História Criminal Revenge - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescente, Bissexualidade, Colegial, Drama, Gay, Hetero, Heterosexualidade, Homessexualidade, Mpreg, Romance, Suspense, Tragedia
Visualizações 24
Palavras 2.534
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Antes de ler favoritem, bjs boa leitura

Capítulo 5 - Sede de vingança


Fanfic / Fanfiction Criminal Revenge - Capítulo 5 - Sede de vingança

Gustavo narrando...

 

Acordei umas 10:30 da manhã, e mais uma vez Lucas não estava lá, eu estava mais um vez sendo o brinquedo dele por uma noite que depois quando ele cansar vai jogar fora, mas noite de ontem havia sido ótima, ele era lindo, não sabia explicar o que eu sentia ao estar perto dele, o jeito de como ele me tratava, os seus beijos, tudo era tão...

 

Bom dia princesa — Lucas 

 

Eu me assustei, ele estava lá, ele havia dormido comigo, ele sentou-se na beira da cama do meu lado e me deu um beijo na testa

 

Bom dia, espera o que? (Risos) — Gustavo

 

Ué, você é a minha princesa — Lucas

 

(Risos) — Gustavo

 

Quer café? — Lucas

 

Aham — Gustavo

 

Respondi que sim e ele disse para ficar ali, então ele voltou com uma xícara de café, ele me entregou e ficou sentado a minha frente segurando minha mão, só de short e eu estava usando o moletom dele, eu sorri pra ele e ele sorriu de volta 

 

Dormiu bem? — Gustavo

 

Claro, eu dormi com você — Lucas

 

Aquilo fez minhas bochechas ficarem vermelhas instantaneamente, ele tirou a xícara das minha mãos colocou em uma mesa, deitou-se por cima de mim e me beijou, até que Lucca chegou

 

Ei Lucas eu... Eh.... Oi gente — Lucca

 

Oi — Gustavo 

 

Eu pensei que você tinha ido dormir na Camilly — Lucas

 

E fui, mas voltei não ia ficar o dia inteiro lá — Lucca

 

Eu vou embora pra vocês conversarem — Gustavo

 

Tchau amor — Lucas

 

Eu e Lucca ficamos de olhos arregalados ao ouvir ele dizer isso e eu sai mas antes fui no outro quarto pegar minha roupa

 

Amor? — Lucca

 

Ué foi só um apelido nada demais — Lucas

 

Lucas você não precisa seguir esse plano de se aproximar dele tanto assim basta conseguir informações... — Lucca

 

Eu sei só estou "entrando no personagem" e eu não gosto dele foi só uma diversão nada demais — Lucas

 

Confesso que não ouvi quase nada do que eles falaram por causa da distância mas quando estava voltando para o outro quarto pegar o meu celular eu cheguei na hora que o Lucas disse "não e por que eu dormi com ele que eu gosto dele foi só uma diversão nada demais" aquilo fez o meu coração se quebrar em milhares de pedaços e Lucas me viu ali com os olhos arregalados e inchados segurando ás lágrimas 

 

Olha Gus desculpa não é o que você tá pensando eu disse aquilo por impulso...  — Lucas

 

Entendi, tchau Lucas — Gustavo

 

Não Gus espera — Lucas

 

Você não acha que já disse demais por hoje? Cala a boca — Gustavo

 

Abri o portão da casa dele já vestido Ainda usando o moletom dele e com meu celular, meus olhos estavam vermelhos e eu mal tinha começado a chorar e óbvio corri para casa da Camilly e disse para ela chamar Lua e Isa

 

Que bosta olha o que tu fez Lucca — Lucas

 

O que? Eu? Você fez a merda e eu que sou otário? Bem feito babaca a gora você pode se concentrar no plano — Lucca

 

Tá tá — Lucas

 

Fiquei ali com meu irmão muito irritado pela merda que eu tinha acabado de dizer minha vontade era correr atrás do Gus e beijar ele mas bom eu não podia o plano era mais importante, eu estava muito confuso sobre meus sentimentos em relação ao Gustavo más eu estava apenas mentindo para mim mesmo eu sentia algo só não queria admitir pois achava que essa vingança era mais importante

 

