História Crianças novamente - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gray Fullbuster, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel
Tags Fairy Tail
Exibições 136
Palavras 867
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiiiii voltei meu povo, desculpe a demora e não ter conseguido postar essa fic
mas isso não importa mais !!
Pq o capitulo tem safadezas e eu sei que vcs gostam
já tem o cronograma certo, vou postar dois capítulos no mesmo dia para não me matarem '-'
(ATÉ PARECE)
Boa leitura!

Capítulo 7 - A historia está errada! Cade o Kawai? Estou com medo


Fanfic / Fanfiction Crianças novamente - Capítulo 7 - A historia está errada! Cade o Kawai? Estou com medo

[nalu]


Acordei sentindo braços fortes me rodear, abri meus olhos devagar para me acostumar com a luz do local,  me virei e vi Natsu adolescente me abraçando?
Lucy-  KYAH- dei um grito, acordando o garoto que me olhou assustado
Natsu- o que houve luce?
lucy- você cresceu! 
Natsu- sim luce- falou me puxando até o meio da cama, ficando em cima de mim e enfiando sua cara no meio de meus seios
lucy- Natsu sai de cima de mim e tira a cara do meus seios
Natsu- não quero, é quentinho
lucy- Natsu, por favor para com isso- ele tirou a cara do meus seios e me olhou bravo
Natsu- não quero –enfiou de novo a cara em meus seios
lucy- puxei ele para cima e fiquei fazendo cafuné nele
Natsu- isso é tão bom luce- ele inverteu as posições, eu fiquei em cima dele e ele embaixo, e começou a fazer cafuné em mim
lucy- realmente isso é bom- ele ergueu minha cabeça e me deu um beijo – eu me assustei com essa reação, mas acabei cedendo
Natsu- isso foi melhor ainda- falou sorrindo- meu rosto ficou vermelho e fica melhor ainda quando está corada
lucy- para com isso- dei um soco em seu ombro- ele inverteu as posições de novo e entrelaçou nossos dedos
Natsu-luce eu me lembro de poucas coisas e uma delas é que bati em um cogumelo e você me deu banho, sua safada
lucy -você era uma criança, quer o que?
Natsu- luce eu to com fome
lucy-vamos lá na cozinha
Natsu- não quero sair daqui
lucy- então eu não posso fazer nada!- senti uma mão subir minha perna indo até a parte de baixo do meu short- Natsu seu pervertido pare!
Natsu- por que tinha que estar de shorts?- falou fazendo biquinho
lucy –isso foi sorte – percebi que Natsu estava sorrindo maliciosamente- por que está com esse sorriso no rosto?- ele olhou para mim e me beijou de novo, ele foi mais esperto e estava segurando minhas mãos, ou seja, ela conseguiu passar sua mão boba por todo meu corpo, ele não parou de me beijar até a falta de ar, dei um chute em seu saco
lucy- nunca mais faça isso
Natsu- okay- falou se jogando na cama e soltando meu braço- eu levantei e sai do quarto ,havia um bilhete na geladeira e estava escrito.

todos nós fomos para o mercado
deixamos você e Natsu cuidando da casa, como é longe vamos chegar só de tarde
bjs
                                                                                                         Erza

suspirei e pensei comigo mesma “uma manhã inteira com ele” , senti um hálito quente no meu pescoço
lucy- Natsu nem pense em fazer isso   
Natsu- luce, seu cheiro me atiça
lucy- pare
Natsu – me obrigue então
puxei a chave do Loke o leão que entendeu o recado e afastou o Natsu, fiz o café da manhã e levei para o Natsu que estava falando com o Loke e não parecia feliz
Loke- lucy tenho que ir
lucy- ok
Loke- sem palhaçadas Natsu!
Natsu- já disse que entendi!
sentei do lado dele e entreguei a badeja, eu percebi que ele não tirava os olhos de mim, o que estava me incomodando, igual o silencio que ali havia
lucy- dá pra parar?
Natsu- parar o que?
lucy- de me olhar!
Natsu- não
lucy- está me incomodando
Natsu – ok, mas não vou parar
lucy- aff, garoto chato- sai deixando ele sozinho, fui para o quarto e deixei a porta encostada achei um jeito de entrar no armário e esperei ele entrar, o que não aconteceu, sai do armário ( autora: isso ta errado :/) , andei devagar até a sala e não tinha ninguém, vasculhei a casa toda procurando um certo rosado e não achei, me taquei no sofá e liguei a tv, minutos depois aparece um rosado encharcado, passou por mim olhando de canto, revirei os olhos e voltei minha atenção na tv,

[2 horas depois]

o povo chegou com várias sacolas e pude ver que o Gray estava grande e Juvia estava triste, lembrei de Natsu e fui para o quarto, abri a porta devagar e vi Natsu dormindo, me aproximei do mesmo e fui puxada, ele me agarrou de um jeito, como se eu fosse fugir e ele acertou, fiquei me debatendo igual peixe fora da agua e cada vez ele me apertava mais, até não conseguia mais me mexer, então desisti, ele me puxou mais para perto e me levantou um pouco, uma trilha de beijos foi se criando em meu pescoço, pensa que agonia querer sair de um local e você não conseguir.
Lucy-Natsu pare!
Natsu- por que?
lucy- para por favor!
Natsu- mas ta tão legal!
lucy- não está não, me solta – a mão dele começou a subir a te meus seios, queria tirar ela dali, mas não conseguia- comecei a me preocupar e meus olhos marejaram, pelo jeito ele viu e me soltou
Natsu- desculpa, de novo- se virou para o outro lado, não sabia o que falar então apenas sai do quarto.
Não sei o que está acontecendo, a personalidade dele está diferente, o jeito de agir, parece que a história mudou drasticamente, pelo menos eu acho, cadê o kawai? Eu to com medo
 


Notas Finais


Próximo é gruvia
bjs da loli


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...