História Criminosos também amam - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Emeraude Toubia, Fifth Harmony, Justin Bieber, One Direction, Selena Gomez, Zayn Malik
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Emeraude Toubia, Harry Styles, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Normani Hamilton, Personagens Originais, Selena Gomez, Zayn Malik
Tags Camren, Drama, Jelena, Máfia, Zayn Malik
Exibições 322
Palavras 1.338
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá goxxxxxxxxtosasss tudo bom?
Então, como prometido eu vim postar mais um capítulo para vocês. 💙

Capítulo 3 - Camz um anjo em minha vida.


Povs Charlie

Eu não via aquele demônio a dois dias, e isso me deixava feliz. Pois eu estava aproveitando meus últimos dias de vida. Eu fedia como um porquinho pois eu não tomava banho desde o acontecimento lá em casa. Durante esse dois dias uma morena vinha me trazer comida, ela me parecia ser uma boa pessoa pois as vezes até conversava comigo.
-Oi. -Fui despertada de meus pensamentos pela morena que vinha me trazer comida.
-Olá. -Ela colocou a bandeja próxima ao meu corpo. -Obrigada.
-De nada. -Ela sorriu, e se sentou ao meu lado no chão. -Você precisa de um banho.
-É estou precisando. -Sorri com a boca cheia de comida. -Pode me dizer seu nome?
-Meu nome é...
-Ei, oque pensa que está fazendo? -A loira que estava com Zayn no dia que eu cheguei aqui entrou no quarto.
-Eu trouxe comida para ela. -A morena falou como se fosse óbvio.
-E quem mandou? Essa vadia tem que morrer de fome. -A garota se aproximou retirando a bandeja do meu lado. -Nunca mais desobedeça as ordens do Zazza.
-Que eu me lembre ele não proibiu de alimentá-la, apenas proibiu de deixar ela sair dessa casa. -A morena tomou a bandeja da mão da tal de Gigi e me entregou.
-Zayn está voltando, e não irá gostar de ver você de conversinha com essa vadia. Acho melhor desçer.
-Tudo bem Gigi, já estou indo. -A morena se virou para mim sorrindo. -Camila. -Piscou e saiu do quarto. A loira se aproximou de mim cheia de fúria.
-Zayn está voltando, e eu irei fazer de tudo para ele matar você logo. -Ela chutou o copo com suco que estava em cima da minha bandeja, e saiu pisando firme. Ela pisava tão forte que eu achava que o piso se quebraria em pedacinhos.
Oque eu havia feito para essa garota não gostar de mim? Ela me odiava sem eu ter feito nada e pior, ela não ia descansar enquanto Zayn não metesse tiros em minha cabeça. A porta foi aberta novamente e meu coração disparou. Mais era Camila novamente.
-Shiiu. -Ela colocou o dedo na boca em forma de silêncio. -Eu vim escondia da chata da Gigi. Trouxe roupas limpas e uma toalha para você tomar um banho.-Eu não acreditava que Camila me trouxe roupas escondidas. -Sorri em forma de agradecimento. Pelo jeito eu podia confiar nela, pois ela era boa.
-Vem vou te levar no banheiro do Zayn. -Arregalei meus olhos.
-Tá doida, Zayn vai me matar.
-Não se você não demorar. As meninas trancam seus quartos com chaves e nenhumas dela estão aqui, além de mim e a Gigi. Mais meu banheiro está com o chuveiro queimado, então terá que ser no de Zayn mesmo. -Assenti derrotada. Eu só não podia demorar, ia ser fácil. Zayn nem perceberia que eu estive ali. Camila me entregou as roupas e me mostrou qual era o quarto dele, eu entrei encostando a porta. Seu quarto era muito bem organizado, e tinha uma ótima decoração. Seu cheiro estava impregnado naquele local como se o próprio estivesse ali do meu lado. Rapidamente entrei em seu banheiro e uau! Era muito espaçoso e muito bem decorado também, de um lado havia uma banheira e do outro um chuveiro. Optei pelo chuveiro, vai que Zayn percebesse que alguém usou sua banheira. Deixei que aquela deliciosa água quente caísse pelo meu corpo me causando uma sensação maravilhosa. Usei um sabonete qual que estava junto com outros no suporte dele. Deixe que água molhasse todo o meu cabelo, fazendo o mesmo grudar em minhas costas, os Lavei com um shampoo que tinha o cheiro de Zayn. Desliguei o chuveiro quando percebi que havia acabado. Me enrolei na toalha que Camila havia me dado e só aí fui perceber que ela não havia me dado roupas. Quando ia sair pude ouvir vozes próximas ao quarto, senti meu coração acelerar e minhas pernas tremerem. A voz era de um homem, que só pude reconhecer quando o rapaz entrou no quarto. Puta que pariu, Era Zayn. Uma enorme vontade de chorar me invadiu por dentro, pois eu sabia que aquele era meu fim. Zayn me mataria. Respirei fundo acalmando minha respiração completamente acelerada. Coloquei a mão sobre minha boca impedindo qualquer som de sair. Zayn falava com alguém que eu não pude reconhecer a voz.
