História Criminal Possession - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber, Selena Gomez
Tags Drama, Estrupo, Romance, Tortura, Violencia
Exibições 102
Palavras 325
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Someone help me?


—Você quer mesmo fazer isso? — Meu pai me perguntou. — Eu posso treina-la.

—Nãoo! Não quero que minha filha passe por essas coisas...

—Eu quero pai, e eu vou fazer isso. — Nada saía dos meus olhos, eu estava com ódio. Eu estava quase pronta pra matar aqueles ... Aqueles cretinos que mataram a minha Tia! —Eu... Eu já volto.

Sai de casa, eu precisava falar com o Justin, eu precisava de um abraço dele, de seu beijo e de seu carinho. Quando cheguei naquela casa enorme já com lagrimas descendo sobre minha face, ele abre a porta vendo minha situação e me dando um forte abraço.

—O que foi meu anjo? — Ele acariciava meus cabelos. Quando eu já estava dentro ele fechou a porta. — Preciso que confie em mim, o que aconteceu meu anjo?

—Mataram a minha tia. — Gaguejava.

—Quem?
—Os Bieber... — Solucei.

—Bieber? — Ele falou num tom que já conhecia esse sobrenome.

—Sim, você  conhece?

—Olha Elizabeth, se eu te falar uma coisa promete que vai me entender? — Ele me abraçou.

—Não posso prometer... Me fala por favor.

—Tudo bem. Eu me chamo Justin... — Não o deixei terminar.

—Sim eu sei que você se chama Justin. — Olhei pra ele sem entender.

—Sim, Justin Bieber.

—Justin? BIEBER? VOCÊ É UM MONSTRO COMO EU NÃO PERCEBI ISSO! — Gritava de ódio tentando me soltar daqueles braços fortes, mais era impossível.

—Não, Elizabeth eu não sou um monstro, preciso que me escute! — Ele me impediu quando quase ia sair dali. — Sua tia ela queria matar os meus amigos e a mim.

—Por que ela queria isso? — Eu olhei pra ele

—Por que nos Bieber temos uma coisa que ela não tem. —Ele começou. — Somos donos de várias empresas, empresas que já foram dela.

—Não acredito em você.

—Confia em mim, eu estou falando a verdade. — Ele me abraçou, mais eu o empurrei. Sai correndo  mais algo me impediu de correr. — VOCÊ É MINHA E NÃO VAI EMBORA TÃO CEDO!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...