História Crossed Ways(Namjin) - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Namjin, Vmin, Yoonkook
Exibições 382
Palavras 2.612
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Chegueeeeeeeei!
Meu celular teve jeito?
Não! Tive que comprar outro!
Oque aconteceu com o cap?
Tive que reescrever!

E peço desculpas pelo cap pequeno. Mas leiam, vale a pena!
E eu queria dizer que...que...que...bem...
Leiam que vocês vão saber!

Já liguei pra funerária e eles irão trazer meu caixão assim que terminarem de ler o capítulo. Lacre? Lacre!

Boa Leitura!<333

Capítulo 12 - Chance


Fanfic / Fanfiction Crossed Ways(Namjin) - Capítulo 12 - Chance

Eu continuei abraçando Taehyung. Continuei sim, e não tô nem aí se a cena parecer estranha aos seus olhos! Se eu não estivesse chegado a tempo, vai saber o que aquele garoto tinha feito ao Tae! Dês do momento que vi aquele moleque, já pude ver na cara dele, que não era uma pessoa muito confiável, não estou exagerando não, e não saí da minha cabeça o fato de ele ter tentado algo com Taehyung.

Tá... Eu admito, esse garoto meche comigo de uma forma estranha. Se alguém de nossa classe passasse aqui agora, acharia essa, a cena mais estranha do mundo, porque sabem que na sala de aula vivo perturbando o coitado, e eu até daria razão, eu não sei o que deu em mim para ir ao banheiro naquela hora, só sei que assim que vi os olhos suplicantes de Taehyung, algo diferente tomou conta de mim. Na sala de aula vivo chamando ele por apelidos, tipo... "Burro", "Irmão do Patinho Feio", e até mesmo o chamo de feio, mesmo eu sendo sincero comigo mesmo, que de feio, esse garoto não tem nada.

Não levem para o lado pessoal, mas sim, dês da primeira vez que o vi, o achei bonito, sendo que eu não fazia a mínima ideia de que ele era irmão do Seokjin! Não se passou pela minha cabeça essa hipótese em nenhum segundo, e quase não acreditei que ele tinha um irmão, e que esse era tão bonito quanto o próprio Seokjin.

"Mas vocês não chamavam Seokjin de Patinho Feio?" Sim! Mas isso foi a acho que.... 7 anos atrás, era verdade! Seokjin era muito feio, devido a isso ele não tinha amigos, além de ser o nerd da escola toda, ele continua, mas eu não contava que ele tivesse mudado tanto! Não mesmo.

- Obrigado...

Se eu não estivesse tão próximo a Taehyung, certamente não teria o ouvido, ele sussurrou tão baixo que quase não deu para escutar devido aos soluços do choro. Sentir ele apertar mais meus pescoço, e eu retribuir apertando ainda mais a cintura dele contra meu corpo.

- Tá tudo bem Alien... Já passou tá? - Parecia até que eu estava lidando com alguma criança que acabou de se machucar, mas a culpa não é minha, sempre sou assim!

Mas acontece, que nem com Jungkook eu sou assim!

Eu conforto os hyungs e o Kookie sim, mas não sei, é diferente, Tae estava em perigo, eu sinto, só pelos soluços dele já se nota isso! Sentir ele afrouxar um pouco o abraço, se aninhou em meu peito e escondeu o rosto alí mesmo, sensação estranha... Fiz um carinho sutil em suas costas, e eu ouvir fungar.

- Vai me dizer oque aconteceu lá dentro huh? - Perguntei em um tom calmo, e baixo.

- Não quero falar sobre isso agora... Por favor!...

- Tudo bem. Só se acalma ok?

Taehyung balançou a cabeça positivamente, e fungou outra vez. Eu estava me sentindo estranho com todas as minhas ações? Sim! Eu não sei oque esse garoto do sorriso quadrado estava fazendo comigo, não sei, e tenho medo de saber.

