser uma má pessoa 9ou seri monstro?)

andamos por muito tempo minhas pernas doiam muito e eu estava cansada de segurar meu ursinho  minhas mão já não aguentavam mas  adarra-lo e minhas pernas fraquejavam

ele percebeu isto e me pois em seus ombros segurando meu ursinha na mão ,depois de muito andar nos chegamos a uma mansão que aparentava ser bem velha, ele abriu o portão e pois no chão eu estava descausa e sentia o chão frio em meus pes fomos ate a porta ele a abriu fasia um rangido entridente e horrivel ,ele entrou e me chamou dizendo não seja timida somos todos iguais aqui.

eu entrei um pouco aflita , olhei ao redor e vi dois rapazes sentados em um sofá elegante porem sujo, jogando video games, eu disse um oi acanhado eles me olharam por um instante e um deles repondeu ola,eu sou  Mask .

imediatamente o ouro rapaz disse oi sou o BEM é bomver um raio de luz nessa nossa escuridão .

O homem alto e esgui disse venha vamos subindo ate meu escritorio preciso te esplicar as regras .

subimos e chegando la eu me sentei em uma enorme cadeira enfrente uma mesa ele se sentou ao outro lado dela e disse entre , eu fiquei sem entender nada ate que a porta se abre  e um homem medonho entra no local me enchendo de medo  ele disse Ola como vai Slender .

Slender se dirijiu a ele dizendo temos uma nova enquilina eu sem entender nada e eles falando algo sobre pacto ,apos alguns segundos falando e eu sem entender,eles me disseram que eu deveria fazer  um pacto a final agora eu era um deles então eu aceitei sem questionar , tivemos uma longa comversa tive que dizer frases estranhas e sem sentido, fiquei paralizada por uns estantes e então estava concreto eu tinha um pacto com Zalgo pelo resto da noite me disseram coisas para que eu senti-se orgulho de ser quem sou.

Slender me pois em um quarto e me deu algumas coisas para decora-lo como eu quisese 

ele me disse que  pela manhã conheceria o resto dos enquilinos  então eu me deitei e ele saiu fechando a porta  provavelmente sorrindo.

 

continua?...


Notas Finais


bom espero que não tenha ficado um lixo

bjs,

; ) lua negra


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...