História Cuidado! Loucas em Hogwarts - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Draco Malfoy, Harry Potter, Hermione Granger, Nico di Angelo, Pansy Parkinson, Percy Jackson, Personagens Originais, Thalia Grace
Tags Bruxos, Hogwarts, Loucas, Percy Jackson, Romance, Semideuses
Visualizações 19
Palavras 1.139
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Romance e Novela, Saga

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 18 - A Aliança


Fanfic / Fanfiction Cuidado! Loucas em Hogwarts - Capítulo 18 - A Aliança

Hermione Granger

Caminhava sem pressa alguma pelos corredores de Hogwarts, eu estava chateada com o Rony por tudo que ele havia me falado antes que eu pudesse sair do salão comunal essa manhã. Acreditem se quiser, mas nem o Malfoy me ofendeu tanto assim em 7 anos. Distraída acabei me batendo com alguém que me segurou pela cintura antes que eu pudesse cair e me estabaca no chão.

— Desculpa, Mione — a pessoa pediu e logo reconheci como sendo o Harry.

— Relaxa, Harry — sorri para o garoto.

— Como você está? — perguntou e eu o olhei interrogativa — Eu ouvi o que Rony lhe falou essa manhã e peço desculpas por você ter que ouvi toda aquela ofensa sem fundamento dele.

— Eu estou bem sim, Harry — respondi — Mas isso não impede de querer me vingar dele.

— E deixe-me adivinhar — pediu divertido — Tem dedo da Yasmim e da Tammy nisso, não é?

— Como se você não conhece-se aquelas duas – respondi sorrindo.

— Olá galerinha linda do meu black heart — Tammy falou colocando seu braço ao redor do meu pescoço e do de Harry — Como anda a vida de vocês?

— Agora fala — Harry pediu e a mesma riu.

— Vejo que o santo Potter está por dentro dos esquemas – ela falou nos fazendo ri e Harry revirar os olhos pelo apelido dado a ele pelo Malfoy — bem, o plano e simples e clichê. Não que eu goste, mas Afrodite afirmou que é eficaz e de quebra ainda faz mais um servicinho e me tira do meu bendito castigo.

— Conte — pedi interrompendo seu devaneio.

— Certo. Vocês vão fingir que estão namorando — falou simples e sorriu — E você para de ser taxada como qualquer coisa que aquele pobretão cenoura lhe chamou, bem, agora eu tenho que ir, tenho pessoas que preciso encher o saco antes de dormi.

— Amei os óculos, Grings — Malfoy falou aparecendo e só depois de sua fala que eu reparei que realmente ela estava de óculos.

— O que posso fazer? Perdi a minha lente de contato novamente – ela falou dando de ombros.

(Yasmim: Por que eu não estou surpresa com isso?)

— Vamos jantar? — perguntei.

— Claro — responderam e Tammy sorriu.

— Antes de irmos — ela começou e eu tremi já prevendo alguma merda — Draquinho, você vai me ajudar em uma coisinha pequenininha?

Draco revirou os olhos pelo apelido, um gesto que fez Tammy sorri largamente, afinal, a garota sabia que ele odiava quando era chamado assim já que foi graças a Parkison que ele recebeu esse apelido. Eu ainda prefiro Doninha, mas não se pode ter tudo na vida.

— Não me chame de Draquinho — rosnou para a garota que beijou sua bochecha — Por que motivo?

— Te ajudo a se livrar da Pança — respondeu.

— Em que posso lhe ser útil? — perguntou decidido.

—  A espalhar o boato do namoro de Harry e Hermione — respondeu.

— Achei que eles já namoravam — Draco falou confuso e nos olhou — Não namoram?

— Não boboca — Tammy respondeu dando um tapa em sua nuca.

— Você não pode me julgar, eles andam colados 24 horas — Draco falou emburrado passando a mão no local onde a garota bateu.

— Ok, vamos parar — falei para os dois antes que uma discursão se inicia-se — Vai ajudar ou não Malfoy?

— Com uma condição — respondeu.

— Qual? — perguntei revirando os olhos.

