História Criminal - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hobi Hehe, Kook, Namjin, Tae Hetero, Vai Ter Mais Gente, Yoonmin
Visualizações 19
Palavras 1.246
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Policial, Romance e Novela, Saga, Suspense, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii gente que não sabe da minha existência! Deus ta vendo vc me ignorando viu?

Capítulo 3 - O que você fez Taehyung?


Fanfic / Fanfiction Criminal - Capítulo 3 - O que você fez Taehyung?


Estava quase dormindo, quando meu celular vibrou no bolso.

?- Oi, Tae!(17:00)

Tae- Oi (17:03)

Tae- Quem é? (17:03)

?- Que bobinho,rsrs (17:04)

?- A Lisa ^^(17:04)

?- Eu queria saber se você vai mesmo vir a festa. (17:06)

Tae- Claro, daqui a pouco eu colo aí. (17:09)

Vou nem salvar o contato muahahahah!- Risada maléfica- Melhor eu ir me arrumando, ainda tenho que passar na casa da Lanny.

Peguei uma camisa branca,uma calça jeans  um all-star preto com detalhes brancos e uma jaqueta preta,caso fizesse frio. Não demorou muito e eu já tava indo em direção á casa da baixinha. Ao bater na porta, o Jimin abre. O Yoongi também já estava lá. Gostei daquele moletom cinza que ele uzava. O cara parecia ser bem swagger.

- Cadê a Lanny hein?

- Vou lá ver.- Yoongi se levanta.

-Não! - Me levanto, o encarando sério.

- Tudo bem Tae?- Jimin me olha assustado.

- Tá.. é melhor você chamar a Lanny Jimin!

-Tá, vou lá então.

Em questão de segundos o pequeno volta.

- Estão preparados?

-Sim.- Respondemos em uníssono.

- Pode vim Lanny!

Ela sai de dentro do quarto arrumando um cacho que estava bagunçado. Aquela calça jeans rasgada... aquele cropped preto... aquele tênis preto... sem sombra de dúvidas, a garota realmente estava bela.

- Você ta linda!- Sorri docimente.

- O-obrigado.- Ela cora as bochechas.

- Vamos casal?- Jimin abre a porta.

- Casal do seu cu!- Ela revira os olhos.

(...)

-Você veio!- A loirinha me abraça. –Oi Lanny.

- Oi meu amor!- Lanny abraça a garota,fazendo uma careta e lógico que a gente não controlou o riso. Jimin e Yoongi saem para cumprimentar algumas pessoas.

-Lanny querida, eu já ia me esquecendo de perguntar... vocês dois tão de rolo?

-O quê? Claro que a gente...

-Tá!- Interrompo a baixinha,e essa me belisca discretamente.

- Que bom?- Ri forçado.- Felicidades pro casal. –Sai.

-Que bosta foi aquela Taehyung?

-Desculpa, é que ta meio que na cara que ela quer me pegar e...

-E você pensou em falar pra ela que a gente ta de rolo?- Revira os olhos.- Me poupe.

A festa tava legal, e todo mundo tava gostando, até o Yoongi que eu achei que era um santo tava na pista! Só que a gente não esperava uma coisa: Park Jimin sair do controle. Sério, ele rasgou a camiseta na frente de todo mundo, brigou com o swagger e ainda puxou uma garota e beijou na frente de todos ali presente. Quando Lanny viu a cena, arrastou o cara pro lado de fora e provavelmente desse poucas e boas a ele. Em sseuida, a baixinha puxou o Yoongi- Que parecia estar em choque.- e foi em bora.

- Lisa, a Lanny não me atende, você pode me emprestar seu celular?

- Claro! Ele ta lá no meu quarto,vem pegar.- Seguimos em direção ao quarto.

- Ele ta por aqui... hm...

- Nossa, acho que eu bebi demais, to ficando meio tonto.- Me sento na cama.

-Ah, é? Deve ser essa jaqueta..- Ela senta no meu colo e puxa minha jaqueta.

(...)

Acordo assustado, aquela não era a minha cama, e nem aquele meu quarto. Levanto as cobertas e me vejo só de cueca, e quando olho pro lado,vejo Liza,só de roupa íntima.

-Acordou!- Ela sorri.

-Lisa, aconteceu alguma coisa? Eu não me lembro de nada.

-Sério?- Sua expressão facial fica triste.- Quer ajuda pra lembrar?- A garota se joga em cima de mim.

- Ah!- Me afasto.- Eu preciso ir!- Digo vestindo minha calça as pressas,e logo em seguida saindo com a camisa na mão.

No meio do caminho eu tentava me lembrar de alguma coisa, mais nada vinha aminha mente. Ah, á quem eu to querendo enganar? Uma única lembrança vinha á tona, que era Lanny saindo de lá com o Yoongi. Não entendo o porque, mais essa foi a única lembrança daquela noite.