O banco de concreto em que estávamos sentados, era de frente para o corredor dos armários dos alunos do 3°Ano, eu me coloquei a observar o corredor que agora estava vazio, devido aos alunos certamente estarem em seus clubes. Aquela parte do campos sempre fica quieta nessas horas. Mas uma cabeleira loira andando rapidamente me chamou a atenção, levantei a cabeça minimamente e vi o primo de Taehyung, Yoongi se não me engano, andando apressadamente como se estivesse fugindo de alguém. Fiquei observando aquilo até entender que o loirinho baixinho estava fugindo de Jungkook, que tentava roubar, a qualquer custo selinhos do mesmo. Eu prensei os lábios para tentar abafar uma possível gargalhada da cena, sim, Jeon Jungkook é meu ficante, ou pelo menos deveria ser, não sei, já ficamos algumas vezes, mas isso não nos impedi de dar encima de outras pessoas, e por um lado acho até engraçado isso. Taehyung levantou a cabeça minimamente e olhou para mim sem entender nada. Balancei minha cabeça na direção dos dois no corredor. Quando Tae viu a cena enterrou a cabeça em meu peito outra vez, mas dessa vez pra abafar a possível crise de risadas que ele teria. Aquilo foi bom, pelo menos eu sei que ele estava melhor, pelo menos eu sabia que o susto havia passado.

Quanto tempo fazia que eu estava o abraçando mesmo? Não sei, eu estava com vontade de quebrar esse abraço? Nem um pingo de vontade...

                           *******

- Não vai mesmo me deixar sair daqui hoje? Eu tenho treino Princesa!

- Pra você ir e voltar morrendo com crise de asma de novo? Negativo Kim Imbecil Namjoon! Vai ficar aqui! A professora Ki Ryun já disse seu estado para seu treinador e ele concordou que você merece 3 a 4 dias de repouso! - Respondi empurrando ele para sua respectiva cama - Estou sendo bonzinho com alguém que não merece, mas ok! Agradeça por eu estar cuidando de você seu idiota!

- Tá, tá eu já entendi. Mas oque eu vou ficar fazendo aqui a tarde toda? Vai ser chato! E você vai pro Clube de Música! - Fez bico como se fosse uma criança - Posso pelo men...

- Nada de vídeo games! - Fui até a estante do dormitório, e desliguei o aparelho da tomada - Repouso Kim Namjoon... Repouso!

- Ah, você ainda é pior que a... Minha mãe.

Eu sei muito bem o porque dessa carinha triste Namjoon, sei muito bem...

- Em fim, fica quieto aqui, não se meche, não toca em nada, penas respire!

- E se eu tiver sede?

- Bebe água da torneira.

- E se eu sentir calor?

- Liga o arcondicionado.

- E se eu sentir sua falta?

- Fala sério Namjoon! Dês de ontem você tá agindo estranho comigo! Oque diabos tá acontecendo com seus miolos?

- Eu não sei... Nem eu sei oque tá acontecendo... Se eu soubesse certamente te responderia.

Fiquei calado. Ele estava estranho sim! Eu sentia isso no olhar dele. Era nítido isso. Mas sabe aquela insegurança de ir pesquisar aquilo de que incómoda mais a fundo? Pois é, eu estava um pouco inseguro sobre essa mudança repentina dele comigo.

- Bom, vou indo. E não esquece de dormir do lado contrario para o frio não pegar em seu rosto! - Não adianta, meu lado super protetor sempre fala mais alto.

                             (...)

- Olha, caso não tenha percebido, eu estou ocupado Jackson. - Já faziam uns 40 minutos que o loirinho baixinho vinha me perturbando, eu estava tentando me concentrar nas tarefas do clube, mas parece que tudo que eu estava dizendo entrava por um ouvido e saia pelo outro.

- Ah vai, não se faça de difícil Seokjin. Porquê não aceita sair comigo? Você não irá se arrepender.

Céus! Ele ainda não entendeu?

- Não quero ser mal educado, mas não tenho nenhum interesse em sair com você Wang.

- E porquê não em Jinnie?

Porquê eu gosto da Professora Ki Ryun!

- Porquê simplesmente tenho coisa melhor para fazer. - Me levantei para ir até a mesa em que Yoongi estava sentado, provavelmente compondo alguma coisa - Com licença? - Jackson havia se posto em minha frente. Cruzou os braços e mordeu o lábio inferior.

- Sei que uma hora irá ceder.

- Não Jackson, não irei. - Decidir passar direto, isso é muito mal educado de se fazer, mas eu já estava nos nervos.

- Sou paciente, sei esperar. - Foi a última coisa que ouvir antes de me afastar por completo e me por em frente ao meu primo branquinho.

- Viu o Tae, hyung? - Perguntou sem olhar no meu rosto. Parecia bastante concentrado no que fazia.

- Pra falar a verdade a última vez que o vi, foi hoje no café da manhã, nem no almoço eu vi aquele 4D.

Taehyung havia sumido. Durante o almoço eu sair procurando pelo meu irmão mais novo, mas não o encontrei, ele nunca some assim, e quando some ou me avisa, ou avisa Yoongi... Estranho. Seja lá oque for, espero que ele esteja bem.

