História Crônicas Uchihas - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~Sakurai89

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Juugo, Karin, Kisame Hoshigaki, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shion, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Gaaino, Itasaku, Naruhina, Naruto, Nejiten, Saiino, Sasusaku, Shikatema, Suika
Visualizações 168
Palavras 3.671
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Bishoujo, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yoo,

Sejam bem vindos à Crônicas de um Uchiha, logo a baixo seja a sinopse da história "Bebendo com Sasuke Uchiha", espero que se divirtam com o Sasuke Narrando. Sem mais enrolações...

SINOPSE:

Vocês já conhece o Sasuke Uchiha.
O Dono de uma beleza incomparável, frio, calado, vive na dele, antissocial, rei do "huns", dono de um Sex Appeau enorme, um homem misterioso, esse Sasuke é o que fica no seu exterior, é o que ele escolheu mostrar a todos ao seu redor, por que? Simples, após a suposta traição "que ele sofreu através de Itachi", ele escolheu ser assim, por medo de ser ferido, abandonado e de ficar só.

Porém, hoje vocês irão descobrir um outro Sasuke, o falador, gentil, engraçado, risonho, amoroso, também dotado de um sex appeal enorme, que também é antissocial,que irá mostrar esse seu lado apenas á uma única pessoa, a sua querida e amada esposa Sakura Uchiha, um Sasuke que fica escondido em seu interior, onde ninguém suspeitava que exista.

Mas por causa de um convite inesperado, Sakura ira conhecer-lo de uma maneira curiosa...

Ficaram curiosos para saber mais de mim? Sim? Que bom, então venha dar uma lida em:

Bebendo com Sasuke Uchiha...

Capítulo 1 - Bebendo com Sasuke Uchiha


Fanfic / Fanfiction Crônicas Uchihas - Capítulo 1 - Bebendo com Sasuke Uchiha

Bebendo com Sasuke Uchiha

 


―Meu kami! Onde eu fui me meter... - acordei no banco duro, me sentei olhando tudo ao redor, aí que percebi que era o mesmo banco que havia deixado Sakura anos atrás, há abandonando para seguir aquela vingança tola.
―Falando nela... onde é que Sakura está? - passei os lábios na boca sentindo o gosto amargo, levantei me espreguiçando.
Se voce não está entendendo permita- me que eu explique...
Tudo começou quando Naruto teve a maldita idéia de irmos no novo bar que iria inaugurar ontem, essa foi uma das suas piores idéias, ja que isso me rendeu muitas dores de cabeça, uma Sakura furiosa e desaparecida, uma Hinata louca da vida, Temari triste e também furiosa e Ino uma união de todas elas em uma só, traduzindo... virou ela evoluiu de demônio ao próprio capiroto com TPM.
Mas antes de falar da minha atual desgraça, iremos voltar mas ao início, quando o tchubaca loiro, fez o tal convite dos infernos para o vulgo bar.
"―Ei teme! -la vem o Naruto me infernizar mal o dia se iniciou.
―TEMEEE! - o maldito não satisfeito gritou e eu continuei a ignorar
―Sasuke teme idiota, espera ai! -
pelo visto ele não vai deisitir, que droga!
―Teme, você não estava me ouvindo? - Questionou assim que se aproximou "infelizmente eu estava"
―Não.
Ah certo, eu quero convidar você e a Sakura-chan para sairmos hoje à noite, sem as crianças só os adultos.- Será que existe uma chance dele me deixar em paz? Será? Creio que não, porém irei tentar mesmo assim, resolvi ignorar a pergunta e voltei a andar, por um instante fui invadido por uma sensaçao maravilhosa de êxito, ah.... como eu era iludido...
― Ei teme, você vai né? - Ele continuou a azucrinar minha paciência.
― Hum. - Realmente, como pude acreditar que ele me deixaria escapar assim? Ainda poderia simplesmente não ir, não é como se ele fosse me buscar em casa, mais como Itachi costumava dizer... eu era um tolo mesmo, por pensar que poderia me livrar desta praga loira tão facilmente assim.
― A Sakura-chan vai adorar, Hinata deve estar falando com ela agora mesmo. - Viu como eu me iludo? Se falou com a Sakura ela irá, com certeza absoluta ela irá me convencer a ir, por que de uma maneira que ainda não descobri, ela sempre conseguia as coisas de mim, sempre, mesmo que fosse algo impossível, ela sempre conseguia... Que mulher meu Kami, que mulher..., parei meus pensamentos sentindo Naruto me cumular.
―Hum.
― Isso é um sim?
― Talvez. -Um Talvez é melhor que falar que iria mesmo, por afinal das contas, a Sakura iria me arrastar mesmo, então era melhor eu adiantar as coisas.
― Onde vamos?
― Ao novo bar que abriu, irá inaugurar hoje. -Bar? Que é Isso? Eu por um acaso tenho cara de quem vai um bar?
― Hum...
― Até as sete! Não se atrase!.-Essa era a merda de se ter alguém como o Naruto por perto, não se dizia não à ele.
―Agora eu preciso ir, a Oba-chan ela quer me ver, ah o shikamaru e a Temari, Ino e Sai, O Neji e a Tenten, vão também.

