História Crush Or Nah? - Capítulo 32


Escrita por: ~ e ~Esquilinha_

Exibições 220
Palavras 2.044
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 32 - Nao deixe ela ir


Fanfic / Fanfiction Crush Or Nah? - Capítulo 32 - Nao deixe ela ir

Olhar nos olhos do Cameron de novo, não vai ser uma tarefa fácil, eu já tentei superar, mas eu gosto dele desde que me conheço por gente! Cada centímetro do Cameron me fazia falta, mas o que ele fez comigo jamais vai ser perdoado, não de novo. 
Assim que chegamos na minha antiga casa, Lox ficou no carro tentando pegar as malas, já que o Nash não largava a Becca de jeito nenhum.
Entrei porta a dentro e olhei em volta. 
    -Sentiu falta? - Nash me perguntou com Becca no colo. 
    -Você não faz ideia - digo sorrindo.

    -NASHH – Escuto Lox gritando. – Da para voce soltar essa criança e vir aqui me ajudar?

    -Justin – Eu falo me virando para o sofá – vai la ajudar.

   -Por que eu? – Ele solta o controle da televisão.

   -Vai la agora – eu digo seria.

   -Estou indo madame – Ele diz fazendo uma pose.

Sentir o aroma de morango, que eu sempre deixava na bancada da sala, me fez sentir em casa de novo, cada detalhe estava voltando para a minha memória.

Tanto memórias boas, como ruins.

Como será que meu irmão estava? Eu e Justin evitamos o Dylan desde que viajamos também, o Jake esta em turnê com o Team 10, então ele nos visitou algumas vezes na França.

Sai dos meus pensamentos quando Lucas decidiu ir para a piscina.

    -Lucas volta aqui – Digo largando a mala e correndo atrás dele, que ia em direção à piscina. 
    -Pipina - ele disse engatinhando. 
    -Nada de piscina meu amor - o peguei no colo e ri. 
    -Falando em piscina, vamos na praia? - Lox perguntou, vindo na minha direção. 
   -Partiu! - Justin disse se convidando. 
Concordei e fui colocar um biquíni.Optei por um biquíni chamativo, um cor de rosa. 
Depois coloquei roupa de banho nas minhas crianças. 
   -Beca, pare quieta, filha! -Falei, enquanto tentava colocar nela o maio. 
   -Quer ajuda? -Cameron apareceu no quarto e eu fechei a cara. 
Nossa eu realmente não sabia o que fazer. 
Cameron apareceu aqui e eu o encarava constantemente. 
Suas mechas no cabelo tinham destacado seu rosto e nossa que lindo!Deu Ashley! 
Quando eu saí do meu transe eu o respondi. 
    -Não. Obrigada. -Respondi e olhei para trás, vendo Lucas pegando meu celular. -Lucas! Ai meu Deus. 
Larguei a Rebecca um pouco e peguei o celular da mão pequena de Lucas. 
    -Não pode pegar isso, amor. 
Suspirei e prendi meu cabelo em um coque mal feito. Ao me virar para trás novamente, Cameron tinha colocado o maio na Rebecca e brincava com ela. 
    -Quem é a linda do pai? Hein? Quem é a linda do pai? -Falava e por um tempo curto, me permiti sorrir. 
    -Dá a Becca para mim, Cameron. 
   -Você não vai conseguir levar os dois juntos, deixe-me ajudar. 
Realmente, eu não conseguiria, mas não queria parecer fraca. 
   -Não. Eu me viro. 
Nessa hora, Nash e Mad apareceram na porta e praticamente "roubaram" Becca e Lucas de mim. 
    -Vamos, gente! O dia está lindo e ótimo para a praia. -Mad falou, saindo com Lucas no colo e Nash com Rebecca. 
Assim que eu dei um passo para sair dali, senti a mão do Cameron segurar meu pulso, fazendo um arrepio percorrer meu corpo. 
    -Me solta, Cameron. -Pedi. Mas na verdade, eu não queria que ele soltasse. 
    -Vamos conversar, Ashley. Por favor. Aproveitar que estamos sozinhos. Eu não tive culpa de nada naquela noite. -Falou e eu não pude conter uma risada sarcástica. 
    -Tá zoando com minha cara, não? Me poupe! Se você não quisesse fazer aquilo, não teria agarrado mais ainda aquela vagabunda. 
   -Não precisa falar assim dela também. -Falou, baixinho. 
   -Some da minha vida, Cameron! Mas que inferno! VÁ PARA A CASA DO CARALHO!  - Literalmente gritei essa última parte e puxei forte meu braço, fazendo ele soltar-me. 
O encarei uma última vez e me virei, saindo daquele quarto, o deixando.Senti algumas lágrimas querendo descer pelo meu rosto, mas eu não deixaria isso barato. Não iria chorar por causa dele. Já tinha chorado muito para meu gosto. 
Cheguei na praia em que todos se encontravam, já que era um pouco perto e me sentei na areia. Lox e Nash brincavam com Lucas. Já Rebecca estava com Mad e Kath. 
    -Voce fez muita falta baixinha - Taylor se sentou na areia ao meu lado. 
Ri pelo nariz. 
    -Eu senti falta de todos vocês - falo sorrindo e o abraçando. 
    -Vamos lá - Matt apareceu me levantando. 
    -Que? - falei rindo. 
   -Partiu entrar na água – Matt diz rindo.