Bom o lugar de ontem da foto eu analisei o fundo fui até lá e achei restos de comida garrafa de água e a mesma foto que você viu do Gustavo ou seja ele pode estar de volta ao Brasil aqui em São Paulo — Lucca

 

E o que iremos fazer agora? — Lucas

 

Procurar rastros de onde ele tem andado, como ele está de volta ao Brasil ele pode ter ido ver o Gustavo ou Ainda vai ver então temos quer ficar atento a qualquer comportamento do menino — Lucca

 

Ok — Lucas

 

Estou pensando em um plano mais tarde te conto — Lucca 

 

Certo, mas só pra saber o que você fez ontem à noite? — Lucas

 

A só fiquei na casa da Camiz — Lucca

 

Sei... — Lucas

 

Tá nos transamos algumas vezes, e dormimos juntos — Lucca

 

Ah entendi — Lucas

 

Nada sério, mas eu acho mesmo que gosto dessa garota — Lucca

 

Nossa que raro você nunca disse isso sobre nenhuma menina e sempre o mesmo papo "ah só fiquei com ela, que venha a próxima da Fila" — Lucas

 

Essa é diferente — Lucca

 

(...)

 

A campainha da minha casa tocou eu fui até lá e encontrei o Gustavo chorando com os olhos incrivelmente inchados, se afogando em lágrimas 

 

O que foi gus? — Camilly 

 

Abracei ele fortemente ele também me abraçou

 

Podemos ir pro seu quarto? — Gustavo

 

Tá, mas agora me fala o que houve? — Camilly

 

Mais uma vez a campainha da minha casa tocou, era Isabela e Lua, tinha até me esquecido que havia chamado 

 

Eai o que foi? — Isa

 

O gus tá chorando lá no quarto, vamos — Camilly

 

O que foi ? — Lua

 

Camilly lembram-se de quando eu tava com dor de cabeça no dia restaurante e o Lucas me levou pra casa? — Gustavo

 

Aham — Camilly

 

Então nós acabamos ficando e dormimos juntos e quando acordei ele não estava lá então para de desculpar ele fez um jantar, nos divertimos na piscina ficamos e eu perdi minha virgindade — Gustavo

 

O QUE – Isabela, Lua ,Camilly

 

Tá deixa eu continuar, nos dormimos juntos foi tudo perfeito eu acordei ele trouxe café pra mim só que quando eu estava indo embora por que o Lucca havia chegado eu ouvi o Lucas dizer pro Lucca "não e por que eu dormi com ele que eu gosto dele foi só uma diversão nada demais" e eu sai de lá correndo e ele viu que eu ouvi... — Gustavo

 

Nossa, que escroto esse garoto — Lua

 

Calma talvez ele tenha dito isso por que o Lucca me disse que nenhum deles era de se apegar a ninguém talvez ele tenha dito isso por ter vergonha de dizer ao irmão que encontrou alguém pela qual se apaixonou... — Camilly

 

E como e que eu vou acreditar nisso, será mesmo que ele mudou? — Gustavo

 

Só porque ele já machucou alguém que irá te magoar também. As coisas mudam. Pessoas crescem. — Camilly

 

Então eu deveria mandar mensagem pra ele? — Gustavo

 

Não, espera ele mandar e se ele mandar responde — Camilly

 

Okay então — Gustavo

 

Os quatro se abraçaram, Isabela ficou apenas calada

 

Gente tenho que ir meu pai quer que eu vá em um jantar do escritório — Isabela

 

Mas é de manhã — Gustavo

 

E que eu vou fazer cabelo, maquiagem, unha e vai demorar acho melhor eu ir — Isabela

 

Ok, tchau — Gustavo

 

Isabela narrando:

 

Como o Lucas foi transar com esse menino, eu sempre fui apaixonada pro ele é ele disse que também gostava de mim, se o Lucas não vai ser meu ele não vai ser de ninguém, nos conhecemos quando eu me mudei para Rio de Janeiro ele disse ia ficar um tempo por lá namoramos por alguns meses, terminamos por causa do meu ciúme que ele achava possessivo, uma vez uma uma ex dele pediu para voltar com ele mas ele não aceitou deu abraço nela e um beijo na bochecha, eu fui atras dela e a matei a sangue frio, ele achou melhor terminamos por causa do meu ciúmes possessivo e das minhas atitudes psicopatas, eu achei certo fazer aquilo até hoje afinal ele é meu namorado e de mais ninguém, hoje ele acha que superei meu amor platônico por ele mais nunca passou agora que me envolvi nessa vingança dos dois para ficar mais próxima do Lucas, e eu vou fazer de tudo para voltar com ele. Eu precisava sair dali não conseguia ouvir o Gustavo dizendo que havia transado com o Lucas, precisa fazer algo e eu iria fazer.