-Matou o Tom?
-Não, por incrível que pareça não foi ele. -Zayn quebrou algo no chão, pois os barulhos fizeram meus ouvidos doer.
-Mais como, tudo indicava ser ele.
-E você não acha que eu sei Louis? Mais não foi ele, foi um outro rapaz.Mais não se preocupe,  já mandei Niall e Liam cuidar dele.
-Menos mal, mais ele era de que gangue?
-Da do infeliz do Downey. -Como assim Downey, que Downey ele estava falando?
-Downey aquele que mora do lado da vadia que está aqui?
-O próprio. -Se antes meu coração batia forte, agora ele parecia uma escola de samba. Então Downey o namorado de Jenna mexia com essas coisas, ele era um traficante e Jenna corria perigo. Eu sempre desconfie dele, todas as vezes que ele chegava machucado ou quando saía por dias e não dava sinal de vida, fazendo Jenna morrer do coração.
-Mais vem cá, oque pretende fazer com Charlotte? -A voz do tal de Louis soou fazendo minhas pernas tremerem.
-Para ser sincero não sei.
-Espera, você não pretende fazer nada com ela?
-Eu não disse isso, não se preocupe eu vou castiga-la por ter se metido com quem não devia. -Pude sentir meu corpo se estremecer.
-Mais a coitada da moça não lhe fez nada. -Isso Louis bota na cabeça desse demônio que eu não tenho culpa de nada e que eu sou muito nova para morrer.
-Ela não, mais Tom sim! E eu quero descontar minha raiva naquela vadia.
-Ela é bem gostosa.
-Eu sei, ela nem parece ter 16 anos.
-Já fodeu ela?
-Não, quando eu estava prestes o idiota do Harry entrou no quarto avisando sobre a boate.
-Poxa cara, se fosse eu deixava a boate de lado e comia aquela baixinha gostosa.
-De hoje não passa, vou tomar um banho e vou ir no quarto dela. -Meu coração acelerou e eu me afastei da porta indo para trás de um vaso de planta enorme que Zayn tinha dentro do banheiro.
-Posso experimentar depois de você?
-Não sei, vou ver. Se você for um bom menino eu te deixo um restinho.
-Tudo bem, vou indo. Hoje é meu dia de cuidar da boate.
-Tudo bem, então vai lá. -Ouvi a porta abrir e se fechar logo em seguida. Droga Louis havia ido embora.
Os passos de Zayn se aproximavam do banheiro, eu estava tremendo. Minhas lágrimas já estavam caindo e me fazendo se arrepender de ter aceitado a vim tomar banho aqui.
Quando ouvi a maçaneta se girar....
-ZAYN, NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO.
-Camila? Oque faz aqui? -Zayn havia aberto um pouco a porta, apenas uma brecha, por sorte ele não tinha me visto.
-Você precisa vir comigo a Gigi tá passando mal.
-E eu com isso? Quero que aquela vadia morra. -Zayn ia entrar quando Camila parou em sua frente impedindo sua passagem.
-Ela não quer abrir a porta, só disse que abriria se você for lá ver ela.
-Tá, mais deixa eu só tomar um banho antes.
-Não Zayn, tem que ser agora. Vem comigo. -Camila saiu do quarto puxando Zayn pela mão. Suspirei aliviada, graças a deus e Camila eu estava salva daquele demônio. Sem pensar duas vezes sai daquele banheiro as pressas, quando eu ia sair do quarto dele acabei esbarrando em um porta retrato dele com umas pessoas. Julguei ser sua família. O quatro caiu, fazendo um enorme barulho e se quebrando em pedacinhos no chão.
Deixei o quadro do jeito que estava, Abri a porta com cuidado e sai correndo para o meu quartinho, fechei a porta e escorreguei pela porta caindo sentada de bunda no chão. E novamente eu estava salva daquele demônio, só não sabia por quanto tempo.


Notas Finais


Eita lelê, Zazza quase pega a Charlie com a boca na botija. 😂 Essa menina perdeu uma família mais ganhou um anjo a Camz. 💙
Ah a Gigi está uma vaca 😒😒
PS: nada contra ela, em gente. 😂
E que babado Downey é traficante, puta que pariu, fudeu a porra toda.😂😂😂😱😀
Obrigado por lerem, e comentarem. Fico muito agradecida de verdade. Milhões de beijos minhas goxxxxxxxxtosasss. 💙😘😘😘
Amanhã tem capítulo novo, em...fiquem com deus. 😘😇


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...