-Após ele terminar de falar fiquei parado, tentando processar o que de errado eu tinha feito para merecer tudo Isso em minha vida, por que, com tantas pessoas por ai para serem infernizadas por idiotas loiros, porque sempre acaba sendo eu o escolhido? É Isso que me pergunto sempre.
E enquanto eu me questionava sobre a existência da peste loira, encontro com a minha esposa indo para o lado oposto o meu...Minha esposa... Era meio, sei lá, como devo dizer... Era diferente me referir a ela assim, mesmo nós tendo uma filha juntos, eu ainda estou me acostumado com esta palavra.
―Ah, Sasuke-kun, você já encontrou com o Naruto? -Me perguntou vi seu rosto corar no momento em que a encarei, Isso também era estranho, mesmo após anos juntos, ela ainda corava com o meu olhar sobre ela, Isso de certa forma era bom, quer dizer...eu acho, eu não sei como definir o que eu sinto quando a vejo assim.
― Sim.
― Então ele já lhe disse que vamos ao Ichiraku bar? ―-Viu o que eu falava? Existe duas certezas nesta frase dita pela minha mulher, não viram? Vejam... A primeira de que eu irei junto com ela ao bar e segundo que Isso só poderia ser ideia do Naruto, ichiraku bar? Sério mesmo? Ele já quis ir ao ichiraku doces, Ichiraku lamens, Ichiraku lanche e cia, daqui a pouco vai querer ir no ichiraku materiais de construção, eletrodomésticos e sabe lá mais o que com esse nome idiota.
― Vamos? -A questionei, mesmo já sabendo da resposta.
― Oh, me desculpe Sasuke-kun, pensei que quisesse, eu disse que íamos, eu não queria te atrapalhar mais, me desculpe. -Ela disse abaixando a cabeça ainda corada por meu olhar sério sobre ela, mas como não olha-la? Sakura sempre foi dona de um beleza incomparável, desde a primeira vez que a vi, eu achei que ela era exatamente como o seu nome dizia, uma bela flor de Sakura, até mesmo a cor de seus cabelos combinam com seu nome.
― Não se preocupe eu disse à ele que vamos. -Agora sei como ela faz, sempre quando ela fala desta forma, eu simplesmente não consigo dizer não, sinto como se ao dizer essas três letras eu a quebraria em pedaços, e não sei o porquê, mas não posso suportar a ideia de que Isso aconteça.
― Ah, que bom Sasuke-kun! Eu preciso ir então, preciso resolver o que irei vestir. -Disse levantando o olhar para mim pela primeira vez durante a conversa me deixando apreciar seus olhos verdes, seu olhar era tímido, porém dava para ver o quanto ela estava feliz por irmos juntos, o que me deixou satisfeito. Talvez eu possa dizer que para vê-lá assim, eu possa suportar as aquelas pragas por alguns momentos.
― Certo, preciso ir. -Disse voltando a caminhar.
― Tudo bem, eu vou estar esperando em casa.
― Hum -Me despedi dela, eu ate queria ter lhe dado um beijo, porém achei que seria estranho fazer Isso, talvez em outra ocasião eu o faça.
Continuei meu caminho, que foi miseravelmente impedido pela inconveniência do Naruto em não perceber que eu o ignorava, eu estava indo ao antigo distrito Uchiha, por que? Oras, eu queria ver como ele estava, afinal eu havia mandado reforma-lo para que assim que pudéssemos, eu, Sakura e a Sarada mudarmos para o local.
Ao chegar, me deparei com mais alguns seres inconvenientes, escuto até dizer piores do que o Naruto, se é que Isso pode ser possivel...
― Bom dia Sasuke. -Disse Karin, com a expectativa que lhe respondesse, humo! Como se isso fosse possível, será que ela assim como os outros, não entendiam que apenas dizer "hum" e já estava bom e respondia.
― Hum. -Preciso manter meu comportamento misterioso, afinal se eu for legal e cordial com todos, não largariam mais do meu pé, se eu já sendo assim, eles não largam, imagina se eu não fosse e depois acabava com o mistério Uchiha, o que condiz respostas curtas.
― A Sakura me disse que vocês vão ao novo bar hoje a noite... -Sakura e sua boca enorme, linda e gostosa boca enorme! Sabia que sempre podia piorar... ― Então, eu e o Sui vamos também! Não é legal?