 

(...)

 

Eram 16:00 da tarde quando apareceu uma notificação no meu celular eu ainda estava na casa de Camilly com Lua estávamos assistindo a Pretty Little liars 

 

E do Lucas — Gustavo

 

Responde ué — Lua

 

Lucas: podemos nos ver hoje? (16:01)

 

Gustavo: sim (16:02)

 

Lucas: me encontra no parque hoje as 17:30, precisamos conversar (16:02)

 

Gustavo: tudo bem, estarei lá (16:02)

 

Lucas: ótimos, beijos (16:02)

 

Você está se sentindo bem pra ir? — Lua

 

Tô sim, preciso falar com ele — Gustavo

 

(...)

 

Eu estava ali ás 17:31 da tarde ouvindo Wildest Dreams da Taylor Swift nos fones de ouvido olhando para um enorme rio que tinha em frente ao parque 

 

He's so tall, and handsome as hell

He's so bad but he does it so well

I can see the end as it begins my one condition is

 

Senti de repente uma mão na minha cintura e me virei para ver o que era ou melhor quem era, Era ele, Lucas estava lindo, seu cabelo estava caído dos lado ele usava um moletom preto, uma calça rasgada nos joelhos um tênis preto da adidas, e eu o vi com um colar meu

 

Você está com meu colar — Gustavo

 

É, você deixou ele na minha casa no dia que jantamos, e tivemos aquela noite incrível bom antes de eu falar aquela bobagem... e você está com meu casaco — Lucas

 

Eu não havia percebido que estava com ele amarrado na cintura e usei ele por acaso...

 

É — Gustavo 

 

Disse sem nem um pingo de animação estava machucado por dentro mais tentava não demonstrar, ele retirou da minha cintura colocou em mim

 

Eu quero ver você usando, fica bem melhor em você assim do que em mim — Lucas

 

Minhas bochechas ficaram vermelhas e ele olhou para mim e me beijou eu queria não quer mais não conseguia, e estava tudo tão lindo o por do sol as mais dele na minha cintura, o rio ao fundo e a música que eu estava ouvindo ajuda muito 

 

Say you'll remember me

Standing in a nice dress, staring at the sunset babe

Red lips and rosy cheeks

Say you'll see me again even if it's just in your wildest dreams (Ah ah)

Wildest dreams (Ah ah)

 

Ele parou o beijo e ia me beijar de novo mas eu o interrompi 

 

Olha nos precisamos conversar — Gustavo 

 

Tudo bem, claro — Lucas

 

Fomos até um banco bem próximo de nós, sentamos e antes de perguntar qualquer coisa a ele, Lucas começou a falar

 

Olha eu sei, que fui um idiota, sei que te tratei mal, e não vim exigir seu perdão por que o que eu falei foi horrível, mas eu não quero ficar mal com você, sim eu já fui de ficar com vários e várias em uma noite, nunca me apegar a ninguém, e eu não queria admitir naquele momento que eu estava gostando de você para o meu irmão, por que eu não queria ser fraco, mas se você puder me perdoar, eu juro que vou tentar ser melhor... — Lucas

 

Tudo bem, eu entendo, mas o que você disse não da para esquecer, me magoou muito — Gustavo

 

Eu sei, é eu não quero te ver magoado por que eu acho que eu estou gostando de você — Lucas

 

Eu arregalei os olhos sem acreditar no que tinha ouvido eu também gostava dele, embora fizesse apenas pouco tempo que estávamos ficando

 

Você não vai falar nada? — Lucas

 

E que eu estou um pouco surpreso — Gustavo

 

Por que? (risos) — Lucas

 

E que você nunca foi de se apegar a ninguém e logo comigo aconteceu isso — Gustavo

 

Aham, você foi a primeira pessoa que me mudou — Lucas

 

O celular de Lucas tocou e ele se distanciou para atender eu continue ali no banco do parque

 

Eai o que está acontecendo? — Lucca

 

Tudo conforme o planejado, vou namorar com ele, conseguir entrar na casa dele, ficar de olho nele, tudo conforme o planejado, tudo correndo bem — Gustavo

 

Ótimo — Lucca

 

Ele desligou e veio se sentar do meu lado, eu não podia negar que me sentia bem ao seu lado, o seu beijo, o seu abraço, tudo nele era perfeito 

 

Lucas narrando...

