História Cross Stories - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Originais
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Cross, Infância, Justin Bieber, Originais, Stories
Exibições 6
Palavras 480
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oii gente!!

BOA LEITURA :)

Capítulo 2 - 'Quem ama, não machuca..'


Fanfic / Fanfiction Cross Stories - Capítulo 2 - 'Quem ama, não machuca..'

[...]

FINALMENTE cheguei no Canadá!! Depois de, malditas 15 horas, dentro daquele jatinho dos meus pais. Eu cheguei no Canadá. Como meus pais são conhecidos MUNDIALMENTE, a gente foi cercada de pessoas quando saímos do jatinho privado. Uns 7 seguranças do meu pai logo fizeram uma roda em nossa volta para afastar as pessoas. Conseguimos entrar na limusina que estava nos esperando do lado de fora do aeroporto do Canadá. Meus pais iam falando algu desinteressante para mim, por isso peguei os fones que havia colocado na minha bolsa, conectei-os ao meu celular e coloquei a música do Shawn Mendes - Treat you better. Encostei a minha cabeça na janela e fechei meus olhos.. 

[...]

Ouvi batidas e abri meus olhos lentamente e tentei focar no que havia na minha frente, depois de reparar que ainda estava naquela maldita limusina, esfreguei meus olhos e olhei para onde estava havendo as batidas que me acordaram. Vi a minha mãe bater na janela para eu sair e depois de fazer muito cu doce, desisti e sai da limusina. 

- Pensei que ia ter de passar a vergonha de ver minha filha dormindo na frente da Patricia! - Falou o meu pai com um tom arrogante e logo reparei em uma senhora do seu lado, depois de muito pensar, lembrei da cara da mulher, era a Patrícia Mallete. Ja havia visto a mesma pelo computador quando a minha mae falava com ela pelo Skype.

- Deixa a garota em paz George! - Falou a Patrícia o repreendendo pela forma de como falou comigo. Sorri para ela.

- Olá Patty! - Falei simpática e sorrindo. Ela retribuiu o meu sorriso. 

- Não foi essa a educação que te dei, Vania Bars!! - Meu pai falou me dando um tapa na cara. Meu sorriso morreu e eu baixei minha cabeça colocando a mão onde ele tinha dado um tapa.

- O que e isso Querido? A nossa filha estava apenas cumprimentando a Patrícia! - Minha mae falou vindo me abraçar e reparei na Patty assistindo a tudo perplexa. 

- Ela não tem intimidade para a chamar de Patty! Ela ja estava merecendo isso a muito tempo!! - Meu pai falou arrogante. 

- Vamos lá acabar com isso! Essa e minha casa, se vcs querem discutir, vão para a vossa! Não acredito que vc acabou de fazer isso George!! Estou muito desapontada..! Vem querida, se despesa de sua mãe e me encontra la dentro. Adeus Moli! - Patty falou desapontada se despediu da minha mãe com um sorriso e nem se atreveu a olhar na cara do meu pai.

- Adeus mãe! -Falei a abraçando, ela deu um beijo na minha testa e eu me afastei. Meu pai me olhou com um olhar de arrependimento, mas eu não voltei atrás. Me virei e entrei na mansão da Patty!

 

Quem ama, não machuca.. - autor desconhecido! 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado.. :)
Até o próximo Capítulo :))
Bj!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...