História Crossed Ways - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Aventura, Blake Lively, Chace Crawford, Emily Rudd, Gravidez, Justin Bieber, Matthew Davis, Romance, Sequestro
Exibições 66
Palavras 3.486
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá amores , prontos para mais um capítulo .. Aviso capítulo turbulento vindo por ai ... prepare-se.

Boa Leitura!

Capítulo 40 - Consequences


Fanfic / Fanfiction Crossed Ways - Capítulo 40 - Consequences

Quando Julia acordou aquela manhã, ela ainda se sentia muito cansada fisicamente e mentalmente olhando as horas ela viu que eram 09:00 e aquele horário bem ela já estaria no trabalho, e bem mais disposta do que estava aquela manhã, mentalmente agradeceu seu chefe pela folga do dia pois seria um longo dia, indo se arrumar ela deixou Justin dormir um pouco mais. Eram por volta das 10:30 Justin e Julia saiam do hotel entrando em um carro que os levariam até o aeroporto, e àquela hora da manhã já estava uma loucura muitos fotógrafos se aglomeravam na porta do hotel querendo uma foto dos dois, Julia foi surpreendia totalmente ela não esperava passar por aquilo tão cedo, vendo o olhar preocupado dela Justin acariciou sua mão.

Bem-Vinda ao meu mundo.

Olhando-o ela fez cara de interrogação, ele riu segurando sua mão beijando de leve ... — É oficial meu amor, pode ter certeza que tem vários jornais e revistas comentando a noite de ontem então, seus dias serão mais movimentados daqui em diante, bem acho que por aqui não sei como será lá em Newport.

Espero que não seja essa loucura como Los Angeles

Ele sorriu puxando-a para mais perto, chegando no aeroporto os passaportes foram checados e o ambos estavam liberados para seguir viagem no jatinho de Justin, a viagem foi um pouco inquietante para Julia, já que ela se sentia extremamente nervosa em apresentar seu namorado aos seus pais. Chegando em Newport , como de costume ela esperava ver Anthony esperando-a para levar para casa , mas para sua surpresa assim que desembarcaram do jatinho um dos seguranças de Justin lhe entregou uma chave de carro , os dois seguiram pela pista até os carros que estavam no sentido saída do aeroporto e logo a frente um Ranger Rover vermelho estava sendo fechado o porta mala e Julia tinha impressão que suas malas haviam sido colocadas nele ,todo sorridente Justin abriu a porta do carro indicando que Julia entrasse.

Oie? — Sim quem vai dirigir, hoje sou eu. Eu que irei leva-la para casa.

Entrando no carro, ela não sabia se ria da cara que ele fazia ou continuava com a cara de surpresa em saber que, seria ele estacionando o carro na porta de sua casa aquela manhã.

Gente .... Está bem o que mais de totalmente inesperado vai acontecer hoje?

Justin riu ligando o carro colocando os óculos escuros dando partida, como já passa das 12:00 o transito se encontrava razoavelmente, perdida em seus pensamentos Julia se lembrou de algo olhando Justin.

Hei! Mas você sabe aonde eu moro Justin? Você nunca foi lá ... bem que eu saiba.

Olhando-a de relance, ele riu ... — Não eu nunca fui lá, mas bem esse carro tem GPS e meus seguranças digitaram seu endereço e eu só estou seguindo ele.

Ohh ... era de se esperar. — Mas eu sei aonde você mora, quer dizer sei o endereço só não sei chegar lá especificamente, mas isso vai mudar hoje. — É muita coisa vai mudar hoje ...

Cerca de meia hora depois Justin estava estacionando o carro em frente à residência dos Collins, Julia tirou o cinto de segurança olhando sua casa, pensando em fugir ao invés de entrar, vendo que o carro de seus pais estava na garagem ela sorriu agradecendo por eles terem feito que ela havia pedido antes da viagem. Quando ela saiu do carro com Justin, ele de imediato a puxou para seus braços olhando-a....

Não importa o que os outros achem ok, o importante é que nos amamos isso não vai mudar.

