História Criminal Love - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Kai, Lu Han, Sehun
Tags Amor, Baek, Crime, Exo, Kai, Luhan, Morte, Sehun, Tragedia
Exibições 4
Palavras 1.117
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, agora voltei de vez prometo *-*

Capítulo 3 - Capítulo 3


O sol bate no rosto de Kai, fazendo com que ele acorde. Não demora muito e seu celular toca.

- Alô? - Diz Kai ainda sonolento.

- Kai sou eu Luhan.

- O que quer?

- Grosso! Eu e o Sehun estamos indo te buscar.

- O QUE?! -Grita Kai pulando da cama - Para quevocê viria aqui?

- Para um jantar é que não é né? Vou aí te buscar parapodermos comprar presentes para o Baek.

- Mas precisa trazer o Sehun? -Diz Kaijá bem alterado- Decida-se, ou vem sozinho ou pode esquecer de eu ajudar nessa festa!

Kai desliga o telefone antes de deixar Luhan responder qualquer coisa. Ele olha seu celular e logo se levanta para tomar banho.

Fica no banho por longos minutos, pensando sobre o abraço de Baekhyun, da alguns tapinhas em seu rosto.

- Melhore Kai...Vamos lá...

Kai tenta se recompor quando escuta a campainha tocar. 

- Quem seria numa hora dessas? -Diz Kai enrolando a toalha em torno do quadril.

Assim que abre a porta Luhan o fita de cima a baixo.

- É assim que você recebe as visitas? -Fala enquanto entra na casa de Kai.

Kai apenas revira os olhos e vai até o quarto colocar uma roupa qualquer. Não demora muito para que Kai volte.

- Hm... nada mal - Diz Luhan o olhando.

- Deixa de gracinhas e vamos logo.

- Ok vamos, disse Luhan balançando as chaves do carro.

Kai entra no carro de Luhan, em seguida ambos se dirigem à cidade, param em no estacionamento de um shopping. 

- Vamos em uma loja que conheço, tem de tudo lá.

- Ok...

Ambos seguem para a loja, Luhan está super empolgado por comprar coisas novas para Baek, Kai está sem expressão de interesse como sempre. Assim que entram na loja eles se separam.

- Vejamos... Baek gosta de tantas coisas daqui... - Diz como se pensasse alto-

Assim que termina de pegar as coisas ele anda pela loja a procura de Kai.

- Até que enfim achei você! -diz ele já cansado.

- Menos garoto. -Kai fala parecendo não ligar para Luhan.

- O que escolheu para o Baek?

- Isso - Kai mostra um globo de neve escrito uma mensagem de feliz aniversário .

- Isso é sério? - Diz Luhan fazendo cara de nojo.

- E não tá bom não?

- Claro que não né Kai?!

Luhan saí puxando Kai pelo braço e para na frente de uma vitrine com vários tipos de colares.

- Que tal um desses? -Diz com os olhos brilhando.

- Por que eu daria um colar desses para alguém? 

- Porque vocês estão se gostando? -Luhan riu-se e saiu para pagar as coisas que tinha comprado.

Kai fica olhandoos colares, perdido em pensamentos.

- Posso ajudar?

Kai se assusta um pouco com a voz repentina. Logo olha para o lado.

- Ah... Bom... Me dê aquele colar ali do fundo por favor, vou leva-lo.

- Boa escolha senhor, esse é um dos itens mais caros e finos da loja.

Kai forçou uma risada simpática a vendedora, é a seguiu até o caixa.

Assim que pegou a caixase dirigiu ao carro onde Luhan já estava o esperando.

- O que comprou? - Luhan olha a pequena sacola nas mãos de Kai.

- O globo de neve.

- Que horror Kai, você tem um mal gosto enorme, me lembre de não te convidar para o meu aniversário. 

- Ficaria feliz se fizesse isso.

 Luhan arranca com o carro.O silêncio entre os dois era enorme.

- Então... fala alguma coisa... -Luhan diz olhando o caminho.

- Então... onde o Sehun foi? 

- Depois do seu chilique, inventei que precisava de algumas decorações que ainda não havia comprado e ele foi comprar para mim.

Kai riu de canto, percebeu que Sehun não passava de um pau mandado de seu namorado. 

Alguns minutos depois, os dois chegam na casa de Kai e ele salta .

- Não fala obrigado não? -Diz Luhan franzindo a testa.

- Jamais.

Kai virá às costas e entra em casa, se joga no sofá  e pega a caixinha olhando o colar. O mesmo tinha um lindo pingente em formato de Lua feita de Garner Azul.

- Hmm... a terceira pedra mais cara do mundo no pescoço de Baek... Até que Luhan não é tão idiota assim...

Kai fecha a pequena caixa a guardando, pega o celular, procura algum tempo em seus contatos.

- Alô? 

- Oi Baek, está ocupado?

- N-não Kai...

- Que bom! Quer ir almoçar comigo?

- Está bem, onde nos encontramos?

- Nos vemos em frente à praça, pode ser?

- Tudo bem... Até mais.

Assim que Baek desliga, Kai via para o quarto trocar de roupa novamente, dessa vez se arruma muito.

- O que você está fazendo comigo Baek...

Assim que termina pega as chaves do carro e sai rumo à praça. Logo à vista Baekhyun o esperando na praça. Baekhyun entra no carro meio sem jeito.

- Oi Kai, obrigada pelo convite -Diz dando um lindo sorriso.

- O que quer comer? - Kai se surpreende com seu tom de voz calmo.

- Que tal pizza?

- Isso é almoço? - O moreno ri.

- Ah... Bom...

- Tudo bem vamos comer pizza.

Ele dirige rumo à pizzaria. ao chegar Kai abre a porta do carro para Baekhyun. O menor agradece, ambos entram na pizzaria e se sentam.

- Calabresa? -Diz Baekhyun.

- Como sabe que é minha favorita?

- É que eu amo calabresa - Diz o pequeno corando.

Kai observa Baekhyun enquanto ele faz o pedido, para Kai parece que toda vez que está com Baekhyun o mundo para, deixando que ele aproveite cada momento.

Do nada, chega uma mensagem em seu celular.

Mensagem: Kai como está indo o serviço? tenho urgência.


Boss.

Kai sem te o mundo cair sobre suas costas, realmente não está querendo fazer o que foi combinado desde o começo.

- Kai... o que foi? -Pergunta Baek assim que percebe sua reação.

- Ah... Bom... -Kai não sabe o que dizer- Era minha mãe me mandando mensagem dizendo que está com saudades de mim.

Ele fica pensando o quão idiota foi a desculpa que ele deu e se pergunta se Baekhyun iria acreditar naquilo.

- Entendo, minha mãe às vezes me manda várias mensagens assim -Diz o pequeno sorrindo.

Kai percebe o quão ingênuo e puro Baekhyun consegue ser, e não  consegue segurar que um lindo sorriso escapasse.

- Kai... gostaria de dizer uma coisa...

- P-pode dizer...

- Desde que você  apareceu, eu venho percebendo que estou mudando...

-  Como assim?

- Parece que você me motiva de alguma forma a enfrentar meus medos e inseguranças -Baekhyun segura a mão de Kai a acariciando com o polegar- E eu... gostaria de agradecer você.

Kai congela com o que Baekhyun disse e assim que sente o calor de suas mãos sente seu coração saltar e seu rosto esquentar.

- E- eu...N-na verdade... 

- Kai? Você está bem?

- Eu também tenho que te dizer uma coisa...

Baekhyun mantém suas mãos sobre as de Kai e o olha curioso. Kai sente que está na hora de dizer o que ele realmente sente por Baekhyun.







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...