História Criminal Love - Imagine Jeon Jeongguk. - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), G-Dragon, Got7, Jay Park
Personagens G-Dragon, Jay Park, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagine Jungkook, Jeon Jungkook, Jungkook, Jungkook The Killer Bunny, Sereal Killer, The Killer Bunny
Visualizações 1.115
Palavras 1.035
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OIEHHH PESSOASS TURU BOM?! 😉😄
BOA LEITURA💖😘💙

Capítulo 12 - Capítulo 11


Fanfic / Fanfiction Criminal Love - Imagine Jeon Jeongguk. - Capítulo 12 - Capítulo 11

CASA DO JUNGKOOK, 09: 34H

TAE: - Desfaz seu sorriso - s/n... O que fazem aqui? - Olha para os outros ao meu lado.

JL: Podemos entrar Taehyung? - Fala firme, encarando V.

Ele assinte com a cabeça e da espaço abrindo a porta. Eu entrei primeiro, e logo após Júlia, depois as meninas e por último Mark, V fechou a porta e se sentou no sofá ao lado do Jimin, estavam todos na sala mas percebi que jungkook não estava, eles deram suas atenções a nós, ficaram sérios com cara de confusos se instalando um silêncio no local, mas logo é quebrado por Jungkook que desce as escadas só de calça moletom, ele estava sem c-camisa com os cabelos molhados… , Mark fez cara feia, eu arregalei os olhos e virei o rosto tampando a boca com minha mão. Percebi que as meninas fizeram a mesma coisa.

JK: Ah desculpe, não sabia que ia ter visitas... - Tenta olhar pro meu rosto que estava escondido. - Olá s/n! - Sorri.

S/N: - Viro o rosto e o encaro. - Oi. - Falo seca.

JK: Bom, eu vou colocar uma camisa... - Já ia subir as escadas mas Júlia fala.

JL: Não se preocupe jungkook! Nós não nos importamos, afinal a casa é sua! - Sorri.

PUTA MERDA JÚLIA! PORQUE TU NÃO DEIXOU ESSE HOMEM COLOCAR UMA CAMISA?!

JK: Tudo bem, então! - Se senta numa poltrona. - Mas o que os trazem aqui? - Fica me olhando sorrindo. Puta que pariu, acho que eu tô igual a um tomate.

JL: Bom vou direto ao ponto... - Fica ao meu lado. - Precisamos da ajuda de vocês... para resgatar o Johann.

JK: Vocês precisam da nossa ajuda? Mas porquê? O que aconteceu com ele? - Para de me encarar e olha a Júlia e pela sua expressão parece confuso.

JL: Sabe aquela noite que você salvou a s/n? - Ele assentiu olhou pra mim e sorriu, eu reviro os olhos e cruzo os braços, pra que ela tem que ficar relembrando isso... - Então… ele descobriu quem mandou aquele cara agredir ela, na verdade o objetivo dele era matá-la... - Eles arregalaram os olhos e olharam pra mim... eu abaixei a cabeça. - Foi o Jay Park! - Eles abriram a boca.

JM: Aquele lá do Japão?! - Pergunta com os olhos arregalados.

S/N: Esse mesmo... - Falei com tom de voz raivoso.

TAE: Mas porquê ele queria te matar? - Pergunta me olhando.

S/N: - Levanto minha cabeça.- Porque esse é o plano dele Taehyung, eliminar todos que estiverem no seu caminho, no caso os maiores mafiosos de todos os países, incluindo o Johann e você jungkook... - Aponto pra ele. - Só que ele me escolheu pra matar primeiro, acho que só por eu ser mulher... aquele desgraçado! - Fecho entredentes

NJ: Certo... entendemos, mas porque precisam da nossa ajuda?

JL: Porque quando o Johann descobriu ele viajou para o Japão querendo matar o Jay Park, mas não deu muito certo... - Abaixou a cabeça.

JH: E o que aconteceu com ele? - Perguntou meio aflito.

S/N: Na invasão o meu pai foi pego e agora estão com ele! - Falei puta de raiva, e eles arregalaram os olhos... agora que eu percebi que chemei ele de pai, ai que burra!

JN: O Johann é seu pai? - Me encarou, só ele não todos ali presentes. Eles ficaram cochichando, mas não dei muita atenção.

S/N: Sim. - Falo firme o mais séria possivel.

JK: Deixa eu ver se eu entendi... vocês querem nossa ajuda para salvar o seu pai? - Me olha e pela primeira vez não sorriu, ficou sério.

JL: Sim... vocês podem nos ajudar? - olha para todos.

JK: E o que ganhamos com isso? - Cruza os braços.

S/N: Suas vidas. - Falo óbvia. - Acredite jungkook, cedo ou tarde ele iria mandar matar todos vocês. - Falo olhando todos.

NJ: Parece bom... - Sorri e assente. - Mas que eu me lembre... você ameaçou o Jungkook aquela noite lá na festa. - Fala num tom de irônia e cruza os braços.

JL: - Sorri. - Sabia que iam tocar nesse assunto… então! - Olha pra mim. - s/n vai pedir desculpas a Jungkook! - Eu olho pra ela incrédula. Pude ver um sorriso nos lábios do Jungkook.

S/N: Eu?! - Aponto pra mim mesma. - Quem disse? - Cruzo os braços.

JL: Eu disse querida... - Me encara. - Agora vá em frente, você deve desculpas a ele! - Ela sorri para jungkook.

S/N: - Olho pra ele e depois pra ela. - Tá de sacanagem comigo, né Júlia?! - Falei com os braços cruzados e batendo os pés no chão.

Pude escutar risadas baixas vindas dos meninos, eles estavam adorando a minha situação! Ah eu mereço! Ela olha pra mim com um olhar mortal eu reviro os olhos e olho pro Jungkook com cara feia, vou andando em sua direção e no meio do caminho eu me lembro que ele estava sem camisa... Eu corei violentamente, e ele percebeu porque riu da minha cara, eu o olhei e o fuzilei com os olhos e ele parou de rir, eu parei na sua frente e ele olhou no fundo dos meus olhos... parecia que ia ver minha alma, meu coração acelerou.

S/N: D-desculpa Jungkook... - Falo um pouco baixo, mas deu pra todo mundo escutar.

Ele se levanta e fica a minha frente, eu tento o máximo não olhar pro seu abdômem mas é impossível.

JK: Mas isso está errado Júlia...- Olha pra ela. - Eu que comecei a confusão aquela noite... - Coça a nuca. - Eu lhe peço desculpas por ter falado aquelas coisas, e também por eu ter apontado uma arma para você... - Mais uma vez olha nos meus olhos e eu faço o mesmo olhando nos seus olhos castanhos.

S/N: Desculpas aceitas. - Sorrio e ele estendeu a sua mão, eu entendi o recado o apertei a sua mão.

JK: Vocês terão a nossa ajuda! - Fala alto.

Eu sorri e não sei como e nem o porque mas... eu o abracei, isso mesmo eu abracei o Jeon Jungkook, ele ficou surpreso mais logo retribuiu. 

ByeBye


Notas Finais


OMG... O QUE FOI ISSO PESSOAS?! 😅😲
Tô chocada...
XAU😘💙💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...