História Cruze o Tempo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bleach
Personagens Aizen Sousuke, Personagens Originais, Urahara Kisuke
Tags Aizen, Bleach
Visualizações 5
Palavras 626
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Sobrenatural

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Essa história foi inicialmente publicada no ff.net em inglês, agora farei a tradução para cá. Está dividida em três partes, cada qual com um prólogo e epílogo, assim, trago o prólogo da parte I, espero que apreciem.

Capítulo 1 - Prólogo I


Muitos séculos atrás,

Soul Society,

            Nos arredores de Rukongai, perto de uma floresta, sob o céu azul límpido, o silêncio reinava. O único som ouvido era o de algumas gotas caindo após o cessar de uma chuva há não muito tempo.

            Naquele cenário, havia um garoto ajoelhado no solo. O cabelos ondulado dele estava completamente molhado. Sua franja cobria o rosto, ocultando seus olhos. Ele fitou as próprias mãos, estavam machucadas e cheias de lama, seu quimono azul-acinzentado também estava sujo.

            Ele escutou passos se aproximando, correndo apressadamente. Era uma garota de cabelos azul-cerúleo. O cabelo dela estava amarrado num rabo-de-cavalo e os olhos cinza demonstravam ansiedade enquanto ela puxava a barra do quimono para correr mais rápido. Apesar do quimono amarelo de estampa florida estar sujo, era possível ver a diferença entre as roupas dele e as dela. O tecido do traje dela era definitivamente caro, embora isso não importasse para uma criança que não parecia ter mais que dez anos de idade.

“Aizen-kun!” ela chamou-o, se jogando de joelhos no chão e deslizando pela lama, parando ao lado dele “O que houve aqui?” o cenho dela se ergueu em preocupação.

“… Meus poderes… Eu fiz de novo…”

            Após escutar aquelas palavras, a expressão dela mudou para apreensão. Ela observou aterrorizada os corpos caídos ao redor deles. Eram todos de crianças. Ainda respiravam, mas eles desmaiaram só por se aproximar do garoto de cabelos castanhos.

“Eles disseram que eu não podia mais brincar com eles… Eles estavam… Apavorados.”

Ele a fitou, mas seus olhos eram tão distantes e vazios, que fizeram a garota suar um pouco. Ele era amigo dela, contudo, ele podia ser bem assustador às vezes. Ignorando sua confusão interior, ela envolveu uma das mãos dele nas dela para acalmá-lo:

“Deve haver alguma forma de controlar seus poderes, né?”

“Eu não sei…”

            Uma gota de suor se formou no rosto dela, os olhos frívolos dele se afastavam mais a cada sentença que ela utilizava para tentar ajudá-lo. Ele estava caindo no abismo de sua própria escuridão. Por que ele tinha nascido com aqueles poderes incontroláveis? Por que não conseguia evitar que seus poderes ferissem aqueles ao redor dele? Ele não sabia o que fazer.

            A garota, ao ver o desespero engolindo seu companheiro querido, se lembrou de algo importante e o contou:

“E-eu ouvi uma coisa …” ela engoliu a seco a saliva  “A academia shinigami… Diem que você pode aprender a controlar suas habilidades latentes lá… Aizen-kun, se você for… Talvez possa…”

            Um brilho de vida apareceu nos olhos lúgubres do garoto, um brilho oscilante preenchido com esperança.

“Isso é verdade? Shinigami…? Mas…”

“Tenho certeza de que pode controlar melhor seus poderes se treinar, além do mais, ser um Shinigami significa ajudar as pessoas, não é?” ela sorriu alegre depois de ver a mudança de humor dele.

“…………”

            Ele não respondeu, ao invés disso, encarou as próprias mãos com um sorriso leve. A possibilidade de encontrar um lugar no qual aprendesse a controlar a reiatsu enorme dele era simplesmente encantadora.

            Foi assim que começou a história de suas ambições. Quando um jovem garoto talentoso decide mudar o próprio destino e em algum lugar do caminho, se perde em suas próprias trevas.

 

Séculos mais tarde,

Hueco Mundo

 

            Aizen caminhava pelos corredores de Las Noches com elegância, seus servos Gin e Tousen o acompanhavam. Eles empurraram a grande porta de pedra ao chegar em frente a ela. A visão dele identificou a sala de reuniões, na qual seus habilidosos arrancares o esperavam.

“Devemos começar, meus queridos espadas?” ele cumprimentou com um sorriso tranquilo “… Mas antes disso, vamos tomar chá…”

            Ele estreitou os olhos cheios de ganância e o sorriso sereno dele se alargou enquanto a aura ao redor dele parecia perturbar a paz. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...