- Jackson tava te enchendo denovo?

- Infelizmente sim. - Me sentei - Ele quer sair comigo. Já disse 'não' umas mil vezes e ele não desiste! Aish! - Bufei bagunçando meus fios castanhos.

- Te entendo. Só não dê tanta atenção a isso hyung, ele só deve ta querendo trans...

- Tá Suga, já entendi! Não precisa dizer essa frase... Ela é... Nojenta!

- Aiai hyung, - Ele finalmente levanta s cabeça para me encarar, deixando o lápis e o bloquinho, idêntico ao de Namjoon, de lado - Uma hora ou outra você vai fazer isso. Não me venha com essa de sentir nojo.

Revirei os olhos.

- É nojento sim! E se depender de mim nunca vou fazer isso. É algo carnal,oque a pessoa ganha fazendo isso?

- Horas e minutos de prazer hyung. Por isso eu digo, não me venha com essa de sentir nojo de trans...

- Min Yoongi! Não repita isso! - Pode parecer bobeira, mas eu fico muito envergonhado quando se fala desse assunto. 

E tenho certesa que devo estar tão vermelho quanto um morango.

- O quê?  Trans... - Fui mais rápido e conseguir tapar a boca do baixinho.

- Não....Repita isso Min Yoongi! - Tirei a mão de sua boca. Ele resmungou algo que não ouvi direito, e logo se virou para mim novamente.

- Jin Hyung. Não me venha com essa. Se duvidar todo mundo aqui nesse internato já se comeu!

- Suga deixa de ser desbocado caramba! - Sim, eu estava bem mais vermelho que antes, se é que era possivel!

- Muito bem pessoal. Já estão livres. Amanhã iremos praticar os solos que o Yoongi esta compondo. - Chaenyoung, a presidente do Clube de Música anúncio. Assim, logo a grande maioria do pessoal pegou seus materiais e sairam da sala, restando assim, apenas ela, Yoongi e eu - Seokjin? Porquê Taehyung não compareceu hoje? Aconteceu algo? - A morena perguntou, caminhando em nossa direção.

- Pra dizer a verdade não vejo ele dês de hoje de manhã também. Certamente não deve ser nada de grave. - Respondi pegando minhas coisas.

- Ah, tudo bem então, Yoongi conseguirá terminar os solos hoje mesmo?

- Sim, só falta um solo. Vai ser moleza terminar ele. - O baixinho de levantou, pegando suas coisas também.

- Ótimo. Podem ir, irei fazer uma faxina rápida aqui!

- Até mais Chaenyoung!

- Até meninos.

Saimos da sala do Clube de Música. O grande relógio marcava 16:00 em ponto. Não havia visto o tempo passar, Namjoon deve tá igual um retardado lá no quarto. Isso vai ser cómico...

- Vou indo Jin Hyung, se eu ver o TaeTae te mando uma mensagem. Até mais

Confesso que estou preocupado com esse sumiço do Tae. Mas vou tentar não ligar muito pra isso... Tentar!

Namjoon deve esta subindo pelas paredes nesse momento, disse para ele não sair pra nada. Corredor do meu quarto está um silêncio total. Espero que aquele idiota não tenha assassinado ninguém e escondido o corpo em baixo da minha cama! Entrei devagar no quarto. Vai que o que eu disse anteriormente é verdade? Namjoon esta deitado na cama de cabeça pra baixo. Você não leu errado! Sim! Ele estava de cabeça para baixo, com os braços cruzados e um bico do tamanho do mundo no rosto.

Quando foi que essa criança birrenta chegou aqui?

- Posso saber porquê diabos esta desse jeito?

- Você praticamente colocou uma coleira no meu pescoço Jin! Olha, só porque a asma atacou não quer dizer que eu vou morrer a qualquer momento! Foi só uma cris...

- Uma crise devido ao esforço físico! - Ele não gosta de ser interrompido. Pela cara que ele fez... - E diminuí esse bico.

- Aish Princesa! Você esta me mantendo em cárcere privado aqui dentro! - Sabe quando seu irmão mais novo esta de pertubando e fica rodando quem nem um idiota atrás de você, enquanto esta arrumando suas coisas? Pois é, Kim Imbecil Namjoon neste exato momento.

- Estou apenas sendo cuidadoso. E vale lembrar que nem meu cuidado você merece. Por tudo que já me fez passar!

Ele se calou.

Ele abaixou a cabeça.

Deveria me sentir mal por ter elevado o tom de voz com ele? Não! E porquê então estou me sentindo tão... Rude sei lá.

