História Cupido...O Deus do Amor! - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Avril Lavigne, Mitologia Grega
Personagens Avril Lavigne, Personagens Originais
Tags Amizade, Amor, Andrew-lee Potts, Cupido, Deuses Gregos, Magia, Mistério, Sexo
Visualizações 5
Palavras 601
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Científica, Magia, Mistério, Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Meu amado irmão!


O seus olhos assustados não podia acreditar no que via.
O que antes achava ser verdade,agora transformou-se em uma grande mentira.

_Sou eu Lilian!-falei encarando tocando em sua mão.

_Não,você morreu-ele disse assustado.

_Mas eu não estou em forma humana!-tentei acalma-lo.

_Não me larga...-puxou o braço

_Tob!-disse tentando acreditar

Mas ele largou minha mão e andou apressadamente,deixando me sozinha.

_Tob!-ensisti em chama-lo.

Mas ele continuou andando comecei a segui-lo.

_Tem varias fotos minhas espalhadas na sua porta,acredite vi você me chamar.-disse seguindo

Então ele virou-se para mim,e mostrando me um olhar surpreso.

_Como sabe!?

_Eu não estava humana...

Então ele se aproximou-se aos poucos e tentou tocar meu rosto.

_Você e de verdade?-disse acariciando meus cabelos.

_Sim-toquei nas mãos dele.

Aos poucos ele me fazia umas perguntas,o levei para conhecer minha nova casa...Ele ficou surpreso quando contei cada detalhe,sentamos no sofá e ele continuava me olhar incredulo.

_A mamãe sente sua falta...-disse triste

_E o papai?

_O papai so esta ligado ao trabalho...-disse triste

Desde minha morte Tobby sente-se sozinho e com a ausencia do papai,ele começou a falar com minhas fotos.

_Por que a Andy te matou?-perguntou.

_A minha morte era para aquele dia,a Andy so veio me busca...Agora e dificil saber quem ela e de verdade...

_Eu sei...-me interrompeu

_O que você sabe?-me aproximei dele

_Sei que ela morreu em um acidente de carro...

_Isto e bem intrigante.-falei surpresa

_E mais,parece que ela estava muito bebada...

Penssei em cada palavra dita de Tobby,talvez ela tenha tido um terrivel passado...

_Eu tenho que ir...-disse levantando

_Meu nome e Cuppy agora...

_Isto e legal...Um cupido...-ele me abraçou

Eu disse para ele não matar aula,dei otimos conselhos,sentir o abraço de Tobby foi um dos melhores presentes.
Torceria para Alada não voltar a aparecer,seria um BACK ela descobrir que estou falando com minha familia...So me deixaria ser vista por Tobby e Brien!
O melhor seria viver escondida e com segredos que nunca seram ditos a Andy...

Quando chegou a noite me preparei para meu jantar a dois...Coloquei um vestido simples e um salto.
Peguei um taxi e fui ate a casa de Brien.

Seria muito estranho ele me buscar na casa em que vivo...

Toquei a campanhia e ele logo apareceu,era como se ele me esperasse na porta...
Pegamos sua moto e fomos ate a praça da cidade...

_Então e aqui?

_Não exatamente...

Ele me levou em um local onde havia quatro arvores alinhadas sentamos em baixo de uma delas,ele comprou dois sandwiches e comemos.

_Este local e lindo!-disse

_Ela tem historia....

_Conte-me..-disse curiosa

_Um dia um soldado iria para uma de suas guerras,ele estava noivo de uma bela dama...Ele disse que ia parti,neste mesmo local.Ela prometeu vir aqui toda semana esperar seu amado voltar da guerra!-respirou fundo-Mas ele acabou morrendo.Todos os dias ela vinha aqui e ficava de dez a quinze minutos,esperando sua volta,mesmo sabendo.Ai ela acabou ficando muito doente,e veio para debaixo desta arvore e acabou partindo,então ela viu ele chegar e ela disse "Eu estava esperando!Agora podemos casar..."

_Uau-disse empressionada-como você sabe?

_Minha avó me disse quando era novo...Ela era Americana

_Sinto muito...-falei passando a mão em suas costas

_De boas...-sorriu

Quando finalmente acabamos ele me levou ate perto da minha casa,obvialmente eu menti.

_Obrigada...

Me aproximei e beijei seus labios.
Então ele devolveu o selinho

_De nada,Cuppy...

Ele saiu e fui andando para casa,em todo caminho lembrava de poder contar com a ajuda do meu irmão e de poder ter Brien como meu fiel companheiro.

Não me sentia só,nos braços de Brien eu tinha o conforto.E eu estava me apaixonando por ele.
Mas o que será que ele sente...???


Notas Finais


Ate a proxima...Bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...