"Santo pai! Onde foi que eu errei? Sera que o universo me odeia? Talvez por eu ser tudo de bom, eu devo atrai as coisas ruins! Isso! Tá explicado!" Pensei olhando para Karin seriamente " Isso que deu Dona Mikoto, e Senhor Fugaku fazer um filho tão gostoso como eu! Eu bem que podia ter um defeito pra equilibrar, mas não! Eu tinha que ser perfeito! Aff's que Saco!" Terminei meus pensamentos respondendo a ruiva.
― Hum.
― Você só sabe dizer Isso? - Como ela advinhou? Que menina esperta ela hein?
― Até parece que não quer ir, e não quer a nossa companhia... -Que Isso? Imagina mulher!


Depois de reclamar como uma gralha que é, eu fiz o que eu sempre faço, ignorei, e segui meu caminho.
Ao chegar no distrito, quase não acreditei, estava tudo organizado e lindo! do jeito que eu imaginava que era na infância... A diferença que não tinha mais os muros que nos dividia da vila, agora o distrito era aberto a todos. E também, eu liberei umas casas para alugar para os moradores, pois muitas pessoas ficaram sem ter pra onde ir após a guerra, agora eles teriam um canto pra ficar e recomeçar as suas vidas assim como eu tive a chance de fazer.


Por falar em chance, devo muito a Sakura nesse aspecto, ela que sempre me amou, me deu mais uma chance de ser feliz, e de ter uma família, se eu fosse inteligente mesmo, eu deveria ter aceitado quando ela se ofereceu anos atrás para ficar ao meu lado e me fazer feliz, ela realmente não estava mentindo, por que depois que eu fiquei junto dela, eu nunca senti essa sensação de felicidade em toda minha vida, meus dias ao seu lado só eram momentos de alegrias e surpresas, e até uma linda filha ela me deu, a Sakura sempre foi incrível.


Porém, mesmo ela me fazendo tão bem, não acho que eu a faça bem, não sou carinhoso com ela, tanto quanto ela é comigo, gostaria até de demonstrar quem eu sou por dentro à ela, mas tenho medo, medo de ser rejeitado, de ser traído novamente, medo de que dessa forma ela enjoe de mim.