 

Quando o Lucas me disse hoje mais cedo sobre o plano dele eu não sabia bem o que era mais ele disse que eu iria ter que namorar o Gustavo e chamar ele hoje à tarde para me explicar com ele, eu sei que era errado pois ele era uma pessoa maravilhosa eu gostava dele, mas a minha sede de vingança Ainda estava dentro de mim não tinha como negar, mas eu fazia de tudo para não machuca-lo, eu iria seguir todo plano conforme foi combinado 

 

(...)

 

A campainha da minha casa tocou e fui até lá ver quem era afinal eu não esperava ninguém 

 

Quem .... Lucca? — Camilly

 

Oi, tava com saudade — Lucca

 

Ele me pegou no colo e me levou até o quarto e eu o interrompi 

 

Não podemos aqui, minha está no meu quarto — Camilly 

 

Na minha casa então? — Lucca

 

Não sei, talvez — Camilly

 

Ele me levou no colo até o carro, e fomos até sua casa, ele foi me abraçando o caminho inteiro, chegamos ele abriu o portão Lucas não estava, ele Ainda devia estar com o Gustavo

 

Para que você me trouxe aqui garoto? — Camilly

 

Pra isso — Lucca

 

Ele me botou no colo novamente me levando até sua cama

 

Não vamos transar — Camilly

 

Af, mais por que? — Lucca

 

Não tô afim (Risos) — Camilly

 

Quer ver um filme então? — Lucca

 

Pode ser — Camilly

 

Ele foi no outro quarto, buscar um dvd e seu celular estava do meu lado até um nome chamado "Isabela" estava na tela atendi

 

Alô? — Camilly

 

A chamada simplesmente caiu ele chegou bem na hora

 

O que você está fazendo com meu celular? — Lucca

 

Uma Isabela ligou aí atendi mais ninguém falou nada — Camilly

 

Respondi e ele respirou aliviado

 

A sim, deve ter caído o sinal — Lucca

 

É deve ter sido — Camilly

 

Ele colocou o filme e ficamos na cama sentados e abraçados, eu fiquei pensando sobre a tal Isabela sei que não existe uma única Isabela no mundo mas a pessoa simplesmente desligou ao ouvir minha voz é não a do Lucca, e também teve o que o Gus achou no computador deles, fiquei criando teorias mais resolvi tirá-las da cabeça...

 

Você está muito bonita hoje — Lucca

 

Você sendo fofo, e não querendo transar que estranho — Camilly

 

(Risos) Não pode ué? — Lucca

 

Pode sim — Camilly

 

Eu o beijei, ele era muito atencioso em nosso beijos sempre calmo, conduzindo, sua mão me abraçando, eu me sentia calma

 

(...)

 

Isabela narrando...

 

Eu me assustei ao ouvir a voz da Camilly o que ela estava fazendo com o celular dele? Eles estão saindo? Como assim? Enfim resolvi dar um volta pro aí para espairecer resolvi ir até o parque e não acreditei na cena que vi bem na minha frente estava Lucas e Gustavo sentados em um bando com Gustavo no colo dele, eu senti vontade de atirar na cara do Gustavo mas não iria fazer nada com ele por enquanto, já que não iria ter o Lucas pra mim ninguém iria ter e já que o Lucas não me quer também não vai ter ninguém de quem ele goste, machucar o Lucas seria fácil demais, teria que machucar alguém que ele goste: Gustavo

 


Notas Finais


🥀Música do capítulo: Wildest Dreams - Taylor Swift
🥀Favoritem e Comentem
🥀Falem comigo no Twitter: @ahobagustavo
🥀Mais de 100 views eu amo vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...