Ela o olhou parecia que ele podia ler seus pensamentos , mas ela só assentiu sorrindo de leve, assim que saiu dos braços de Justin , Julia olhou para o outro lado da rua em direção a casa de Bree vendo dois carros na garagem ela estranhou , Bree não tinha ido trabalhar e Stiven estava com ela , será que algo havia acontecido Julia se perguntava , mas tinha outras coisas para pensar agora de mãos dadas os dois entraram na casa , Julia vinha na frente e Justin logo atrás fechando a porta atrás de si escutando as vozes de seus pais na sala de estar eles passaram pelo Hall mas Julia parou olhando Justin .

Fica aqui um pouquinho que vou anunciar a eles que você está aqui ok.

Ele sorriu assentindo, observando-o Julia jurava que Justin estava nervoso também, não podendo pensar naquilo ela entrou na sala.

Mãe ... Pai Oie ... — Oie filha, que bom te ver.

Ela abraçou os pais ... — Obrigada por não terem ido trabalhar hoje, como pedia já que ... bem ... aham ... Ok eu trouxe alguém para conhecer vocês, como havia prometido.

Os pais dela se olharam, olhando em seguida para porta, vendo os dois olharem para porta Julia foi buscar Justin olhando-o ela sorriu mordendo os lábios, e juntos eles entraram na sala, de início não se houve reação nem nada, Petter e Anna olhavam o rapaz alto loiro de aparecia um tanto sofisticada parado ali ao lado da filha deles, devido ao silêncio foi Julia que iniciou ...

Bem pai e mãe esse aqui é meu namorado Justin.

Justin esses aqui são meus pais Anna e Petter Collins

Ambos se cumprimentaram se sentando no sofá, Julia ao lado de Justin e seus pais de frente a eles, mas dessa vez foi o pai dela que iniciou assunto ...

Justin não é mesmo? Você não me é estranho ...

Julia respirou fundo, se remexendo ao lado de Justin ... — Sim claro que, ele não é estranho pai ... porque ele é o Justin Bieber ...

Automaticamente o ar da sala mudou, o pai de Julia olhou a filha de olhos arregalados como se tivesse acabado de ouvir um absurdo e sua mãe não era diferente ...

O que? Como é Julia? Você está namorando esse cantor ... esse cantor que foi um dos responsáveis pelo seu acidente ano passado, você ... você ...

Julia ficou estática, a reação que ela menos queria era aquela .... Por nada no mundo gostaria que eles reagissem assim, vendo Julia imóvel ao seu lado Justin segurou a mão dela um pouco mais forte tomando a palavra.

Bem senhor e senhora Collins, entendo que vocês tenham uma opinião totalmente negativa ao meu respeito, depois de tudo que aconteceu ano passado já que eu estava no carro que atropelou Julia. Posso falar que não era eu dirigindo mais estava lá dentro do mesmo jeito, foi uma fatalidade, mas graças a essa fatalidade que tive a oportunidade de conhecer a filha de vocês e me apaixonar por ela.

Julia tirou os olhos dos pais olhando Justin seu olhar era terno, gostava da forma que estava falando ...

Não me venha com essa conversa rapaz, eu e minha mulher sabemos muito bem quem você é, e não criamos uma filha para que ela se perca em seu mundo de bagunça, festas e tudo que vocês cantores vivem, Julia nasceu para ser esposa de alguém direito que tenha juízo. Você é uma péssima influência a ela... E você Julia como pode ter se apaixonado por esse cara tantos rapazes por aí e logo quem te fez tão mal e mudou sua vida de forma imaginável.

Julia escutou aquilo tudo, olhou Justin que parecia meio vermelho de nervoso ou alguma raiva contida ela não sabia dizer, ela soltou sua mão levantando do sofá.

Terminaram? Já jugaram ele ao bastante? Humm ... não tem mais nada a se dizer ok? Por que agora quem vai falar sou eu ... Primeiro isso ai pai esse homem aqui ao meu lado realmente transformou minha vida , não do jeito que você acha e sim do jeito mais lindo e perfeito que possa existir ... E nada que vocês dois digam , vai mudar o que sinto por ele , ele é cara mais famoso do universo e o mais desejado também , e mesmo assim fui eu ... Euzinha aqui que ele desejou que fosse dele , não vai ser vocês que vão dizer que não posso ficar com ele ... Eu fiz meu dever vim aqui humildemente apresenta-lo a vocês ...

VOCÊ NÃO PODE, SE QUER PENSAR EM CONTINUAR ISSO JULIA ...

