História Cretino Irresistível - Capítulo 23


Escrita por: ~

Exibições 425
Palavras 862
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpa a demora. Esse Capitulo enrolou um pouquinho para ser concluído. Sorry.
Boa leitura.

Capítulo 23 - Chapter 23.



Capítulo 23. - Chαρτεr 23.

.2011.

          Pont Of View Justin Bieber's

Meus lábios tremeram com a diversão de vê-lá fingir que não havia nada de películar naquele encontro com minha família. 

           - Olá, srta. Palvin. -Respondi com um aceno de cabeça. Nossos olhares não se separaram, mesmo quando minha mãe chamou todos ao jardim para as bebidas antes do jantar. 
 
Quando a srta. Palvin passou por mim, virei a cabeça e falei numa voz baixa o bastante para que apenas ela ouvisse.

         - Teve uma boa tarde de compras?

Seus olhos encontraram os meus, com aquele mesmo sorriso angelical de antes.

          - Você adoraria saber não é? -Ela passou por mim e eu senti meu corpo inteiro enrijecer. -E ,por falar nisso, uma nova linha de cinta-liga chegou ontem. -Ela sussurrou antes de seguir os outros para o jardim. 

   Parei e meu queixo caiu enquanto eu me lembrava de nossa escapadinha no provador da Victoria's Secret.
     Na minha frente, Matthew se inclinou para perto dela.

          - Espero que você não tenha se incomodado com as flores que enviei para seu escritório ontem. Admito que foi um pouco de mais, mas eu estava animado para te conhecer. -Senti um nó na barriga quando as palavras do Matthew me arrancaram daquele devaneio safado. 
  
Ela virou para trás e me olhou. 

           - Flores? Eu recebi flores? 

Dei de ombros e balancei a cabeça. 

               - Eu saí mais cedo, lembra? -Comecei a caminhar para o jardim e fui preparar um drink.

     Ao longo da noite, eu não pude evitar seguir cada movimento da Srta. Palvin com canto dos olhos. Quando o jantar finalmente chegou, estava aparente que as coisas iam relativamente bem entre os dois. Ela estava flertando com ele.

         - Então, Bárbara, Pattie e Jeremy me contaram que você nasceu em Carolina do Norte? -A voz de Matthew interrompeu outra de minhas fantasias, a melhor delas: Mëu punho acertando a cara dele.

            - É isso mesmo. Mëu pai é dentista em Connely Springs. Nunca fui uma garota de cidade grande. -Uma pequena risada abafada escapou da minha boca, e os olhos dela dispararam em minha direção. -Achou isso engraçado, Sr. Bieber?  

Sorri com o canto dos lábios enquanto tomava um gole do meu drinque, observando a por cima da taça. 

         - Desculpe, Srta. Palvin. Só acho fascinante você não gostar de cidade grande, e escolher a terceira maior cidade dos Estados Unidos para cursar faculdade e fazer, fazer tudo o mais.

   A expressão em seus olhos azuis dizia que, se a circunstância fosse outra agora eu estaria pelado em cima dela, ou deitado em uma poça do meu próprio sangue. 

          - Na verdade, Sr. Bieber. -Ela começou, mostrando um sorriso. - Mëu pai se casou novamente e, já que minha mãe nasceu aqui, decidi morar em Chicago para passar mais tempo com ela. Isso foi antes dela morrer. -A Srta. Palvin me encanrou por um momento e admito que senti uma pontada de culpa em meu peito. Mais essa "pontada sumiu" rapidamente quando ela voltou a olhar para Matthew, mordendo o lábio de um jeito inocente, tão sexy. 

Apertei os punhos enquanto eles continuavam conversando. Mas, alguns minutos mas tarde, eu congelei. Ela está maluca? 
Soltei um sorriso enquanto tomava meu drinque. Sim definitivamente maluca, o pé dela subindo pela minha perna embaixo da mesa. Maldita garota atrevida. Se insinuando para mim enquanto conversava com outro homem, que como nós sabíamos, não conseguiria satisfaze-lá do mesmo modo que eu a satisfaço (PS: sorry Matt! Mais aqui é o Biebs que manda O.o)
Com a ponta do sapato, ela continuou esfregando gentilmente o mëu pau e eu tentei manter a respiração controlada e a expressão neutra. Quando Matthew começou a contar sobre sua infância e nosso período na escola, para depois finalmente contar sobre sua história de sucesso em sua profissão, eu fiquei observando a expressão dela mudar de um interesse falso para uma curiosidade genuína.   
    Ah, não, nem pensar! 
Estiquei a mão esquerda debaixo da toalha de mesa e encontrei a pele de seu calcanhar. Observei o pequeno sobressalto que ela teve quando a toquei. Movi os dedos em pequenos círculos. 
    Ela sorriu com o canto da boca.

      - Você poderia me empresta-lá para um almoço não é Justin? -Perguntou Matthew com um sorriso alegre. Seu braço pousado atrás da cadeira dela. 

        - Ah, por falar em almoços, Justin. -Interrompeu Stephanie, batendo em Mëu braço com sua mão. -Você se lembra da minha amiga Anastasia Karanikolaou? Você a conheceu no mês passado na minha casa. Vinte e poucos anos, minha altura, loira. Enfim, ela pediu seu telefone. Está interessado? 

Olhei para Bárbara, senti o tendão de seu pé ficar tenso, vi que ela praticamente  parou de respirar esperando minha resposta.

        - É claro. Você sabe que prefiro as loiras. Pode ser uma boa mudança de ares.

Tive de abafar um grito quando Bárbara apertou o salto do sapato contra minhas bolas. Continuou a apertar por um momento enquanto levava o guardanapo até a boca e passava no canto dos lábios.

          - com licença, preciso ir ao banheiro. -ela disse.

Assim que ela entrou no banheiro, minha família inteira -e Matthew- se voltou contra mim.

Continua...
 


Notas Finais


Anastasia Karanikolaou ou apenas Stassie é uma amiga da Kylie Jenner, Sammy e etc...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...