História Criminal Society - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Exibições 24
Palavras 769
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura :)

Capítulo 2 - Mas o que?


Caminhei correndo até a porta, tentei abrir a mesma, ela não abriu, puxei e empurrei com mais força, mas logo notei que estava trancada, eu não tinha o que fazer naquele momento, então apenas me sentei na cama, a espera de algo acontecer. Passou uns cinco minutos, até que ouço um barulho vindo da porta, virei minha cabeça rapidamente, logo a porta se abriu, a pessoa entrou e fechou a porta, pude ter uma visão perfeita da pessoa, e quando vi quem era meu coração acelerou e meu corpo estremeceu.

-Quem é você? E o que eu estou fazendo aqui? 

Era o garoto de cabelo vermelho, que me deu uma carona, eu não sabia o que aconteceria comigo depois, não saberia se sairia viva, ou o que aconteceria comigo a partir daquele momento. O garoto estava mexendo nas gavetas na cômoda, não consegui ver o que ele pegou, ou o que ele colocou ali dentre, minha face demonstrava medo, eu respirava fundo, e meu coração continuava a bater rápido, quando eu ia fazer minha pergunta de novo, o garoto respondeu:

-Me chamo Chanyeol, por enquanto você só precisa saber disso.

Ele se virou, e caminhou lentamente em minha direção, o mesmo segurou meu braço, ele não fez tanta força, ele me puxou até a porta, me empurrou para fora, e trancou a porta novamente, eu continuava a observar tudo ao redor, aquele lugar era horrível, me passou pela cabeça se ele já trouxe outras garotas para aquele lugar. Ele havia me levado para uma sala, quando adentro o lugar totalmente, vejo mais garotos, aparentemente havia mais 11 garotos lá, eu já não sentia mais nada, parecia que aquele momento seria me fim, mas eu não poderia pensar nisso sem ter certeza, o garoto de cabelo vermelho, vulgo Chanyeol me empurrou lentamente sentada no sofá, ficando de frente para os outros garotos, engoli o seco, e abaixei minha cabeça, mas logo Chanyeol sentou ao meu lado e  levantou minha cabeça com uma certa violência, voltei a ter a visão dos garotos, dois deles eu já tinha visto, eles também estavam na van, o silêncio permaneceu, até que Chanyeol se pronuncia: 

-Vamos garotos, se apresentem para ela!

Ele me olhava fixamente, o que me deixava mais sem reação ainda, eu não tinha coragem de mexer um músculo se quer, logo os garotos começaram a falar: 

-Me chamo Baekhyun.

[......]

Depois de um tempo, todos os garotos tinham se apresentado, eu respirei fundo, engoli o seco e decidi abrir minha boca para fazer uma pergunta: 

-E o que eu estou fazendo aqui? 

-Agora você é nossa, e terá que nós obedecer.

Sehun disse aquelas palavras calmamente, como se fosse algo normal, senti um frio na barriga e meu corpo gelar, passei minha língua entre meus lábios, eu saberia que não teria como sair ali, e por isso, nem iria tentar.

-Mas nós não iremos te machucar, okay? -Disse Junmyeon-

Aquelas palavras me aliviaram muito, isso era o que eu mais queria ouvir daqueles garotos, soltei um suspiro de alivio, e um pequeno sorriso se formou em meus lábios, mas logo se desmanchou quando lembrei que ainda estaria presa.

-E se você for uma boa garota, talvez deixamos você sair -Disse Chanyeol- 

Afirmei com a cabeça, Chanyeol se levantou, e me olhou, me levantei também, fiquei com a cabeça um tanto inclinada para frente 

-O que eu irei fazer para vocês? -Perguntei em um tom baixo, estava com medo da resposta deles, mas me arrisquei- 

-Somos muito procurados pela policia, você irá cuidar disso, não deixar nada acontecer com nós, e com você -Jongin me respondeu de um jeito calmo, parecia que ele não queria me assutar e me deixar calma- 

-Talvez você fará outras coisas também -Disse Kyungsoo com um pequeno sorriso em seu rosto, eu arregalei meus olhos, milhões de coisas se passaram pela minha cabeça-

Depois de toda essa conversa, Chanyeol me levou novamente ao meu quarto, acredite se quiser, já estava tarde, ele me colocou na cama, sentou na ponta da mesma, e disse: 

-Se precisar de alguma coisa, pode chamar um de nós, e nada de tentar fugir 

Afirmei positivamente, me cobri até o pescoço, ouvi o barulho da porta se fechar, Chanyeol provavelmente tinha se retirado do quarto, me virei de frente para parede, comecei a tentar pensar pelo lado bom, eles não pareciam ser tão maus assim, e eles disseram que não iriam me machucar, então talvez não seja tão ruim como parecia, o único problema era minha mãe, ela estava doente, e isso me deixa preocupada, mas prefiro pensar que está tudo bem com ela.


Notas Finais


Eu acho que eu vou pular uns meses no próximo capítulo, mas isso eu irei ver. Espero que vocês tenham gostado :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...