História Criminal Love - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cúmplices de um Resgate, João Guilherme Ávila, Larissa Manoela
Personagens Isabela Junqueira, João Guilherme Ávila, Joaquim Vaz, Larissa Manoela, Manuela Agnes
Tags Jobela, Jolari, Majo, Mateo, Mhafhe, Teobela
Exibições 339
Palavras 652
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que gostem <3 <3

Capítulo 2 - Capitulo 1


Flashback on

P.O.V Larissa
“Adentrei aquele lugar desconhecido por mim, recebendo olhares maliciosos dos homens ali presentes, e mulheres com roupas vulgares, ou melhor dizendo ‘putas’ me olhando de cima abaixo com nojo. Meu pai, se é que posso o chamar assim, por que ele simplesmente me odeia, foi me arrastando pelas escadas até chegar a uma porta, ele deu três batidas na mesma, escutando logo em seguida um “entre”, que foi o que fez.
Foi me arrastando pelo braço, até adentrarmos o local. 

Lari:- Me solta caramba, isso machuca!- dei um solavanco puxando meu pulso de sua mão.Levantei o olhar me deparando, com um garoto sentado todo esparramado na cadeira de couro, e uma mesa com vários papeis. Ele agora me fitava com , como se me avaliasse, fala serio me senti um pedaço de carne agora, sendo observada por um cachorro, pronto para dar o bote. Mas um cachorro lindo, e põe lindo nisso. Porra nessa merda só tem homem gostoso?! Sim porque tenho que admitir, aqueles caras que estavam lá fora eram gatos para caralho!

Ed:- Aqui esta o que prometi- disse Ed dando um sorrisinho diabólico!.....

Lari- o...o que vai...fazer?!- perguntei adentrando o quarto sendo arrastada por Ávila é descobri o nome dele, depois de saber que meu “querido papai”, me vendeu para poder pagar as vadias e drogas.

Joao: - horas vamos brincar- deu um sorrisinho malicioso- agora tire a roupa!

Lari:- NÃO, VOCE NÃO VAI FAZER ISSO- tentei correr mais ele me impediu puxando meus cabelos para trás, me jogando contra a parede.

Joao:- para de drama, você vai gosta- veio em minha direção

Lari:- não...por favor...não faz isso- falei com a voz embagada, por conta do choro.....

Joao:- O QUE EU FALEI SOBRE DAR UMA DE ESPERTINHA- gritou me dando um tapa no rosto o que resultou em eu cair na cama por conta do impacto

Lari:- para Ávila- falei,mas não adiantou, ele estava muito irritado, por eu ter tentado fujir

João - agora você vai aprender- veio em minha direção com um sorriso diabólico, enquanto tirava o cinto...”

Flashback off

Estados Unidos-Atlanta.

20:34- 17/04/2016
Dois anos depois...

P.O.V Larissa

Desci do jatinho, sentindo o vento forte bater em meus cabelos, olhando em volta vendo que nada mudou dês da última vez que estive aqui! Muita coisa mudou nestes dois anos que estive fora, sim dois anos Fez que consegui fugir daquele inferno, dês que me livrei daquele demônio!. O que fiz quando sai de lá? Bem primeiro denunciei Ed, uma sena linda o vendo ser levado para trás das grades! Depois voltei para a casa de minha mãe, que era a que eu estava antes. Levei praticamente um dia para deixar aquilo limpo,mais olha que maravilha, enquanto limpava tudo, descobri uma parede falsa, onde continha 10 mil dólares, valeu ai Ed meu querido! Com aquele dinheiro, resolvi investi em algo lucrativo, DROGAS. Porra vender isso da um dinheiro pra caralho! Depois de conseguir bastante dinheiro, me mudei, mais, eu não podia correr o risco que Ávila me encontrasse, então resolvi mudar de pais, fui para Miami, e foi lá que comecei a construir meu império. Para mim era tudo Luxo. Dinheiro. E tudo de bom! Estava tudo as mil maravilhas até, descobrir que estava grávida. Céus como eu ia cuidar de uma criança?! E o pior o filho é daquele que me tratou como lixo durante um mês, eu realmente não sabia o que fazer, Abortar?! NUNCA! Eu não teria a crueldade de fazer isso. Aliás eu ainda tenho um coração! Mais mesmo que essa criança não tinha sido planejada, eu iria a criar, seria meu bebe, só meu, não teria pai! Seria só minha! Se passou 7 meses, e minha filha nasceu! É uma menina, a minha menina, que é a coisa mais linda que eu já tive o orgulho de fazer! Naquele dia não consegui conter as lagrimas, porra era minha filha!


Notas Finais


Comentem oque acharam <3 <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...