História Crush Or Nah? - Capítulo 34


Escrita por: ~ e ~_hiikarii_

Visualizações 287
Palavras 2.567
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 34 - We Dont Talk Anymore


Fanfic / Fanfiction Crush Or Nah? - Capítulo 34 - We Dont Talk Anymore

                                  Ashley Bieber Point Of View:

Eu nao sabia se era a coisa certa a se fazer, mas eu jamais conseguiria viver a minha vida com o Cameron aqui, ele pode ate tentar consertar as coisas, mas não quero me fazer de idiota, e perdoar ele de novo.

Tia Luisa, iria cuidar bem dos meus filhos, eu sei disso e eu vou seguir minha vida, vou tentar sair para conhecer pessoas novas, quem sabe.

Eu dirigia pelas ruas voando, não que alguém fosse vir atrás de mim, mas eu estava nervosa, por algum motivo.

Lucas chorava, deveria ser fome.

Quando coloquei Rebecca para dormir em cima da cama, amamentei Lucas, para ver se ele se acalmava.

Escutei o barulho do ar da rua entrar para dentro do quarto, mas não liguei.

Dei um beijo na testa dos dois e me virei para arrumar as minhas coisas.

  -O que voce faz aqui? – Perguntei com olhos arregalados ao ver Cameron parado na porta.

   -Eu preciso falar com você, Ash. –Ele falou vindo na minha direção, mas em vez de eu ir para trás ou ate me mexer, fiquei parada.

            -Eu não tenho nada para falar com você, Cameron. –Eu olhava para chão, com medo de olhar para ele, e o perdoar.

            -Mas eu tenho. Por favor, me escuta. Se você não acreditar, eu paro de te atormentar e mesmo que me doa muito ver a mulher que amo e meus filhos partindo, eu deixo você ir. Mas por favor, me escuta. Pelo menos, o meu lado da história.  – Ele falou fazendo eu o encarar por alguns segundos e suspirar pesadamente, passando a Mao pela minha testa.
Não tem nada de mais deixar ele falar por alguns minutos.

            -Te dou dez minutos no máximo. –Falei o encarando agora e o mesmo assentiu já falando.

          -Eu não fiz aquilo porque eu quis, Ashley. Eu te amo e nunca teria coragem de te trair. Mas eu fui ameaçado. Diana me ameaçou. 

Eu tentava pensar, raciocinar o que ele tinha acabado de falar, mas Cameron me olhava tentando ver a minha reação de espanto,que  me deixava mais nervosa ainda.

         -Me mostrou fotos minha e sua transando e disse que espalharia para todos caso eu não namorasse ela. Mas a mente desse plano todo foi Dylan. Ele que aprontou tudo isso. – Eu encarei meus pés, que estavam descalços.

         -Não pode ser... –sussurrei para mim mesma.

         -Pode. Claro que pode, Ash! Será que você não se lembra de como ele era possessivo e fazia de tudo para eu e você darmos errado? –Ele perguntou já alterado.

         -Lembro. Claro que eu lembro, mas ele não teria coragem de chegar a tal ponto. – Coloquei minhas mãos na cabeça, na verdade nos meus cabelos e tentei tirar essa idéia da cabeça, o Cameron so esta tentando me enganar.

         -Me diga uma única vez que cheguei a mentir para você, Ash. – Dallas me perguntou e me fez pensar.

Fiquei calada, por que o pior de tudo que ele nunca tinha mentido para mim.

Esse era o problema, ele nunca tinha mentido para mim.

          -Nenhuma vez. -Respondi, baixinho, mas ainda assim, audível.
         

          -Então. Por que eu estaria mentindo agora? E se isso fizer você pensar melhor sobre essa situação, eu escutei ele e Diana conversando sobre isso.

    -O quê...? – Eu o encarei de novo.

     -Enquanto você estava na tuor com o Justin, eu ficava aqui, todos os dias no seu quarto, lembrando de nós dois juntos. A noite de amor, carinho, risadas, brincadeiras entre outras coisas. – Eu olhei para baixo de novo, tentando ainda entender tudo que estava acontecendo, Cameron falando a verdade e ainda por cima se declarando.
Meus pensamentos estavam desorganizados e eu tentava coloca-los no lugar.

     -Numa noite que saí desse quarto para tomar uma água, ouvi uma conversa dos dois. E até gravei. –Cameron procurava alguma coisa dentro do seu bolso, quando ele achou o que queria, seu celular, clicou em alguma coisa e em seguida consegui escutar vozes.
Era um áudio.

