História Criminal Love - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jared Leto, Margot Robbie
Personagens Jared Leto, Margot Robbie, Personagens Originais
Tags Investigação, Jared Leto, Jargot, Margot Robbie
Exibições 78
Palavras 1.148
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aeee !! Eu voltei
Como vocês estão ? Espero que bem .
Ta aqui mais um capitulo , espero que gostem .
PS : lembrem se que os “ ” são flashback .

Capítulo 7 - Capitulo 7



“ todos estavam em um circulo , eles soavam frio nem querendo saber quais seriam os desafios ou verdades que teriam de contar . Seus maiores segredos estavam em jogo , se qualquer um vacila cê , as consequências seriam altas . A garrafa rodou novamente , todos Sussurra van baixo  algo como 'por favor , não ' e outros se xingavam mentalmente por estarem jogando . A garrafa parou apontada para Tamara e o fundo da garrafa para Drake , ele sorriu malicioso e olhou para a mesma que engoliu em seco
   – verdade ou desafio ? - perguntou ainda a olhando e sorrindo malicioso .

   – não vou colocar meus segredos em jogo , seu porra . Desafio ! - exclamou seria , fazendo o sorriso dele ir embora.

Os outros a olharam surpresos , os desafios de Drake eram pesados , mas ver alguem se ferra era sempre bom . Ele passou a lingua pelos lábios e estalou a mesma no céu da boca , deu um outro sorriso , desça vez divertido , mas que ainda mostrava falsidade .

   – muito bem doçura - ele passou as maos pelo rosto  dela e aproximou a boca na orelha dela – Eu desafio você a pregar uma peça no aluno mais nerd do colégio . - ele sussurrou baixo no ouvido da mesma .

   – espera , e se der errado , eu vou me ferrar sozinha ? Não ! Não vou fazer uma coisa dessas a só .

   Ele se afastou dela e voltou ao su devido lugar , naquela roda

   – Quem disse que fara isso sozinha ? Todos nos - apontou para todos presentes – iremos te ajudar a fecha o show com chave de ouro ! - ele simplesmente gritou e deu gargalhadas , fazendo os outros rirem juntos ”

Jared apertou a laranja na mão , fazendo a mesma se estourar sujando a mesa , ele se deu conta do que fez e bufou irritado , limpou a sujeira e caminhou ate o quarto , procurou alguma camisa com mangas longas e vestiu uma calça preta de moletom , pente ou os cabelos de um jeito diferente , deixando os meio bagunça dos , mas de uma maneira sexy .
    Pegou as chaves do carro que estavam em cima do balcão de granito preto na cozinha e andou ate a porta , abrindo a mesma e saindo para ir falar com o senhor Cullen . Ele tinha assuntos a resolver na empresa , mas os mesmos poderiam esperar e sua assistente a senhorita Alex poderia resolve los sem o chefe .
     Ele aumentou a velocidade de seu lindo jaguar preto e apertou o volante , conforme seu pé afundava no acelerador , freou com tudo quando chegou em frente a casa do senhor Cullen e abriu a porta saindo rapidamente com um óculos preto em mãos. Deu algumas batidas na porta é o ' velho ' como Jared chamava , apareceu com um grande sorriso .

   – senhor Cullen ! - Jared exclamou , dando um sorriso simpático – soube que queria falar comigo .

   – é isso mesmo Jared , vejo que esta dando altos lucros na sua empresa de carros famosos e navios de luxo - Jared entrou com tudo na casa de Cullen e abriu os braços dando um largo sorriso .

   –   É eu sei .. Sei muito bem disso - jared falou com certa ironia na voz – mas vamos direto ao ponto , por favor - ele sentou se em uma poltrona vermelha e pegou um charuto de dentro de uma caixinha .

Cullen olhou para ele como se disse se ' folgado ' mas mesmo assim sorriu e fechou a porta indo ate ele , para falar sobre uma proposta .

{...}
 

Margot , tinha acordado de muito bom humor , ela cantava enquanto prestava atenção nos casos que buscava pela internet , alguns olhavam para ela como se dissessem ' louca ' mas a mesma não ligava . Já tinha mais pistas do que imaginava sobre outros casos , mas ainda não tinha informações sobre ' o maniaco das rosas brancas ' os crimes dele eram perfeitos , nada de rastros de sangue , digitais ou objetos utilizados pelo mesmo , a única coisa que encontravam apos cada crime era uma rosa branca e um bilhete escrito  ‘ todos temos nossa hora , todos nós morremos ’.
    Pode se ouvir passos de saltos pelo o local , e a loira olhou diretamente de quem aqueles passos pertenciam . Rose.  Ela vinha com um sorriso eufórico no rosto , como se fosse contar uma das melhores noticias do mundo ou seriam fofocas ? .

   – já ta sabendo do aviso ? - perguntou animada

   – aviso ? Não , que aviso , algo importante ? - Margot sorriu

   – bom digamos que sim , parece ser algo importante , o chefe disse que nos queriam todos em frete a sala dele daqui a trinta minutos  , pois o mesmo dara um aviso , de que é , eu não sei  . - disse ainda eufórica.

   – espero que seja algo novo ou sei lá - a loira deu de ombros

Rose mostrou algumas fotos de quem poderiam ser os suspeitos do ultimo crime ocorrido na cidade , algo que não parecia tao difícil , já que tinham digitais e cocaína na cena do crime . Provavelmente a vitima teria sido dopada e depois estrangulada e jogada na própria piscina de casa . Algo fácil de se resolver.
    Um alarme soou e todos os peritos , fotógrafos e pessoas que trabalhavam na parte dos necrotérios se direcionaram ate o local de frente a sala do chefe , onde o mesmo daria o tal " aviso "

   – Atenção todos - Cullen se pronunciou – terei de sair por um tempo , talvez em uma semana eu esteja de volta - todos sorriam , Margot nem tanto , mas ainda era evidente um pequeno sorriso de canto   .  – deixarei um substituto , cuidando do meu cargo ...

   – Quem você acha que é ? - rose sussurrou baixo pra Margot .

   – não faço a menor ideia, mas não gosto muito de substitutos  - respondeu da mesma altura que rose .

Margot estava feliz naquela manha , não se sabia porque , mas ela estava com bastante humor e o grande sorriso era sempre evidente em seu rosto , mas quando o chefe chamou e falou do tal substituto dele , Margot fechou a cara e  bateu a mao na cabeça , ela sabia que se estava feliz de mais que toda aquela alegria seria desmanchada tal hora , sabia que tudo estava muito em paz . Ela se xingava mentalmente , sentia se azarada naquele momento , odiava substitutos , principalmente aquele !







...


Notas Finais


Desculpem se ficou pequeno
Comentem :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...