Por que eu acho que ela até gosta desse meu eu exterior, se não gostasse, não estaria do meu lado, não é?
― Bom dia Uchiha-sama.
― Hum, quando terminará a reforma da mansão, Tazuna? -Perguntei ao construtor, eu estava ansioso para que a reforma terminasse logo, não via a hora de ir morar com as duas mulheres de minha vida.
― Até o final de semana, fica pronto.
― Obrigado, Tazuna.  - Finalmente alguma coisa dando certo no meu dia! Aleluia! Agora vou atrás da Sarada, e ver o que ela está aprontando, com certeza ela deve tá com o moleque do Uzumaki, oh meu Kami! não posso deixar meu tesouro com aquela cópia estranha do Naruto.
É claro que por fora, eu aparento nem ligar, mas isso é só pra manter o meu sex appeal Uchiha, de que não tô nem ai pra nada, mas no fundo eu to sim. Procurei aquela criança por toda a vila e não encontrei, só encontrei quem eu não queria ver nem de longe, tipo...
― Olá Sasuke-kun. -Disse uma loira escandalosa como o Naruto, essa deveria ser uma das irmãs perdida dele, só pode, vai ser igual assim longe de mim.
―Hum. -Ela me olhou corando, olha ai o sex appeal funcionando!
― Você sabe se a Sakura está em casa?
― Sim
― Sim o quê? Não sou advinha rapaz! -Mas bem que podia ser, assim eu não teria que ficar aqui gastando minha saliva atoa.
― Sim, ela esta. -Que irrirante!
― Obrigada! Vamos meninas.

