História Criminal Possession - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber, Selena Gomez
Tags Drama, Estrupo, Romance, Tortura, Violencia
Exibições 82
Palavras 705
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Sorry....


Fanfic / Fanfiction Criminal Possession - Capítulo 8 - Sorry....

Flashback on [Narradora]

Pobre Elizabeth. Ele iria tirar a única coisa que ela tinha,  a única coisa que ela pensava em nunca perder tão cedo. Era completamente errado. Uma jovem de 19 anos sendo abusada por um cara de 24 anos. Isso é desejo. O cara de 24 anos desejava aquela mulher.

Ela não saía de seus pensamentos: Não mereço estar aqui. Até quando isso vai acabar? 
Ele se aproveitava dela. Descia suas mãos pesadas até sua calça,  tirando ela rápido, ele dá a visão dela somente de calcinha. Oh deus,  eu quero essa mulher. Ela me deixa excitado. Pensava Justin com malícia.

— Você tá toda molhadinha está pronta pra mim, né sua vadia?  — Ele sorria malicioso com a cara de assustada dela. "O que ele quer dizer com isso?" Ela pensava   ainda assustada com aquelas palavras. Elizabeth apenas sentiu sua calcinha sendo rasgada por ele. Ela viu que Justin enfiava alguns dedos nela, penetrando. "Como isso dói" Elizabeth já estava com os olhos cheio de lágrimas. Ela olhava para aquele porão escuro, todo sujo e a porta trancada. Ela olhava pra porta com a expressão triste. Não deu pra segurar toda a tristeza dela, começou a chorar tão alto que Justin ficou irritado

— EU MANDEI VOCÊ PARAR! - Justin já estava com ódio.  "Puta merda essa vadia só sabe chorar" pensava ele dando outro tapa nela, e uma brilhante idéia veio na cabeça dele. Pra ele era brilhante,  já pra outros não. Ele desabotoou sua calça rasgada, apenas ficando de boxe preta. Sorrindo cada vez mais malicioso.

Ele a beija com desejo, mordendo seus lábios com força deixando que Elizabeth solte um gemido. Quando ele tirou sua boxe preta, Elizabeth olhou ele com os olhos arregalados.  Ela já havia percebido no que havia pensado segundos antes.

— Não!  Por favor,  tudo menos isso! - ela implorava vendo seu membro grande e grosso. Olhou novamente para a porta chorando,  e tentava sair mais Justin a impedia com suas mãos fortes.
— Quero que fique aqui, meu anjo.  Não vai doer, deixa eu mostrar pra você o que é sentir prazer. - Ele deu um sorriso maldoso.
— Não, por favor....
— CALA A BOCA!Ele deu um tapa nela. Seu rosto estava vermelho era o tapa mais forte que Justin já tinha dado nela.
Não vai adiantar você ficar me batendo, eu ainda vou odiar você.— Justin colocou seu membro na entrada de sua intimidade,  ela apenas fechou os olhos. Ficar olhando aquela tragédia seria a pior coisa que ela faria na vida. E começaram as idas e vindas. O sangue dela escorria pelas pernas dela. Ele pegava nos seus seios grande e massageava. Os dois gemeram juntos. Talvez conquistar a confiança daquele monstro não seria má idéia. 

Flashback on [Elizabeth]

A dor era mais forte que eu já imaginava. Sentir aquele sangue escorrer  entre minhas pernas era horrível.  Eu estava me sentindo péssima. Senti ele sair de dentro de mim. Suspirei aliviada. O inferno apenas havia começado. Olhei nos olhos castanhos dele buscando piedade.

Espero que fique treinando meu anjo, por que eu vou precisar de você mais vezes. — Fiquei parada ouvindo o jeito falso que ele usava pra me assustar.  Ele saiu. Respirei fundo, voltando a chorar. Levantei e fui ao banheiro do porão e tomei um banho.  Como isso era horrível, eu odeio ele. Pensei. Respirei fundo e vesti a calça e a blusa. As únicas roupas que me sobraram, deitei, respirei fundo e adormeci ainda tremendo de medo.

Eram as 5h57min da manhã.

Acordei assustada.  Justin tinha jogado água gelada no meu rosto, olhei pra ele ainda assustada com tudo o que havia acontecido,  ele sorria de uma coisa que não tinha motivos para sorrir. Ele é um monstro um monstro da qual eu quero matar.

Bom dia anjo, ainda assustada?  — Ele gargalhava com a minha expressão triste.  Me afastei quando ele tinha sentado no meu quarto. — Vai ter uma visita aqui e quero ue finja que é minha namorada, entendeu?

—Sim,  eu entendi.

—Nada de ficar triste, e nem começar com suas gracinhas ou se não eu mato seus pais — Ele acariciava meu rosto. Eu sentia nojo dele nojo.


Notas Finais


Comentem, quero as opiniões de vocês♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...