História Crush Or Nah? - Capítulo 33


Escrita por: ~ e ~_SrtaMaloley

Exibições 199
Palavras 1.239
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 33 - Fica comigo


Fanfic / Fanfiction Crush Or Nah? - Capítulo 33 - Fica comigo

     -O que foi, Lox? -Perguntei assim que vi ela parada chorando na minha frente.

     -Cameron -ela disse, se jogando na areia.

Cheguei mais perto e a abracei.

     -O que aconteceu? -Pergunto novamente em busca de uma resposta. 

     -A Ashley -ela me abraçou. -Ela vai embora.

     -Pera ai -eu digo a soltando -Ela vai o que?

     -Ela vai voltar, Cameron -ela falou aos prantos -Você não pode deixar ela ir.

     -Vai lá, cara. -Nash apareceu ao lado de Lox. -Não deixa ela ir de novo. 

     -E vai ser agora que vou explicar o meu lado de toda essa história. -falo já me virando e correndo para perto de meu carro.

Eu precisava impedir que ela voltasse para Paris. Eu não sei se conseguiria ficar sem ela novamente e agora com Lucas e Rebecca, pior ainda. São meus filhos e a mulher que eu amo indo embora. 

Horas antes eu tinha descobrido que a ideia de conseguirem as fotos minha com a Ash transando foi toda de Dylan e usou Diana para completar o plano. Eu nunca amei a Diana mais do que uma simples amizade. Sempre amei mesmo a Ashley. 

E eu precisava que ela me ouvisse. Pelo menos, antes dela partir, escutar minha parte. Apenas escutar-me.

Assim que cheguei em frente a casa dela, desci do carro sem trancar mesmo. Quem é que pensa em outra coisa quando seu amor está indo embora para longe de você? Novamente? Acho que ninguém. 

Entrei na casa e subi as escadas, indo até seu quarto. Abri a porta e vi uma linda imagem. 

Ashley estava amamentando Lucas enquanto Rebecca dormia e ele, no colo da mãe. Ela nem reparou minha presença. 

Guardou seu peito e o colocou ao lado de Becca no berço. Deu um beijo na testa de cada e suspirou, se virando e me encontrando, olhando para ela com brilhos nos olhos provavelmente. 

     -O que faz aqui? -Indagou-me com os olhos arregalados. 

    -Eu preciso falar com você, Ash. -Falei, me aproximando. Ela não ia para trás. Estava estática. 

    -Eu não tenho nada para falar com você, Cameron. -Ela não me encarava nos olhos.

    -Mas eu tenho. Por favor, me escuta. Se você não acreditar, eu paro de te atormentar e mesmo que me doa muito ver a mulher que amo e meus filhos partindo, eu deixo você ir. Mas por favor, me escuta. Pelo menos, o meu lado da história. 

Ashley me encarou por breves segundos e suspirou pesadamente, passando a mão pela sua testa.

    -Te dou dez minutos no máximo. -Falou e eu assenti. 

    -Eu não fiz aquilo porque eu quis, Ashley. Eu te amo e nunca teria coragem de te trair. Mas eu fui ameaçado. Diana me ameaçou. 

Observei sua reação de espanto, e respirei fundo, pronto para continuar.

    -Me mostrou fotos minha e sua transando e disse que espalharia para todos caso eu não namorasse ela. Mas a mente desse plano todo foi Dylan. Ele que aprontou tudo isso.

    -Não pode ser... -sussurrou.

    -Pode. Claro que pode, Ash! Será que você não se lembra de como ele era possessivo e fazia de tudo para eu e você darmos errado? -Perguntei, incrédulo. 

    -Lembro. Claro que eu lembro, mas ele não teria coragem de chegar a tal ponto.

Respirei fundo, mantendo a calma. Contei mentalmente até cinco e encarei a loira em minha frente.

    -Me diga uma única vez que cheguei a mentir para você, Ash. 

Ela ficou algum tempo calada. Sem dizer absolutamente nada. 

    -Nenhuma vez. -Respondeu, baixinho, mas ainda assim, audível. 

    -Então. Por que eu estaria mentindo agora? E se isso fizer você pensar melhor sobre essa situação, eu escutei ele e Diana conversando sobre isso.

    -O quê...? 

     -Enquanto você estava na tuor com o Justin, eu ficava aqui, todos os dias no seu quarto, lembrando de nós dois juntos. A noite de amor, carinho, risadas, brincadeiras entre outras coisas.

