História Criminal Legend - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~KingKahh

Postado
Categorias Justin Bieber, One Direction
Personagens Harry Styles, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Barbara Palvin, Chaz Somers, Christian Beadles, Criminal, Gigi Hadid, Justin Bieber, Kendall Jenner, One Direction, Revelaçoes, Romance, Ryan Butler, Zayn Malik
Visualizações 178
Palavras 1.294
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hellou hellou genteeee
Voltamos cambada
E... eu nunca sei oq falar aqui kkk
Bom vou para de enrolar aqui e postar logo kkk
Boa leitura ♥

Capítulo 3 - Secrets.


Fanfic / Fanfiction Criminal Legend - Capítulo 3 - Secrets.

Eu ouço os segredos que você esconde
Quando você está falando em seu sono
Eu ouço os segredos que você esconde, esconde, esconde — Secrets, The Weeknd

 

— Point Of View • Beverly Blossom

​— Nova Iorque, NY

 


 — Desculpa. — Olho para a cara do ser e Deus, me segura.
 — Acho que a batida foi tão forte que eu morri e fui pro céu. — Digo boba. Ele ri.
 — Eu que perdi meu coração.
 — Beverly Blossom. Mas pode me chamar de seu amor. — Cumprimento.
 — Christian Beadles, mas pode me chamar de seu futuro marido. — Ele fala.
 — Tem aula de quê agora?
 — Física. — Ele faz uma careta. Rio.
 — Que ótimo! A minha também. Que por sinal eu odeio. — Faço uma careta e ele ri.
 — Eu também. Podemos matá-la, se quiser.
 — Claro! — Digo animada.
 — Novata, certo?
 — Sim, cheguei sexta. — Ficamos caminhando pela escola. Ele me mostrava tudo, conversávamos também.
Depois de um tempo, o sinal bateu.
 — Droga! — ele diz. — Qual sua aula agora?
 — Matemática, e a sua?
 — História. — Ele faz uma cara feia.
 — Tudo bem, talvez nos vemos no intervalo.
 — Que o intervalo chegue logo. — ele diz e eu rio, saio dali e vou pra sala, me sento em uma mesa ao lado da parede e no fundo da sala, uma menina linda loira de olhos azuis com uma corpo de dar inveja, maravilhosa, parecia uma top model se senta na minha frente, ela olha pra mim e sorri.
 — Novata? — ela pergunta.
 — Sou sim.
 — Gigi Hadid. — ela fala.
 — Beverly Blossom. — a cumprimento.
 — Seu nome não me é estranho. — ela diz parecendo pensativa. — Bom, deve ser coisa da minha cabeça. — ela fala e sorrio.
 — Veio de onde? — ela me pergunta
 — Miami.
 — Amo Miami. — ela fala sorrindo.
 — É, lá é muito bonito.
 — E por que deixar Miami pra vir pra Nova Iorque?
 — Vim morar com minha mãe.
 — Ah, sim. — Fala, conversamos a aula toda e já estávamos bem amigas, Gigi tinha uma amiga, Kendall, mas não estava na aula conosco, elas eram líderes de torcida, Gigi me chamou pra fazer o teste depois da aula pra entrar, eu descobri também que Dapphne é a inimiga número um da Gigi, ela estava na nossa aula, e cara, ela é muito atirada e puta, tudo bem que eu não sou nenhuma santa e tals, mas ela é o tipo de pessoa que se deve ficar longe.
Passaram as aulas e finalmente era o intervalo, Gigi logo veio ao meu encontro junto com Kendall, conversamos até chegarmos no refeitório, logo 3 seres humanos apareceram na nossa frente.
 — Três gatinhas andando. — Ryan diz.
 — Oi testudo. — Falo sorrindo.
 — Pensei que era só eu que achava. — Gigi diz segurando o riso.
 — Nossa. — Ryan diz com a mão no peito — Uma facada no coração doeria menos.
 — Te tirou, testudo. — Zayn diz rindo, Ryan fecha a cara.
 — Awn, fica triste não testudo, você sabe que eu te amo. — ele sorri com cara de bobo.
 — Então gatinhas, vamos pra nossa humilde realeza? — Chaz diz passando o braço em volta de mim e de Kendall, Zayn abraça Gigi de lado (futuro casal)
 — E eu? Fico sozinho? — Sorrio e vou em direção à ele é passo sua mão em meu ombro.  
 — Tá me traindo mulher? — ouço a voz de Chris e ele para em frente à nos.
 — Vish, tô vendo que já conheceu a galera toda. — Zayn disse.
 — Marido. — Falo e abraço Chris — Claro que não tô te traindo, eu não seria doida de fazer isso não.
 — Ainda bem que você sabe. — Ele diz em tom de brincadeira e eu rio.
 — Então casalzinho apaixonado, vamo? — Chaz diz.
