História Criança Amaldiçoada - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias RWBY
Tags Oscar, Ozpin, Qrow, Rwby
Visualizações 6
Palavras 690
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Romance e Novela, Sci-Fi, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Rafaela cá de novo com mais uma fanfic que vou tentar levar a sério porque caso você leia "Tirinhas para o tédio sobre Stony" vai saber que não existe mais zuera, sem noção, retardada e que não segue as personalidades dos personagens do que aquilo :')

Voltando ao assunto!
Tenho certeza que essa fanfic não vai dar em nada porque todas as fanfic que já vi sobre Rwby são todas de ships!
Ai isso vai ser um fracasso...
Se não der em nada vai se auto-destruir e vou fingir que nunca vi essa fanfic! :'p
Bom, como base das características da Luccy vou usar a Daenerys do GOT

Boa leitura
Desculpa erros ortográficos ou de coerência

Capítulo 1 - Capítulo 1 - Keraluccy


Fanfic / Fanfiction Criança Amaldiçoada - Capítulo 1 - Capítulo 1 - Keraluccy

Há 13 anos nasce uma pequena humana de olhos cinza quase branco e cabelo loiro platinado. Seus pais? Desconhecidos. Abandonada logo nas primeiras horas de vida, deixada numa cesta no meio da Floresta Esmeralda e encontrada por uma família de nômades que a lhe nomearam de Keraluccy. A mãe da família era uma faunu assim como seus outros três filhos, o pai, um humano e junto dele uma outra filha sua, eram cinco filhos contando com Kera que logo a sua chegada a respeitaram e deram amor e carinho já que ela era a menor dali.     

A pequena quando completou seus 4 anos apresentou habilidades diferentes, podia convocar escudos de energia se camuflar e raramente invocava um machado com desenhos indecifráveis até o momento. Friga, a mãe, por muito tempo deu seu máximo para cuidar da garotinha a ensinando a caçar junto de seu pai, seus irmãos a ensinaram tanto ler e escrever, porém, ela sentia falta de algo. Respostas. Coisa que ela não teria tão cedo. Quando ela tinha nove anos seus pais adotivos a deixaram só junto com seus irmãos no meio de uma floresta. Kera era a mais ágil deles sabendo se defender e tendo uma mentalidade muito avançada para sua idade. Kera num certo momento veio a se perder no meio o matagal, ela sentiu um enorme frio na barriga coisa que nunca havia sentido antes, para tentar sair dali ela seguiu em frente dando de cara com uma enorme manada de criatura de Grimm muitos deles Ursa e Beowolf, Luccy ficou estática e o medo te dominou aos poucos e os Grimm pouco a pouco foram notando isso.    

-Kera! — Um dos seus irmãos grita e acena a mão para ela os localizar -Vamos Kera! Está ficando tarde! — Ela correu em desespero com um Grimm correndo atrás de ti. Seus irmãos tentaram impedir, porém... foram todos morto, naquela hora seus pais também chegaram e tiveram o mesmo caminho mas antes disso, sua mãe pediu-lhe para correr o máximo que podia e não olhar para trás. Ela não fez outra coisa além de correr sem parar. Keraluccy correu o tanto em que ela aguentava até desabar em lágrimas. Kera estava novamente sozinha, sem família e sem rumo, ela encostou numa árvore onde abraçou suas pernas e chorava tudo que podia até uma criatura gigantesca das cores branca e azul asas e um tipo de máscara em seu rosto, era um Grimm Griffon muito diferente, a menina imediatamente se levantou e gritou em desespero.    

-Saia daqui! Monstro! — A pequena foi dando passos para trás até tropeçar em uma pedra e cair de costas no gramado, com seus olhos totalmente vidrados na criatura nem pode perceber que um outro Grimm se aproximava da garota então a outra criatura saltou por cima de Luccy, ela com certeza achou que iria morrer mas pelo contrário, o Grimm azulado saltou por cima e atacou o matando. Luccy ficou sem palavras e mais uma vez não conteve suas lágrimas. Logo após isso ela pode se levantar calmamente, Luccy passou a mão nas suas roupas tirando a poeira e olhou para o Grimm que agora seria seu único amigo. Kera andou até o Grimm calmamente tentando aos poucos domá-lo, curiosamente a criatura já parecia estar acostumada com ela que logo se curvou permitindo que a garota pudesse subir sobre suas costas, quando ela subiu se agarrou sobre o pescoço do animal, ele não se importou - Vou te chamar de Oz — Ela sussurra e limpa suas lágrimas com a mão. Oz deu um tipo de grunhido e adentrou na floresta - Para onde você irá me levar? — Oz continua a andar. Eles caminharam até um tipo de bosque vazio onde tinha um chalé triangular e uma trilha - Tem... alguém neste chalé? — Kera desceu de Oz e tentou abrir a portinha do chalé porém estava emperrada, ela joga seu corpo tão forte contra a porta que acaba caindo no chão, morcegos e poeira saiu dali, ela deu um grito estridente e se levantou o chão e prendeu seu cabelo com um pedaço de roupa - Se foi pra arrumarmos tudo isso, vamos começar né.    


Notas Finais


Booom, obrigada se leu até aqui! Bejoos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...