Não posso? Ahh e quem vai me impedir? Porque que eu saiba eu sou de maior, tenho meus 21 anos, tenho meu próprio trabalho, juízo, cabeça no lugar por que eu seria burra suficiente para dizer ao homem que amo que por causa da cabeça pequena dos meus pais não posso ficar com ele. Não mesmo, aceitem ok.

Nunca vamos aceitar isso, minha filha pensa bem não vale a pena ...

Que? Não vale a pena para vocês ... estou cansada disso ok.

Foi a vez do pai de Julia se levantar olhando a filha ... — Se você está se achando adulta suficiente para tomar suas próprias decisões, e ficar com ele .... Então é adulta suficiente para ir embora dessa casa ...

O QUE?

Isso mesmo que ouviu ... não criei filha para se perder com pessoas como ele, se você quer realmente estar ao lado dele viver com ele .... Não precisa mais voltar para casa, se escolher sair por aquela porta junto dele, não será mais minha filha.

Julia ficou perplexa com que ouvia esperava tudo menos aquilo, seu pai estava expulsando de casa pelo fato dela ter escolhido amar alguém que eles não concordavam .... Paralisada ela sentiu as mãos de Justin em seus braços...

Eu lamento muito, estar presenciando isso Senhor e Senhora Collins .... Vocês não fazem ideia do quanto eu amo a Julia, se essa é a decisão de vocês é uma pena ...

Julia escutando-o se virou abraçando-o forte começando a chorar, Anna também choravam nos braços do marido, mas ali ninguém ia retroceder.

{....}

Momentos antes na casa da Bree

Bree não tinha cabeça para ir trabalhar e muito menos se quer ligar seu celular ou notebook pôs sabia que teria, manchetes e mais manchetes sobre Justin e Julia inquieta fez Stiven ficar com ela, e todos momentos que podia ela ia até sua varanda vigiar a casa de Julia ela queria vê-la chegando pôs precisava muito dizer algumas coisas a ela. Então quando ela saiu na varanda novamente ela viu um Ranger Rover vermelho estacionado na porta da casa de Julia, o qual anteriormente não estava lá, imediatamente ela teve certeza ...

Stiven ... ela chegou, tem um carro parado a porta da casa dela ... — Mas como você sabe que é ela? — Tenho certeza, vou lá agora. — Bree ... — Ele segurou seu braço olhando-a ... Tem certeza que quer fazer isso?

Claro que tenho, e preciso. Não tente me impedir não vai adiantar nada, você me conhece e muito bem.

Dando-se por vencido Stiven deixou que ela fosse, as pressas Bree saiu de casa com coração na boca estava nervosa e ansiosa, atravessando a rua ela se aproximou do carro olhando-o tentando identificar algo que ligasse ele a Julia, sem ver nada decidiu entrar.

{....}

Assim que entrou escutou vozes na sala e até mesmo alguém chorando, sem delongas ela entrou na sala estar, ela viu os pais de Julia abraçados e mãe dela chorando e do outro lado da sala estava Julia e acompanhada por ninguém menos que Justin .... Bree congelou olhando Justin, que de imediato a olhou surpreso sem entender .... Ela o olhava com admiração, como sempre fez e não sabia se agia como fã ou se controlava para resolver as coisas com Julia, mas o encanto foi quebrado levando-a a si pelo pai de Julia que a olhou.

Bree? O que está fazendo aqui?

Escutando o nome de sua melhor amiga Julia voltou a si se virando ainda nos braços de Justin vendo Bree ainda parada ali olhando-o, ela não conseguia acreditar, mas antes que pudesse dizer algo, foi Bree que iniciou.

Aí está você, Meu deus como eu queria que não fosse verdade ... Eu daria tudo para não ser verdade Julia Bells namorada de Justin Bieber ... Isso parece ironia sabia, você que tanto o odiou falou mal ... OMG!

Você sabia disso Justin? Que ela te odiava, e graças a mim ela .... ohhhh...

Bree ... por favor não faça isso...

Cala boca sua mentirosa .... Você não sabe o quanto eu estou te odiando, não sabe. Você mentiu para mim, você escondeu de mim todo esse tempo. Que estava com meu HOMEM.

Justin arregalou os olhos surpreso, tentando entender ...

Justin, ela não merece você .... Ela não é digna de estar com você ...