   -Posso pelo menos tirar a minha roupa? – Eu falo como se não fosse obvio.

   -Claro – Ele diz cruzando os braços, esperando eu tirar minha saída de praia.

A saída era branca, mas deixava a mostra o biquíni rosa.

  -Voce continua gostosa – Caniff tinha que comentar assim que eu tirei meu vestido.

  -Para com isso – Falei o dando uma cotovelada.

  -Voce teve dois filhos mesmo? – Aaron apareceu do lado do caniff.

  -Que corpão – Carter disse também aparecendo.

  -Parem vocês – eu digo colocando meus braços em volta de mim mesma, tentando cobrir minha barriga.

  -Não se cobre gata – caniff veio e me abraçou de lado – se voce tem esse corpo é para ser mostrado – Ele ri.

  -Voces estão me deixando constrangida – digo ainda abraçando Taylor.

  -Não fique – Aaron me puxa para dentro da água.

Enquanto eu andava em direção ao mar, decidi olhar para o lado.

Cameron me encarava atentamente, ele me olhava da cabeça ao pe.

  -Quer um babador? – Escuto Nash perguntando para ele.

  -Cala a boca Grier – ele diz olhando para a areia e depois me olhou nos olhos.

Desviei o olhar, hoje era para ser um ótimo dia, mas como eu vou conseguir morar ao lado da pessoa que eu ainda amo? E ainda por cima, ele esta com aquela vaca.

Eu nunca vou me permitir demonstrar qualquer sentimento pelo Cameron.

Eu sinto seus pensamentos pesando minha consciência e sei que ele continua me amando, assim como eu o amo, Mas agora ele vai sentir o gostinho de como é ser traído.

  -No que voce esta pensando? – Aaron me abraça por trás.

O que? Ele esta de pau duro.

  -Nada importante – eu digo rindo e me virando. – E voce? – falo sorrindo de orelha a orelha.

Agora o jogo vai virar Cameron Dallas.

  -Em voce – ele diz sorrindo maliciosamente.

  -Em mim? – Finjo estar surpresa.

  -Só em voce – ele diz ainda sorrindo.

  -Eu sei que voce esta louquinho para me beijar – Eu falo colocando meus braços em volta de seu pescoço.

Uma forte onda veio e bateu em suas costas.

  -Estou? – ele me pergunta.

  -Claro que esta – falo já chegando perto.

  -Mas eu não posso – ele diz me soltando.

  -E por que não? – pergunto realmente surpresa.

  -Por que o Cameron é meu amigo – ele fala como se não fosse obvio.

  -Mas a gente não tem mais nada – digo seria.

  -Eu sei – ele faz uma pausa – mas é uma promessa.

  -Promessa? – eu pergunto com a sobrancelha levantada.

  -E.. – ele coça a nuca – eu não devia ter falado isso.

  -Como é? – eu falo já entendendo.

Sai em passos apressados de dentro do mar.

  -Ashley não – Escuto a voz de Aaron atrás de mim.

  -Quem voce acha que é? – Eu pergunto para Cameron que segurava Lucas no colo.

  -Como é? – ele ergue seu olhar para mim, mas não para o meu rosto e sim para os meus peitos.

  -A cabeça é um pouco mais pra cima – eu falo estralando meus dedos na sua cara – Quem voce acha que é para não me  deixar pegar ninguém? – falo o mais baixo possível.

Antigamente, eu era uma pessoa muito escandalosa,mas desde que eu viajei para a Riviera Francesa, minha tia Luisa, ensinou modos, sim modos, ela disse que via as minhas noticias e as do meu irmão e disse que nos éramos muitos mal-educados.

Ou seja, eu e Justin, fomos obrigados a aprender tudo, como se comer, que não pode gritar em publico..Coisas assim.

  -Aaron! – Cameron falou de olhos arregalados – não era para voce contar cara!

  -Agora me da meu filho – eu falo pegando Lucas do seu colo.

  -Ele também é meu filho – ele diz pegando Lucas de volta.

  -Mas fui eu que cuidei dele todos esses 7 meses! – peguei Lucas de novo.

  -Se voce não tivesse fugido –Cameron agarrou Lucas – eu teria ajudado.