Meninas? Ah! Agora que reparei que ela não estava só, tinha a Hinata, que graças a kami, não me enchia o saco como os outros, abençoados sejam os Hyuugas! Tinha também a Temari, Que de certa forma não me enchia também! Obrigado kami! menos uma! Tinha a Tenten, que falava as vezes comigo, mas não era assim tão desagradável, elas até que resistiam bem ao meu Sex Appeal.
Pelo visto elas vão se arrumar em minha residência, ou seja eu nem vou dar as cara por lá, não entendo por que as mulheres tem que se arrumar em grupo, ir ao banheiro em grupo, TPM em grupo (Kami que me livre!), comer em grupo, tomar banho em grupo, ter filhos em grupo, e sabe se lá mais o que elas vão querer fazer em grupo.
Resolvi ir ao antigo campo de treinamento, vai ser bom treinar um pouco...
Depois de algumas horas, eu já queria voltar pra casa, e tomara que não tenha ninguém além da Sakura.
― SASUKEE! -Senhooorrrr! nem mal pisei em casa, e dou de cara com a aberração loira! O que é Isso! não terei mais paz nem aqui? Espera! Ele não estava sozinho!
― E ai Sasuke. -Disse a lombriga albina que tentou me substituir no time sete, rá! Como se fosse possível, ele nunca teria um sex appeal, lindeza, inteligência, talento, habilidades pra Isso.
― Sasuke. -Disse Neji e shikamaru com aceno de cabeça, que ao meu ver nem queriam estar ali, e eu os entendo por Isso.
― Sasukeee! -Disse Suigetsu, que era uma aberração idêntica ao Naruto.
― Por que não esta pronto? Você não vai? ― Perguntou Naruto. Bem que eu não queria ir, mas se eu não for a Sakura vai se chatear, e eu não quero isso e por falar nela...
― Sakura, onde está?
― AH! A Sakura-chan, disse para lhe entregar este bilhete. ― Disse Naruto, a anta escandalosa...
― Hum.
No bilhete estava escrito... "SASUKE-KUN, DESCULPE POR NÃO LHE ESPERAR, AS MENINAS INSISTIRAM PARA QUE FOSSEMOS NA FRENTE, ENQUANTO OS MENINOS O ESPERASSEM PARA IREM JUNTO, ESTOU ANSIOSA LHE AGUARDANDO, NÃO DEMORE...
SAKURA."
Que droga, agora ao invés de ter a companhia da minha mulher, vou ter a desses homens, droga.
―Vamos Sasuke, vá se arrumar, senão vamos nos atrasar. -Naruto mal havia terminado de falar, e eu ja estava em meu quarto, é melhor eu tomar um banho e me arrumar logo, antes que a praga loira viesse ele mesmo me arrumar, o que vindo dele, não seria surpresa alguma.
Após me arrumar, fomos caminhando até o tal bar, que Naruto insistia em dizer que seria o melhor, e ele só dizia Isso por que levava o nome de Ichiraku, tenho certeza!
Ao chegar la, tentei procurar a Sakura com o olhar, porém falhando miseravelmente, aquilo estava cheio de gente, sinto que vou surtar em meio a tanta gente, nunca fui capaz de entender como as pessoas podiam ficar assim, tão perto uma da outra.
― Sasuke-kun! Aqui! -Ouvi a voz da Sakura, mas quando eu me virei em direção ao som, quase tive uma parada cardíaca, vulgo enfarte!
Aquela era a Sakura?! A minha Sakura? Céus! Ela estava mais do que linda, por que linda ela já era, ela estava uma deusa!
Ela veio em minha direção, e quando o fez, muitas pessoas viraram para olha-la, o que eu odiei, mas Isso não vem ao caso agora, eu nunca tinha visto a Sakura tão sexy como hoje, ela estava tão linda, que até doía.
― Achei que você não viria. -Ela me disse sorrindo corada, céus ela ainda podia ficar mais linda?
― Hm, eu vim. -Ela sorriu, cara como eu sou idiota, que coisa mais inteligente eu fui dizer... "Eu vim." Claro que eu vim, que imbecil eu sou, ao invés de dizer o quanto ela estava linda, eu falo Isso.
Falando nisso desde que estou junto dela, acho que nunca a elogiei, ela deve me achar um idiota, na verdade eu me acho um idiota, não sei como ela pode ainda me amar.
― Vamos sentar, ou vocês dois vão ficar ai? -Ino e sua inconveniência...
―Sim, claro. ―Disse Sakura toda sem jeito.
Na mesa em que sentamos, estavam: Ino e Sai, Neji e Tenten, Naruto e Hinata, e Shikamaru e Temari, eu não vi a karin em lugar algum, e quando eu foi perceber, o Suigetsu havia sumido.
Naruto fez um pedido, mal havíamos chegado, e Naruto já estava comendo...
― Então o que vamos beber...Aqui tem de tudo, nunca vi tantos tipos de bebidas assim...
― Como você sabe que são todas bebidas Ino?
― Por que eu já bebi algumas delas Tenten, por exemplo essa, Floresta negra, é uma das mais leves que tem, ela vai coca e vodca...
― E essa aqui? Esquenta xere, o que é xere?
― Essa Tenten, é esquenta xereca, mais povo abreviou para não virar feio na hora de pedir. -HEIN!? Céus! Onde eu fui me meter?! Esquenta xereca? Que porra é essa?
― E essa, levanta o pi?
― Essa ai Sakura, é irma da esquenta xere, levanta o pin―
― Tá, tá! eu ja entendi Ino! não precisa terminar. -Sakura tava mais vermelha que um pimentão! Mas eu a entendo, que espécie de bar era esse, que tipo de nome é esse que se da á bebidas?
―Já escolheram o que vão beber? ―Do nada surgiu um garçon para me causar um enfarte! Filho do capito! Pra que aparecer do nada assim? Tá louco tio?! Ainda bem que com o Sex appleal que eu tenho, ninguém se quer notou, ufa!