Eu acho que sou bem grandinho para saber quem sim ou não é digna de ser minha namorada. Se sabe tanto sobre mim senhorita Breana, sabe muito bem que tenho opinião própria sobre tudo.

Ela te iludiu, te seduziu sei lá.

Bree ... vamos conversar com calma ...

NÃOOOOO! Não vou conversar mais nada com você, ok? Eu vim aqui te dizer que isso não vai ficar assim não mesmo, você não vai ficar com ele. Você não o merece, nunca mereceu. Bendito acidente que fez ele enxergar você e isso tudo acontecer ..., mas você ... HAHA Julia Bells é uma moleca que vivia a minha sobram alguém te conhece no colégio, na faculdade graças a mim porque por você .... Você é patética Julia, sem sal, sem brilho ...

Escuta aqui, o garota ... você não tem nenhum direito de insultar minha namorada.

Julia não conseguia organizar os pensamentos era tudo uma bomba sobre ela, seus pais agora a Bree, ela ainda chorava próxima de Justin escutando ele a defender, enquanto Bree continuava.

Não a defenda Justin, ela não merece .... Você fez um belo de um feitiço é Julia fez ele ficar tão cego por você.

Escutando aquilo Justin ficou mais irado, mas Julia entrou na frente ...

CHEGAAAAA! Acabou, eu lamento não ter dito nada a você todo esse tempo, lamento você ter descoberto dessa forma. Mas somos melhores amigas, e você era ... é tão obcecada por ele que tive receio de contar e você, sair por aí falando a todos. Coisa que nenhum de nós estávamos preparados antes, me desculpa por isso ...

Nunca ... escutou nunca vou te perdoar por isso, você morreu para mim Julia morreu ... E você não vai ser feliz ao lado do meu Justin, não vai tudo vai dar errado tudo. Porque você é uma hipócrita mentirosa ...

Julia não se conteve dando um tapa em cheio no rosto de Bree, que foi pega de surpresa na verdade as duas, tanto Julia que deu como Bree que recebeu, com ódio no olhar Bree disse em alto bom som.

Vai se arrepender de tudo isso Julia, eu vou fazer sua vida inferno vai ter desejado nunca ter me conhecido.

Escutando aquilo Julia caiu no choro novamente desabando, Justin imediatamente a segurou abraçando-a forte, escutando Bree bater à porta quando saiu.

Ela está nervosa, depois vocês conversam ...

Justin tentava aclama-la, mas entre lágrimas Julia sussurrou ... — Não ela vai cumprir, eu a conheço melhor do que ninguém ... ahhh deus.

Até aquele momento os pais de Julia só observaram a cena, mas depois que Bree se foi novamente o pai dela continuou ...

Até isso você estragou rapaz, uma amizade tão linda. É isso que você quer Julia? Que todos lhe de as costas?

Em soluços Julia olhou pai e a mãe ... — Eu só quero ser feliz, e se ser feliz é jogar tudo isso aqui para alto .... Me desculpe eu estou indo embora.

Se sair por aquela porta não precisa mais voltar. — Não se preocupe, eu já entendi o recado e não tenho nenhuma pretensão em voltar. Vamos Justin não somos bem-vindos aqui.

Olhando o pai de Julia, Justin balançou a cabeça dizendo... — Eu lamento ter sido essa decisão do senhor seu Collins.

Os dois saíram da casa, Julia ainda chorando muito podendo escutar a mãe dela chorar ainda mais, mas sem poder fazer nada. Entrando no carro Julia preferiu ir no banco de trás aonde se deitou e continuou a chorar, Justin não sabia o que dizer ou fazer já que por nada esperaria que fosse daquele jeito, mas ligou o carro pegando o trajeto sentido o apartamento dos dois o caminho inteiro Julia chorou, e vê-la daquele jeito machucava tanto Justin. Quando finalmente chegaram no apartamento eles subiram calados, e assim que ela entrou foi direto ao seu quarto e por lá ficou o resto da tarde.

Ao cair da noite Justin bateu na porta do quarto que estava entre aberta, e pode escutar a voz fraca dela.

Pode entrar ...

Entrando ele a viu ainda deitada de bruços sobre a cama abraçada aos travesseiros, se aproximando ele a olhou.

Trouxe um lanche para você linda.

Não estou com fome — Sussurrou ela baixinho.