Peguei o celular de sua Mao, para tentar escutar um pouco melhor, era Diana e Dylan falando que o plano tinha dado certo.

Quando o áudio tinha acabado de tocar, veio a sensação de raiva e ódio, Dylan tinha estragado tudo de novo.

    -Aquele filho da puta. –Eu estava irritada, eu queria matar o meu irmão.

    -Agora você acredita em mim? –Ele se aproximou pegando meu rosto com suas mãos -Eu sempre te amei. E isso não vai mudar. Fica comigo.
Sem esperar mais, eu o beijei e Escutei Cameron soltar um gemido baixo

Senti o tempo parar ao meu redor, eu sentia falta dos seus beijos e agora eu estava o beijando, algo que eu queria ter feito a muito tempo. Ele me puxava para mais perto enquanto eu colocava meus braços em volta do seu pescoço, acariciando seu pescoço com uma das minha mãos, enquanto a outra mexia no seu cabelo macio.

Quando o ar fez falta, nos separamos.Mas ele ainda me dava selinhos demorados.

    -Como eu senti falta desse beijo. Do seu beijo... –Ele falou, me fazendo sorrir.Parecia que ele tinha lido minha mente.
Aproveitamos que as crianças estavam dormindo e saímos daquele quarto para ficar um pouco na calçada. 

    -Você não vai mais embora, ou vai? –Dallas me perguntou, me fazendo deitar minha cabeça em seu ombro.

    -Não. Claro que não. Vou ficar aqui, pois aqui é meu lar. Com você e nossos filhos. –Levantei minha cabeça para o olhar, que logo me beijou.

    -Eu não acredito que depois de tudo o que ele te fez, você foi idiota o bastante para voltar. -Assim que ouvi essa voz, nos separamos e eu me levantei em um pulo.

     -Dylan, ele não é o culpado de tudo e sim, você! –Falei irritada, mas Cameron se levantou ficando ao meu lado, fazendo carinho em minha cintura.

     -Eu? -Dylan soltou uma risada cínica. -Como você é hilária, Ashley. E por acaso você tem provas?

Olhei para Cameron, que entendeu pegando seu celular do bolso e colocou para tocar o mesmo áudio que eu tinha escutado a alguns minutos atrás.

    -Isso é idiotice. -Dylan falou, rindo, mas deu para perceber o nervosismo em sua voz.

    -Dylan, caralho! Me deixa em paz, porra! Por que não posso ser feliz com quem eu amo? –Gritei mais alto que eu achei que sairia.

Meu irmão me segurou pelo braço e me puxou com força, deixando meu rosto a centímetros do seu.

     -Por que você é minha. E sempre será! -Falou, entre dentes.

     -Eu jamais serei sua! – Falei alto. – Como eu fui burra em acredita voce? – Eu gospia as palavras na cara dele.

    -Eu te amo – Dylan me puxou para  mais perto, tentando me beijar.

Quando eu achei que agora Dylan me beijaria,Cameron partiu para a briga empurrando Dylan para longe de mim e quando percebi Dylan já estava no chao com a Mao no maxilar.

     -Dylan. Desiste. O coração da Ashley está em minhas mãos já. Deixe a gente em paz, cara. –Cameron falou pegando em minha Mao e me levando para dentro de casa de novo.

    -Eu te amo, Cameron. –Falei assim que a gente entrou no meu quarto.

    -Eu também te amo, Ashley. –Ele sorriu e me beijou – e é por isso que quero fazer uma coisa que eu estava querendo a muito tempo.

Cameron se ajoelhou e tirou uma pequena caixinha azul, que toda garota reconheceria, a caixinha da Tiffany  e me olhou sorrindo.

   -Ashley – Eu o olhava completamente pasma – Voce aceita se casar comigo?

  -Cameron – Eu já sentia meus olhos lacrimejarem – É claro que eu aceito.

Ele colocou o anel em meu dedo e se levantou me beijando.

Me separei dele assim que Rebecca decidiu chorar.

     -Deixa que eu vou – Cameron me deu um selinho e foi para o quarto do lado, no qual as crianças estavam.

Senti algo tremer.Meu celular.

   -Ashley? – Lox me perguntou chorando.

   -Lox eu.. – Eu ia tentar falar com ela.

