História Criminal Possession - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber, Selena Gomez
Tags Drama, Estrupo, Romance, Tortura, Violencia
Exibições 89
Palavras 701
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - The game has just begun.


Fanfic / Fanfiction Criminal Possession - Capítulo 6 - The game has just begun.

—Coloca ela no carro Chaz. — Vi um cara todo de preto pegando nos meus braços eu tentava sair, mas era impossível.
—Me solt... — Antes de falar alguma coisa senti um cheiro de álcool, e apenas não vi mais nada.

[...]

Acordei, dentro de um quarto, olhei para os lados e vi uma porta. Fui correndo até ela tentando abrir mais estava trancada. Minutos depois quando eu estava sentada na cama com os olhos vermelhos de tanto chorar, alguém entrou na porta com brutalidade. Era o Justin.

—Para de chorar! — Ele havia me puxado da cama e ficando de frente a mim.
—Me tira daqui, por favor. — Eu insistia com a voz fraca. — Você é um monstro.
—Calma, ainda preciso fazer algumas coisinhas com você.
—Você vai me usar? — Ele deu um sorriso cínico.
—Você é bem apressada. — Ele saiu e trancou a porta, eu fui até ela e fiquei batendo.
—Justin,me tira daqui!

[...]

Flashback on [Justin Bieber]

Meus pais pediram que eu sequestrasse a Elizabeth. Eles iriam usa-lá pra se defender. Assim os pais dela iriam finalmente pagar a dívida. Depois de descobrirem que foram eles que mataram a Kate eu iria ficar com ela. Eu Ryan, Chris, Chaz e Caitlin.

—Meu deus do céu, essa garota grita de mais! — Caitlin reclamava, eu revirava os olhos apesar de ser verdade.
—Vou dar um jeito nisto. — Fui até o porão abrindo a porta com brutalidade a empurrando para o chão. — Que merda! Você é uma vadia, mesmo!
—Me deixe sair daqui! — Ela gritou me olhando ainda chorando. A peguei pelo braços e a empurrei fazendo ela bater as costas na parede do porão.

—Acostume vadia, daqui você não sai viva. — Sorri cínico pra ela. — Mais vou aproveitar que está viva e fazer umas coisinhas com você. Prometo que vai ser divertido.

 Ela virou o rosto e eu peguei seu queixo o virando pra mim. Enquanto pegava seu queixo eu apertava com força pra que ela sentisse dor.

—Por favor pare...

 Ela lamentava e eu ficava rindo.

—Isso é pra você aprender, que quando eu for falar com você é pra você olhar pra mim! — Dei um tapa nela. —Você parece uma boneca de porcelana mas tão fácil de quebrar...

Olhei para aquele corpo, eu queria poder foder ela. Ela era tão gostosa, usar ela não seria má idéia. Fiquei sorrindo malicioso ao ver aquelas coxas grossas que ela tinha. Passei as mãos sobre suas coxas e ela tentou sair.

—Porra vadia do caralho, fica quieta! — Gritei e ela parou de se mexer, eu sentia seu medo, como era bom sentir o medo dessas pessoas.

Beijei seu pescoço, naquela região ali mesmo deixei um chupão, ela não queria gemer isso eu percebia. Beijei ela com fervor, aos poucos ela ia retribuindo, ela tava gostando. Isso eu sabia. Alguém bateu na porta, parei o beijo e revirei os olhos.

—Justin, sou eu Caitlin, você vai pra reunião ou não?

—Tô indo caralho! — Olhei Elizabeth ainda com medo, cheguei mais perto dela sorrindo malicioso. — Até depois meu anjo.

[...]

Eu, Chaz, Chris e Caitlin estávamos reunidos para a reunião. Eu estava sentado no sofá olhando para os lados. Já estava impaciente.

—CARALHO MANO, CADÊ A PORRA DO RYAN? — Gritei com ódio. Aquela porra demora pra caralho.

—Tô aqui, tô aqui. — O Ryan havia chegado, revirei os olhos esperando Chaz começar.

—O que vamos fazer com aquela garota? Como vamos esconder ela, tá difícil dos pais de Justin voltarem pra cá. — Chaz parecia preocupado.

—Eu cuido dela, ainda não entendeu? — Falei curto e grosso.

—Tudo bem Justin. Mas e as... — Caitlin começou, ela sempre foi a certinha isso me irritava.

—Cala a boca Caitlin! — Sai de lá e subi as escadas irritado. Entrei dentro do quarto, peguei o cigarro, já que era acostumado fumar todas as vezes em que alguém me deixava irritado. Eu fumava já que não podia matar.

[...]

Flashback on [Elizabeth Barrett]

Olhava para os lados, me sentindo culpada por tudo, por ter confiado nele e ter pensado que ele fosse um cara que me fizesse feliz, mais ele era assassino. Eu colocava meus dedos nos meus lábios pensando no beijo, eu tinha correspondido eu estava me sentindo culpada por ter correspondido!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...