História Criminal Love - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Barbara Palvin, Criminal, Drama, Justin Bieber, Sexo, Violencia
Exibições 72
Palavras 272
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem do Capitulo,estou adorando escrever a história.E to recebendo muito incentivo,e por esses atos,to me empolgando mas a escrever e até me da mais expiração..
Não deixe de dar sua opinião,qualquer dúvida e só comentar que irei responder.

Capítulo 8 - Me Acorde por Dentro


Fanfic / Fanfiction Criminal Love - Capítulo 8 - Me Acorde por Dentro

"Me Acorde por dentro,e me salve desse nada que me tornei."

E tão difícil tentar aturar a dor que estou sentindo,a dor da perda que mas uma vez vence dentro de mim.

-Jaxon.-Lágrimas caíram.-Deixe-me ir com você.Eu não suportaria te perder.

Quando menos percebi eu já estava sozinha em um canto,chorando,sem entender o porque dessa falta de amor,que me conssumia,essa falta de carinho,essa falta de atenção.Em meio a tudo a que estou vivendo,sinto que estou me afogando em minhas próprias lágrimas que caem sempre ardente.

-O que está acontecendo Minha querida?-Falou minha vó se ajuelhando ao meu lado,e botando a mão em meus ombros.

-Não e nada vovó. -Enchuguei as lágrimas.

-Não pare de chorar por minha causa,já passei por isso,e a melhor coisa e que você continue chorando,e não finja que está,tudo bem.-Falou passando as mão sob meu cabelo.-Venha comigo.-Falou me levando até o banheiro.

Sem entender a segui até o Banheiro,ela abriu a torneira e espero  a banheira encher,automaticamente ela me conduziu para entrar,e começou a mexer no meu cabelo.

-Vovó me faça parar de sentir o que estou sentindo agora.-Falei sentada na banheira.

-Eu não tenho esse poder,e nem mesmo você tem.A única coisa que vocÊ pode fazer e se acostumar com a dor.-Falou ainda mexendo em meu cabelo,em movimentos suave.

-Vovó eu sinto que,estou me perdendo,perdendo meu eu... eu estou ficando vazia por dentro.-Deito minha cabeça em meus braços que estavam apoiados no meu joelho.

-Oh Minha querida...Você está ficando mas forte,você está ficando amiga da dor.

-E isso e bom? 

-Sim minha querida,isso e bom.-Falou ainda calma-. -Termine de tomar seu banho,que eu vou preparar o almoço.

 


Notas Finais


Foi um capitulo piqueno,mas espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...