 — E eu estou sozinho novamente, acho que vou pegar meu fone e colocar na minha playlist de Ed Sheehan com Shawn Mendes e irei sofrer sozinho. — Ryan diz dramático e eu rio.
 — Para de drama, testudo. Vem aqui. – ele vem animado e me abraça também. — Mas só porque você curte Shawn e Ed.
 — Interesseira, depois dessa eu fico sozinho mesmo. — ele faz um bico e rio.
 — Porque sozinho Ryan? Teu homem de deixou? — Chris diz.
 — Você é gay Ryan? — pergunto surpresa e animada.
 — Nããão! Tá doida?! Eu gosto é de boceta. — Caminhamos até a mesa do refeitório e nos sentamos.
 — Super delicado você hein, testudo?! — Arqueio a sobrancelha e rio.
 — Falando em homem do Ryan, cadê a princesa Ryan? — Zayn pergunta com sarcasmo.
 — Deve estar dando o cú por aí. — ele fala.
 — Meu Deus, quem é essa princesa tão badalada? – para não dizer puta, porque convenhamos.
 — A princesa Fresca, se você for azarada o bastante irá conhecer logo. — Chaz diz e eles riem e logo fecham a cara.
 — Que foi? — Pergunto.
 — Quem é a princesa fresca, Charles? — Uma voz rouca e grossa fala atrás de mim, me viro pra trás e encaro a pessoa da voz. Gente, mas que pessoal gato é esse? Mas nem em Miami tinha assim.
 — Meu Deus! Por acaso aqui é um aeroporto? Porque, com tanto avião pousando aqui... — Joguei uma cantada de pedreiro mais velha que a minha vovózinha. – que Deus a tenha.
 — E quem seria você? — o Deus grego dono da voz maravilhosa fala arqueando a sobrancelha e travando o maxilar, mais é um projeto de Deus mesmo, que homão da porra.
 — Bervely, prazer. — Falo estendendo minha mão pra ele e o mesmo fica parado, tento disfarça o mico. — Grosso você hein? O que tem de lindo tem de mal educado. — Digo e o mesmo continua com a cara fechada.
  — Deu o cú hoje não, Drew? — Ryan diz.
 — Vai se fuder, Ryan. — O garoto fala, então o nome dele é Drew, ele passa por mim e se senta ao lado do Ryan.
  — O que aconteceu, Bieber? — Zayn pergunta. Osh, mas num era "Drew".
 — Não é da sua conta. — O tal do Drew diz.
 — Curto e grosso como sempre. — Zayn rebate em tom de sarcasmo.
 — Curto é o pau do Chaz e grosso é o meu. — ele fala e os meninos riem.
 — Bieber, Bieber não brinca com meu pau não. — Chaz fala e nós rimos.
 — Fazer o que Chaz se teu pau é curto? — O tal do Drew, Bieber, a sei lá qual o nome dele.
 — E o seu é muito grande né Bieber? — Chaz diz e os meninos riem.
 — Na boa Chaz, não se compara ao Bieber não. — Ryan fala rindo.
 — Escutou o Ryan, não se compare a mim. — Bieber fala.
 — Você não se acha nem um pouco né Bieber? — Chaz fala
 — Fazer o que né. — ele fala com uma pose de “fodão”.
 {...}
As aulas tinham acabado. Estava voltando pra casa com Zayn, uma coisa me deixou com a pulga atrás da orelha foi um coisa que o Ryan falou antes de virmos pra casa “mais tarde reunião sobre o A.C.T ”, eu morava em Miami mais eu não era burra eu sabia muito bem o que significava, uns colegas da minha antiga escola fazia parte disso, A.C.T era tipo uma sociedade de criminosos, era uma ASSOSIAÇÃO CRIMINAL DO TRÁFICO, em que porra esses meninos estavam metidos?
— Zayn. — o chamei.
— Que? — ele pergunta sem tirar os olhos da estrada.
— Que porra você foi se envolver? — perguntei e ele me olhou confuso.
— Do que você tá falando? — ele perguntou.
— Qual é, Zayn. Eu não sou burra. — Digo.
— Do que tá falando. — ele pergunta.
— A.C.T — digo e ele freia o carro.
— Quê? — ele pergunta surpreso e confuso.
— Não se faça de desentendido!
— Como você sabe? — Pergunta.
 — Uns meninos da minha antiga escola em Miami foram presos por causa disso.
— Olha, não é nada que tenha que se preocupar. — Ele diz. Eu sabia que tinha merda nisso, e eu iria descobrir. Eu já tinha um plano.
{...}
Vi Zayn sair para ir na tal reunião do A.C.T. Com certeza ele já fofocou pros amigos dele sobre o que eu falei, peguei meu celular e liguei pro Harry, um antigo amigo de Miami.
 


Notas Finais


Heeeey
Bjs pessoas gostosas até o próximo cap;
►Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=RR5EAnW_3Xo&t=4s


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...