História Crows - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Personagens Originais
Tags Caçadores, Guilda, Interativa
Exibições 19
Palavras 1.285
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá, como vão. Sim eu sei que demorei, mas em minha humilde defesa, novembro foi e ainda é o pior mês deste ano de 2016. Enem, PAVE ( exame de avaliação que se faz durante os 3 anos do ensino médio, para entrar na UFEPEL de Pelotas )
Cai - vulgo fui empurrada - da escada de novo.
Minha Amiga doida quase morreu atropelada ( e isso é verdade mesmo ) , foram vários problemas.
Peço desculpa, mas já aviso,, vou atualizar tudo que fic, e é o que estou fazendo, escrevendo cap e atualizando varias fics.
Não voltarei a demorar, assim espero. Pois eu estou no Terceiro Ano ensino médio e formatura é uma droga, aglomerado de pessoas desnecessárias. Mas dane-se
O que importa é que Crows voltou. E daqui eu vou responder seus lindos comentários passados dos cap's anteriores, bom meus lindos, boa leitura.

Capítulo 12 - ''Amellia e Raiden''


Fanfic / Fanfiction Crows - Capítulo 12 - ''Amellia e Raiden''

Crows
          Capitulo XII
          ''Amellia & Raiden''
          ''Um Laço eterno de amizade''

''Já me perguntaram como eu queria morrer, mas a verdade é.. que eu não posso morrer ainda, sabe deixar ele pra trás sozinho, seria mal.. afinal ele é minha única família, meu melhor amigo, meu irmão, é o Raiden oras..''
-Amellia

Os olhos vermelhos de Amellia Roronoa, abriram-se, vendo que encontrava-se numa sela, novidade, pensou a mesma. Irônica como sempre, era visível que o humor de Amellia continuara como sempre.

Olhou ao redor, vendo que seus braços, pernas e pescoço estavam algemados. Haviam duas algemas em seus pulsos, outras nos tornozelos e como se fosse uma coleira, presa em seu pescoço. Seus braços não estavam esticados, e sim mais perto do corpo, assim como suas pernas, ela estava sentada, mas sentia que adoraria morder alguém até a morte no momento.

A porta de sua sela foi aberta, um homem loiro, alto com uma cicatriz provida de uma queimadura em seu rosto, Amellia rosnou para o mesmo, como estava com vontade de o degolar lentamente, mas encontrava-se presa, então ela só poderia desejar, por enquanto apenas desejar.

-Então, como se sente Amellia ? _ Perguntou aproximando-se da mesma, mas logo dera para trás, pois Amellia levantou-se com tudo, para o pegar, mas as correntes a manterem presa. _ Calma ai, Mellia..

-Chame-me de Mellia novamente, Sabo estas correntes vão ser o menor dos seus problemas, mas diga-me o que querem comigo, que me lembre foram vocês que me exilaram, lá em Dakota, depois de tudo

-Sinto que você esta a me odiar no momento, mas não jogue tudo pra cima de mim

-Oh o que o santo de Sabo não fez? _ Questionou Irônica, encarando o loiro, com seus olhos vermelhos sangue, com um desejo absurdo de ódio no mesmo.

-Eu sei Amellia, sei que me odeia, mas entenda você é a melhor, para participar do Projeto Zero, entenda não podíamos deixar uma espécime como você ir embora.

-Eh? Sinto-me tão feliz _ Irônica como de costume, Amellia comentou _ Mas veja bem, quando eu me soltar, você é a primeira pessoa que eu vou matar, esteja ciente, Sabo você não ira fugir de mim, não importa onde se esconda, eu te caço até mesmo no inferno, afinal eu sou um Demônio não é? _ Era uma pergunta retorica, mas mesmo assim Sabo soltou a resposta.

-Estou vendo.. _ Comentou baixo suspirando logo em seguida. _ Comecem com os experimentos, vamos ver até onde a resistência a dor dela vai e qual sera o resultado.. _ Dissera virando-se e dando ordens para os dois homens vestidos de brancos a entrarem no local

-Não pense que eu vou esquecer, meu ódio é forte, e Sabo diga a Kihara para se esconder bem, quando eu sair eu vou caça-lo, até mesmo no inferno _ Dissera Amellia, antes de ter um amordaça pressa em si, Sabo olhou para trás, antes de sair do local, sabia que Amellia faria de tudo para cumprir esta promessa.