  -ASHLEY EU VOU ME CASAR! – Tive que tirar o celular da minha orelha assim que ela gritou quase me deixando surda.

Olhei para o meu lindo anel que estava no meu dedo.

  -Serio? – falei sorrindo.

  -O Nash acabou de me pedir – Ela suspirou – Voce ainda vai embora?

  -Não mais – sorri ao ver Cameron de volta com a Rebecca no colo.

  -Que bom, eu quero voce como minha madrinha – Eu olhei Cameron.

  -Sera um prazer – falei rindo – também quero voce como a minha.

  -Pera ai o que? – Lox Gritou para o pessoal, que de certo ainda estava na praia – vocês se acertaram! Aleluia.

  -Não Lox – falei rindo – vou me casar com a parede.

  -Idiota – ela riu também.

Vi Cameron rindo e vi como eu era sortuda.

  -Vamos sair para jantar hoje – Falei para ela.

  -Vou falar com os meninos e depois marcamos o lugar – Eu assenti  e desliguei o celular.

  -Vai se casar com a parede amor? – Cameron ria.

Que risada gostosa de se ouvir.

  -Não sei – eu falei indo em sua direção – talvez.

  -Posso ser o padrinho? – Ele me olhou com uma carinha de cachorro.

  -E por que não o marido? – Eu sorri ao ver sua cara.

  -Por que não. – Ele sorri e me da um selinho demorado. – Só um minutinho.

 Ele atendeu seu telefone.

Enquanto Cameron falava no telefone, peguei Rebecca no colo e fui ate a sacada do quarto.

  -Vou ter que deixar vocês com o titio – Falei fazendo cosquinhas na barriga dela.

  -Era o Nash – Cameron apareceu segurando minha cintura por trás.

  -Ele disse que pediu a Lox em casamento? – Falei me virando.

  -Eu já sabia – Ele sorriu – Assim como ele sabia que eu iria te pedir também.

  -Tudo combinado – Falei franzindo minha testa.

  -100% - Ele ri.

  -Te amo – falei dando um selinho.

  -Te amo mais – ele me puxou para mais perto.

  -Amor – eu o chamei – temos que nos arrumar.

  -Eu sei – ele sorri e pega Rebecca no colo. – Vou descer com ela.

  -Ok – falei rindo. – Cameron? – chamei ele assim que ele quase saiu de dentro do quarto.

  -Fala – Ele respondeu se virando.

  -Voce vai vim morar aqui? – Perguntei.

  -Vou comprar uma casa – Ele disse – Depois a gente fala sobre isso.

  -Ok – ri e fui em direção ao banheiro para me arrumar.

Tomei um banho quente.

Logo que senti as gotas da água tocarem o meu corpo, senti uma sensação ótima.

Eu estava noiva.Depois de todo esse ocorrido de idas e vindas, brigas e discussões eu estava aqui.

Meu celular tocava a musica que se referia a minha antiga situação com o Cameron

    --------------------Coloquem We Don´t Talk Anymore, Charlie Puth-------------

We don't talk anymore  ( Que Nós não nos falamos mais)

We don't talk anymore  (Nós não nos falamos mais)

We don't talk anymore  (Nós não nos falamos mais)

Like we used to do  (Como costumávamos)

We don't love anymore  (Não nos amamos mais)

What was all of it for?  (Para quê foi tudo aquilo?)

Oh, we don't talk anymore  (Oh, não nos falamos mais)

Like we used to do  (Como costumávamos)

I just heard you found the one you've been looking  (Ouvi dizer que você encontrou aquele)

You've been looking for  (Aquele por quem procurava)

I wish I would have known that wasn't me  (Gostaria de ter descoberto que não era eu)

Cause even after all this time I still wonder  (Mesmo depois de todo esse tempo, ainda me pergunto)

Why I can't move on  (Por que não consigo deixar você para trás)

Just the way you did so easily  (Da mesma maneira que você conseguiu tão facilmente)

Don't wanna know  (Não quero saber)

What kind of dress you're wearing tonight  (Qual tipo de vestido você está usando esta noite)

If he's holding onto you so tight  (Se ele está te abraçando forte)

The way I did before  (Como eu costumava)

I overdosed  (Tive uma overdose)

Should've known your love was a game  (Deveria saber que seu amor era um jogo)

Now I can't get you out of my brain  (Agora não consigo te tirar do meu cérebro)

Oh, it's such a shame  (Oh, é uma pena)

That we don't talk anymore  (Que não nos falamos mais)

We don't talk anymore  (Nós não nos falamos mais)

We don't talk anymore  (Nós não nos falamos mais)

Like we used to do  (Como costumávamos)

We don't love anymore  (Não nos amamos mais)

What was all of it for?  (Para quê foi tudo aquilo?)

