História Crônicas Solitárias


Escrita por: ~


Sinopse:
Sempre acreditei que as pessoas tivessem muito medo de sentir: rir chorar, sorrir. Entretanto, elas não entendem que é isto que nos faz humanos. Não há problema em sentir, não há problema em demonstrar.
Aqui, em Crônicas Solitárias, você lerá diversas histórias sem conexão entre si, todas feitas para sentir. Você terá a chance de sentir o conforto, o cheiro da chuva, o amor, ódio, felicidade e tristeza. Eu lhe ofereço uma viagem ao universo, basta ler.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 2.466
Favoritos 54
Comentários 145
Listas de Leitura 0
Palavras 8.345
Terminada Sim
Categorias Originais

Fanfic / Fanfiction Crônicas Solitárias
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Fluffy, Lírica, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Ônibus
1
154
160
 
2.
Anatomia Humana
5
111
137
 
3.
Aborto Masculino
3
93
74
 
4.
Amar
2
92
220
 
5.
Chuva
5
85
240
 
6.
Querida eu
3
80
246
 
7.
Silêncio
3
67
36
 
8.
Vida Curta
0
60
67
 
9.
Quebrar o Silêncio
2
63
211
 
10.
Perdida
3
57
51
 
11.
O Branco Colorido
1
62
143
 
12.
Morte Silenciosa
4
61
180
 
13.
Ao Contrário
3
62
50
 
14.
Companhia em Palavras
2
57
100
 
15.
Alguém para Amar
4
64
32
 
16.
Moça Temperada
3
64
103
 
17.
Vida no Céu
4
57
212
 
18.
Fundo Do Oceano
3
54
241
 
19.
Bate, Bate Coração
2
44
53
 
20.
Uma Noite Chuvosa
3
42
314
 
21.
O Mal Dentro de Mim
4
43
330
 
22.
Cicatrizes
5
40
64
 
23.
Insônia
4
46
82
 
24.
Quem Eu Realmente Sou
3
43
138
 
25.
Bloqueio Criativo
3
44
115
 
26.
Véspera de Natal
2
37
324
 
27.
Sobre o Natal
2
32
248
 
28.
Rimas Natalinas
5
37
52
 
29.
O Problema da Internet
5
40
346
 
30.
O Horário
3
34
73
 
31.
Me Disseram Uma Vez
3
34
214
 
32.
No Domingo
3
32
272
 
33.
O Que é a Vida
3
32
161
 
34.
Sobre Você
2
35
70
 
35.
Primeiro Dia
2
25
198
 
36.
O Que Eu Odeio em Você
3
33
96
 
37.
Conjugar os Verbos
3
34
175
 
38.
O Homem Desalmado
3
37
246
 
39.
Perfeição
2
30
153
 
40.
Fugir
3
34
150
 
41.
As Cores
4
28
264
 
42.
Minha Casa
3
32
429
 
43.
Contradição
2
30
38
 
44.
Apenas Uma Cena
3
32
260
 
45.
Eu Te Amo
2
33
244
 
46.
É Sobre Ele
2
31
74
 
47.
É Sobre Ele
1
27
74
 
48.
Creme Antirrugas
2
33
72
 
49.
Caixa de Lápis
3
32
226
 
50.
Biblioteca de Memórias
4
37
287

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~deepdesirege
Capítulo 15 - Alguém para Amar
Usuário: ~deepdesirege
Usuário
caramba
o que eu comento?
seus poemas são extremamente fantásticos, retratam coisas tão comuns que chega a ser impressionante tratar isso em uma poesia.
incrível como você escrever tão bem com tão pouca idade (13 né?) não existe idade para escrever, mas é realmente uma dádiva tratar assuntos tão sérios assim. Deveria escrever um livro sabia? eu com certeza me apaixonaria ainda mais pela perfeição que escreve.
poderia usar boys meets evil, daria um poema fantástico.
escreva um livro, só digo isso.
Postado por ~LetsAzul1999
Capítulo 13 - Ao Contrário
Usuário: ~LetsAzul1999
Usuário
Eu nem sei mais oq comentar nos capítulos dessa fanfic, é sempre um parabéns ou um adorei e eu gostaria de comentar mais coisas, mas eu digo oq eu quero com um parabéns ou um adorei, pq eu realmente amo essa fanfic, ela me inspira nos momentos difíceis, ela me inspira no meu dia a dia, vc me inspira no meu dia a dia, então voltamos ao mesmo comentário dos outros capítulos. Parabéns dnv, eu amei, essaa fic é amazing, vc é amazing!!
Um beijo se tu quiser, flww!!
Postado por ~TheRaposinha
Capítulo 13 - Ao Contrário
Usuário: ~TheRaposinha
Usuário
Bom, como esse é o "último" capítulo postado, resolvi comentar nele.

Sério, você de verdade me fez viajar para outro universo, eu lia e me senti viciada em suas palavras, era algo incrível. Desde que eu li a Sinopse me senti vagando por um mundo desconhecido, um mundo de palavras, versos e rimas...
Mal li o primeiro capítulo e já estava toda arrepiada e atordoada, e só agora, após terminar de ler, voltei a esse mundo cinza e triste que eu vivo.
Senti que eu era a famosa tela branca e suas palavras estavam me colorindo, me dando vida, me mostrando o sentido e a verdade da vida, e agora, quando terminei de ler, você me roubou os sentidos, as verdades e as cores. E cara Autora, a única coisa que posso fazer é comentar o quão incrível você é. Você me prometeu uma viajem, e me deu as férias inteiras, verdadeiramente, parabéns, suas palavras colorem o mundo.