História Remember-Me - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cúmplices de um Resgate, João Guilherme Ávila, Larissa Manoela
Personagens Isabela Junqueira, João Guilherme Ávila, Joaquim Vaz, Larissa Manoela, Manuela Agnes
Tags Jobela, Jolari, Majo, Mateo, Mhape, Teobela, Thovanna
Exibições 206
Palavras 748
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oii Gente, Essa é minha nova Fanfic, eu excluir a “criminal love” porque estava sem criatividade para continuar ela.
Espero que gostem dessa Fanfic 💖💖💖💖

Capítulo 1 - Capitulo 1


Fanfic / Fanfiction Remember-Me - Capítulo 1 - Capitulo 1


¥ 10 anos depois ¥

Pedro: Vai aonde? Posso saber?

Lari: Vou correr! — desci as escadas correndo, e colocando meu fone de ouvido, fui até a cozinha e peguei a chave, dei um beijo na bochecha do Pedro e fui em direção a porta — Bye irmão! — abri e fechei a porta, coloquei meu celular na calça e coloquei uma música bem agitada para eu ter animação para correr. Moro a dez anos em um bairro aqui na França, e um bairro ótimo de morar, mais tem muitos turistas, por que e muito bonito. Me formei em direito, mas as vezes ajudo meu irmão na empresa dele que meu " pai " deixou. Já faz dez anos que não piso em Londres, mantenho o contato com minha melhor amiga, Mharessa, ela está linda, mas sinto falta do seu abraço... Seu irmão? Tirei ele do meu pensamento e da minha vida. Cheguei no parque e começou a tocar uma música que não curto muito, me traz lembranças tristes, peguei meu celular e continuei correndo, até que esbarrei em alguém — Desculpa, eu não vi! — olhei para a pessoa — Thomaz? Thomaz Costa? E você?

Thomaz: Larissaaaa! Olha como você está.. — descabelada, suada, desarrumada — linda, e muito gostosa! — dei um tapa de brincadeira no seu braço. — você mudou muito! — emagreci vinte quilos, ganhei uma cintura super fina, bunda e peito, claramente um corpo invejado por vários, beijos para as recalcadas.

Lari: Estou linda para o terror das inimigas!

Thomaz: Não sabia que você tinha vindo para a França.

Lari: E... eu vim. E como vai as coisas?

Thomaz: Eu trabalho na empresa do pai do João, estou bem na vida e vim aqui para trabalho, mas vim com minha namorada — apontou para uma garota loira mais na frente que comprava algodão doce.

Lari: Humm, então não vou mais atrapalhar o casal, foi bom te ver de novo.

Thomaz: Me da seu telefone? Caso podemos conversar! Faz tempo que não batemos um papo.

Lari: Dez anos... — ele entregou seu celular e coloquei meu número — Agora eu já vou, não sei se sua namorada e ciumenta e o que vai pensar de nós dois aqui conversado, até mais — dei um beijo na sua bochecha.

Thomaz: Até breve! — voltei a correr, eu não faço mais academia, sai de lá por causa que atraia muitos olhares masculinos, corri um pouco e voltei.

[...] Depois de um banho mega maravilhoso, me joguei no sofá e coloquei um filme " Coincidências do Amor ", fiz um pipoca e um suco de laranja. Me sentei no sofá e comecei a assistir, até que um ser chegou derrubando a porta.

Lari: Ainda vamos usar a porta viu!

Pedro: Preciso de sua ajuda.

Lari: Fala! — ele se aproximou e se jogou ao meu lado.

Pedro: Preciso voltar para Londres, e preciso que você vá comigo.

Lari: AH não, não vai dar.

Mãe: Vai filha! — minha mãe chegou e se sentou ao meu lado — não precisa se preocupar comigo.

Lari: E por que vamos voltar?

Pedro: O presidente da empresa de lá foi demitido, então não acho ninguém melhor que você, e eu não posso ficar lá definitivamente.

Lari: Sério isso? Coloca um anúncio no jornal!

Mãe: Filha, precisamos de pessoas confiáveis, e você já trabalhou na daqui.

Lari: Mais aqui eu não fui presidente, e sim uma simples secretaria.

Pedro: Não e difícil!

Lari: Então por que não fazemos assim! Você vai, e eu fico na daqui.

Pedro: Não vai dar, vai bagunçar tudo! Lá você tem ajuda de alguns colegas, por favor maninha! — ele fez cara de cachorro pidão, e eu bufei.

Lari: Ta bom, ta bom, quando vamos?

Pedro: Daqui a uma semana!

Lari: Já? Tão rápido! AH não.

Mãe: Vou te visitar sempre que der.

Pedro: E eu tenho um apartamento em um ponto bom lá, posso passar para o seu nome.

Lari: Tudo bem! Vou ser a futura presidente da " Company Taque's ".

Pedro: Isso ae.

Mãe: Parabéns filha! Fico feliz. — eu não estou nada feliz, voltar para Londres não será uma boa idéia, em hipótese alguma.

Lari: Agora se me dão licença, vou ligar para a Mha e avisar a ela.

[...] Hoje eu vou voltar para Londres, animação? Zero. Alto estima? Ih! Estou levando três malas, vou sentir saudades desse quarto, e como vou. Tomei um banho, ondulei meu cabelo, coloquei um top cropeed branco, e uma saia preta, Coloquei um salto preto bem delicado, fiz um esfumado marrom com brilhos, não exagerado, um batom nude, e peguei meu óculos. Olhei uma última vez no espelho e estou pronta [...]



Notas Finais


💖💖💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...