Oh, we don't talk anymore  (Oh, não nos falamos mais)

Like we used to do  (Como costumávamos)

--------------------------Parem a Música-----------------------------

       -Que susto – Falei assim que vi Cameron parado na porta do banheiro.

   -Não sou tão feio assim – Ele disse rindo.

   -Há quanto tempo voce ta ai? – Eu ri.

   -Tempo suficiente para ver que sua voz melhorou – Ele ri ainda parado na porta.

   -Claro – Falei rindo também, mas agora eu estava tinha desligado o chuveiro e estava enrolada na toalha.

   -Voce ainda tem minhas roupas aqui? – Ele perguntou quando eu estava dentro do meu closet.

  -Tenho – falei olhando o lugar que ele tinha para deixar suas coisas – ali. – Apontei para a direita.

  -Vou tomar banho então – Ele diz me dando um selinho.

  -E as crianças? – Falei assustada.

  -O Bieber já veio aqui pegar elas – Ele ri da minha cara.

  -Voce ligou para ele? – Falei colocando meu sutiã.

O jeito que Cameron me olhava me deixava nervosa e tímida.

Eu sei que ele já me viu pelada, mas faz muito tempo que a gente não se via e agora vai ser como o inicio, assim que nós nos conhecemos.

  -Liguei – ele já estava tirando suas roupas e jogando em cima da cama.

Eu escutava o barulho do chuveiro.

Coloquei um vestido preto que com o seu decote grande, mostrava grande parte dos meus peitos.( Link nas notas finais)

Eu estava fazendo minha maquiagem quando Cameron aparece com seu perfume maravilhoso.

   -Esse vestido – Ele sorri maliciosamente – nunca te vi com ele.

   -E que é novo – fale o olhando pelo o espelho.

   -Gostei dele – ele coloca sua camisa social. - O que é isso? - Cameron me perguntou pegando minha mao.

   -Uma tatuagem - ri como se nao fosse obvio - Eu fiz pensando em voce. - Lembrei do dia em que eu queria fazer alguma coisa diferente e acabei fazendo pensando nas crianças e especialmente no Cameron.

    -Vou fazer uma tambem - Ele diz sorrindo.

   -O Nash já disse que restaurante vai ser? – Pergunto colocando meu colar.

   -É no Nobu – ele diz já abotoando a camisa.

   -Entao vai ser em Malibu – me levantei e coloquei meus saltos.

   -Sim – ele sorri ao me ver pronta – voce esta linda.

   -Obrigada – falo dando um selinho. – Vem aqui – digo assim que ele tenta sair.

   -Que foi? – ele me olha.

   -Batom – falei já limpando o batom que tinha em sua boca.

Cameron dirigia calmamente pelas ruas de Los Angeles.

Ele estava cantando Don´t Mind e eu o olhava cantando.

  -She say hola como estas? – Eu cantei junto com ele

  -She say konnichiwa – Ele cantou rindo.

Ri junto com ele, e o mesmo colocou sua Mao em minha perna.

  -Voce canta mesmo bem – Cameron abaixou o volume e me olhou.

  -Para com isso Dallas – falei rindo.

  -Adoro quando voce me chama assim – ele fazia carinho na minha perna – Mas eu estou falando serio, por que voce não faz alguma musica com o Shawn?

  -Estou bem eu e o chuveiro – Ri.

  -Mas – ele ia continuar mas eu o interrompi.

  -Chegamos. – olhei em volta e tinha muitos paparazzis, ou seja, todos os meninos já estavam la.


Notas Finais


Oi oi seus lindos.
Voltei!
Mais um capitulo.
Minha vida ta complicada, meu deus tenho 4 provas essa semana e semana que vem.
Gente vou no Show do Bieber, quem vai ai tambem?
O que Acharam do capitulo?
Sera que conseguimos 200 favs antes de acabar a fic? ahhhh
180 Favoritos obrigada!
Bjoss e ate o proximo capitulo que vai ser a @lissajapa que vai escrever.
Roupa da Ashley: http://www.polyvore.com/ashley_34/set?id=210277536


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...