História Cronicas d1 Sobrevivente - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Zumbis
Exibições 2
Palavras 859
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Luta, Romance e Novela, Survival, Terror e Horror
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 13 - Dia 10



Nossos planos foram atrasados alguns dias para o Jonny se recuperar, mas tudo bem. Afinal, o Matt está conosco e aqui é calmo. Ainda estou preocupado com as meninas, nós ligamos para elas todos os dias e nunca elas nos responderam. A luz ainda funciona, que bom que os guris botaram painéis aqui depois de eu encher eles tanto. A água parou de ser bombeada, agora as coisas vão feder...
A rotina tem sido: acordar, cozinhar, trocar ataduras, patrulhar e dormir. Eu e o Joe voltamos a nos falar logo depois da briga...claro que quando eu voltei a respirar decentemente eu chutei ele com toda força. Nem reagiu, sabia que merecia.
Nos dias que seguiram a infecção eu fiz anotações de tudo que podia. Amplitude da febre, suor, onde doía, inchaços, cheiros. Toda a parte escatológica sobrou para mim. Durante uns 2 dias ele teve convulsões à noite e por uns três a febre parecia que mataria ele. No quarto a febre baixou e anteontem ele já podia tomar banho sozinho. A ferida no braço emanava um fedor horrível, sorte minha por ter rinite. Ainda é difícil mexer a mão em todas as direções pela localização da mordida (os movimentos laterais, cima-baixo, abre e fecha da mão são feitos pelos músculos do antebraço). Estranhamente, Jonny levantou extremamente disposto hoje....e me acordou logo depois para supervisioná-lo......filho da puta. Saiu para correr no quintal, fez abdominais, katis, só pegou leve com os socos e não fez apoios...
- Pra quem tava morrendo a uma semana ele ta bem pra caralho né? – Matt.
- Eu não entendo, tudo que eu li diz que as transformações demoram no máximo três dias, e em todos eles o sujeito passa mal as 72 horas. A única possibilidade é... – Rogue
- Meninos, venham cá!! – Nat
Nós dois levantamos da varanda enquanto o Jonny chutava o ar, ainda com os fones.
- Que foi? – Eu disse ao entrar na cozinha e ver Nat sentada à mesa com Joe.
- Eu acho que agora é uma boa hora pra gente discutir o que vamos fazer. O Jonny até já está fazendo exercício de novo.
- Eu queria saber sobre aquela estória sobre o Humvee...quando que a gente pode ir pegar ele? – O Joe não para de pensar no brinquedinho dele.
- E eu queria aprender a usar uma das armas que o Matt trouxe.
- Por mim tanto faz desde que tenha comida e eu não morra.
- Por que ta todo mundo perguntando pra mim??? – Eles se entre olharam.
- Tu é o mais calmo e sério de nós. Também o único que sempre se manteve atualizado sobre tudo a ver com zumbis. Meio lógico que tu lidere, não? – Disse o Joe
- Uau, promovido de brokiller a líder...
- Já pedi desculpa...
- Tá, Matt, você sabe atirar com tudo isso?
- Bem não, mas saber eu sei.
- Joe, pensa em tudo que possa acontecer com um carro que passa parado por quase um mês, esteja preparado pra lidar com isso na hora.
- Feito.
- E Nat, bom...
- Que foi? Eu sou inútil por não ter uma habilidade prática pro fim do mundo?
- Não é isso, é só que neles eu to acostumado a mandar....vai aprender com o Matt como se atira. Além disso, eu quero que todo mundo aqui escreva uma ficha de rpg, os heróis são vocês.
- Como assim? Bebeu água da placenta quando nasceu?
- Eu preciso saber exatamente com o que eu tenho que planejar se nós vamos fazer essa “campanha”. Quantas barras vocês fazem, quantos segundo para correr 100m, quanto tempo conseguem correr e a qual velocidade, habilidades especiais, e psique.
    - Malz ae o retardo, mas eu boto o que em psique? – Matt
   - Se assusta fácil? Desiste facilmente quanto se frustra? Tendência a depressão, PMD, TOC e neuras afins. Escrevam algo assim, bem organizado numa folha e me entreguem. Também quero saber: Alergias, doenças de família e tipo sanguíneo.
    - Exame de urina dos avós por médium juramentada não quer não? – Joe
    - A cor da minha calcinha no dia da missão?
    Os outros dois se olharam, sorriram, viraram pra mim e começaram a rir...
    - A guria já te conhece mano. Te fudeu!!! – Matt
    - Vão se fuder. – Eu disse. A Nat olhou para mim, ficou vermelha e baixou a cabeça com os punhos no colo quando percebeu a besteira que tinha falado.  Então saiu correndo escada acima

 

 

TUMP! – Um baque do lado de fora. Pulei pela porta. Jonny estava no chão com um galho enorme em cima dele.
    - Velho, tu ta legal? – Disse o Matt.
    - To, eu tava fazendo barra na goiabeira dae o galho quebro.
Fui tentar levantar o galho, não consegui, devia pesar uns 100 kg, sorte que a parte em cima dele era convexa, senão teria quebrado umas costelas.
    - Me dêem uma mão aqui? – O Matt saiu correndo para dentro de casa e o Joe veio ajudar. Quando nós conseguimos levantar o galho e o Jonny estava rastejando de costas para sair de baixo, chega o Matt, sorrindo, com um mamão.
    - Tá de sacanagem né?
 


Notas Finais


Foi mal pessoas, tava olhando apartamento ontem o dia todo e esqueci de postar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...