Por que os sonserinos gostavam tanto de impor condições?

— Pare de me chamar de Malfoy, isso também vai irritar o pobretão — respondeu sorrindo, me perguntei como ele sabia disso.

A aliança estava feita...

Oh Shit...

Tamires Grings

— Você acha que isso vai dar mesmo certo? — Draco perguntou.

— Sei lá, vai que cola — respondi.

— Como vamos fazer isso? — perguntou.

— A moda Tammy — respondi e ele me encarou confuso — Olhe as mãos deles.

Draco se virou e observou as mãos de Harry e Hermione em ambas havia um anel prata, eles também olharam para suas mãos e depois me encararam.

— É feio escutar a conversa das pessoas — falei.

— Não escutamos — Harry se defendeu.

— Tudo bem então, tchau amores meu casal preferido — me despedi puxando Draco até a mesa da Sonserina e sentando ao lado de Yasmim.

— Iai, tudo certo? – perguntou curiosa

— Tudo certinho — respondi — Só falta fazermos a nossa parte.

A porta do salão de abriu e um Harry e uma Hermione conversando alegremente passou por ela, olhei para a mesa da Grifinória e acenei pra Gihh que entendendo olhou para Harry e Mione e pela cara de surpresa que ela fez, a mesma tinha visto o anel.

— Resolveram assumir o namoro foi? — Gihh perguntou espantada nem aí que todo o salão pudesse a ouvi, fazendo os dois corarem.

Rony que se mantinha alheio a tudo, olhou para os dois, ele estava mais vermelho que seus cabelos e encarando os dois que agora haviam se sentado à sua frente dele.

— Essa até eu quero sabe, Santo Potter – Draco perguntou e eu quase acreditei que aquela cara curiosa era verdadeira.

— Sim, resolvemos assumir nosso namoro, Draco. Nada de mais — Hermione falou e Rony ficou mais vermelho.

— Desde quando é Draco? E desde quando vocês estão namorando? — Rony perguntou alto atraindo ainda mais a atenção do salão.

— Não lhe devo satisfação, Weasley – ela respondeu amarga – e muito menos sobre a minha vida pessoal, porque pelo que me lembre, meu namorado não é você. Se me dão licença perdi a fome. Nos vemos depois, Harry — depois de dar um selinho no moreno ela saiu do salão.

— Isso foi melhor do que assistir Hera e Zeus brigando — comentei fazendo a Belle e a Yasmim rir — Tomo na cara, pobretão — ri alto e o Weasley me olhou irritado.

— Isso não vai ficar assim — ele exclamou irritado.

— Adoro quando fica melhor — afirmei sorrindo enquanto levava meu copo de café a boca.

Talvez eu deva parar de andar com Ares.

Só Talvez.

Yasmim Blanco

Já tinha se passado duas semanas desde o romance “Harmione” - como a Tammy nomeou - começou.

— Cheetah, você viu minha lente de contato? — perguntou.

— Você já perdeu as novas? — perguntei inconformada com a possível informação.

— A foda-se, vou de óculos mesmo — respondeu e saiu pegando suas coisas e o óculos.

A seguir e fomos em direção a sala de poção, o fantasma de Snape já estava lá e como o vivo estava de mau humor.

— Atrasada, Srta.Blanco — falou — Detenção.

— Qual é o motivo dessa vez? — perguntei indignada.

— Eu já lhe disse, atrasada — respondeu como se fosse obviou.

— Mas eu sou da Sonserina — afirmei.

— Mas não vou com a sua cara — falou sorrindo.

Rosnei para o fantasma que sorriu satisfeito e me joguei na cadeira ao lado do Logan que passou a mão em meu cabelo para me acalmar.

— Relaxa aí, loirinha — falou sorrindo.

— Ok — falei sorrindo também.

Quando saímos da aula nos deparamos com Harry e Hermione se beijando, Tammy apareceu ao meu lado rindo.

— Acho que eles estão gostaram do plano — comentou.

— Não duvido nada dessa afirmação — concordei e rindo fomos para a aula de DCAT.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...