Hist√≥ria Cry baby ūüćľūüéÄ { Vkook } - Cap√≠tulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualiza√ß√Ķes 137
Palavras 307
Terminada N√£o
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
G√™neros: Colegial, Comédia, Escolar, Lemon, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta hist√≥ria s√£o apenas alus√Ķes a pessoas reais e nenhuma das situa√ß√Ķes e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma fic√ß√£o. Os eventuais personagens originais desta hist√≥ria s√£o de minha propriedade intelectual. Hist√≥ria sem fins lucrativos, feita apenas de f√£ para f√£ sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello! Quanto tempo não? Kkk
Boa leitura ‚̧

~Filha de Taekookmin 🌈

Capítulo 19 - Hospital


P.O.V Jungkook

Taehyung foi levado pela ambulância para o hospital, e eu fui junto, o mesmo ainda estava desacordado.

Eu nunca irei me perdoar se acontecer alguma coisa com ele, Taehyung é a pessoa mais importante pra mim.


¤ NO HOSPITAL ¤

Estava sentado sala de espera, com as mãos trêmulas e os olhos marejados de cabeça baixa.

Taehyung já está naquela sala há mais de meia hora, já são quase meia noite e o meu celular descarregou, minha mãe deve estar preocupada.

O médico que atendeu o Taehyung parece na porta da sala de espera, levanto e me dirigo até o mesmo.

- Como ele está? Ele vai ficar bem? Eu posso vê lo? - perguntei desesperado.

- Se acalme. - assenti. - Ele está bem, os ferimentos foram leves, você já pode ver ele. - O médico disse calmo e eu suspirei aliviado. - vamos?!

- S-sim.

O doutor me acompanhou até o quarto de Taehyung, abri a porta do mesmo, Tendo a visão de Taehyung sentado na cama/maca com um leve machucado na testa.

- Kookie! - o menor disse com os olhos marejados.

Corri até o mesmo e o abracei. Permitindo que algumas lágrimas saíssem.

- você tá bem?

- estou. - ele sorri envergonhado.

- Por favor! Nunca mais me assuste assim. - acaricio seu rosto.

Dei um selinho demorado no mesmo, pedi passagem com a língua e ele cedeu automaticamente, mas fomos interrompidos por alguém abrindo a porta. Revelando o pai de Taehyung.

- P-pai? - o menor arregala os olhos.

- Filho! Que bom que você está bem, posso conversar com você um pouco?

Taehyung concora e faz um sinal para mim.

- Tudo bem, qualquer coisa me chama. - O pequeno assente e me dá um selinho.

Saio do quarto, fechando a porta e deixando os dois às sós.





Notas Finais


O que será que vai acontecer nesse quarto hein?
Peço desculpas pela demora, não me matem kk

Amo vcs💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usu√°rios deixam de postar por falta de coment√°rios, estimule o trabalho deles, deixando um coment√°rio.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...