História Crush. Como lidar? - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Crush, Imagine, Relacionamentos, Romance
Exibições 10
Palavras 1.062
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Caso Resolvido


P.o.v SN

As disputas foram organizadas e o jogo começou. A primeira luta era eu contra Vinicius. Ganhei 2 rounds, que me concederam a vitória e desclassificaram Vinicius. As rodadas mais de boa terminaram classificando eu, SC, Gabriela e João. 

Nas semi-finais o jogo foi ficando mais sério, já que todos adorariam vencer e ficar sem se preocupar com tarefas por uma semana inteira. As disputas foram SC X João e Eu X Gabriela. 

Fiquei um pouco mais nervosa e acabei quase perdendo a partida, porém consegui virar e derrotei a Gabi. Depois assisti SC vencer João e se classificar para a final. Contra mim. 

P.o.v SC 

Porque eu consigo sempre fazer acontecer o que eu não quero? Eu não queria disputar com SN, e acabou que nós fomos para o combate final.

Escolhemos os lutadores e fomos para a partida. Que resultou na minha vitória em cima de SN. Ela ficou irritada e pediu uma revanche. Aceitei e jogamos de novo. No meio da luta, ela parou para olhar a hora e entrou em desespero: 

- Galera, meus pais já estão voltando. Vocês têm que ir embora. Rápido.

Todo mundo, que não era bobo nem nada, pegou suas coisas e saiu de lá.

*No dia seguinte*

P.o.v SN

Meus pais não descobriram nada sobre a 'reuniãozinha', já que a galera saiu bem a tempo de eles não verem nada. 

No outro dia, eu acabei chegando atrasada e fiquei na secretaria esperando o sinal da 2ª aula bater. 10 minutos depois que eu cheguei, um garoto do 3ão chegou e se sentou do meu lado. Ele era extremamente gato, e embora a gente não se conhecesse, ele puxou conversa: 

- Olá. 

- Oi. 

- Tudo bem? 

- Tudo sim e você? 

- Tudo.- depois de um silêncio, ele completou.-  E aí? Porque chegou atrasada? 

- Dormi tarde ontem. E você? 

- Quase virei a noite jogando. Quando eram 3hrs da manhã eu fui para a cama. 

- Nossa, também estava jogando. Quais jogos você curte? 

A partir daí, falamos sobre jogos até o sinal bater. Eu não queria me despedir dele, estava tão divertido conversar. E pelo que pareceu, ele também não queria parar de falar. Continuamos até chegarmos na porta da minha sala: 

- Bom, é aqui que a gente se despede. 

- Uma pena. Gostaria que fosse para a minha sala comigo, ia deixar até a aula da Silmere legal. 

- Então você também não gosta dela? Hahah Que coincidência. Bom eu tenho que ir. Até...? 

- Ah claro, prazer Guilherme.- disse ele beijando minha mão. 

- Prazer, me chamo SN. 

Eu ia dizer tchau mas a professora notou nossa presença e me colocou para dentro da sala. 

P.o.v SC 

SN chegou atrasada e ainda ficou de graça com um garoto no corredor. Assim como todo mundo, eu reparei na cena. Felipe ficou me observando e depois provocou: 

- Cê tá gostando dela né?! 

- Hein?! 

- Você tá gamado na SN. Dá pra ver na sua cara. 

- Não estou gamado nela, só acho ela bonita. Só isso.

- Aham, sei...- debochou. 

- Ah Felipe, para com isso.  

- SC tá afim da SN! SC tá afim da SN.- ele gritou para todo mundo ouvir, inclusive ela. Eu corei e a professora acalmou os ânimos. Eles ficaram zoando mais um pouco e eu decidi olhar para SN, que estava sentada em seu lugar. Cruzamos olhares diversas vezes. E eu não sabia bem porque, mas aquilo me arrepiava um pouco. 

P.o.v SN

Eu não conseguia parar cruzar meus olhos com os de SC. Trocamos olhares e gestos o resto da aula toda. Quando a última aula começou, a professora não havia passado bem e foi embora para casa, o que deixou a gente sem nada para fazer a não ser conversar. 

Eu continuei sentada na minha cadeira, quando SC veio conversar comigo: 

- Hey SN. 

- Hey. 

- Tudo bem? 

- Tudo. E você? 

- Tudo.- ele sorriu, tímido. 

O silêncio perdurou e eu decidi quebrá-lo.

- Curte que tipo de música? 

- Eletrônica e um pouco de pop. 

- Funk?

- Não ouço mas gosto de zoar as músicas. E você?

- Eu ouço bastante pop, um pouco de rock e funk só pra zoar. 

- Legal. 

Continuamos falando até que a diretora entrou na sala, fazendo todo mundo sentar e ficar em silêncio: 

- Bom dia alunos. 

- Bom dia.- dissemos em coro. 

- Então, como os senhores se lembram, no começo da semana eu falei sobre o incidente das fotos vazadas e pedi que os alunos me ajudassem a pegar o culpado/ a culpada. Bem, esta manhã, uma turma denunciou o autor dessa travessura. A senhorita SN está de detenção tripla e perderá pontos na sua média. 

- Como é que é?- disse, me levantando, indignada. 

- A senhorita está sendo acusada de ter vazado as fotos e portanto pagará por isso. 

- Mas diretora, não fui eu que fiz isso. 

- Foi o que disse a outra turma inteira senhorita. 

- Okay, só uma dúvida, por acaso, eles apresentaram provas contra mim? Mostraram alguma coisa que dissesse 'Foi a SN'?

- N-não.- ela corou. 

- Então, sugiro que a senhora pare de ouvir sua neta chorona do 9º ano e exerça suas funções imparcialmente. 

- Por que está dizendo que foi a minha neta? 

- Porque eu sim, tenho provas. Aqui estão.- dei-lhe meu celular que mostrava um print do chat da turma do 9º ano. 

'Débora: Não acredito Júlia'

'Débora: Você fez aquilo com a sua avó mesmo?'

'Lucas: Foi a Júlia que vazou tudo?' 

'João: Cara sua própria avó.'

'Júlia: Galera eu tive meus motivos.'

'Jessie: Que motivos?'

'Júlia: Lembram quando a professora Ana tirou nota minha porque eu estava falando? Eu pedi para minha avó que ela fizesse a prof me dar de volta essa nota. Só que a Ana não aceitou me retornar a nota.'

'Débora: Tá. E o que a sua avó tem a ver?' 

.....

- Bom, senhora diretora, como pode ver a culpada é a sua netinha.- argumentei, convencida, deixando os meus colegas boquiabertos e a diretora sem ter onde enfiar a cara. 

- Então, senhorita SN, peço desculpas pelo meu erro. Venha comigo até meu escritório para que eu lhe dê a recompensa prometida. 

- Está bem. Com licença.- disse, me retirando e sendo seguida pela Old Lady. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado desse novo capítulo.


Bjs Padmé <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...