Suspirou ao sair do sala, caminhando pelo corredor frio, de paredes brancas, o loiro soltou outro suspirou, sabia que o que fazia faria Xanxus o odiar, mas não tinha escolha, sabia muito bem que quando Xanxus, esteja onde estiver, souber que sua sobrinha, filha de sua irmã Robin, esta a ser torturada e pressa, o Pirata não poupara esforços par vir atrás dela.

O único jeito de tudo isso funcionar, é se Raiden Walker não procurar Amellia, mas esta parte do plano já falhou, tendo em vista a ação que ele tomou esta manhã. Se ele suspeitar da Zona, não sabe como deterá aquele homem, visto que a forte ligação que tem com Amellia, poem em vista que ambos sacrificariam a vida um pelo outro, o que torna esta dupla de amigos, perigo na certa.

Bufou, descendo as escadas, enquanto pega seu celular, Kihara adoraria saber que a cobaia Zero estava acorda e rosnando como um animal selvagem que é. Ela era a melhor, um prodígio, lutava como ninguém, possuía habilidades com a espada assustadoras, era inteligente, uma estrategista nata, sádica e cruel. Ela era um um prodígio isto era mais que certo, mas ao certo, quem ira controlar este prodígio?

-Aquele que puder domar uma ferra, mas acho que ninguém aqui tem este poder.. _ Comentou Sabo baixinho, descendo mais um dos degraus da escada _ Mais Raiden, sempre teve o poder para domar aquela ferrá, sempre.. _ Lembrou-se de que quanto Amellia perdia o controle, era Raiden que a parava, só ele conseguia. Ele era o domador da ferra..

_______________________&________________________

Barco Roronoa, Raiden socou a parede ao lado, após Law voltar para a guilda desolado, sem ao menos falar nada. O mesmo suspeito de algo, então saio mesmo na chuva arrastando a princesa, longos minutos depois a deixou com seus guardas e se foi.

Caminhou por toda a floresta, até chegar a um área onde com toda a certeza ouve luta, mas estava limpa, como se ninguém nunca tive-se derramado sangue ali.

Mas perto de uma rocha, ele viu o sinal de um ''R'' cortado por um traço, era o que Amellia fazia quando queria o mandar um sinal, de que estava com problemas, mas este mesmo sinal só foi usado uma unica vez e ele não gostou ao ver este se repetir.

Agora seu dever é achar Amellia, tem um plano? Não, e esta pouco se importando em arranjar um. Amellia era sua melhor amiga, por tanto devia a achar, mesmo que o mundo o odeio e o cace até o inferno, dane-se tudo.

Não deixaria Roronoa para trás, fizeram a promessa de sempre serem amigos, de sempre estarem um ao lado do outro, esta era a promessa.

-Dane-se se a mestra não gostar do alvoroço que vou causar, mas eu vou achar a Amellia, e já sei por onde começar, os únicos que poderiam ter feito aquela limpeza é a Zona e são eles por onde eu começo _ Dissera o moreno, pegando um colar em forma de foice menor, que quando ativado virado uma foice de tamanho maior e mais útil. Pegando também uma pistola negra e uma adaga que pertencia a Amellia.

Dane-se todo o problema que poderá arranjar, não se deixa família para trás, se querem mexer com um dos seus tudo bem, mas com Amellia a coisa é mais em baixo, metaforicamente falando.

-Nunca se mexe com a família de alguém, sabendo que será caçado depois _ Havia a princesa, mas Rex virava-se sozinho com ela, deixou ele e Homura - apesar de não gostar dela nem um pouco - a cargo de cuidar da mesma, não precisa de um ser inútil em seu encalço.

-Vamos ver quem vence, Zona _ Dissera mirando o céu escuro, provavelmente choveria feio hoje. Assim como naquela hora choveu.

Raiden saio do barco, trancando todas as portas e por precaução, Natsu ficou para trás, acredite aquela fuinha é ruim quando deseja. Os olhos cinzentos de Raiden estavam com uma escuridão impregnada no mesmo, ele aceitava e aturava muitas coisas no mundo, mas mexer com sua família é pedir para morrer..

Mal imagina o mesmo, mas não só Amellia tornou-se cobaia, mas como a Guilda será alvo de uma guerra, ao qual sua Mestra já esta preparada, Crows entrada em guerra, mas não para perder e sim para ganhar...

E que comece o começo do fim, quem será o vencedor? O perdedor? Quem vivera? Quem morrera? Não tem como saber, mas sabe-se de que esta será uma das piores guerras, já vista...

''Ah se odeio a Amellia? Faça-me o favor, aquela criatura precisa de juízo, e eu sou o juízo, a responsabilidade que lhe falta. Tsc, compreenda, Mellia é família''
-Raiden



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...