Eu sei que iria dizer isso, mas precisa comer, vai minha princesa.

Sorrindo ele se sentou na cama colocando a bandeja próxima dela, suspirando Julia se virou sobre a cama organizando os travesseiros se encostando neles agora sentada na cama, ela olhou Justin, mas antes que ela dissesse algo ele estendeu a mão para ela pegando a sua acariciando de leve.

Eu te amo e isso não vai mudar ok.

Me desculpe por hoje ...Come alguma coisa e para de pensar besteira.

Se dando por vencida Julia pegou um dos sanduíche de peito de peru começando a comer, e para sua surpresa realmente estava com fome, Justin via ela comer sorrindo

Boa menina.

Ela revirava os olhos balançando a cabeça, após comer ela colocou a bandeja no chão e ele se aproximou mais dela tomando-a em seus braços, agora sentindo os braços dele a sua volta com sua cabeça em seu peito ela se sentia mais protegida, se virando voltando a olha-lo

Meu mundo foi virado de ponta cabeça em menos de 24horas, eu não tenho quase nada mais.

Você tem a mim, isso que importa meu amor.

Sim eu sei, você é praticamente tudo que tenho agora. Nunca podia imaginar que ... Sihh! Esquece isso vida, eles que estão saindo perdendo. Vamos começar uma vida juntos agora já que as pessoas que eram importantes para você lhe deram as costas.

Juntos?Sim, juntos lembra que eu tinha mencionado que depois que contássemos tudo a todos poderíamos morar juntos, e agora é o melhor momento. Você recomeçar longe daqui de todos que não a querem por perto.

E isso seria aonde?

Humm ... não sei que tal Los Angeles? Que eu me lembre, você tem uma oferta de transferência para lá do estúdio, então seria perfeito mesmo que por agora eu esteja em turnê sempre que puder posso voltar para casa, para ficar com minha namorada linda e Los Angeles é o fluxo de muita coisa.

Julia ficou pensando na proposta tudo que Justin estava dizendo era verdade, pouco havia restado ali em Newport que a fazia feliz, então recomeçar em outro lugar seria ótimo.

Teríamos um apartamento como esse?

Sim ou até melhor afinal lá as coisas são bem mais ...Sim eu sei o que quer dizer...

Ele riu abraçando ela. — Então aceita?Ohh, posso pensar nisso e no final de semana quem sabe podemos nos encontrar para ver um apartamento por lá.

Isso meu amor, assim que se fala combinado.

Ele acariciava o rosto dela aproximando seus lábios beijando-a calmamente, enquanto descia suas mãos por suas costas e sentia as mãos dela subir por sua nuca. A noite foi calma e ambos puderam finalmente descansar, na manhã seguinte Justin tinha voo marcado para voltar para sua turnê e Julia tinha que voltar ao trabalho, na mesa tomando café ele a olhou um pouco sério.

Amor ... bem eu vou deixar um dos meus seguranças com você ok?

Surpresa Julia o olhou ... — Porque?

Porque agora muitos não vão deixar você em paz, tenho certeza que agora que bem se passaram dois dias dês que nós assumimos vai ter fotógrafos e gente da impressa na porta do seu serviço e coisas do tipo.

Ohhh não ...Ohh sim ...

Se despedindo dele Julia entrou em seu carro, colocando os óculos escuros torcendo para que não fosse nada daquilo, vendo pelo retrovisor o carro do seu novo segurança particular logo atrás do seu, balançando a cabeça continuando a dirigindo. Ao chegar no seu trabalho, o choque! Havia vários carros estacionados nas faixas próximo a estúdio, e assim que ela entrou no estacionamento se identificando, vários fotógrafos surgiram vindo em direção ao seu carro, ela ficou boquiaberta vendo o segurança logo surgir em meio da multidão ajudando-a sair do carro, e no percurso do estacionamento até entrada ela podia ouvir todos chamando por seu nome pedindo uma foto uma declaração. Quando entrou finalmente no estúdio, ela respirou fundo vendo seus amigos vindo em sua direção, automaticamente ela pensou consigo mesma ... Ohhh não...


Notas Finais


E aí está ... minha nossa em, que capítulo

Opiniões .. Opiniões o que acharam da reviravolta na fic ? hummm quero saber amores.

Beijokas ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...