(...)

- Jimin,como você pôde?

- Eu pego quem eu quiser, não to comprometido mesmo...

-Nem pra você pegar AIDS. Eu to com muita raiva, você nem pensou no Yoongi naquela hora, eu te odeio!- Corro para dentro da casa da Lisa e arrasto o Yoongi.

Ele não dizia nada, eu não sei bem explicar, era como se ele não quisesse aceitar que aquilo havia acontecido. Chegamos em sua casa e fomos parao quarto.

- Lanny, já ta tarde, eu posso te levar se você, se quiser.

- Não, eu vou dormir aqui essa noite!

- Como assim louca?

- Eu- dormir- casa- Yoongi, acompanhou o raciocínio?

- Cê sabe que vai ter que acordar mais cedo amanhã pra passar na sua casa,certo?

- Sei, aproveita que cê tem uma amiga maravilhosa como eu e cuida.

-Boba.- Ele ri.- Se veio aqui me consolar por causa do seu irmão, veio em vão.

- Claro!

- Sério, é loucura pensar que eu gosto dele!

- Hunhun.

-Ah, vamo dormir!- Yoongi finge que dorme.

-Tá bom-Reviro os olhos.- Afasta aí.- O empurro para o outro lado da cama.

Na manhã seguinte, acordei morta. Corri pra casa, vesti o uniforme e corri pra escola, por sorte não chego atrasada. Nem deu tempo de tomar café ou de arrumar o cabelo, tive de improvisar um coque. Quando entrei na sala vi Taehyung quieto, parecia estar pensativo, então resolvi não atrapalhar. Nas duas primeiras aulas nem sequer notou que eu existia, e por algum motivo, Lisa me encarava e ria.

(...)

Já se passara uma semana que Taehyung me esnobava. Por algum motivo isso era ruim, não entendo muito bem. Minha relação com Jimin também não tava nada boa. Se ao menos o Baek estivesse aqui... ele ia me abraçar, me pagar um sorvete, e depois me dar um peteleco na cabeça. Não é mais a mesma coisa de antes. Após o término das aulas, fui á uma cafeteria junto com Deus- Que com certeza nunca vai me abandonar.- e comprei um cappuccino. Nem me dei conta que tinha uma fila atrás de mim, e quando me viro topo em um garoto e deixo o copo cair.

- Me desculpa, eu...

- Tudo bem, afinal, sou eu quem devo desculpas.- Ele ri docemente.

-Qual o seu nome?

- Kim Seokjin, e o seu?

- Lanny.

-Muito prazer, Lanny.- Ri novamente.

- Bom, acho que eu já vou indo...- Me viro de costas.

-Espera!- Ele puxa um celular do bolso.- Pode me passar seu número?

Estranhei a atitude do loiro, mais passei meu número mesmo assim. Ele parecia ser legal, na verdade, parecia mais uma figura materna. Voltando pra casa, recebo uma mensagem da Lisa.

Puta- Lanny, vc pd me passar o dever de matemática, eu n prestei atenção na aula,rsrs. (13:30)

Lanny- Claro fofa.(13:45)

Só passei em casa, troquei de roupa e peguei uma maçã pra ir comendo na etrada. Cheguei na casa da puta-Juro que eu quis dizer Lisa- e toquei a campainha.

-Miga! Que bom que você veio!

- Eu só vim deixar meu caderno, já to indo...- Ele me puxa pra dentro.

- Não seja boba, quando eu terminar você vai embora!

-Ta.- Reviro os olhos.

Passamos pela sala e fomos até seu quarto.

- Lanny, pega a bolsa pra mim? Tá aí dentro do guarda roupas.

-Claro.- Ao abrir a porta várias roupas caem.- Nossa Lisa, preguiçosa.- Solto um sorriso de leve e me abaixo pra pegar as roupas.-Lisa...- Paro com uma peça na mão.- Essa jaqueta...- Mal termino de falar e ouvimos alguém bater a porta e Lisa sai correndo.

- Ei,espera, eu to falando com você!- Corro atrás.

Chego a sala e ouço uma voz dizendo " Vim buscar minha jaqueta". Minhas mãos gelaram, meu corpa estremeceu. Aquela voz rouca... sem sombra de dúvidas era Taehyung.

Saí correndo dali, uma raiva enorme enchia o meu peito. Como aquela jaqueta foi ficar lá, e por que ir buscar justo no dia em que eu estava? Por que eu sinto essa angústia? O que você fez Taehyung?


Notas Finais


Não deixem de ler amoras <3
Recomendem também
E comentem -_-
Amooooo vcs <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...