História Criminal Minds - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Justin Bieber
Personagens Barbara Palvin, Justin Bieber
Tags Ação, Aventura, Barbara Palvin, Criminal, Drama, Gangster, Justin Bieber, Mistério, Suspense, Violencia
Visualizações 9
Palavras 834
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Poesias, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura, babes.

Capítulo 8 - Breakfast


Fanfic / Fanfiction Criminal Minds - Capítulo 8 - Breakfast

Não importa quem começou o jogo, mas quem chegou ao final.

—  John Wooden.

 

Acordo com um peso em minha cintura. Abro meus olhos e vejo que o braço de Justin esta me prendendo na cama. 

Viro meu rosto o máximo que posso para olha-ló e percebo que estamos dormindo de conchinha.

Lembro do que aconteceu na noite passada ao percebe que estávamos nus e coloco a mão em minha testa como se não acreditasse. 

- merda - murmuro para mim mesma. 

Justin e Eu transamos. 

E foi maravilhoso.

Isso não poderia ter acontecido pois eu nunca sei como reagir depois, Justin se mexe na cama e em um ato automático fecho os meus olhos como se ainda não tivesse acordado.

Justin se levanta, abro meus olhos para olhar de relance e o vejo colocar a cueca e logo sair do quarto. Fico alguns minutos pensando no que fazer ou falar e decido agir naturalmente como se nada tivesse acontecido. 

Me levanto e vou ao banheiro fazer minhas necessidades, coloco um roupão de seda preto para cobrir meu corpo, solto meu cabelo que havia prendido e desço a procura de Justin que ainda não tinha subido para o quarto. 

Vou até a cozinha e lá estava Justin cozinhando apenas de cueca enquanto cantava alguma musica aleatória, me sento no balcão sem ele notar minha presença e fico ali por uns dez minutos apenas o observando até ele se virar e me ver.

- Tira uma foto, dura mais tempo. - Diz ele debochado assim que vira e me pega o observando em cima do balcão. 

- Bom dia pra você também, Bieber. - Digo ignorando oque ele acabará de dizer, recebendo uma risada gostosa como resposta. 

- Estou fazendo omelete, vai quer um? 

- Não, Obrigada. vou fazer uma salada de frutas. - Digo me levantando e indo até a fruteira pegando algumas frutas, indo até a geladeira, pegando o chantilly que estava ali, e uma barra de chocolate para picar e colocar no meio. 

- Nada saudável essa sua salada de fruta. - Comenta Justin ao me ver colocar tudo que iria usar na mesa. 

- Disse a pessoa que esta fazendo um omelete com bacon, queijo, e presunto. - Rebato. 

- Como acha que mantenho esse corpo maravilhoso? - Justin pergunta convencido passando a mão pelo seu corpo de forma gay, solto uma risada. 

- Acho que faz nada, inclusive está precisando de uma academia e alimentação balanceada. - Justin revira os olhos rindo e se aproxima de mim, automaticamente dou um passo para trás me encostando no armário, em passos rápidos Justin chega até mim, me encurralando com seus braços um de cada lado de meu corpo.

- Não se queixou nenhuma vez, ontem a noite. - Ele me olhava no fundo de meus olhos oque me deixava ainda mais sem jeito. 

Minha respiração fica ofegante quando Justin aproxima seu rosto do meu, meu olhar reveza entre seus olhos e lábios. 

- Justin eu acho melhor...

- Cala a boca. - Justin não me deixa terminar oque iria dizer logo me mandando calar a boca. Ia protestar, mas nada sai de minha boca. Justin puxa minha cintura me fazendo chegar mais para perto dele me colocando em seu colo e me beijando com urgência enquanto apertava forte minha bunda, correspondo ao beijo segurando em sua nuca. Ouço um barulho e me assusto partindo o beijo para olhar oque era, abro os olhos e vejo que Justin havia jogado tudo oque estava no balcão no chão.

 Ainda em seu colo Justin me leva para mais perto do balcão me deitando no mesmo logo abrindo meu roupão distribuindo beijos e chupões em minha barriga, descendo e subindo para me provocar. Puxo Justin iniciando outro beijo entrelaçando minhas pernas em sua cintura enquanto passava minhas unhas grandes por sua costa, Justin leva uma de suas mãos até minha calcinha, passando o polegar de leve por ali, Solto um gemido baixo entre o beijo.

Ouço a porta da sala ser aberta e logo penso ser a empregada, e como sou eu que pago o seu salario, ela não se importaria em somente hoje limpar primeiro o andar de cima.

Mas Christian entra com Chaz e Ryan pela cozinha.

- Eita porra. - Dizem em coro, me fazendo empurrar Justin e me levantar do balcão amarrando novamente meu roupão.

Desde que Justin e Eu descobrimos que John esta armando para nós, Ele chamou seus amigos que estavam com ele em tudo que ele fazia,  E depois de muita conversa com Justin, decidi incluir Chaz, Christian e Ryan nisso. Justin confiava neles mais do que em si mesmo então não tinha motivo para desconfiar de algum dos garotos. 

E hoje iriamos nós juntar aqui em casa para tentar rastrear John e onde provavelmente ele estaria.

E a burra aqui esqueceu. 

Olho para os garotos sorrindo como se nada tivesse acontecido.

- Querem tomar café da manhã? - pergunto sorrindo fracamente, pegando algumas coisas que havia caído no chão.


Notas Finais


Um pequeno capitulo apenas para não deixar passar em branco.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...