- Realmente não gosta mais de mim? - Ouvir sua voz falar em um tom baixo.

Eu nada disse. Primeiro, porquê desde que cheguei aqui, eu deixei isso bem claro pra ele. E essas perguntas idiotas dele só me fazem ficar com ainda mais raiva dele!

- Acho que já te disse isso antes, Kim Namjoon. - Respondi friamente. Me virei para pegar alguma coisa pra vestir depois do banho, em meu guarda roupa.

- Gosta da Ki Ryun né?

Eu travei. Como ele sabia? Eu deixava tão óbvio assim minha paixão platónica por minha professora?

- Do que você ta falando idiota? - Era pra sair autoritário, mas apenas saiu como a a voz de quem foi pego em flagrante fazendo algo errado.

- Não minta pra mim Seokjin. Eu já percebir! Toda aquela puxação de saco que você tem com ela, você vivi grudado nela. Pensa que não percebi o jeito que você olha pra ela? Seokjin você por acaso lembra ao menos que ela é casada e que tem Yuna como filha? Você não tem vergonha nessa sua cara? Você esta apaixonado pela nossa professora, e o pior! Uma mulher casad... - Eu já não estava aguentando aquele sermãozinho de quinta que ele estava me dando. Me virei, e dei um soco no rosto de Namjoon. Mas não foi como nas outras vezes. Dessa vez foi bem mais forte.

- Cala a boca... Você não tem o direito de mandar nos meus sentimentos ta me ouvindo bem? - Elevei meu tom de voz. Ele ergueu o rosto em minha direção, e pude ver perfeitamente bem o filhete de sangue que alí se encontrava - Ou você se esqueceu que você mesmo me fez sofrer a alguns anos atrás? Você lembra das palavras duras que disse pra mim? Você se lembra Kim Namjoon? Você mandou eu me enchergar e disse que meus contos de fadas eram estranhos! Você tem ideia do mal que você me fez falando aquilo? Em? Me respondi! - Empurrei ele pelos ombros. Ele nada dizia, apenas me olhava com atenção - Tudo que eu sentia por você se foi naquele momento. E não vejo problema algum em adimirar minha professora! Sei que ela é casada, e que nunca me corresponderia, mas ao menos sei que ela é minha amiga. E você? Além de me humilhar na frente da escola toda junto de seus amiguinhos ainda me desprezou! E ainda se acha no direito de dizer que meus sentimentos pela Ki Ryun Noona são errados? Você por alg...


Eu queria muito ter terminado de falar tudo que tava entalado na minha garganta. Queria muito ter falado o quanto eu odeio ele. Mas não pude, pois no segundo seguinte eu estava sendo prensado contra um corpo mais alto que o meu, e meus lábios estavam sendo maltratados com um beijo a força. E fiz oque eu sempre fazia ao me encontrar naquela situação, lutei, empurrei, e não consegui obter sucesso. Porquê sempre termina assim? Porquê sempre acabo cedendo? Porquê sempre acabo retribuindo e abraçando o pescoço dele? Eu simplesmente não sinto mais nada por ele,  mas sempre que ele me beija, acabo retribuindo!

Porquê? Será que é porque me lembro de quando eu sentia tudo aquilo por ele?

Dessa vez ele não ousou colocar a língua no meio, era apenas um roçar, que de força bruta se passou a ser gentil, apenas com algumas mordidas no meu lábio inferior. Ele se afastou minimamente, para colar nossas testas, já era pra eu ter o empurrado,mas não, apenas fechei meus olhos enquanto sentia ele acariciar minha bochecha esquerda de leve.


- Me dá uma outra chance Seokjin?


Notas Finais


⚠Caixão Chegando⚠
"Entrando dentro dele"
Fui!
Mereço morrer maridas(os)?/MEREÇE!\
Só queria agradecer pelos 199 favs e pelos mais de 4.000 vizualizações...VOCÊS SÃO DE MAIS!
Rumo aos 200 favs!💗
Vocês ainda querem me matar né?;-; Entendo...
Que tal me matar pelo twt? @Yui_slz Me sigam lá, podem me matar virtualmente se quiserem sei que mereço. Eu ainda não havia dado meu twt pra vocês, mil perdões amores!😂💜
Próximo atualização no dia do show do 방탄소년단 aqui no Brasil
Tchau. Amo vocês.


Mentira kandkendkdnjd
Desculpa se tiver erro, como sempre, meus olhinhos deixam passar algo, e certamente passou.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...