  -Se voce não tivesse me traído – eu falo me recortando daquele péssimo dia – eu não teria viajado.

  -Se voce não tivesse um irmão tão filho da puta, eu não teria te traído! – Essa parte eu simplesmente parei de falar, fiquei quieta.

  -O que? – eu digo não entendendo.

Senti meu coração bater cada vez mais rápido.

Eu sentia o que esta por vir mas não queria saber.

Sera que ele estava falando de Dylan? Foi ele que me fez separar de Cameron?

Claro que não Ashley!

Voce viu com seus próprios olhos, o Cameron estava la com aquela puta, por que ele queria, voce viu!

  -Ashley? – foi a vez do Cameron estralar os dedos na minha cara.

  -Que foi? – digo cruzando os braços.

  -Voce escutou o que eu disse? – Cameron me pergunta sutilmente.

  -Não – eu falo com raiva – e não pretendo escutar também.

Peguei Lucas e me sentei ao lado de Lox.

Eu sentia a mesma sensação do dia em que o Cameron me deixou, Raiva e tristeza.

Eu jamais conseguiria tocar a minha vida, com ele por perto, foi e é um erro ter voltado para o Los Angeles.

   -Eu sinto que devo voltar – eu falo para lox.

   -o que? – lox me olha pasma. – voltar para onde?

  -Eu não deveria ter vindo para LA – Falo já me levantando.

  -Mas voce acabou de voltar – ela se levantou também.

  -Eu sei – eu digo a abraçando – mas eu não vou conseguir tocar a minha vida com o Cameron por perto.

  -Não vai embora – ela diz com os olhos marejados – não de novo.

  -Desculpa – eu falo me virando e chamando Justin. – Justin!

  -Oi mana – ele me olha preocupado – o que aconteceu?

   -Voce me empresta o seu jatinho? – pergunto.

  -Claro. – Ele continuava me olhando – para onde voce vai?

  -Vou voltar – eu olhava para Lucas.

  -Eu volto com voce – Justin já ia se afastar mais eu seguro seu braço.

  -Não – eu falo rígida – vou morar com a tia Luisa.

  -Mas..

  - não justin – eu ainda segurava seu braço – eu preciso disso.

  -Tudo bem – ele disse por final – mas eu vou te visitar todos os meses.

  -Ok – falo rindo e indo em direção ao meu carro , com as crianças no colo.

                                         P.O.V. Cameron Dallas

O dia estava ensolarado, como sempre aqui em LA.

  -Mais um dia – falo para mim mesmo.

Desde o dia em que aconteceu, o que aconteceu, não tinha um dia em que eu não pensava na Ashley e nos meus filhos.

  -PRAIAA – Aaron e Carter gritavam para fora da janela do carro.

  -Oh cachorros – eu falei olhando atentamente a pista – eu quero que voces prometam uma coisa. – eu disse assim que eu estacionei meu carro.

  -Fala egua – Aaron disse dando um tapinha nas minhas costas.

  -Nenhum de vocês vai pegar a Ashley –eu disse e me virei para os três que estavam ao meu lado e atrás de mim.

  -Mas ela.. – Taylor já ia começar.

   -nada de desculpas – eu falei serio – vocês sabem muito bem o meu lado da historia e eu tenho que contar isso para ela.

  -Nos sabemos dude – Carter disse concordando.

A Ashley estava muito gata, ninguém diria que saiu dois bebes de dentro daquele corpo.

Ela estava mais encorpada, sua coxa estava mais grossa e seu peito havia crescido muito.

Eu tentei explicar tudo para ela, mas ela não me escutava, um hora ela vai ter que me escutar.

                                                        [...]

  -O que foi Lox? – perguntei assim que vi ela parada chorando na minha frente.

  -Cameron – ela disse se jogando na areia.

Cheguei mais perto e a abracei.

  -O que aconteceu? – Pergunto novamente em busca de uma resposta.

  -A Ashley – ela me abraçou – ela vai embora.

  -Pera ai – eu digo a soltando – ela vai o que?

  -Ela vai voltar Cameron – ela falou aos prantos – voce não pode deixar ela ir.

  -Vai la cara – Nash apareceu ao lado de Lox – não deixa ela ir de novo.

  -E  vai ser agora que vou explicar o meu lado de toda essa historia – falo já me virando e correndo para perto do meu carro.


Notas Finais


Oi oi lindos, aqui estou eu de novo na terça! haha
A @lissajapa nao vai poder postar amanha e eu tambem nao entao eu vou postar agr!
GENTE DO CEU EU CONHECI O GRAYSON E O ETHAN DOLAN.
Eu abracei os dois, to em choque.
Mass voltando a fic, o proximo capitulo vai explicar toda a historia do cameron!
Ate que enfim um POV do cameron, fazia um tempao que nao tinha
Bjao e ate o proximo capitulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...