História Criminal Love - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, TWICE
Personagens Baekhyun, Chaeyoung, D.O, Jin, Mina, Personagens Originais
Tags Exo
Exibições 15
Palavras 936
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais um capitulo.. O segundo! Espero que gostem!
Boa leitura amores <3

Capítulo 2 - Boate


Fanfic / Fanfiction Criminal Love - Capítulo 2 - Boate

Min Soo pov's on

10:14 AM 

Sentei na cama e me espreguicei, me jogando pra trás de novo.

-Aish, que sono... Cala a boca Min Soo, você tem que levantar logo... - falei pra mim mesma e levantei da cama, indo até o banheiro.

Lavei meu rosto e escovei meus dentes, penteei meu cabelo e ainda de pijama fui para a cozinha, que era junto com a sala. Abri a geladeira, peguei um pote de iogurte e peguei o controle remoto, ligando a televisão e prestando atenção nela. No noticiário, aqueles idiotas falavam sobre a morte do empresário Oh Sehun. Como acharam o corpo dele tão rápido? Não sei. Mas nunca vão descobrir que fui eu.
Mudei de canal até achar algo interessante para assistir, e sentei no sofá. Poderia começar a missão agora, mas vou procrastinar até a noite. 

6:57 PM

 

Saí para caminhar pela cidade, coisa que não fazia a muito tempo. Sentei em um banco da praça que eu estava e quando olhei pro lado, Seokjin estava ali usando seu celular e não me viu. 

 

-Oi? Jin? - falei olhando para ele 

-Ah, Soo! Você  ta aí a muito tempo? Nem te vi. 

-Não, eu cheguei agora mesmo. 

-Você ainda não começou né? A missão? 

-Acho que o melhor horário para ir a uma boate é a noite. Então, não, não comecei.

-Soo? 

-Que? 

-Você ta tão linda hoje. Sempre está linda. 

Ele disse isso mesmo? 

-A... Chaeyoung também é bonita né? 

-Um dia eu ainda vou casar com você. 

-Como assim? Você já é casado..

-Eu amo muito a Chaeyoung, mas a saúde dela está piorando e eu sei que logo ela vai morrer..

-Não fala isso Jin!

-Se eu não fosse casado, você aceitaria casar comigo? 

-E-eu? É.. NÃO! Jin, eu tenho que ir. Até mais. 

Levantei do banco para ir embora, ele levantou também e puxou meu braço.

-Espera Soo!

-Eu já disse que tenho que ir! - falo me soltando e saí correndo.

 

Eu gosto do Jin, mas fiquei muito brava com o que ele disse. Espero que Chaeyoung nunca saiba que isso aconteceu. Ela me mataria, literalmente. Depois de me afastar do parque que estava, olhei para o relógio e vi que ainda dava tempo de jantar. O restaurante que eu gosto fica meio longe de casa, então fui pra lá, peguei o carro e dirigi até o restaurante por uns 15 minutos. Entrei lá e pedi Japchae, não estava com muita fome então só isso já estava bom. 

 

8:58 PM

 

Fiquei dormindo dentro do carro esse tempo todo, quando era quase nove da noite eu fui até o endereço que Chaeyoung me passou. Segundo ela, Kyungsoo estaria lá agora, afinal, ele é dono do lugar.  Deixei o carro no estacionamento, e ainda dentro dele peguei a foto que Chaeyoung me deu e olhei mais uma vez pra ela. 

-Vai ser fácil achar ele. - falei colocando a foto no porta luva e descendo do carro. 

Entrei na boate, haviam várias pessoas dançando e o lugar cheirava a bebidas alcoólicas, lógico. Olhei ao redor pra ver se achava o homem que eu teria que enganar, e vi um cara parecido com ele sentado no bar. Fui até lá, sentei em um banco e só para disfarçar pedi uma bebida. Ele estava do meu lado então não perderia tempo para falar com ele. 

-Heey! - falo tocando no ombro de Kyungsoo e o mesmo virou para mim 

-Oi? 

Como puxar assunto? Aiiiish 

-Você é o dono desse lugar né? 

-Sou.. É sua primeira vez aqui? Nunca te vi na boate. 

-É.. Me falaram que aqui era um lugar legal então.. 

-Ta certo, e o que você achou? 

-Não é um lugar ruim... 

-Você vai voltar mais vezes?

-Sim.. Por que a pergunta?

-Eu preciso saber quem vem aqui.

-Ah.. Mais uma por favor - peço mais uma bebida 

-Deixa que eu pago pra você - falou e colocou em seu rosto um sorriso, um lindo sorriso

-N-não precisa, eu tenho dinheiro.

-Ah, eu faço questão - ele pega sua carteira e pega um pouco, DE TODO dinheiro que tinha nela.

Realmente, ele é rico.

-Tudo bem então, já que insiste.   - falo retribuindo o sorriso

-Então.. De onde você vem? - pergunta entregando o dinheiro ao bar-man 

-Eu nasci em Daegu. 

-Ah, você é de fora então. Eu também não nasci em Seoul.

-E qual seu nome? - mesmo já sabendo, tive que perguntar. 

-Do Kyungsoo, mas pode me chamar de D.O.  E como se chama, mocinha? 

-Park Min-Hee. - menti 

É óbvio que não falaria meu nome de verdade para alguém que eu vou ter que matar. 

-Min-Hee é um nome bonito. Quantos anos a senhorita tem? 

-Isso virou interrogatório agora? - perguntei e ri soprado 

-Só estou tentando arrumar assunto. 

-Ah, okay. Tenho 21 anos. E você? 

-23.

-Nossa, 23 anos e já é dono de tudo isso. Parabéns. - falei sorrindo novamente

-Bom, eu trabalhei bastante. E ainda tive a ajuda de uma mulher. 

-Oh.. Bem, D.O., eu tenho que ir agora. 

-Você volta amanhã né? 

-Mas é claro que sim. Eu já te disse isso. Vou estar aqui lá pelas oito da noite. 

-Estarei te esperando - ele sorri - Boa noite, Min-Hee.

-Boa noite, D.O. - levanto do banco e vou em direção a porta. 

O primeiro dia foi fácil até. Se ele colaborar essa missão acaba cedinho, e vou poder pedir férias pra Chaeyoung. 

Vou até o estacionamento, entro no meu carro e dirijo até meu apartamento. Entro, troco de roupa e vou direto para a cama, já estava cansada desse dia agitado.


Notas Finais


Foi isso, espero que tenham gostado amores <3 Deixem sua opinião aqui em baixo por que ela é muito importante!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...