Respirei fundo, pronto para continuar. Ela olhava para baixo e eu conhecia essa expressão. Seus pensamentos estavam confusos e Ashley tentava organiza-los na sua cabeça. 

     -Numa noite que saí desse quarto para tomar uma água, ouvi uma conversa dos dois. E até gravei. -Peguei meu celular do bolso, busquei o áudio e botei para reproduzir. 

Ash pegou o celular de minha mão, e colocou um pouco mais perto do ouvido para escutar o que os dois estavam falando. 

Diana e Dylan estavam falando que o plano dele tinha dado certo. Que finalmente Ashley estava separado de mim. Mas obviamente, um pouco mais detalhado que isso.

Assim que o áudio provavelmente acabou, a expressão de raiva e ódio estava perceptível na face da Ashley. 

    -Aquele filho da puta. -Trincou os dentes e fechou as mãos. 

    -Agora você acredita em mim? -Me aproximei dela e segurei seu rosto entre as mãos. -Eu sempre te amei. E isso não vai mudar. Fica comigo.

Sem esperar mais, Ashley me beijou. Soltei um gemido baixo por ter sentido falta desse beijo. Pressionei mais o seu corpo contra o meu e seus braços se entrelaçaram em meu pescoço. 

Quando o ar fez falta, nos separamos. Mas continuei dando selinhos demorados nela.

    -Como eu senti falta desse beijo. Do seu beijo... -falei e ela sorriu.

Aproveitamos que as crianças estavam dormindo e saímos daquele quarto para ficar um pouco na calçada. 

    -Você não vai mais embora, ou vai? -Perguntei, e Ashley deitou sua cabeça em meu ombro.

    -Não. Claro que não. Vou ficar aqui, pois aqui é meu lar. Com você e nossos filhos. -Ela levantou um pouco a cabeça e aproveitei para beija-la.

    -Eu não acredito que depois de tudo o que ele te fez, você foi idiota o bastante para voltar. -Assim que ouvi essa voz, nos separamos e Ashley se levantou num pulo.

     -Dylan, ele não é o culpado de tudo e sim, você! -Me levantei, ficando ao lado dela.

     -Eu? -Dylan soltou uma risada cínica. -Como você é hilária, Ashley. E por acaso você tem provas?

Peguei meu celular e coloquei no áudio, botando para reproduzir. Graças a Deus, caso Dylan apague esse áudio, tenho outros como cópia. 

    -Isso é idiotice. -Dylan falou, rindo, mas deu para perceber o nervosismo em sua voz.

    -Dylan, caralho! Me deixa em paz, porra! Por que não posso ser feliz com quem eu amo? -Ash gritou, visivelmente brava.

Dylan pegou no braço de Ash e a puxou com força, deixando seu rosto a centímetros do dela.

    -Por que você é minha. E sempre será! -Falou, entre dentes.

    -Eu jamais serei sua! – Ashley falou alto. – Como eu fui burra em acredita voce? – Ela gospia as palavras na cara do irmão.

    -Eu te amo – Dylan a puxou mais perto, tentando a beijar.

Não me segurei mais e parti para a briga, empurrando Dylan, fazendo ele soltar a Ash e dando um soco em sua face. Dylan caiu no chão e levou a mão no maxilar, pois foi aonde eu acertei.

     -Dylan. Desiste. O coração da Ashley está em minhas mãos já. Deixe a gente em paz, cara. -Falei, pegando a mão da Ash e voltando para dentro da casa dela, e subimos até o quarto.

    -Eu te amo, Cameron. -Ash falou.

    -Eu também te amo, Ashley. -Correspondi e a beijei. – e é por isso que quero fazer uma coisa que eu estava querendo a muito tempo.

Me ajoelhei e tirei do meu bolso o anel que eu havia comprado na Tiffany.

   -Ashley – Falei olhando para ela, que estava me olhando assustada – Voce aceita se casar comigo?


Notas Finais


OLHA ELA, sera que a Ashley vai aceitar o pedido?
Ai ainda to em choque que a fanfic ta acabando.
Foi a @lissajapa que escreveu todo o capitulo okay? Eu so escrevi a parte do pedido no final.
Bjocas e ate o proximo capitulo que vai ser eu que vou escrever!
UHULES!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...