―Eu vou querer um refrigerante. -Disse Hinata.
―Eu também! -E em seguida, foi a Sakura.
―Nada disso! Nós viemos aqui para encher a cara! Pode trazer pra elas um esquenta xere! -Sinto que Isso não vai prestar, e vai sobra pra mim...
―Eu quero floreta negra! . -Pediu a Temari e Tenten.
― Isso vale pra vocês também! -Todas nós vamos beber o esquenta xere.
As meninas até tentaram fazer outros pedidos, porém com Ino não se discutia, parece a3te um Naruto da vida.
― E para os meninos, manda um levanta pi. -Essa mulher é um demônio? Pra que Isso gente? Eu nem queria estar aqui, quanto mais beber esse trem, que nem sei que efeito vai ter sobre mim.
Todos nós recusamos a bebidas, mas como se não bastasse a Ino enchendo o saco... depois de uma hora infernal naquele bar... O Naruto se juntou á ela, depois que bebeu três copos de levanta pi.
―Bebeee temeeee. ―Ele dizia entre soluços. ― É uma delicia... você vai amar, vaaaiiii hehehehe.
Naruto já era difícil de se suportar sóbrio, imagina bêbado, e nesse engataram Neji, Shikamaru , por que a essa altura Ino e Temari, já estavam loucas, Hinata e Tenten por insistência das duas estavam no mesmo caminho, já Sakura estava firme.
Ao observa―la melhor, percebi varias coisas que antes eu não havia notado, enquanto ela discretamente ria das palhaças da Ino com Naruto, viu quando ela se importava em ser uma boa esposa, ela sempre estava pensando em mim, o que eu gostava, o que eu não gostava, tudo, ela sabia mais sobre mim do que eu mesmo, e o fato de que ela não estava bebendo era um dos indícios.
Ela provavelmente, não queria se exceder e causar vergonha para mim, por que ela sabia o como eu era discreto, e Isso me incomodou, por que ela queria se divertir, mas por pensar tanto em mim, ela estava se esquecendo dela.
Eu precisava fazer alguma coisa, eu precisava fazer Isso por ela, ela que fez tanto por mim.
―Sakura. -A chamei, meio sem jeito ela me olhou, justo quando ela ria de Tenten que Dançava feita uma macaca no cio no colo de Neji, que por sua vez parecia um chimpanzé.
― Sim, Sasuke-kun? -Ela estava me olhando com expectativa, na verdade, ela sempre me olhou assim, eu é quem nunca viu.
― Hum, é, você quer que eu vá pegar uma bebida pra você? ―Pronto falei, acho que ela nunca me ouviu falar tanto, e talvez seja por Isso que ela está me encarando agora, com seus olhos arregalados.
― Sakura? ―A chamei novamente.
― Ah! desculpe, eu e―eu quero s―sim. ―A coitada ate gaguejou, devo ser péssimo.
―Já volto.
E la vai eu no meio daquelas lombrigas no período de reprodução, vou te falar viu, esse povo não sabe dançar não hein, cruzis! Cadê a elegância, cadê a sensualidade, cadê o controle próprio do seu corpo, cadê o amor próprio queridos? Acho que eles não tem ossos, por que rebolar assim não da não.
Enfim cheguei no balcão do bar e pedi a mesma bebida que aquelas doidas estão bebendo para a Sakura, e a mesma dos outros caras pra mim.
―Quero a mesma bebidas que elas estão bebendo. -Pedi ao Barman, que me olhou estranho.
―Aqui esta senhor, a "Rebola lombriga" e "mexe a raba". ―Mas que espécie de nomes são esses? Seja lá quem for que dê esses nomes as bebidas, tinha que ser demitido, que nomes mais chulos, credo. Sem contar que elas 8 estavam bebendo quase todas as bebidas do cardápio, o teor alcoólico vai vim cedo hoje hein meu povo...
Ao chegar a Mesa em qual a Sakura estava, notei que a Ino havia acabado de dizer algo a Sakura, pois ela estava roxa, aposto que foi alguma safadeza, ao me ver Ino se afastou, Aleluia, que mulher chata, eu hein.
―Aqui esta Sakura.
―Obrigada, Sasuke-kun.
Ao me sentar para beber, eu cometi meu primeiro erro, o que me levaria a outros, eu havia gostado da bebida "Mexe a raba", ela era muito saborosa.
Quando me virei para Sakura, ela ja havia terminado a dela, o que me surpreendeu, ela realmente estava se segurando por mim, que linda.
Depois que terminei de beber a minha em um gole, me ofereci novamente para pegar mais bebidas para nós, o que provavelmente espantou a Sakura, por ela ficou me olhando muito estranho, enfim, fiz os pedidos, dessa vez eu pedi três de cada dessa vez, eu que não vou ficar dando um de garçom, não vamos abusar da minha boa vontade em agradar a Sakura não é mesmo?
Mas sabem, o ruim de uma bebida, é que se ela for deliciosa, como as que eu e a Sakura estávamos tomando, era que você bebia várias sem perceber, e quando notava, já estava embriagados, ou seja já era tarde demais, pois Isso ja não importava mais, e era nessa situação que eu e Sakura se encontrava, bom eu nem tanto, já que eu tinha aparentemente uma tolerância, mais a Sakura, essa ai, já estava doidona... E foi ai que as merdas começaram" ...

 

 


Notas Finais


yoo

Eai Pople! O que acharam? gostaram? estou ansiosa para saber o que vocês acham... Bom, Nos vemos nos comentários kkk e próximo capitulo... Beijosssss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...