História Criminal Love - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Kylie Jenner, Melanie Martinez
Personagens Justin Bieber, Kylie Jenner, Melanie Martinez
Tags Drogas, Mutilação, Romance, Sexo, Violencia
Visualizações 5
Palavras 599
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Luta, Violência

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey bbs, FAZ TEMPO NÉ SKXBDJ mais vou postar agr pq to sem idea pra contiuar mais efim, boa leitura 💕

Capítulo 2 - Those eyes


~justin on~

Acordei com o meu celular despertando e me assustando mais logo em seguida coloquei o dedo nele e ele parou de "gritar", levantei e fui andando até o banheiro, tomei um banho rapido ate, sai coloquei uma box branca, uma polo preta e um jeans azul escuro, e coloquei um vans preto, céus,  estava muito quente, olhei no relógio e marcava 07:14, olhei para a cama e Henry estava acordando.

-Bom dia bela adormecida hahaha -falei olhando pra ele e logo em seguida olhando para baixo com um sorriso no rosto.

-Vai se ferrar Brow -ele falou se levantando e indo em digressão ao banheiro.

Deixei minha mochila em cima da cama e desci para a cozinha para comer algo, eu estava com muita fome, acabei descendo muito rápido, e vi minha mãe chorando.

-Bom dia mã... mãe? Tá todo Bem? -tentei olhar pra ela mais ela virou o rosto tentando evitar que eu visse o que estava acontecendo.

-Oi filho, d-esculpe q-quer comer panquecas? -tentou mudar de assunto.

-Mãe aconteceu alguma coisa?, pode falar pra mim. 

-Não quero te preocupar filho, tomei seu café e vá pra escola, quando voltar eu te falo, volte cedo.

Ela saiu andando rápido e subiu as escadas e eu ouvi a porta de seu quarto fechando.

-Perdi alguma coisa? - Henry falou com uma das sobrancelhas erguidas.

-Mano, o negócio aqui tá tenso mais, logo logo vou saber o que está acontecendo, eu espero.

.....

Tomamos café e saímos de casa, fomos a pé pra escola pelo fato de moramos em menos de quatro quadras da escola, depois de uns 20 minutos chegamos na escola, vi uma menina atravessando a rua e um carro passou raspando em sua frente, ela caiu seus livros cairão ao seu redor, e eu corri para ajudar.

-Tá tudo bem com você? Se machucou?.

-Tá tudo bem pode deixar.

Ela pegou um livro e eu peguei dois, faltavam mais um e eu peguei esse livro, mais ela também pegou o livro, nossas mãos se tocaram, nossos olhares se encontraram, nessa hora eu tinha esquecido de tudo, aquilo foi tão estranho, tipo coisa de filme mesmo, até que tudo voltou porque um carro buzinou alto, puxei ela suavemente pra tirar ela do meio da rua, soltamos uma risada tímida.

-Cara você ficou olhando pra ela igual a um idiota - Henry falou rindo e me dando um leve empurrão.

-Cala boca idiota, vamo entrar logo caso contrário nois vamos ficar pra fora.

Entramos na escola, olhamos a lista de alunos de cada sala, eu caí numa sala que tinha mais meninas do que meninos, ok, subi, entrei na sala, e vi ela, sim a mesma menina da rua, ela era tão linda, mano o que eu estava pensando?, eu estava, não, não pode ser, eu não estava apaixonado, eu não poderia estar, eu acabei de conhecer a garota, quer dizer, nem sei o nome dela, mais, aff chega.

Entrei na sala, as aulas se passarão rápido, na hora da saída, eu chamei ela e conversei com ela, perguntei aonde ela morava, nome, idade etc, ela parecia tão tímida, isso deixava ela muito fofa, deixei ela para esperar o ônibus, passarão-se nove minutos e o ônibus dela havia chegado, seu um beijo na bochecha dela de despedida, e ela retribuiu, mais esse beijo foi no canto da boca, juro que nunca fiquei tão  nervoso em um dia só, ela subiu no transporte, eu me virei e voltei pra casa, na volta, no meio do caminho, encontrei Henry ENGOLINDO uma menina nova que tinha chegado na escola.

-huuummm atacante hahahaha - falei cutucando ele.

- Mano pelo amor de deus privacidade por favor.

-Ok então te vejo em casa, tchal.





Notas Finais


Yeeey cabou dndjbdj, GNT sorry pelo capitulo curto mais é como eu falei, to sem ideia, provavelmente quarta feira vou postar mais um hehe, ok foi isso bjos 💕✌


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...